Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Hell Girl... (POSTADA)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 10, 2011 3:34 pm


Autora: Eu \o/
Gênero: Vários
Classificação: Por sua conta e risco
Teaser:

Um rosto tímido, uma expressão diabolicamente sedutora. A diversão seria garantida no baile de formatura da pequena escola de Magdeburg. Porém, essa mesma tão esperada diversão estaria longe de ser o que ele esperava tão ansiosamente e maquinava em sua cabeça. O que ela veio fazer ali ninguém sabe, porém nada ficaria igual após a saída dela daquele entediante lugar.

E então, posto?


Última edição por Ally Kaulitz em Sex Out 14, 2011 3:25 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 10, 2011 3:46 pm

É claro Ally!
Hell Girl soa muito mal muahauahu

Esperando ansiosamente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Allyria

Fã


Número de Mensagens : 267
Idade : 27
Localização : In the end of the world
Data de inscrição : 15/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 10, 2011 5:57 pm

Hell girl, só quero ver o que você fez agora!
Posta logo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Streetwalker
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 543
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 03/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 10, 2011 8:29 pm

POOOOOSTA *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 10, 2011 8:34 pm

Posta, é ÓBVIO.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Ter Out 11, 2011 10:06 am

POSSTA AGORA!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
+Raven+

Fã


Número de Mensagens : 110
Data de inscrição : 15/10/2010

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Ter Out 11, 2011 4:01 pm

Júlia G. escreveu:
Posta, é ÓBVIO.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Ter Out 11, 2011 5:24 pm

Júlia G. escreveu:
Posta, é ÓBVIO.

e rápido u.u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Ter Out 11, 2011 6:00 pm

POOOOOOOOOOSTA! *-*
Hell Girl= Garota do Inferno
Caraca,nao vejo a hora de vc posta!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Yuky

Fã


Número de Mensagens : 112
Idade : 25
Localização : Atenas
Data de inscrição : 01/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qua Out 12, 2011 6:53 pm

AAAAAAAAAAAAAAA eu adorei essa capa.
Já devia ter postado dona Ally.
Voltar ao Topo Ir em baixo
daniele cristina

Fã


Número de Mensagens : 238
Idade : 24
Localização : Ribeirão Preto - SP
Data de inscrição : 04/08/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qua Out 12, 2011 7:19 pm

Júlia G. escreveu:
Posta, é ÓBVIO.

Não faça cerimônias.....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qua Out 12, 2011 8:49 pm

~kiiine. escreveu:
Júlia G. escreveu:
Posta, é ÓBVIO.

e rápido u.u

ADOREI a capa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qui Out 13, 2011 1:57 pm

Ally por Deus!
Cadê o cap?
Voltar ao Topo Ir em baixo
D'Julia kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1573
Idade : 20
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 13/08/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qui Out 13, 2011 5:26 pm

curti o titulo da fic.....

pode postar com toda certeza, mais rapido fiquei curiosa Ally..... *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qui Out 13, 2011 7:43 pm

Hallo girls, nossa quantos comentarios. Desculpa a demora, eu 'meio' que perdi o capitulo por isso demorei, esqueci que eu tinha guardado no pen drive ao invés da hd, mas já resolvi isso.
Já vou avisar algumas partes são até fortes. Então se você não gosta não leia.
Boa leitura ^^




eu amo essa música


Hell Girl - Only CHapter


Cuidado com o que faz em meio a uma encruzilhada a meia-noite no meio do nada.

Sonhos, desejos, e segredos sussurrados ao vento em pedido a um senhor nada convencional implicarão com um preço muito alto a se pagar a custo de nada. Mas não se preocupe meu amor, eu estarei aí para cobrá-lo. A dívida tida comigo é eterna e não se paga após morto, aliás, aqui se faz aqui se paga, e eu irei agora mesmo buscar o que me pertence. Nem diga aos seu amigos pois eles pagarão também.
E meu amor nunca resista, ou certas coisas irão pegar fogo!!!!!!!!!


A música bate-estaca pulsava junto à batida de seu coração e se misturava a sua respiração ruidosa e ofegante, aquela festa estava um porre, um verdadeiro tédio. Havia se cansado de dançar em um canto sozinho. No centro do ginásio, a falsa pista de dança montada abrigava a grande concentração da massa adolescente que pulava e dançava ao som de uma música frenética tocada pelo DJ. Tom olhou em volta suspirando pesadamente e lembrou-se das palavras ditas por seu irmão enquanto se arrumava. Eu estou te avisando, não vá! Não há nada ali de bom para se aproveitar, só há pessoas que nos odeiam e nem ao menos sabemos por quê... se fosse um outro colégio, uma outra cidade e principalmente outras pessoas, que ao menos nos tratasse bem e tivessem algum tipo de respeito eu faria questão de te acompanhar, mas na verdade... aqui... com eles, eu não faço menção de arredar meu pé de dentro de casa. Talvez seu irmão tivesse feito certo, talvez não ter vindo tivesse sido a melhor alternativa. Mentalmente cansado, limitou-se a se inclinar em direção aos copos de plástico retidos no final da mesa em pilha de ponta cabeça, suas mãos deslizaram pelo mesa rapidamente logo apertando a concha que servia ponche entre os dedos, encheu seu copo e logo o entornou na garganta bebendo tudo em apenas dois goles, o liquido de cor cereja apesar de doce desceu queimando sua garganta deixando-o tonto. Não era seu primeiro copo, muito menos o último. Aliás, já havia se esquecido de quantos havia tomado. Virou-se para frente e encarou aos poucos as pessoas que estavam próximas, ao lado das mesas a exatamente uns três metros de distancia dele, estava a professora Johnson com o diretor Fried e mais quatro professores conversando animadamente sobre algo desconexo, estavam todos tão altos que mesmo com a considerável distância e a música excessivamente alta, as risadas ecoavam na cabeça dele fazendo-o estremecer enquanto massageava as têmporas. Dor de cabeça constatou ele, sentando-se em uma cadeira. Pouco depois da mesa de professores, estavam alguns alunos exatamente como ele: sozinhos em um canto observando as demais pessoas aparentemente se divertindo enquanto os ignorava. Era sempre assim, odiado por todas as pessoas da cidade em que moravam e da escola também e sem nem ao menos ter um motivo. Nenhuma razão. Quebrando seus pensamentos ele desviou sua atenção para o outro lado do salão, as patricinhas e os populares do time de futebol e natação dançavam se esfregando um no outro. Alguns estavam um pouco isolados dos outros trocando caricias e beijos encostados na parede decorada de rosa. A música parou e o DJ contratado sugeriu a todos os formandos que regressassem ao centro do ginásio. Uma nova música começou a tocar mais lenta praticamente arrastando todos os presentes que tivessem par a dançar na pista de dança agarrados. Após a formação da grande massa que parecia dançar valsa, fora visível o número de solitários encostados na parede e alguns até sentados na arquibancada. Eram sempre os mesmos: os nerds, os impopulares e ele. Não, ele não tinha um grupo especifico que o rotulasse, poderia ser excluído mais ainda assim o único que o acompanharia nesse grupo seria seu irmão, pois os outros tinham amizades pela escola, eles apenas tinham a si mesmos e apenas contavam com eles mesmos para tudo. Nos corredores eram diariamente humilhados pela aparência diferente e pelo comportamento fora dos padrões, nunca obedeciam a regras e não gostavam de pessoas a dizer-lhes aonde ir e o que fazer. Isso constantemente se tornou em um inferno onde sobreviver não era uma opção mas sim uma regra, a única regra a qual respeitavam. Aos poucos aprenderam a se defender dos insultos, criando uma enorme muralha de aço em volta de si mesmos, ela sugava todo o veneno lançado por seus colegas de classe revertendo em doses duplas e até mesmos triplas os insultos fazendo-os se arrependerem até a alma por terem lhe dirigido a palavra. Porém o que era ocultado exteriormente sangrava internamente deixando rastros devastadores em sua auto-estima e confiança, coisas que no fundo não seriam mostradas, mas estariam ali. Sangrando, uma ferida não curada. Um buraco na alma que não completava todo o resto.

A música bate-estaca acabou e todos voltaram a conversar animadamente e cochichar olhando em sua direção, mesmo em um baile ele sabia se destacar. Suas roupas não eram formais como as dos demais formandos. Não trajava um fraque preto, com uma gravata borboleta capaz de sufocá-lo, na verdade vestidos daquele jeito eles lembravam pingüins vestidos de gala de um filme em que justamente o pingüim não sabia cantar. Quanta ironia.
Sua roupa era simples uma calça jeans escura justa – que de longe parecia ser social-, uma camisa de linho branca com botões, seu tênis preferido e um paletó negro. Em seu pescoço a gravata presa com um nó desfeito dava-lhe um ar despojado. O importante era estar confortável e não parecendo um pingüim engravatado só para acharem você bonito ou melhor, os que estavam vestidos assim estavam tão sozinhos quanto ele.

A música parou e o diretor já alterado visivelmente pelo álcool tentava subir ao palco com dificuldade para comunicar o rei e a rainha da cafonice.

Foi quando ela surgiu.

Sua pele absurdamente branca contrastava com a cascata negra que lhe caia perfeitamente pelos ombros e chegava até a cintura. Os olhos em tom de breu lhe confiavam certo mistério. A boca tingida de vermelho-sangue deixava-lhe desejosa. O vestido de decote tímido que ia até abaixo dos seios parecia dançar em meio às curvas provenientes do corpo esguio da garota oriental. Ela olhava para Gregor, o aluno mais estranho e popular do colégio - a dúvida de todos era como ele havia conseguido unir as duas coisas e se sair tão bem- enquanto caminhava por entre a multidão que nem parecia notar-lhe. Mas como? Como não notar uma garota de beleza tão descomunal como aquela? Estavam loucos? Ou somente tão alterados pelo álcool para não perceberem o que passava-lhes a frente? Tom acompanhou a garota quase que flutuar na calma enquanto se aproximava do garoto. Por um momento ele teve inveja, os pensamentos em sua mente não eram nada inocentes quanto o rosto do ser que desfilava cruzando o salão. A garota se aproximou perigosamente de Gregor tocando-lhe o ombro com seus finos dedos que se assustou ao encará-la. Tom estreitou os olhos sem entender o que estava acontecendo, como era possível ela tocá-lo e a namorada dele ao lado sem nem dirigir-lhe a palavra? Geralmente qualquer garota que ousava sorrir para Gregor já era motivo de Anne pular em seu pescoço e criar uma confusão sem fim sustentada de ameaças e puxões de cabelo.Gregor empalideceu e disfarçadamente tirou as mãos de sua namorada de sua cintura dando alguma desculpa esfarrapada para todos e saindo do circulo fechado que havia se formado entre os populares, ele caminhou em direção do corredor sendo seguido pela outra garota, mais que diabos estava havendo? Com passos curtos e trêmulos, Gregor chegou à porta do ginásio. A garota que anteriormente estava atrás de si como uma sombra, se pôs a sua frente nas pontas dos pés sussurrando-lhe ao ouvido algo inteligível, porém fora completamente ignorada. Com certo sorriso sarcástico, tocou suavemente com as pontas dos dedos o ombro do garoto alto fazendo-o se desequilibrar. Ela pegou Gregor pelo colarinho puxando-o para fora, e logo o barulho de algo se espatifando contra o chão fora ouvido de forma ensurdecedora. Nem a música que jazia alta fora capaz de impedir que todos ouvissem aquilo. A professora e o diretor exigiram que todos permanecessem calmos no salão e foram averiguar o que seria. Ao saírem às portas foram trancadas batendo de forma oca e grosseira contra a parede, trancando os dois para o lado de fora. Os gritos e os alertas para que abrissem, não eram compreendidos até porque não havia nada que impedisse a passagem, tampouco algo que bloqueasse a porta.

A fisionomia tímida e diabolicamente sedutora apareceu entre os alunos. O sorriso sádico em seus lábios e os penetrantes olhos absorviam cada rosto que ali estava. A garota olhava um por um nos olhos a procura de algo, mas não era retribuída. Parecia ser invisível. Tom sentiu-se gelar sob o olhar penetrante que parecia ver o fundo da alma de cada um. Aos poucos alguns corpos foram caindo de forma retorcida, como se estivesse tendo uma convulsão, os olhos esbulharam-se e foram cobertos pela escuridão. O cheiro de fuligem e ferro cobriu o ar. As pessoas ficaram foras de si, enquanto alguns como ele estavam petrificados em seus cantos. Ah nada como o aroma da morte para me fazer sentir em casa, pensava a garota enquanto tomava Anne pela mão e quebrava seu braço em três partes usando apenas dois dedos, a garota urrou de dor caindo de joelho aos pés da japonesa. Suas unhas cravaram-se no rosto de pêssego da garota arranhando em vertical, logo as gotículas de sangue corriam livremente manchando sua pele alva e seu vestido rosa de sangue. Os olhos foram dominados pelo breu e ela caiu no chão inerte, assim como todos os outros. Tom acompanhava o desespero de cada um que vis seus amigos morrerem aos seus pés sem nem ao menos ter tempo para implorar por ajuda. Sem nem ao menos saber o que foi que lhes acertou. Perplexo apenas limitou-se a tomar outro copo de ponche, mesmo tendo quase que total certeza que era ele que havia acabado com sua visão, proporcionando a sua mente alucinações horrendas. A garota que antes vagava por entre alunos, agora estava sentada em cima de uma mesa do outro lado do salão rindo perante o caos que havia criado, alguns tiveram a ousadia de tentar agarrá-la, mas somente com o olhar ela decapitou um por um. As inúmeras tentativas de fazê-la parar foram inúteis, antes que conseguissem chegar até ela já haviam morrido. As mãos que antes se sujaram de sangue apareciam apontando para o nada, fazendo surgir de uma fita de decoração um foco de fogo. Os alunos restantes corriam desesperados em meio ao fogo rumo às portas trancadas do ginásio do colégio. Os professores que estavam sentados petrificados com aquela cena pegaram fogo, o cheiro de carne queimada encheu a sala, quase sufocando. Tom sentiu sua garganta seca e pegou novamente um copo de ponche, afastando-se completamente da grande nevoa cinzenta, cujo cheiro sufocava e impregnava. Ela se divertia com cada cena que ela criara em sua mente caótica como um filme de terror que muitos adorariam assistir. Recaiu seu olhar a todos e ao longe alguém lhe chamou a atenção. Encostado na mesa com os olhos pregados no sofrimento alheio lá estava ele: Sem correr, sem emitir som de ajuda. Apenas parado a olhar toda a vida esvair-se. Todo o caos levar a decadência à festa humana da falsidade e da ignorância. Era tão bom cobrar dividas de pessoas mesquinhas e almas condenadas ao inferno, porém tinha uma ali que viria de brinde para ela no meio daquela missão chata e tediosa. Tom ainda sem se mexer olhava atentamente para tudo aquilo surpreso, a teoria de alguém ter posto algum tipo de alucinógeno em sua bebida rondava sua cabeça e bagunçava sua mente. A garota ficou perplexa diante da reação do garoto de dreads que nem ao menos tentava sair do lugar e gritar ou procurar inutilmente uma saída. Seus olhos o fitaram de cima abaixo e ela se deu por satisfeita. Era uma alma inocente. Um tipo de alma em falta ultimamente, na mente dele intimamente rondava alguns pensamentos impróprios com ela, mas isso era irrelevante. Ele não tinha coragem de fazer mal a ninguém, mesmo diante da morte isso não o amedrontava. Deliciada com a cena que sua mente astuta lhe proporcionou saiu de cima de mesa e se pôs a andar na direção de Tom que abriu os olhos e cutucou seu rosto com os dedos para ter certeza de que não estava sonhando. A garota sorriu docemente enquanto o fitava com fervor, sua mão fora estendida na direção dele sendo bem rapidamente enlaçada pela mão forte e máscula dele. Sem palavras ou qualquer outro tipo de linguagem, sua boca o envolveu em um beijo repleto de desejo e luxuria. As mãos de Tom que de inicio a puxava contra seu corpo agora desesperadamente tentavam afastá-la, ela estava sugando seu oxigênio. Estava sugando cada parte triste de suas lembranças. Estava fazendo sua alma esvair-se. O beijo fora quebrado e o corpo logo amoleceu, caindo de joelhos aos pés da moça que ele queria ter feito ver o céu nesta noite, esta seria sua festa privada e seu premio pelo diploma adquirido. Antes de seu último suspiro ser retirado, os olhos magoados a fitaram e ela sorriu imensamente grata pelo presente que havia acabado de roubar. Tom fora tomado pela escuridão assim como os outros sendo outro corpo largado ao vazio das chamas no incêndio do ginásio.

E novamente ela do inferno trazer o caos a terra, levando novas almas para lá sem nem ao menos ser vista. Fazendo um ótimo trabalho como sempre, pena não ter conseguido o que eu mais queria. Pois a alma que realmente precisava não estava lá. Mais ela já captou seu cheiro e sabe onde mora.

Me espere Bill, você é o próximo.



Última edição por Ally Kaulitz em Qui Out 13, 2011 9:57 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
daniele cristina

Fã


Número de Mensagens : 238
Idade : 24
Localização : Ribeirão Preto - SP
Data de inscrição : 04/08/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Qui Out 13, 2011 8:05 pm

Nossa demais, sério, parabéns você descreve tudo nos mínimos detalhes e muito bem....

Aiiiiiiiiiiii Billlllllllll....FOGE MENINO!!!!!!!!!!!!!! correr
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yuky

Fã


Número de Mensagens : 112
Idade : 25
Localização : Atenas
Data de inscrição : 01/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Sex Out 14, 2011 12:21 pm

Sem condições de fazer um comentário decente *morri*
Cara até eu senti agonia lendo isso, que medo e para ajudar essa musica então... ajudou muito
Enfim, você sabe que eu amo o que você faz, adorei essa one e Bill fuja para as colinas kkkkkkkkkkk
Parabens Ally
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Sex Out 14, 2011 12:55 pm

Yuky escreveu:
Sem condições de fazer um comentário decente *morri*

Né! *o*

Adorei! Foi a unica coisa que consegui pensar Hehe'

Parabéns Ally.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Allyria

Fã


Número de Mensagens : 267
Idade : 27
Localização : In the end of the world
Data de inscrição : 15/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Sex Out 14, 2011 5:47 pm

WOW, Uau ai caramba o que foi isso? affraid
Ally eu amei essa one!!!!!!!!!!!!
Tom se ferrou, tanto por ir no baile como por cobiçar a 'morte'
Bill corre que ainda dá tempo.
Velho quando eu comecei a ler isto, me deu arrepios e a música então contribuiu muito para isso.
Eu amei, amei ,amei demais essa one.
Parabéns Ally.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Sex Out 14, 2011 6:05 pm

Ally parabéns mesmo aplausos
Eu até obrigada a recomendar essa One!
Adorei ler a One com a música do Pyscho!!
Me lembrou a cena do baile da Carrie,the strange
E o final lembra quando o Freddy fala para uma garota ''Do you wanna a suck face?''
Ele mata a mina do que jeito que a querida Hell Girl mata o Tom
Eu amei
Voltar ao Topo Ir em baixo
+Raven+

Fã


Número de Mensagens : 110
Data de inscrição : 15/10/2010

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Dom Out 16, 2011 1:42 pm

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Como é que eu vou comentar isso? Ally ficou perfeito.
Eu adorei essa one.
Parabéns.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Liz Kitsune

Fã


Número de Mensagens : 101
Idade : 25
Localização : No fim do mundo
Data de inscrição : 11/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Dom Out 16, 2011 8:24 pm

Ai caramba, palavras cadê vocês? Ally ficou perfeito.
Fiquei com pena do Tom, mas quem mandou cobiçar a pessoa errada.
Enfim, amei
Parabens
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 17, 2011 7:17 pm

Obrigada a todas pelos comentários e elogios. Fico muito feliz por terem gostado ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 17, 2011 7:22 pm

Yuky escreveu:
Sem condições de fazer um comentário decente *morri*
Cara até eu senti agonia lendo isso, que medo e para ajudar essa musica então... ajudou muito
Enfim, você sabe que eu amo o que você faz, adorei essa one e Bill fuja para as colinas kkkkkkkkkkk
Parabens Ally

sem mais kk parabéns
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Seg Out 17, 2011 7:36 pm

daniele cristina escreveu:
Nossa demais, sério, parabéns você descreve tudo nos mínimos detalhes e muito bem....

Aiiiiiiiiiiii Billlllllllll....FOGE MENINO!!!!!!!!!!!!!! correr
Por que a Hell Girl ia querer o Bill? *OO* Sera que ele tem um passado negro pro Demo querer leva-lo pro inferno? Oo
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hell Girl... (POSTADA)   Hoje à(s) 4:49 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Hell Girl... (POSTADA)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Hell Girl 2... O inferno dele apenas estava começando!!!! (POSTADA)
» Girl meet Girl
» Heaven & Hell - Neon Nights: 30 Years Of Heaven & Hell
» Não é muito estranho o AC/DC gravar o Highway to Hell e Bon Scott morrer no ano seguinte?
» Elle Girl Entrevista com Tokio Hotel completa por Natsumi

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: