Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Through Time

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dnassy Shine
Iniciante


Número de Mensagens : 14
Idade : 20
Localização : Humanoid city
Data de inscrição : 07/10/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Through Time   Qui Out 13, 2011 5:11 pm

Nome: Through Time ( Pelo Tempo )
Autora: Dnassy Shine
Classificação: +16
Gênero: Romance
Beta-reader: Word
N° de capitulos: Indefinido
Terminada ou não: Não



Sinopse: Alessandra e tom se conhecem ainda jovens .Se tornam muito íntimos, mas quando Tom resolve formar uma banda com seu irmão Bill , eles são obrigados a se separar. Anos se passam e Alessandra está para cometer o maior erro de sua vida, ira Tom salva-la ou simplesmente deixa-la seguir sua vida?

Continua gente ????


Última edição por Dnassy Shine em Qui Out 13, 2011 5:19 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Through Time   Qui Out 13, 2011 5:19 pm

Posta!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Through Time   Qui Out 13, 2011 5:29 pm

Olha eu sou doida e tenho que falar:Essa Alessandra tá me cheirando a um doce tom de tragédia.
Posta sim que eu acompanho!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Always.Postive_
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 528
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro.
Data de inscrição : 10/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Through Time   Qui Out 13, 2011 7:03 pm

FRanchesc@_Kaulitz escreveu:
Posta!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Through Time   Qui Out 13, 2011 7:38 pm

Posta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dnassy Shine
Iniciante


Número de Mensagens : 14
Idade : 20
Localização : Humanoid city
Data de inscrição : 07/10/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Through Time   Sex Out 14, 2011 7:33 pm

"Eu já não o via há muito tempo. Ele estava mudado, mas não completamente. Meu coração bate forte agora, mas eu não posso me prender ao passado. Não daria pra recomeçar, minha vida já esta completa não há mais espaço pra ele... Há?’’

Capitulo um

Um grande flashback...

Eu tinha 15 anos, havia acabado de entrar em uma escola nova por recomendação de uma amiga, ela se chamava Andy. Logo no primeiro dia chegamos atrasadas, então entramos correndo da sala e por sorte o professor não estava lá, sentei-me e fiquei observando dois meninos que me chamaram muito a atenção. Andy havia colado a minha carteira na dela:
-Eu sei que olhar não tira pedaço, mas não precisa exagerar – Ela dizia para mim.
-Quem são aqueles dois?-perguntei ignorando seu comentário.
-São Bill e Tom kaulitz. Bill e o de cabelo espetado e maquiagem, ele é o garoto mais romântico que já vi, Tom é o de dreads ,ele, diferente do irmão é do tipo ... ‘’pegador’’- Ela me alertava. Apesar de Bill Fazer o meu estilo, (Roqueiro, maquiagem preta, meio rebelde... )eu não tirava os olhos do Tom ,ele era encantador. Passaram-se dias e o professor havia passado um trabalho em grupo, mas como ele escolhera os grupos eu e minha amiga ficamos com Tom e Bill, por um lado foi bom ,mas por outro...eu teria que ir na casa deles.

Quando chegamos a casa deles percebi que estávamos sozinhos, deixamos nossas coisas no quarto de Tom e fomos fazer o trabalho. Depois de horas de conversa Bill e eu nos identificamos muito, parecíamos ter nascido para sermos melhores amigos, já a amizade com o Tom era diferente, não sei explicar era apenas ... Diferente.
-Gente eu vou fazer um lanche pra mim já volto-dizia tom.
-Faz pra gente também Tom-pedia Bill. Apesar de não gostar muito da ideia Tom foi fazer o lanche. Depois de alguns minutos ele voltou com o lanche e me avisou:
-Flames, seu celular esta tocando lá no quarto-Tom me chamava de Flames (chamas) pelo fato de eu ter as pontas do cabelo pintadas de vermelho, um all-star vermelho que sempre usava e também por simplesmente não conseguir lembrar que meu nome era Alessandra. Agradeci pelo aviso e fui ver o que era não era nada de importante então apenas desliguei o celular para ele não incomodar, mas quando estava prestes a sair me deparei com um violão e um pôster escrito a mão e com palavras bem grandes “Devilish” e quando estava prestes a chegar mais perto Tom me assusta sussurrando no meu ouvido:
-Bisbilhotar as coisas dos outros é feio sabia- fico meio mexida com sua voz grossa, mas logo me recomponho.
-Desculpa. Tom o que é Devili... - eu não conseguia pronunciar, ele ria por isso.
- Devilish é a minha banda, Bill e o cantor eu sou o guitarrista ,Georg e o baixista e Gustav o baterista.
-Legal, mas vocês não podiam achar um nome mais fácil não?- perguntava sorrindo.
-Não se preocupe, nos já estamos pensando em outro nome. - ele diz com um sorriso persuasivo.
-Vocês já tem alguma ideia?
-Não- ele se aproximava de mim , eu sabia que não terminaria bem, ele começa a me deixar sem saída e eu finjo que não intendo e saio para botar o celular na bolsa.
-Bill deve esta esperando para...-Tom me cala, péssima ideia a minha de chegar perto da cama, ele me fez deitar e depois deitou em cima, ele me dera um beijo, não deveria tê-lo aceito, me apaixonei por ele nesse momento. Eu tinha que fazer algo, se eu gosto mesmo dele eu não poderia ser tão fácil. Ele era um conquistador não iria sequer olhar na minha cara no dia seguinte. Então junto minhas forças e contra minha vontade o afasto, não conseguia dizer nada, não havia nada a dizer apenas peguei minhas coisas e sai do quarto e fui em direção a Bill e Andy.
- Andy vamos, esta tarde e já terminamos o trabalho. - Tom estava atrás de mim agora.
-Ah, mas vocês não vão nem comer o lanche?- perguntava Bill, mas eu apenas respondi que não com a cabeça me despedi eu fui embora. Felizmente era sexta não teria que ver o tom por dois dias. (talvez se eu pudesse ver o futuro eu estraria lamentando por isso.)

...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Through Time   Sex Out 14, 2011 7:42 pm

Sei que esse é o Tom de verdade hehe
Mas Dnassy Shine,minha querida,você não acha que está indo muito rápida na descrição?
A história começou forte,mas falta descrição querida.
Se seguir essa dica...vai ficar perfeito O.<
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marina Graham

Fã


Número de Mensagens : 117
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 16/10/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Through Time   Dom Out 16, 2011 4:54 pm

Estou amando Dnassy, está ótimo do jeito que tá Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jocy Tokita
Iniciante


Número de Mensagens : 38
Idade : 24
Localização : Por ai...
Data de inscrição : 27/01/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Through Time   Dom Out 16, 2011 5:37 pm

Está muito Boa! Continua, estou adorando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dnassy Shine
Iniciante


Número de Mensagens : 14
Idade : 20
Localização : Humanoid city
Data de inscrição : 07/10/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Through Time   Seg Out 17, 2011 4:18 pm

Um grande flashback (continuação)

Era domingo, Bill me ligou.
-Flames?-não era a voz de Bill e sim de Tom. Reconheceria aquela voz maravilhosa em qualquer lugar.
-Oi Tom
-Vamos fazer uma reunião aqui em casa e pensamos em chamar você e Andy, topa?-Eu não queria ir, mas Andy não deixaria eu faltar, não depois de ter contado a ela o que aconteceu. Andy adora “ver o circo pegar fogo”.
-Que horas vai ser?
-As 20:00h.
-Tudo bem, ligarei para Andy para avisar. Despedimo-nos e desligamos. Eram 18h eu passei uma mensagem para Andy avisando e pedindo pra ela me encontrar um quarteirão antes da casa dos Kaulitz e fui me arrumar.Chegando à casa dos Kaulitz percebi que aquilo não era uma reunião e sim uma festa, tinha tanta gente que eu estava quase me sufocando, por sorte logo avistei Bill.
- Reunião né?! Seu irmão tem que aprender a classificar as coisas – Bill cai na gargalhada.
- A divirta-se, a noite e uma criança. – Bill jogou para mim uma garrafa de ice. A festa estava ótima, musica boa, comida, bebida... Estava ótimo. Eram duas da manha, Tom já estava levemente embriagado.
- O negócio é o seguinte... -dizia um garoto enquanto subia em uma mesa para chamar atenção. -... A brincadeira vai ser assim, todo mundo vai ter que tomar uma dose de uísque, quem bater o copo no chão por ultimo tem que tirar uma peça de roupa e sair da roda, no termino de cada rodada o grupo dos garotos terá que escolher uma garota pra ficar por uma semana , se essa garota for a vencedora de seu grupo ela poderá aceitar ou não mas se ela for uma das perdedoras terá de aceitar . – todos gritavam e riam nesse momento. Separamo-nos em grupos de garotas e garotos, cada um em uma parte da casa, Andy era juíza de meu grupo e Bill do grupo dos garotos.O jogo estava indo bem, ainda não tinha perdido nenhuma peça de roupa, sobramos eu e mais uma garota, nos já estávamos embriagadas é claro, quando estava terminando de tomar minha dose e ia vencer ,o copo escorrega de minhas mãos e cai. Eu havia perdido. Chegando na sala descobrimos quem era o vencedor dos meninos só por olhar. Era Tom , ele estava bêbado, mas não bebum apenas um nível a mais que embriagado. Tom deu uma alisada nas garotas, uma “analisada tom kaulitz”, e parou em mim( apesar de eu ter tentado me esconder atrás de outra garota).
-Alessandra – ele dizia , me espantei mais pelo fato de ele ter acertado o meu nome do que de ter me escolhido. Enfim a semana seria boa, quando estávamos prestes a nos beijar (que era o trato ) escutamos a musica parar e quando olho para porta vejo uma mulher loira e de olhos castanhos.
-O que esta acontecendo aqui??- ela perguntava confusa ,enquanto Bill eTom tentavam se esconder.
-Eu quero todo mundo fora da minha casa agora !!!-Dizia ela quase gritando, todos iam saindo mas eu e Andy ficamos.
-Mãe?!- diziam tom e Bill juntinhos.
-Você não ia voltar só semana que vem ??- perguntava Bill já que tom não estava em condições de falar.
-Parece que eu cheguei mais cedo né, ou melhor tarde de mais para sua festinha – ela olha para Bill com olhar de desaprovação. Não queria que tom se desse mal, muito menos Bill que agora era meu melhor amigo.
-D-desculpa me intrometer, mas -engulo a seco. –a culpa foi minha , eu fiz aniversario a uns dias atrás e como minha casa é pequena e Bill e Tom são muito meus amigos eu pedi para eles fazem a festa aqui, eles não quiseram aceitar de inicio, mas eu convenci eles.- eu menti , eu era péssima em mentiras mas jurava que essa tinha adiantado, a mulher sorri e me diz:
-Olha , você é uma amiga de ouro, obrigada por tentar ajudar eles mas , eu sei os filhos que tenho, agora vá para casa eu preciso conversar com eles- Apesar de usas palavras parecerem agressivas, ela disse isso com uma boa intenção ,foi um tanto agradável me despedi de Bill com um abraço e quando fui me despedi de tom ele e da um selinho e eu pensava “ Tom colé, não é uma boa hora para cumprir tratos !!”.
-Mais que amiga talvez- dizia a mãe deles sorrindo, eu saio o mais rápido que pude, vermelha de vergonha. O que quer que aconteça, eu saberia na segunda, ou melhor, daqui a algumas horas já que era três da manha.

Eu sabia que se dormisse seria difícil acordar, então apenas tomei um banho gelado esperei dar a hora e depois fui para escola. As pessoas não falavam de outra coisa a não ser a festa dos kaulitz, Bill estava na porta da sala e me abraçou dizendo bom dia, Tom estava sentado em cima da mesa do professor conversando com alguns amigos, quando cheguei perto para abraça-lo ele me beija, eu não estava acostumada com isso, essa aposta tinha sido boa pelo lado que poderia beijar ele a hora que quisesse, mas por outro, minha felicidade duraria apenas uma semana. Nossa primeira aula era de educação física ninguém gostava, mas éramos obrigados a fazer, era o dia dos meninos jogarem, então Tom prendeu seus dreads e foi jogar, ele ficou tão cansado depois do jogo que chegou a deitar e como eu estava perto coloquei sua cabeça em minhas coxas, soltei seu cabelo e comecei a fazer carinho em seus dreads. Afinal eu só teria uma semana para aproveitar. Depois de passeios, cinema e alguns shows que fui com o Tom , minha semana passou rápido só faltavam dois dias para ela acabar.( é impressionante como o tempo anda rápido quando queremos que ele pare ¬¬’)
Estávamos sozinhos vendo um filme na casa de tom( a essa altura já estávamos bem íntimos um do outro),Bill havia ido a um show de rock, e a mãe deles que se chama Simone ,estava em uma viagem com o padrasto deles.
-Tem certeza que sua mãe não vai voltar mais cedo da viagem ,mesmo que não estejamos fazendo nada , seria constrangedor ela entra aqui e nos ver agarrados no sofá ,vendo um filme proibido para nossa idade.-eu digo enquanto tom ri e olha nos meu olhos.
-Tenho certeza que ela não volta cedo, mas já que você tocou no assunto...- ele se aproxima, Tinha uma leve impressão de que ele não estava falando de sua mãe chegar mais cedo em casa, eu deveria ter ficado calada (ou não! ),Tom desliga a TV , me pega no colo e me beijado me leva para o quarto. Lá, ele não é nem um pouco cauteloso ao tirar minhas roupas, minha blusa por sinal chegou a rasgar, o que mais me assustou não foi isso, foi ver que Tom Kaulitz aos seus 15 anos de idade tinha uma gaveta cheia de preservativos, ele pega minha coxa e a morde, depois sobe beijando minha barriga que com suas mãos enormes e maravilhosas ele aperta minhas nádegas, em seguida aperta meus seios me levando à loucura, a esse ponto eu não estava mais apaixonada por ele, eu estava incondicionalmente amando ele. Eu estava tendo a melhor noite de toda aminha vida não queria que aquilo acabasse, ele me fazia delirar a cada investida. Depois de terminarmos eu desmaiei em sua cama.Já era de manha quando eu acordei, Tom estava abraçado comigo e eu me perguntava se ele ainda estava agindo assim por causa do trato ou porque gostava de mim.
-Bom Dia Flames- ele dizia enquanto me beijava.
-Bom dia Tom – eu o beijei novamente e no meio daquele maravilhoso beijo, enrolada no lençol da cama de Tom e evolvida pelos seus braços alguém abre a porta.
-Tom , você sabe onde eu coloquei ...-Bill para e nos observa , eu cubro minha cara com a coberta e os dois começam a rir.
-Parece que é melhor você voltar depois Bill – dizia Tom.
-Ela não se importa né sou seu melhor amigo – ele ria e se jogou na cama, caindo ao meu lado.
-Bill cai fora daqui- minha voz sai falhada- eles continuam a rir e Bill sai. Depois de mais um beijo fiquei tentada a perguntar tom o que aconteceria depois de hoje, era nosso ultimo dia juntos.
-Tom..- me arrependo de tem começado ao ver que acabaria com todo aquele clima maravilhoso mas era tarde para parar, ele se vira para me ouvir.
-Hoje é o ultimo dia né...- meus olhos se enchem de lagrimas sem minha permissão, ele me observa e responde:
-Só se você quiser... – ele me beija novamente ,e eu sinto meus lábios sorrirem. Seu telefone toca,(eu não tinha ideia de como aquele telefonema iria me destruir)Depois de algumas palavras tom desliga e pula na cama me beijando novamente.
-Nos conseguimos... a gravadora aprovo o nosso CD e nosso novo nome .- ele me beija novamente .
-Qual é o nome?- eu pergunto aflita
-Tokio Hotel – ele diz , depois se veste e vai falar com o Bill. Depois de me vestir e ajudar Tom a contar para todos os integrantes da banda seguimos para gravadora.
Depois de se passarem algumas semanas a banda já tinha gravado seu 1° CD como Tokio Hotel. O CD lançaria em dois dias.
-Pra você- Tom me entregava uma tulipa vermelha com um anel em seu cabo, eu fico maravilhada mas depois percebo que era muito romântico para ele ter feito sozinho , ele mal conseguia dizer ” te amo” sem se sentir um bobo. Imediatamente olho para Bill que estava atrás de tom ele apenas sorri dizendo para eu aceitar, eu beijo Tom e ele coloca o anel em meu dedo.
-Vamos para entrevista?- pergunta o empresário da banda.
-Vamos, ela pode ir junto?- Perguntava Tom, estava mais que claro que o empresário deles não gostava de mim, ele concordou com a cabeça e fez uma cara feia. Quando enfim a banda começou a ser entrevistada o empresaria deles me chama em um canto.
-Você não pode namorar o Tom.- ele afirmava e vendo que eu não entedia a razão daquilo ele explica:
-Você vai prejudicar a banda, nenhuma fã que ter um ídolo que tem namorada. Você tem que deixar Tom se não tudo isso - ele aponta para entrevista. - não valera de nada.- ele simplesmente se cala ao ver que Tom e Bill então vindo.
-O que houve?- eu pergunto.
-intervalo - Tom me responde sorrindo.

Depois de toda aquela coisa de entrevista voltamos para casa, não parava de pensar no que aquele homem havia me falado, era um absurdo eu ter que deixar o Tom eu o amava tanto, mas de fato era verdade que nenhuma fã quer ter um ídolo com namorada. Meses depois do CD lançado o empresário marcou uma turnê para eles, eu teria que me decidir se deixava o Tom ou se apenas seguia em frente com o risco de atrapalhar tudo o que eles esperavam tanto para conseguir. Acho que minha escolha era obvia.

No dia da partida, eu beijei tom como se fosse ver ele pela ultima vez ( e de fato eu iria mas ele não poderia nem desconfiar disso ).
- O que houve?- pergunta Tom sentindo meu beijo diferente.
-Já estou com saudades- de certa forma não menti apenas omiti a verdade com palavras verdadeiras, ( meio confuso, mas verdade).Depois que entram no ônibus dei um adeus para o Tom ,seria a ultima vez que o veria.(ou será que não?)

...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Through Time   Seg Out 24, 2011 2:47 pm

Que droga!Que dó da Flames!
Essa brincadeirinha é do Diabo! =)
Continua que está muito bom....e pareçe que vc seguiu minha dica,percebi a mudança!
aplausos
Continua!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Through Time   Seg Out 24, 2011 11:15 pm

Tadinha Sad
Continua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dnassy Shine
Iniciante


Número de Mensagens : 14
Idade : 20
Localização : Humanoid city
Data de inscrição : 07/10/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Through Time   Dom Out 30, 2011 5:47 pm

Capitulo dois –
De volta a realidade...
1° de setembro de 2011 (aniversario dos gêmeos) ...


Eu tinha 22 anos agora. Eu trabalhava como cantora na gravadora de meu namorado que se chamava Rony ( namorávamos a 3 anos ), ainda estava começando a minha carreira não era tão famosa. Enfim, tinha acabado de acordar e estava olhando para o anel que ganhei a 8 anos. O anel que Tom havia me dado, eu me perdia no meu passado lembrando de tudo que tinha acontecido , mas quando percebi que estava ficando tarde então beijei aquele anel que se encontrava em meu polegar e me levantei para preparar um achocolatado depois fui em direção ao quarto de Andy (Ah esqueci de dizer, morava com Andy e sua irmã de 15 anos em um prédio em L.A. , e para minha sorte meu namorado Rony morava apenas a um andar de distancia.), eu parei na porta ao ouvir elas conversarem mais baixo que o normal.
-É por isso que eu estou dizendo...- falava Andy – eu não posso impedir ela de cometer essa besteira com o Rony, mas ele – ela para e seus olhos brilham ao lembrar – ele pode.
-“Tô” nessa maninha – dizia Anny que parecia mais empolgada do que o normal.
-Quem vai impedir quem de fazer o que ? – eu pergunto encostada na porta e depois dou uma golada no meu achocolatado. Elas estavam com aquela cara de criança que estava fazendo coisa errada.
-A-a mamãe , ela quer se casar de novo e Andy achou que o papai podia impedir- Anny respondia rápido de mais para ser verdade, sem falar que Andy estava fuzilando ela com os olhos. Eu pensei em perguntar o porque que elas falaram o nome de Rony , mas eu estava tão desanimada com o dia que deixei passar.
-Boa sorte , se a Andy tiver puxado a mãe de vocês – eu paro para olhar para Andy -vocês vão precisar de muita sorte. – Eu e Anny rimos enquanto Andy fazia uma careta.
“Automatic , that’s no real looooove in youuuu.. “ a voz de Bill gritava na sala, era o celular de Anny( Por culpa de Anny eu sabia tudo o que acontecia com eles, mudanças , namoradas , musicas, T-U-D-O , eu quase explodia de tanto que ela falava da banda Tokio Hotel.), ela correu para atender mas, logo voltou apontando o celular para mim.
- È pra você , é o Rony – ela dizia fazendo uma careta, apenas soltei uma risada e me afastei para falar ao telefone, mas elas me obrigaram a ficar e por no viva-voz.
- Oi amor , porque você não ligou para mim ?- eu perguntava confusa
- Amor você esqueceu seu celular aqui ontem, sabe depois de...- Rony diza, mas antes de terminar eu cortei ele , Anny era como uma irmã para mim não gostava de ela ter essas ideias na cabeça , apesar de que, eu não podia servir como exemplo.
-A ta .. – eu coro – mas o que houve porque me ligou?
-Quer Almoçar comigo hoje ?
- Olha hoje não é um bom dia ... – eu digo enquanto vejo Andy e Anny ficarem espantadas e só ai percebi a besteira que tinha dito.
-Eu acho que não é isso que um namorado espera ouvir depois de uma noite como a de ontem- ele solta alguns risos sabendo que eu sou desligada demais para ter dito com alguma intenção.
-Desculpa meu amor, não era isso que eu queria dizer – eu tento me desculpar, mas Rony não é fácil.
- Com uma condição: Aceite meu convite. – ele dizia, eu sabia que nossa conversa não ia acabar se eu não falasse “sim”, então desisti , aceitei. Depois de desligar o meu telefone fui ao espelho checar se meu cabelo ainda estava vermelho o suficiente e fui escolher minha roupa com ajuda de Andy.( não , eu não mudei nada em minha aparência, apenas cresci um pouco.)
-Se eu fosse você eu fingia que estava passando mal – dizia Andy se recusando a me ajudar, ela simplesmente odiava Rony.
- você sabe muito bem que eu não posso fazer isso.
- então vai com esse sapato você não usa a tanto tempo. – ela me olha seria com os meus antigos all-stars vermelho, eu me irrito apenas pego o meu outro tênis e saio do quarto para fazer minha maquiagem.
Depois de horas Rony chega todo sem graça pelo atraso eu faço questão de empurra-lo para fora da casa antes que Andy o veja.
-Então para onde nos vamos ?- eu perguntava já no carro de Rony.
-você vai gostar é tudo o que posso dizer. - ele sorri e começa a dirigir mais rápido. Eu havia aprendido a dirigir com ele então não me importava com a velocidade, só dirigíamos em alta velocidade.
-Não acredito !!! – eu dizia surpresa estava na praia onde vi Rony pela primeira vez, tinha uma mesa toda arrumada e decorada para dois. - Que lindo Rony – eu continuava, Rony era tão romântico, as vezes eu me sentia mal por não ama-lo tanto como ele me amava.
-Que bom que você gostou – ele dizia sorrindo e me conduzindo ao meu lugar, assim que sentei foi servida a comida, era peixe, eu ODIAVA peixe, mas não queria estragar o momento.
-Sabe eu me lembro de quando nos conhecemos ...- ele levanta meu queixo para olhar em seus olhos.- Agente estava naquele luau, estávamos todos em volta da fogueira, eu me encantei por você de primeira e você ...- ele deu um gole em seu champanhe.- você estava linda, daí te deram o violão e você tocou aquela musica qual era o mesmo nome ? – ele para e sorri ao tentar se lembrar, eu estava apenas escutando e tentando me lembrar. - Lembrei! – ele fala mais alto. – aquela musica alemã acho que a tradução é “By your side “ certo ?! – Eu estremeço ao lembrar aquele momento, será que eles não sairiam da minha vida nunca? Mas eu apenas balancei a cabeça não estava em condições de falar.
-Foi naquela hora que descobri que eu estava completamente apaixonado por você. Alessandra Stuart , ai isso vai ser difícil- ele ri , mas logo se recompõem e diz pegando uma caixinha, eu torcia pra que ali dentro só tivesse um cordão ou chaves para um carro novo.
-Alessandra Stuart , você quer casar comigo ?- eu não queria responder simplesmente porque a resposta seria não , não havia outra resposta.
-Sim – minha boca me traiu, eu não conseguia me ver casada com ele , mas ele abriu um sorriso me beijou. Meus olhos, já estavam cheios d’agua meu pensamentos não me deixavam concentrar naquela beijo sedutor “não estou quase chorando porque eu o amo, mas porque eu tinha respondido errado, minha vida não passaria de uma farsa, mas eu não podia esperar uma pessoa que eu deixei sem ao menos explicar porque. Eu não tinha mais saída a não ser aceitar aquele pedido.”

Quando dei por mim eu já estava na porta do apartamento de Rony. Meus pensamentos estavam confusos, mas ele não parecia perceber ele apenas tirava minha roupa enquanto me beijava e me jogava na cama. Eu não parava de pensar no Tom, hoje era seu aniversario e eu estava aqui com outro homem, eu estava noiva. Rony estava me beijando quando resolveu morder minha coxa e subir a mão até minha barriga igual ao Tom tinha feito comigo anos atrás, finalmente minhas lagrimas caem .Tom kaulitz como sempre ele aparece em meus pensamentos nas horas mais inoportunas.
-Tom – eu suspirei , eu não acreditava no que tinha dito, meu dia não podia estar sendo pior, Rony levanta e me olha nos olhos e me coloca contra a parede fazendo minhas costas baterem de leve.
-Quem é Tom ? – ele me pergunta com lagrimas nos olhos e já irritado( o que não era bom, Jony ficava agressivo quando se irritava.).
-QUEM È TOM? – ele gritava e baita minhas costas mais forte na parede, ao ver que machucou me solta e eu aproveito para correr dele e ir para o meu apartamento. Deve ter sido engraçado ver uma cantora no começo de carreira com 22 anos correndo descalça só de calça jeans e sutiã pelo corredor de um prédio movimentado de L.A., o triste era ver que o namorado dela corria furioso atrás dela. Enfim , não demorou muito ate chegar ao meu apartamento assim que entrei tranquei a porta , mas não parecia adiantar porque Rony estava quase a quebrando, eu fui para o quarto e assim que entrei vi meu all-star vermelho que estava exatamente aonde eu tinha deixado antes do almoço com o Rony , eu o coloquei na tentativa de me trazer algum conforto, não adiantou só me fez sentir pior por lembrar de Tom, eu estava prestes a tirar quando meu celular toca.
-Alê ?- era a voz de Andy, só ai percebi que estava sozinha em casa.
-Oi- minha voz sai tremula.
- O que houve Alê ?
-Nada - respondi rápido de mais.
-A tá, pode fazer um favor pra mim?- que tipo de amiga era Andy, normalmente quando eu digo que "não é nada" é porque é alguma coisa, era só insistir mais um pouco para saber.
-Fala- digo irritada com a falta de sensibilidade de Andy.
-Você pode vir buscar Anny e eu aqui no show? eu te dou o endereço é que o meu carro morreu.
- Esta bem, claro.- respondi sem vontade , coloquei a blusa peguei as chaves do carro, mas quando ia abrir a porta lembrei que Rony estava lá então voltei imediatamente para o quarto e sai pela janela como uma fugitiva. Estava dirigindo tranquila quando percebo que Rony esta me seguindo, eu entrei em pânico e corri mais do que já estava correndo com o carro, felizmente depois de 30 minutos e de entrar em 4 ruas que nunca tinha visto antes consegui despista-lo.

Estava na rua que Andy havia me falado quando vi um uma faixa gigante com o nome da banda, eu não acreditei. Andy não poderia fazer isso comigo, meu dia já estava péssimo e eu sabia que depois e estacionar e ir ao seu encontro ficaria pior...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady.Spooky
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1186
Idade : 20
Localização : Santana
Data de inscrição : 28/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Through Time   Dom Out 30, 2011 7:11 pm

Que tenso mano!!!!
Eu to muita curiosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Through Time   Dom Out 30, 2011 9:56 pm

O.O'
O coração dela deve estar saindo pela boca!
Contnua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dnassy Shine
Iniciante


Número de Mensagens : 14
Idade : 20
Localização : Humanoid city
Data de inscrição : 07/10/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Through Time   Qua Nov 02, 2011 3:20 pm

Espero que estejam gostando mesmo XDDD

continuação


... Respirei fundo e me prometi que não passaria de 10 passos de distancia da porta do camarim,( eu queria acreditar que cumpriria essa promessa ). Minhas pernas estavam tremulas só de ver o nome “Tokio Hotel” escrito na faixa, eu respirava fundo a cada passo quando finalmente cheguei aonde as meninas estavam. Anny sorria inocentemente, Andy também sorria, mas depois de ver que eu estava com cara de poucos amigos o seu sorriso desapareceu.
-Vamos?! – minha voz saia falhada, eu estava de cabeça baixa agora.
-Ahh... Poxa Alê que quero entrar no camarim- Anny falava e eu estremecia.
-NÃO ... – eu disse alto demais, Anny me olhou assustada então decidi continuar o mais rápido que pude - quer dizer, não pode entrar agora o tempo de visita de fãs já acabo certo?! – eu perguntava ao segurança e implorava pra estar certa , ele apenas concordou com a cabeça.
- Viu , vamos – me virei e fui andando quando escuto Anny chorando, respirei fundo para não arrastar ela pelo braço ate o carro.
- O que foi Anny ?- eu perguntava entre os dentes.
- Eles são a minha inspiração, eu amo eles, são a razão do meu viver, eu preciso olhar nos olhos do Bill e ...
- Anny, NÃO – eu cortei ela, além de eu não querer, aquela historia estava ficando melosa de mais, eu estava pronta para ir embora quando Andy me para, nos estávamos a alguns passos de distancia de Anny.
- Está certo que você quer continuar com essa farsa de que Rony é seu amor verdadeiro, mas não precisa arruinara vida da Anny. – ela me olhava seria e só depois de ver Anny chorando novamente percebi o quanto estava sendo egoísta.
- Que seja – fui andando rápido em direção ao segurança.
- Diga que flames esta aqui – Andy correu atrás de mim.
-Quem ?!- perguntou o segurança, a pergunta me fez revirara os olhos , mas antes de eu responder Andy respondeu animada.
- F-L-A-M-E-S , Flames.Vai logo, diz – Andy falava como se fosse uma ordem, todos olharam espantados para ela. O segurança não gostou muito, mas foi.
-esta legal, vocês entram e eu espero vocês aqui ok?! – o sorrisinho que eu fiz depois de dizer não adiantou, assim que o segurança voltou elas me obrigaram a entrar , respirei fundo e entrei.
- é ... oi ?- todos ficaram quietos , Bill , Georg , Gustav ( Gustav normalmente não falava e não parecia ter mudado então apenas continuou quieto), mas Tom , Tom não estava ali, será que ele ficou com raiva de mim e se recusou a me ver ?
-Nossa , Alê .... quanto tempo, eu estava com saudades – Bill falava enquanto me abraçava (e por sinal quase me esmagava , eu nunca entendi como um corpo tão magro conseguia me esmagar com um abraço) minhas costas doeram um pouco quando Bill me abraçou, deve ter sido por causa do que Rony tinha feito, mas a felicidade era tanta que nem liguei .
- Você não mudou nada, continua linda – Bill se afastava para analisar, mas eu estava com tanta saudade do meu melhor amigo que agarrei ele de novo e algumas lagrimas caíram e ele continuou – eu sabia que você ia vir.
-Bem... – eu limpava as lagrimas – você eu não posso dizer que esta o mesmo né, que cabelo loiro é esse Bill? E como assim “ sabia que eu ira vir “ ? – (para falar a verdade não estava surpresa com o cabelo de Bill ,Anny já tinha se encarregado de me mostrar dias trás), ele olha pra Andy e quando ele vai começar a “tentar” explicar uma voz bem familiar toma conta do camarim e me deixa extasiada.
-Bill, da pra parar de deixar seu celular na minha mesa?? Da próxima eu jogo no ...- ele para de falar ao me ver , mesmo sabendo que isso ia acontecer eu não acreditava ... era o Tom e ele estava mais lindo do que nunca. Eu não podia ser cínica e dizer “ oi tom, tudo bem ? quanto tempo né ?!” e também eu não sabia se ele estava com raiva de mim, pra falar a verdade eu acho que nem ele sabia.

----------------------------------
Por Tom
“ Eu não acreditava no que estava vendo ... era flames ou só mais um de meu sonhos ? Eu sei porque ela foi embora , não concordo, mas não a culpo, eu Bill sempre falávamos que a banda era muito importante para nos. Eu não tenho ideia como agir , ela estava parada na minha frente com seu antigo all-star vermelho uma calça justa e um casaco largo que esconde a camiseta ... ela não mudou nada, a não ser por ela estar mais linda e gostosa do que antes, mas ela continua sendo a flames de antes... a minha flames.”
------------------------------------

Tom se aproximou de mim, pegou a minha mão, seu toque fez minha mão ficar como se tivesse levado um choque e ao ver que eu ainda usava o anel que ele me dera me abraçou forte , mais forte que Bill.
-Feliz aniversariooo !!! – Dizia Andy e só ai percebi que tudo era armado, Andy deveria ter encontrado Bill antes e combinado tudo, por isso Bill não estava tão surpreso por me ver e isso também explicava a conversa de Anny e Andy mais cedo.

O abraço de Tom provocou a mesma sensação elétrica em meu corpo. Minhas lagrimas caíram novamente, não só por estar com ele novamente mais também porque dessa vez as minhas costas doeram com se estivessem enfiando uma faca em mim, e apesar de seu abraço ser tão confortante eu deixei escapar num sussurro:
- Ai...- Tom se afasta para olhar pra mim.
- O que houve ? – Tom pergunta assustado enquanto Bill e Andy se aproximam.
- Nada , minhas costas estão doendo um pouco.
- Elas não estavam antes de você sair de casa com Rony hoje de tarde . – Andy falava já insinuando que a culpa era de Rony.
-Quem é Rony?- perguntou Tom , mas eu não queria explicar.
- Não põem a culapa nele Andy, não é nada eu só me aranhei- Andy vem em minha direção eu sabia o que ela ia fazer ela ia tentar tirar meu casaco então eu tentei desviar, mas tom me segurou e Andy tirou o casaco.
- Meu Deus! – Andy diz espantada, Bill estava o seu lado com a mesma cara de assustado e Tom esperava o “diagnostico” de Andy.
-Georg trás uma blusa rápido.- Tom dizia depois de ver o machucado, só quando o vento bateu senti que minhas costas estavam molhadas . Eu estava com uma parte das costas roxa e a outra cortada, não era um corte grande era quase um arranhão, mas saia muito sangue, finalmente Georg chegou com a camisa .
-Vamos, vou te ajudar com isso, onde é o banheiro?- Andy perguntava e Tom nos conduzia ao banheiro o mais rápido que podia, entramos e Andy trancou a porta.
- Anda Fala, como ele fez isso ?- Andy me perguntava enquanto me ajudava a tirar a blusa ensanguentada.
-Andy eu não quero falar sobre isso.- ela apenas me olhou no espelho e eu sabia que ela não ia desistir.
- Rony me pediu em casamento ...
- Eu sei – ela dizia – ele havia me contado, ele quis minha ajuda pra manter em segredo. - fiquei espantada por imaginar Rony pedindo ajuda a Andy e ela não matando ele, mas logo continuei a contar.
-Então , depois de me pedir nos fomos para o apartamento e quando ele me jogou na cama , mordeu minha perna e... passou a mão na minha barriga.- eu engoli a seco e Andy que lavava meus machucados chegou a parar para me olhar do espelho, como ela sempre foi uma irmã para mim ela sabia dos detalhes da minha primeira vez com o Tom.
- Então você lembrou do Tom nessa hora ? – ela pergunta aflita
- Não só lembrei como também ..... Falei o nome dele. - Andy fica paralisada.
- Você o Que ? – ela sorria – eu queria ter visto a cara dele, finalmente ele se deu mal.
- ANDY !– eu falei alto de mais , só ouvimos alguém bater na porta.
- Esta tudo bem ai ? – era a voz de Tom, ele parecia muito preocupado.
-Este sim Tom, já estamos saindo – eu respondi, e quando tinha certeza que ele tinha ido continuei – Andy , ele levantou e me botou contra a parede machucou um pouco, mas não muito, ele me perguntava quem era Tom, mas eu não respondi então ele se irritou e me jogou na parede com mais força e gritou para perguntar de novo – minhas lagrimas voltaram a cair – e daí eu fugi para casa depois você me ligou e agora estou aqui.
-Eu vou matar ele , não melhor, vou contar pro Tom ai o Tom mata ele.
- Andy para, chega vamos logo deixa o Tom fora disso.
Saímos do banheiro e Bill estava na porta, fiquei assustada será que ele escutou tudo?
-Quem é esse cara ?- é, ele tinha escutado. Bill parecia nervoso então apenas segui em direção aonde todos estavam em uma tentativa de ele desistir de saber. Não foi uma boa ideia.
- Quem é o cara que machucou você ?- Bill perguntou, fazendo questão que Tom ouvisse, como Andy sabia que eu não ia responder ela respondeu por mim.
- Rony , ele se chama Rony.
-Quem é Rony? – Tom pergunta novamente, eu não respondi, vi Andy tentar prender um sorriso por causa do aparente “dejavu”, mas diferente de Rony , Tom chegou perto de mim segurou meus braços olhou em meus olhos, eu não ia conseguir mentir para aqueles olhos castanhos.
-Ele é meu noivo...
- O que ?- Bill pergunta , Tom parecia impossibilitado de falar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Through Time   Sex Nov 18, 2011 8:48 pm

O.O Não imaginava que tinha sido esse estrago todo.
Vai lá Tom, quebra a cara desse Rony!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Through Time   Hoje à(s) 1:14 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Through Time
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Remember The Time - Momentos marcantes na vida de um Rei
» Time Of Our Live & What Makes You Beautiful - Big Time Rush/One Direction Mash-Up
» Unisonic
» Quando Michael Jackson dançou em cima de uma cadeira
» Pomba-Gira tocando baixo?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: