Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sex Jul 27, 2012 8:21 pm

Olá girls, depois de alguns anos sem postar/escrever NADA estou aproveitando o resto das minhas férias pra tentar escrever algo que preste pra vocês. Essa Mini fic ainda não está terminada (ta longe disso rs) mas,prometo que não vou abandona-la e nem nada do gênero (claro, se eu tiver boas e fieis leitoras <3') rs
Mas, pra poder postar.. preciso saber se alguem irá se habilitar á acompanhar essa pequena trama da história

Nome: Madly In Love (Perdidamente apaixonados)
Personagens: Brendy e Tom.
Classificação: Adianta alguma coisa? rs +18 (Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo).
Gênero: Romance.
Capítulos: - - -
Finalizada: No
Autor: Eu mesma (:
Beta-Reader: O que nunca me abandona: Word <3'

Sinopse: - Não, eu não posso estar apaixonada. Isso seria crueldade demais. Disse parando no farol e batendo com força no volante enquanto as lágrimas que tanto segurei para não serem derramadas percorriam por minha face.

Sempre fui péssima com sinopse --' porém garanto que a fic irá ser muito legal. Eaí,alguem? lixa


Última edição por kiinha kaulitz em Qua Ago 08, 2012 9:39 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
.JH.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3022
Data de inscrição : 26/02/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sex Jul 27, 2012 8:32 pm

AHH *----* eu quero ler
Eu gostei da sinopse, irei acompanhar ainda mais que tem meu amadoTom envolvido


Postaaah Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kamila Schafer

Fã


Número de Mensagens : 233
Idade : 19
Localização : the city of shit ;@
Data de inscrição : 25/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 9:59 am

EU o/

Posta sim (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Always.Postive_
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 528
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro.
Data de inscrição : 10/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 10:39 am

Posta =]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Danielle K
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3199
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 4:27 pm

posta
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paloma S.

Fã


Número de Mensagens : 91
Idade : 20
Localização : Porto Alegre/RS
Data de inscrição : 02/04/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 4:28 pm

Hallo \o/
Pode posta que eu leio!
Voltar ao Topo Ir em baixo
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 4:48 pm

Olá liebes, obrigada pelos comentários (: fico feliz que tenham vontade de acompanhar essa história.

Notas:
× Frases que estiverem em itálico são os pensamentos das personagens
× Grande parte da história passará no passado, por isso [FLASHBACK] estará ligado praticamente até o fim.
× Qualquer outra dúvida, deixem no comentário, ok girls? ^^
× Estou sem o site para hospedar a capa,então quando eu conseguir eu edito e coloco a mesma,ok meninas?

--

Cap. 1 – Você é um babaca.

Peguei rapidamente as chaves e bati a porta. Corri em direção ao meu carro e liguei o mesmo. Pelo retrovisor pude vê-lo me encarar da portaria.
- Brendy, volta aqui meu! Disse ele sério
Abaixei o vidro e com a mão pelo lado de fora lhe mostrei o dedo do meio.
Peguei qualquer CD que havia no porta luvas e coloquei pra tocar.
- Ótimo! Placebo pra animar ainda mais meu dia. Disse aumentando o volume do som.
Saí cantando pneu pelas ruas de Berlim. Fazia frio e o trânsito estava pior que o comum.
- Onde será que eu estava com a cabeça quando pensei em me misturar com gente daquela raça. Disse em voz alta, tentando fazer tal pensamento fixar no meu cérebro. – Você está apaixonada por ele, não é mesmo? – Como assim, apaixonada? Eu realmente não sei como é sentir isso. – Você vai dizer que nunca se apaixonaria por aquele canalha, conquistador de quinta, safado, mulherengo, mentiroso, traidor... Mesmo ele tendo o sorriso mais lindo do mundo, mesmo que aquele par de olhos te encante toda vez que você tenta fugir dele. - Não, eu não posso estar apaixonada. Isso seria crueldade demais. Disse parando no farol e batendo com força no volante enquanto as lágrimas que tanto segurei para não serem derramadas percorriam por minha face.

[FLASHBACK ON]

Foi no colégio em que o conheci. O líder do time de basquete da escola Fhired Tomson – que no caso é uma das escolas bem mais pagas do país – pena que a mesma aceitava pessoas como ele. Tom Kaulitz. O mulherengo da escola. O conquistador de quinta. O pegador de todas as menininhas “lideres-de-torcida”. O que causa inveja nos outros meninos. O que faz as demais meninas sofrerem por ele. E quaisquer outros objetivos que tenham ligação com a palavra “C-A-N-A-L-H-A”.
- Esse Tom é tão gostoso né Brendy? Disse Amanda enquanto pegava sua bandeja com algumas frutas e seu típico suco de laranja.
- Você ta louca? Não sei o que você e o resto das meninas dessa escola vêem nele. Ele não passa de um galinha que sai pegando todas, na qual não sabe ter um relacionamento duradouro e só passa de ano por que sem ele o time de basquete já tinha ido pro buraco. Disse enquanto mordia um pedaço do meu humburger discordando com a cabeça com o que ela acabara de dizer.
- Aposto que você só diz isso por que ele não te dá bola! Disse ela arqueando uma das sobrancelhas.
- Pois eu não ficaria com ele nem se ele tivesse me dado. Tenho muitos outros caras atrás que mim, que ao contrário dele, são muito interessantes. Disse á encarando.
- Ah é? E cadê eles que eu nunca os vi?
- Estão por aqui pelo mundo, tentando achar o endereço da minha casa.
Caímos na risada.
Como era semana de provas, iríamos sair mais cedo – após o intervalo – Enquanto Amanda terminava de tomar seu suco, resolvi ir buscar meus materiais no armário.
Abri o mesmo e peguei alguns livros que usaria no fim do dia para prova de português. Tranquei o mesmo e quando me virei, dando pequenos passos, dei de cara com Tom que fez meus livros irem ao chão.
- Você não olha por onde anda não é? Perguntei já me agachando para pegar os livros.
O mesmo agachou junto comigo.
- Desculpe marrentinha. Eu não fiz por mal. Disse ele me ajudando a pegar o restante das folhas, espalhadas pelo pátio.
- Ok, mas, por favor, sem mãos se encostando por acaso ou descuido. Disse séria, encarando aqueles pares de olhos que diziam “Estou com vontade de te comer agora”. Aquilo fez meu estomago embrulhar.
- Por quê? Você não resistiria não é mesmo?
Por que sempre tão convencido Deus?
- Meu querido, se você não percebeu ainda, eu não sou esse tipo de garota que você já está acostumado á lidar, certo?
- E qual é esse tipo de garota? Disse ele interessado.
- Meninas que fazem de tudo pra poder ficar com você. Que passam com roupas cada vez mais curtas perto de você pra ver se conseguem sua atenção enquanto a única coisa que você é capaz de pensar é “Essa gostosa eu levo pra cama ainda hoje”. Falei fazendo aspas com as mãos. – E é claro que você sempre consegue! Não porque é bom e sim porque elas são loucas pra dar pra qualquer garoto que seja líder de um time de basquete. Disse convencida.
- É claro que você não faz parte dessas garotas. Porque você só sabe usar camisetas de bandas que te cobrem até a bunda.
- Eu sei ser sexy também. Mas, só quando eu quero e só pra quem merece.
- Você se faz de difícil, mas se eu te desse um beijo agora você não iria querer me largar mais. Disse ele convencido, passando sua mão pela minha nuca.
- Garoto se toca! - Tirei sua mão de mim. – Eu aposto que não!
- E eu aposto que sim. Disse ele orgulhoso. – Podemos levantar? Minhas pernas doem.
Não contive o riso.
- Então amanhã vai lá em casa depois da escola. Farei uma festa intima para algumas pessoas. Quero ver se lá, nas escondidas você consegue se controlar. Pega meu numero com aquela sua amiga, que agora não lembro o nome, ela tem meu numero. Beijos gata.
Enquanto o via desaparecer no meio da multidão a única coisa que eu conseguia fazer era contar até dez pra não explodir de ódio. Como ele ousa me provocar desse jeito? Ele não sabe com quem ta lidando. Esse convite pra festa é um absurdo e eu não posso cair nessa. Ou posso?

xx

Eaí meninas? Até o próximo cap. Wink

Voltar ao Topo Ir em baixo
Danielle K
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3199
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 8:14 pm

Isso mesmo coloca o Tom no lugar dele!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Breenda_Pepe
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 872
Idade : 20
Localização : Praia Grande, SP
Data de inscrição : 20/03/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 10:34 pm

posta maais *-*

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kamila Schafer

Fã


Número de Mensagens : 233
Idade : 19
Localização : the city of shit ;@
Data de inscrição : 25/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Sab Jul 28, 2012 10:46 pm

Continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Always.Postive_
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 528
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro.
Data de inscrição : 10/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Dom Jul 29, 2012 12:28 am

Menina tu escrever muito bem, afê por que o Tom tem que ser tão metido ? por que deusss... então, continua catinha u_u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paloma S.

Fã


Número de Mensagens : 91
Idade : 20
Localização : Porto Alegre/RS
Data de inscrição : 02/04/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Dom Jul 29, 2012 4:19 pm

Acho que ela não vai conseguir se aguentar e vai nessa festa. Ja to até vendo kkkkkkkkkk.
Gostei da personalidade da Brendy, me identifiqueii Smile

Continuaaaaaa
Voltar ao Topo Ir em baixo
.JH.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3022
Data de inscrição : 26/02/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Dom Jul 29, 2012 4:59 pm

Claro que ela deve ir na festa, vamos ver se ela aguenta?! Twisted Evil Twisted Evil

Ela já está caidinha pelo Tom. Pôe ela pra ir na festa. Sim, Sim, Sim !!!

Faz jogo duro, mas depois se rende Rolling Eyes #sôEU

AHH *---* liebe continueee, tá legal a fic Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilana
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3843
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 01/02/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Seg Jul 30, 2012 4:05 pm

Gente, estou amando!! Continua por favor!!

Sou uma leitora fiel, porém, pode ser que às vezes eu não tenha tempo de vir, mas sempre que eu puder estarei aqui, pois estou amando *o*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://eternitytokiohotel.tumblr.com/
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Seg Jul 30, 2012 10:31 pm

Olá aliens! Fico feliz que estejam gostando da fic (:
Hoje tive muito tempo livre no serviço e isso rendeu a escrita da fic inteira rs A mesma terá somente 6 capitos (para alegriiiia das leitoras) rs enfim,vamos parar de enrolação e vamos descobrir se a Brendy foi á festa? E o que será que aconteceu por lá?

xx

Cap. 2 – Party I

O dia passou normalmente. Fui pra escola e fiz a prova de português em menos de cinqüenta minutos. Sempre fui boa em português, mas não muito com palavras. Apesar de não ter procurado-o não avistei Tom em nenhum canto daquele enorme colégio. Também não tinha pedido o numero dele pra Amanda, pois ainda estava pensando se devia mesmo ir á essa tal festa.
Cheguei em casa e corri para o meu quarto. Joguei a mochila na cama e fui tirar a maquiagem do meu rosto. Senti o celular vibrar no meu bolso. Sequei a mão na pequena toalha de seda e retirei o mesmo. Era uma mensagem de um numero desconhecido.

”Como você ainda não me ligou nem nada, resolvi pegar seu numero com a Amanda. Você virá hoje á noite né? Encontro-te no coffe topes ás 7horas. Por favor, não se atrase, pois já estou cansado de meninas assim. Beijos – Tom”.

Coloquei o celular do lado da banheira de hidromassagem e adentrei a mesma. Me Deus, como ele conseguia ser insolente até nas piores horas. Amanda irá escutar muito por ter passado meu numero pra esse idiota sem ao menos minha consciência disso. Se ele acha que eu vou cair nesse papinho de menino bonzinho que vem buscar a garota na porta de casa só pra ganhar pontos, ele está muito enganado.

“Mesmo tendo carro e gasolina, eu deixo você vir me buscar... Assim eu não gasto nada além da minha paciência com pouca coisa como você. Ás 07h30min no Coffe Topes”.

Passei o resto das poucas horas que restavam descansando naquela banheira.

**

Depois de ficar mais de uma hora e meia encarando o guarda-roupa sem saber que raio de roupa deveria usar, acabei optando por um look não muito diferente do que ele já estava acostumado a ver.
Vesti um vestido preto básico, com algumas tachinhas na cor dourada no ombro. Brincos pretos em formato de ancoras. Sandália num tom de vermelho escuro com um salto baixo. Deixei os cabelos soltos e caprichei na maquiagem extremamente forte com um batom vermelho.
Olhei o relógio e vi que estava quase na hora. Peguei minha bolsa vermelha onde coloquei coisas que achei que poderia precisar e desci as escadas encontrando minha mãe sentada na sala assistindo televisão.
- Mãe vou sair, não me espere acordada ok? Disse lhe dando um beijo na testa.
- Aonde a senhorita vai, posso saber? Disse ela vendo toda a minha produção.
- Não, não pode! Disse dando uma risada. – Vou ao shopping com as meninas do colégio e de lá vamos passar na casa da Amanda pra assistir algum filme, sei lá.
- Ok, só tome cuidado está bem?
- Sim senhora, coisa linda da minha vida. Disse indo em direção á porta e fechando a mesma.

**

7h: 50 min.

- Atrasado! Disse séria enquanto adentrava no carro.
- Foram míseros 20 minutinhos. Tive que parar no posto pra colocar gasolina senão ficaríamos parados na metade do caminho da festa. Não que pra você fosse ruim ficar sozinha comigo dentro do carro, mas não quero que pense que estou querendo abusar de você. Disse ele sorridente, enquanto segurava o volante.
- Da próxima vez verifica se ta tudo em ordem antes de vir me buscar. Não irei esperar numa próxima vez. Afirmei ainda me ajeitando no banco.
- Olha só, já está pensando num próximo encontro? Isso é bom.
- Cala boca e dirige logo! Disse demonstrando a minha irritação pela frase dita pelo ser.
Seguimos cinco quarteirões sem trocar sequer uma palavra. O mesmo colocou uma musica para acabar com o silencio que estava irritando até a mim.
- Que isso? Disse perguntando sobre a musica que estava tocando em sei rádio.
- Rap querida. Disse ele aumentando o volume.
- Além de safado e galinha ainda tem mau gosto. Disse cruzando os braços na altura dos seios.
- Prefiro isso a ter que ouvir aquele monte de retardado gritando coisas que não consigo diferenciar. Disse ele emburricado.
- Aquilo é rock meu bem. Aprenda a ter bom gosto pra poder falar do meu. Se quiser, te empresto alguns dos meus CD’s pra você experimentar.
Ele riu ironicamente e estacionou em frente a uma enorme mansão. Observei cada detalhe daquele local e somente pelo lado de fora puder ver o que me esperava lá dentro.
- Nem morto! Não vai descer? Disse ele tirando a chave do contato.
- Não vai abrir a porta? Disse sorrindo.
E assim entramos. Há maioria das pessoas que ali estavam eram da escola e senti vários olhares das meninas sendo depositados em mim e no Tom, que estava ao meu lado.
- O que vai querer beber? Disse ele me mostrando um lugar vazio no sofá.
- Uma cerveja. Disse sentando-me.
Enquanto vi Tom se afastar para buscar a bebida, senti o lado esquerdo do sofá afundando. Alguém tinha sentado ali.
- Oi amiga. Cumprimentou-me feliz
- Ah vadia, agora ta explicado por que você passou meu número pro Tom. Disse batendo em seu ombro. – Tudo pra ser convidada pra essa merda de festa.
- Desculpa amiga, eu não consegui resistir. Ainda mais ao saber que o Henrique estaria aqui. Disse ela com os olhos brilhando.
- Só te desculpo por que faz um ano que você ta atrás desse garoto. Disse tirando um maço de cigarros da minha bolsa. – Preciso fumar.
Segui sozinha para o jardim, onde havia enormes quantidades de flores plantadas ali, na qual parecia serem cuidadas pelo melhor jardineiro do mundo. Realmente a casa de Tom Kaulitz era linda e não havia nada ali para se colocar defeito, azar o meu; pois eu sempre adorava colocar defeitos nas coisas que eram ligadas a ele.
Sentei em um banquinho e acendi o cigarro. Curti aquele momento observando a enorme lua que iluminava ainda mais aquele lugar. Até ser interrompida por uma voz.
- Sua cerveja. Disse ele entregando-a por trás de mim.
Peguei da sua mão sem agradecer.
- De nada! Disse sentando-se ao meu lado. – Me diz, por que você é tão fechada e fria desse jeito?
Olhei-o espantada.
- Eu não sou fechada e muito menos fria.
- Ah não? E como descreveria o modo que a senhorita me trata? Perguntou curioso.
- Indiferente. Disse jogando a fumaça em seu rosto. – Eu não me importo com o que você acha ou que você diz e nem o que você faz. Não me importo com quantas garotas você sai e quantas você consegui comer no fim da noite. Eu não me importo se você sai por aí quebrando o coração das menininhas que iludidas pensam que são únicas na sua vida. Eu não me importo com o modo que você mente e finge pra elas. Sabe por quê? Por que eu não me importo com você. Disse séria enquanto apagava a pequena bituca de cigarro no espaço que havia entre seu corpo e o meu.
- E se eu te disser que esse seu jeito me deixa com vontade de... - Ele se aproximou mais – Te beijar? Disse olhando fundo em meus olhos.
Eu não sei por que, mas meu corpo gelou e senti-o estremecer por dentro.
- E se eu disser que se você fizer isso eu grito? Por que eu ainda não terminei nem a primeira cerveja pra chegar ao ponto de aceitar um beijo seu. Disse mostrando a latinha meio cheia e distanciando meu corpo do seu, antes que um de nós não resistisse.

___

Eaí meninas ? Espero comentários e qualquer critica construtiva sempre é bem-vinda :') espero estar agradando á todas.
Até o próximo capitulo!! buchecha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Breenda_Pepe
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 872
Idade : 20
Localização : Praia Grande, SP
Data de inscrição : 20/03/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Seg Jul 30, 2012 10:40 pm

status: ansiosa para o próximo cap!! haha

*-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Danielle K
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3199
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Seg Jul 30, 2012 10:42 pm

Ela tá resistindo a ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paloma S.

Fã


Número de Mensagens : 91
Idade : 20
Localização : Porto Alegre/RS
Data de inscrição : 02/04/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Ter Jul 31, 2012 9:11 am

Danielle K escreveu:
Ela tá resistindo a ele.

Quero ver até quando. E pelo jeito que o Tom ta agindo com ela, ele deve ta "in love" por ela kkkkkkkk

Continua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Missy Bardot
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1011
Idade : 24
Localização : Santa Catarina
Data de inscrição : 19/06/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Ter Jul 31, 2012 9:53 am

Leitora nova....to amando a fic!!!
continua study
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kamila Schafer

Fã


Número de Mensagens : 233
Idade : 19
Localização : the city of shit ;@
Data de inscrição : 25/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Ter Jul 31, 2012 11:42 am

Paloma S. escreveu:
Danielle K escreveu:
Ela tá resistindo a ele.

Quero ver até quando. E pelo jeito que o Tom ta agindo com ela, ele deve ta "in love" por ela kkkkkkkk

Continua

+1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Danielle K
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3199
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Ter Jul 31, 2012 12:43 pm

Implicancia demais é amor!Sei disso e já passei por isso também!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilana
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3843
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 01/02/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Ter Jul 31, 2012 5:49 pm

Para que resistir minha filha? u.u
Por favor, necessito do próximo capítulo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://eternitytokiohotel.tumblr.com/
.JH.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3022
Data de inscrição : 26/02/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Ter Jul 31, 2012 10:07 pm

Ela foi na festa!!! *----*

Não tem criticas vinda dem mi, a Fic está ótima <3

Já ouviram o ditado "quem desdem é porque quer". toda essa marra dela com o Tomm, já sabem o que é néé!!tongue

Amiga, continuee B)
Voltar ao Topo Ir em baixo
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Qua Ago 01, 2012 9:41 am

Olá aliens *-*
seja muito bem-vinda Missy *-* e Jacqueh' fico feliz que esteja gostando,muito obg mesmo! (: e as demais meninas, tbm agradeço de coração por acompanharem danke
Enfim,aqui vai o 3º capitulo para vocês (:

---

Cap. 3 – Party II

Ele continuou ali me estressando durante quinze minutos. Quinze eternos minutos que não passavam nunca. Até que uma alma apareceu e me livrou daquilo tudo.
- Tom?
Ana. A menina mais rodada da escola.
- Está ocupado? Só vim dizer que o seu quarto está vazio. Disse ela fazendo uma cara de safada.
Deu-me nojo só de tentar imaginar a cena.
- Ok, já vou lá gata. Disse ele dando uma piscadela de canto para a mesma que seguiu em direção á sala.
- Que nojo garoto. Fala pra ela que da próxima vez eu não preciso ficar sabendo das coisas que você e ela pretendem fazer. Eu agradeceria eternamente.
- Imaginar a cena te dá vontade de estar no lugar dela? Disse ele passando sua língua por seu lábio inferior, onde carregava um piercing.
- Não. Dá-me n-o-j-o. Disse pausadamente. – Vai lá com ela, já está te esperando há algum tempo. Mirei o relógio.
- Garota você é insuportável. Disse ele levantando. – É bom eu ir mesmo, cansei de perder meu tempo com alguém como você. Quando você aprender a tratar bem as pessoas, talvez eu volte há ceder alguns minutos pra você. Disse dando as costas pra mim e seguindo em direção ao resto das pessoas.
- Como se eu precisasse deles Kaulitz. Gritei o mais alto que pude para ter certeza que ele ouvira.
Por um momento cheguei a ficar estática e sem reação pelo modo de como ele me tratou. Agora quem tinha sido uma pessoa fria e sem sentimentos fora ele á me dirigir tal palavras. Joguei a latinha no chão e amassei a mesma com um dos meus pés.
Entrei furiosa para o local onde estava tocando uma daquelas músicas idiotas que ele costuma ouvir. Segui até o barman e pedi uma dose de tequila. Nunca fui de beber; mas já que não tinha minhas musicas para me acalmarem o único jeito era esse.

(...)

- Hey Brendy,o que aconteceu? Que cara é essa? Disse Amanda sentando ao meu lado.
- Ele foi um estúpido comigo. Disse virando o nono ou décimo copinho de tequila que desceu rasgando pela minha garganta que continuava seca, assim como o meu coração. – Ele falou que só voltaria a falar comigo quando eu soubesse como tratar bem as pessoas. Mas, será que ele não pensa que eu não to nem aí pra ele? F-O-D-A-S-E ele e toda aquela auto-estima barata que ele tem.
- Você já bebeu quantos copinhos de tequila Brendy?
- Não sei. Só sei que ainda não foram suficientes pra me fazer esquecer do que ele disse, por que parece que quanto mais o tempo passa aqui dentro, mais raiva eu sinto daquele idiota. Disse levantando. – Preciso ir embora!
- E você vai como? A pé? Disse Amanda me encarando.
- Claro que não! Disse ajeitando meu vestido. – Aquele idiota me trouxe até aqui mesmo contra a minha vontade, então agora eu vou fazer ele me levar, mesmo que ele esteja ocupado demais. Disse indo em direção às escadas, que levavam para seu quarto.
Depois de uns vinte minutos tentando subir as escadas, com a ajuda do corrimão (levando em consideração que eu praticamente não me aguentava em pé), cheguei ao andar de cima e do começo do corredor pude notar pelo menos três quartos. Que deveriam ser um de seus pais, outro de seu irmão e o dele. Como sabia que seus pais não estavam em casa e que seu irmão estava lá em baixo, resolvi sair abrindo porta por porta, até encontrá-lo.
Cheguei à conclusão que seu quarto era o último do corredor. Encostei um dos meus ouvidos na porta e acabei por escutar alguns gemidos.
Abri a porta acabando por ver a cena mais horrível da minha vida. Tom Kaulitz estava totalmente pelado bem na minha frente. (NOTA DA AUTORA: AONDE BRENDY ACHOU ESSA A CENA MAIS HORRIVEL DA VIDA DELA?PFVR)
- O que você ta fazendo aqui garota? Ta Louca? Disse ele cobrindo Ana com seu corpo.
Aproximei-me da cama e o puxei pelo braço.
- Você vai me levar embora agora! Disse o encarando.
- Garota o que você bebeu? Da pra sentir daqui o cheiro. Disse ele se afastando. – E você não está vendo que estou ocupado?
- Eu não quero saber. Você me fez vir pra cá à força e vai me levar embora agora.
O mesmo bufou de raiva.
- Então da pra você esperar lá em baixo pelo menos,enquanto eu me troco? Disse ele sério, com cara de poucos amigos.
- O que tem de errado? Tem medo de se trocar na minha frente e eu me espantar com o pequeno tamanho? Disse debochada.
- Ahh garota, agora você foi longe demais. Disse ele levantando da cama e deixando o lençol fino de renda cair ao chão.
Nesse exato momento acabei me arrependendo por não tê-lo obedecido quando pediu para que eu esperasse lá em baixo. Não que eu nunca tivesse visto um... Vocês sabem, mas o dele me deixou um tanto quanto espantada. Por alguns milésimos de segundos a minha vontade era de ser aquela garota que ali estava deitada na cama, com cara de cansada e satisfeita – mesmo com todo esse acontecimento que eu tinha acabado de causar.
- Vamos? Disse ele já de frente pra mim. – Brendy, responde!
Continuava feito uma estátua.
- Você é fora de sério mesmo viu!
Senti seus braços envolverem minha cintura com força, tirando meus pés do chão.
Eu só podia estar flutuando, realmente.
- Já volto. Disse ele deixando Ana na cama sozinha, enquanto descia as escadas comigo em seu colo.
- O que aconteceu com ela? Amanda se preocupou.
- Ela só pediu que eu me trocasse pra leva - lá para casa e assim o fiz. E agora ela ta desse jeito aí que você está vendo.
Amanda caiu no riso, já entendendo o motivo do meu estado.
- Quer que eu os acompanhe? Perguntou educadamente.
- Não precisa, não vamos demorar. Disse ele indo em direção ao carro.
Amanda o ajudou á abrir a porta, já que o mesmo continuava comigo em seus braços. Ele me colocou sentada no banco da frente e prendeu o cinto de segurança.
- Obrigado. Disse ele á Amanda, enquanto fechava a porta. – Só essa garota pra me tirar da minha própria festa.
Ele entrou no carro e ligou o carro.
- Olha, - Ele pausou para respirar lentamente. - Eu nunca imaginei que te chamar pra minha festa causaria todo esse reboliço. Você é fora de sério garota! Disse colocando a chave no contato e dando partida.
- Só me leva pra casa, por favor. Disse evitando olhar em seus olhos.
Enquanto seguíamos o caminho, estava cada vez mais difícil de resistir ao seu corpo, aos seus olhos. Momentos daquela cena pairavam pela minha cabeça de segundos em segundos. O momento que ele pôs suas mãos em minha cintura e me pegou no colo. Eu estava tendo quase delírios só de imaginar algo á mais. Realmente estava fora de mim. Malditas tequilas. E maldito corpo e cara sarado que estava bem ao meu lado.
- Chegamos. Disse ele parando o carro.
- D-d-desculpa pelo transtorno. Disse olhando para o lado de fora.
- Por que você ficou desse jeito? Perguntou chegando mais perto. – Ficou com vontade? Passou uma de suas mãos em minha coxa e aquilo fez com que eu me arrepiasse por dentro. – Se quiser você pode provar.
Encarei-o. Sua língua agora estava trajando novamente um percurso pelo lábio inferior, onde havia aquele pequeno objeto brilhante que me deixava com vontade de senti-lo também. Admito que estava praticamente impossível resistir á tudo aquilo. E também não entendo como toda aquela minha raiva e nojo dele pôde sumir tão rapidamente.
- Até mais ver, Kaulitz.
Tentei sair, mas algo me prendia.
- O cinto Brendy!
Olhei-o confusa.
- Você esqueceu-se de soltar o cinto. Disse ele apontando pro mesmo.
- Eu sei, idiota! Revirei os olhos.
Soltei o mesmo e saí do carro; batendo bruscamente a porta.
- Obrigada por ter-me trago. Dei as costas, mas logo voltei. – E só pra constar... Sua festa é um lixo.
- Só porque você não estava no meu quarto, eu entendo. Disse ele pronto pra sair rasgando com o carro.
Mostrei-lhe o dedo do meio e soltei um sorriso irônico.
O vi sumindo pela rua que estava coberta de neblina.
Cheguei em casa e fui para a cozinha,tropeçando em meus próprios passos. Peguei um copo com água gelada e beberiquei a mesma. Estava fervendo por dentro. Corri para o quarto e tomei um banho tentando relaxar. Deitei-me na cama e encarei o teto coberto por tinta branca. Senti o celular dar aviso de mensagem.

“Você estava linda hoje, pena que bêbada! Espero que esteja bem e não se esqueça de tomar remédio pra enjoou e dor de cabeça. Você vai acordar com uma ressaca daquelas e vou rir da sua cara, já que amanhã temos prova de matemática. Beijos. – Tom”.

Um completo F-I-L-H-O-D-A-P-U-T-A.

xx

Eaí meninas,espero que tenham gostado desse capítulo.Vocês não sabem como me faz bem ver os comentários de vocês! Até o próximo cap. buchecha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kamila Schafer

Fã


Número de Mensagens : 233
Idade : 19
Localização : the city of shit ;@
Data de inscrição : 25/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Qua Ago 01, 2012 10:02 am

Eu ri muito na parte que ela esqueceu de tirar o cinto KDJALJDAPODJA~DASD
Preciso de maaais!
Continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)   Hoje à(s) 2:55 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Madly In Love - Mini fic. (Finalizada)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Love.Might.Kill
» Mini Luthieria 2
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» micro review do mini-amp GK MB2-500
» Mini-Review Oschar Schmidt by Washburn OB45 (VIDEO)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: