Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Sonho Realizado- Últimos Capítulos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Bia...kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 278
Idade : 16
Localização : Rio Claro,
Data de inscrição : 22/12/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Qui Jun 27, 2013 12:56 am

Own! Anna nem te conto estava eu lendo sua fic aqui ouvindo musica na hora que Bill levou Annie pro quarto começou tocar Girl On Fire,Aih fofo! nao é?

nao vai pensar outra coisa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Qui Jul 11, 2013 6:16 pm

Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração.

E quem irá dizer que não existe razão.

Annie abriu os olhos, mas não quis se levantar/ficou deitada e viu que horas eram.

Enquanto Bill tomava um conhaque no outro canto da cidade/como eles disseram.

Bill e Annie um dia se encontraram sem querer/e conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer.

A garota da banda de Annie que disse/”é uma festa lega, e a gente quer se divertir”.

Festa estranha com gente esquisita/eu não to legal.

Não aquento mais birita/ e o Bill riu, e quis saber uma pouco mais sobre a garota que tentava impressionar.

E a Annie meio tonta só pensava em ir pra casa/ “é quase duas eu vou me ferrar”.

Bill e Annie trocaram telefone, depois telefonaram/ e decidiram se encontrar.

A Annie sugeriu uma lanchonete/ mas o Bill queria ver o desfile da Vougue.

Se encontraram então no parque da cidade/ o Bill de carro e a Annie de camelo.

A Annie achou estranho e melhor nem comentar/ mas o menino tinha tinta no cabelo.

Bill e Annie era nada parecido/ ele era de Virgem e ela tinha 20.

Ele era canto e falava alemão/ e ela ainda não perdeu o sotaque.

Ele gostava da Nena e de mudar de estilo/do Green Day e do Placebo.

E a Annie gostava de leitura/e de jogar videogame com os amigos.

Ele falava coisas sobre a musica/também amor e ecologia.

E a Annie ainda estava no esquema/ facul, cinema, clube, televisão.

E mesmo com tudo diferente, veio mesmo/ de repente uma vontade de se ver.

E os dois se encontravam todo dia/ e a vontade crescia como tinha que ser.

Bill e Annie fizeram natação, fotografia/teatro, artesanato, e foram viajar.

O Bill explicava para a Annie/ coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar.

Ela aprendeu a beber, cortou o cabelo/ e decidiu trabalhar.

E ele ganhou o Grammy no mesmo mês/que ela ganhou o VMA.

E os dois comemoraram juntos/ e também brigaram juntos muitas vezes depois.

E todo mundo diz que ele completa ela, e vice-versa/ que nem feijão com arroz.

Compraram uma casa uns dois anos atrás/ mais ou menos quando os gêmeos vieram.

Batalharam grana, seguraram legal/ a barra mais pesada que tiveram.

Bill e Annie voltaram pra Los Angeles/ e a nossa amizade dá saudade no verão.

Só que nessas férias, não vão viajar/ porque o filhinho da Annie tá de recuperação.

E quem irá dizer que existe razão/ nas coisas feitas pelo coração.

E quem irá dizer/ que não existe razão.

Não me pergunte de onde surgiu esta musica, eu só sei que levantei de manhã, olhei para o Bill e veio a inspiração para escrever.

Depois, fiquei olhando para a letra, e pensei “que ridículo, isso nunca vai ganhar um premio” amassei e joguei atrás de mim.

-Ei, isso é muito antiecológico- disse uma voz atrás de mim.

Eu olhei para trás, e vi Tom, ele estava segurando a minha musica.

-Joga no lixo reciclável então- falei.

-Porque, a sua letra é boa- ele disse e me devolveu a musica.

-Você leu?- perguntei surpresa- você gostou?- perguntei mais surpresa ainda.

-Sim- ele me deu um sorriso- você devia inscreve- lá no concurso da MTV.

A MTV estava fazendo um concurso para os cantores, os que tivessem as melhores musicas, iriam ganhar um premio em dinheiro, além de serem reconhecidos como ícones da musica internacional. E iriam ter uma chance de ganhar o próximo Grammy.

-Acha que tenho chance?- perguntei esperançosa.

-Sim, eu vou torcer por você, e o Bill, o Georg e o Gustav também.

-Puxa Tomi, obrigada- eu disse com lágrimas nos olhos.

-Por nada- e me beijou.

Mais tarde, Tom contou aos outros sobre a minha musica, Bill ficou se achando só por causa que era o muso que inspirou a letra, e outros prometeram que iriam torcer por mim.

-Obrigada meninos- eu disse, emocionada.

-Por quê?- Gustav perguntou.

-Só por acreditarem em mim- falei.

E com isso, eles me abraçaram, e eu abracei eles.

Eu amo vocês- falei.

-E nós a amamos- Georg disse.

Então tive uma ideia: eu podia inscrever até quatro musicas no concurso, eu já tinha uma...

Depois, quando os rapazes foram embora, passei a madrugada trabalhando.

Foi uma noite longa, mas valeu a pena.


No dia seguinte, mostrei as musicas as minhas amigas.

-Você tem certeza de que quer fazer isso mesmo?-Sarah perguntou.

-Sim, nunca tive tanta certeza de algo na minha vida- eu disse.

Sarah olhou para as outras meninas, depois para mim e disse:

-Tudo bem, vamos fazer isso por você.

E pegou a guitarra, pronta para começar os ensaios.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bia...kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 278
Idade : 16
Localização : Rio Claro,
Data de inscrição : 22/12/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Sab Jul 13, 2013 12:10 am

tambem estou torcendo!gostei o Bill ganhou o Grammy e ela ganhou o VMA!

Contiinuaaa <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Sex Ago 02, 2013 6:03 pm

Alguns dias depois, saiu o resultado da seleção de musicas, e eu estava muito ansiosa.

-Vamos, vamos, o meu nome tem que estar ai- eu dizia olhando a lista no site do concurso.

Então vi o meu nome entre os 20 primeiros.

-Não acredito- eu gritei para o nada- eu consegui.

Ai o meu telefone tocou.

-Annie, eu vi o seu nome na lista, parabéns—Bill falou antes de eu sequer falar alô- isso pede uma comemoração, que tal sairmos amanhã para um piquenique?

-Claro Bill, vai ser incrível- eu disse.

-Eu te pego às três horas- ele disse- e se prepare, eu tenho uma surpresa para você- e desligou.

Fiquei curiosa: que surpresa era esta?

Só me restava esperar até amanha para descobrir.

No dia seguinte, como combinado, Bill me levou para o parque de Los Angeles para o piquenique. E ele também levou o cachorro dele, Scott.

-Ele precisa se exercitar- Bill disse quando perguntei- porque você não leva o seu cãozinho?

Eu disse que era uma boa ideia, e fui busca-lo.

-Luke, Luke onde você esta?- eu chamava.

Eu o achei, detonando as minhas meias.

-Luke- eu o pequei- não pode comer minhas roupas.

Luke latiu e lambeu meu nariz.

-Esta bem, eu te perdoo seu safado- eu disse.

Coloquei a coleira e a guia nele, e saímos.

-Desculpe a demora- eu disse- o Luke comeu minhas meias.

-Cuidado para não morrer com o cheiro rapazinho- Bill disse fazendo carinho no Luke.

-Bill- eu disse e bati nele de brincadeira- ele riu, e percebi que ele usava uma touca- Pra que isso?- nem esta frio.

-É que eu queria mostrar o meu novo visual- ele disse e tirou a touca.

Bill havia raspado o cabelo.

-Bill... O que é isso?- perguntei em choque.

-O que foi? Não gostou?- ele perguntou triste.

-Não é isso, é que... - eu comecei.

Eu havia gostado, é que esse cabelo o deixava tão sexy... Adulto...

Nem terminei de pensar, e o beijei com desejo, era isso que esse novo visual m acusava, uma vontade muito grande de transar com ele, mas também de beijar sua cabeça, fazer carinho, sussurrar em seu ouvido o quanto ele estava lindo, que o amava...

-Nossa Annie, calma-Bill disse soltando-me, vi que sua boca estava vermelha.

-Desculpe- eu disse constrangida.

-Não, tudo bem- ele disse- é que você estava me deixando sem folego- então pegou minha mão- vamos antes que fique tarde para a minha surpresa.

-Que seria... - eu disse.

-Não vou dizer, é surpresa- ele me deu uma piscadinha.

Eu pensava nisso enquanto Bill arrumava as coisas em cima da toalha.

-Uma moeda- ele disse.

-O que?- perguntei saindo dos meus pensamentos.

-Uma moeda pelos seus pensamentos- ele disse.

-Estava pensando na vida- eu disse.

-Não pense muito nisso, o importante é viver cada segundo- Bill disse.

Olhei para ele.

-Momento filosofia?- perguntei irônica.

Ele riu, terminou de arrumar a comida e sentou-se ao meu lado.

-Prefiro Biologia- Bill disse e apoiou a cabeça em meu colo.

-Você esta tão normal com esse cabelo- eu disse acariciando onde antes tinha muito cabelo.

Ele segurou a minha outra mão que estava sobre seu coração.

-Isso é ruim?- ele perguntou.

-Não gosto de mudanças-confessei- eu demoro a me acostumar.

Senti seu coração acelerar desesperado sob minha mão, e antes que ele pudesse dizer algo, beijei o que restou do seu cabelo.

-Não se preocupe, vou me acostumar- eu disse e sorri, e resolvi aproveitar a situação e dizer:- você esta lindo assim-sussurrei.

-Foi à vez de ele sorrir, então resolvi ficar na frente dele, minhas costas estavam em seu peito, ele me abraçava por trás e sussurrava em meu ouvido.

-Eu te amo- ele disse segurando minhas mãos- até o mundo acabar, irei te amar.

Fiquei olhando para as minhas mãos contra as dele: tão delicadas, pareciam mãos de criança, mesmo pintadas com esmalte vermelho-sangue. Eram tão diferentes das mãos do irmão, enquanto as dele eram macias, as de Tom eram ásperas de anos tocando guitarra.

-Você é a minha pequena- Bill disse e beijou meu pescoço.

Era verdade, eu era pequena em relação a ele: 1,55 de altura contra 1,83. Nem de salto eu chegava perto dessa altura. Com o Gustav eu não me sentia tão baixinha.

-Esta com fome?- ele perguntou.

-Hã? Sim claro- eu disse.

Bill me soltou, e pegou um sanduiche de mortadela para mim e uma salada de frutas para ele.

-Cadê o Scott e o Luke?- perguntei olhando em volta.

-Dormindo perto da arvore- Bill disse e mostrou a tal arvore, Scott e Luke estavam presos em um galho baixo.

Ficamos conversando por algum tempo, Bill não tinha tanto assunto quanto Georg, mas compensava me fazendo rir.

Vi que o sol estava se pondo, no meu relógio já eram cinco horas, e as sete o parque fechava.

-Bill, é melhor irmos- eu disse- já esta escurecendo.

-Eu estava esperando até agora- ele disse e esfregou as mãos.

-Como assim?- perguntei.

-Faz parte da surpresa- ele se levantou e me ofereceu a mão- você vem?

-Pra onde? O que esta acontecendo?- perguntei, me sentindo assustada.

Sim, eu estava assustada, sabia da fama daquele parque a noite, dizia-se que havia ladrões, assassinos e estupradores, e eu não queria arriscar a sorte.

Vendo minha reação, Bill se ajoelhou na minha frente, pegou meu queixo, e fez-me olhar em seus olhos.

-Confie em mim- ele disse- nada nem ninguém vai te machucar enquanto estiver comigo.

Ele foi tão sincero que acabei concordando, Bill me ajudou a levantar e, de mãos dadas, fomos mais para dentro do parque, fazer não sei o que.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bia...kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 278
Idade : 16
Localização : Rio Claro,
Data de inscrição : 22/12/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Sex Ago 02, 2013 7:32 pm

O que eles foram fazer? aaaaah continua eu to curiosa aaaaaaah! sera? que ? ou nao? \o/ \o/ \o/ 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Sex Ago 02, 2013 10:49 pm

Bill, essa caminhada ainda vai demorar?-reclamei.

Meus pés estavam doendo, e eu estava cansada, e estávamos entrando em uma parte do parque que mais parecia uma floresta.

-Calma meu anjo- ele disse subindo em uma pedra- já estamos chegando.

Notei que ele carregava uma toalha e um cobertor.

-Pra que isso?-perguntei.

Ele olhou para trás, e deu um sorriso.

-Você vai ver- ele disse.

Finalmente chegamos a um lugar que estava sem nenhuma arvore, e dava para ver o brilho da lua e as estrelas.

Bill estendeu a toalha, que era grande o suficiente para nós dois.

-Finalmente- agradeci, tirei meus sapatos e deitei na toalha, ouvi um som de água correndo “Puxa, eu nem sabia que tinha uma cachoeira aqui” pensei.

Eu estava de olhos fechados, ouvindo a minha respiração, então senti algo sobre mim, quando abri os olhos, Bill estava só de cueca, me encarando.

-Bill, mas o que... - ai a ficha caiu- Bill estamos em um parque, e se alguém nos vir?

-É pra isso que serve o cobertor- ele sussurrou, então notei que estávamos cobertos.

-Não vai acontecer nada, eu juro- ele disse.

-Tudo bem- falei.

Ele sorriu e começou a tirar minha roupa, deixando apenas o meu sutiã.

-Porque você não tirou?- perguntei olhando para a peça.

-Tenho outros planos- ele disse.

E começou a beijar a minha barriga, e foi subindo até minha boca.

Gemi. Ele era bom em me deixar louca.

Tirei sua cueca, e olhei para o seu membro já ereto, e a parte lúcida do meu cérebro se lembrou:

-Bill- gemi- e as camisinhas?- perguntei.

-Não vamos precisar delas- Bill disse beijando meu pescoço.

-Bill- eu disse e tentei sair debaixo dele- sem camisinha não quero.
-Não quer?- ele perguntou irônico.

-Bem, sim- admiti- só não quero engravidar.

-Tudo bem- ele deu um sorriso irônico e sexy, e pegou um envelopinho laminado-quando eu pôr, podemos nos divertir?

-Sim- prometi.

Ele abriu o envelope e pôs a camisinha.

-Bem melhor- eu disse.

Ele nem respondeu, mal pôs a proteção e foi me penetrando.

Gemi, enquanto ele acelerava, suas mãos apertavam meus seios apesar do sutiã.

Cheguei ao clímax antes dele, e ele deu mais umas estocadas antes de gemer de prazer.

Ele saiu de dentro de mim, tirou a camisinha e deixou perto das nossas roupas.

-Não sei você- ele disse- mas estou afim de um banho.

Então ele levantou um pouco o cobertor, olhou em volta e saiu.

Enrolei-me na coberta, vendo-o ir em direção à cachoeira, ele verificou a temperatura com o pé, então entrou. Quando viu que eu olhava, ele acenou como se dissesse “pode vir, a barra esta limpa”.

Suspirei, confiava nele, mas algo não estava certo, e como eu queria ficar segura, tirei meu sutiã e fui em direção a ele.

Vi que perto da margem, havia uma camiseta e uma cueca limpas, e vi o vulto dos nossos cães brincando.

“Nem vou perguntar” pensei e entrei na água quentinha.

Bill estava lá, perto da cachoeira (que não era muito alta) de olhos fechados, a cabeça inclinada para trás como se estivesse pensando em algo prazeroso.

Ele abriu os olhos quando me aproximei.

-Você chegou- ele sorriu e pegou minha mão- quero lhe mostrar uma coisa.

E levou minha mão ao seu membro.

Fiquei tensa, nunca havia feito isso.

-Calma- Bill falou- ele não vai te morder
.
Seu membro era grande, duro e macio ao mesmo tempo, como uma barra de ferro enrolada em linho.
-Isso, agora vá para frente e para trás- ele disse.

Fiz o que ele disse, e ele gemeu de prazer “qual o problema de eu lhe dar prazer?” me perguntei.

Então tive uma ideia quando ele estava quase lá: como o rio não era muito fundo substituí minha mão pela boca.

Ouvi-o gemer de surpresa, mas continuei a chupa-lo, além de grande e duro, ele era gostoso.

-Isso, assim-ele gemeu.

Senti sua libertação em minha boca, mas como eu já esperava, engoli sem engasgar.

Quando voltei para perto dele, ele estava espantado.

-Tem certeza que você nunca fez isso?- ele perguntou.

-Sim- eu disse.

Ele aplaudiu.

-Muito bom para uma primeira vez- então sorriu maliciosamente- agora é a minha vez- e deu umas batidinhas no colo.

Engoli em seco e fiquei de costas para ele.

Bill me abraçou por trás, e colocou seu membro com cuidado lá. Gemi de dor.

-Calma- ele sussurrou em meu ouvido.

Bill beijava meu pescoço e brincava com meus seios para me fazer esquecer a dor das estocadas.

Comecei a gemer de prazer, ele entendeu como um sinal para acelerar, e gozamos juntos.

Eu estava cansada, mas havia algo que eu queria dizer a ele, e sentei em seu colo, de frente.

-Você não esta cansada?- ele perguntou.

Respondi com um beijo carinhoso, depois coloquei a mão sobre seu coração. Estava acelerado, e não era por causa do sexo.

-Isso é o que eu faço com você- eu disse, e pequei sua mão e pus sobre o meu coração, também acelerado- e isso é o que você faz comigo.

-Annie... - ele começou.

-Bill- eu disse olhando em seus olhos- eu te amo. Quero ficar com você.

Ele sorriu, e vi uma lágrima se formar em seus olhos, enxuguei uma quando ela rolou.

-Não chore meu amor- eu disse.

-Eu sonhei tanto com isso... – Bill disse e me beijou apaixonadamente-Eu Te Amo.

-Também te amo- falei.

Então ele encostou sua testa na minha e disse:

-Quer ser minha namorada?

Eu sorri e disse:

-Não.

-Não?- ele perguntou, um misto de choque com decepção. Vi lágrimas em seus olhos.

-Não tenho duvida de que quero ser sua namorada- eu disse e ri.

Bill notou que caiu na pegadinha, e riu também.

-Você me enganou- ele disse.

-Eu nunca diria não pra você Billy- falei.

-Há, que bonitinho- alguém disse.

Nos viramos, e vi um homem baixo, branco, com uma regata feia, um short pior ainda, estava acima do peso e devia ter uns trinta anos. Estava acompanhado por quatro homens.

-Não sabia se chorava ou aplaudia- disse o sujeito, então olhou para mim, fazendo-me me apertar ainda mais contra Bill- mas agora quero me divertir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bia...kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 278
Idade : 16
Localização : Rio Claro,
Data de inscrição : 22/12/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Dom Ago 04, 2013 7:09 pm

vish!!!! aaaah continuaaaa ! eu agora eu to curiosaaa!!!!!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Dom Ago 11, 2013 3:37 pm

Em menos de um segundo, Bill estava vestido com a camisa, cueca e uma calça.

-Não temos dinheiro- ele disse-Vão embora.

-Não quero o seu dinheiro- o homem disse- quero a putinha ali.

Me encolhi, rezando para eles não me verem nua.

-Só por cima do meu cadáver- Bill falou.

-Isso vai ser rápido- o Homem disse e fez um sinal para um dos caras irem até Bill.

Quando o cara tentou bater nele, Bill deu um soco que o mandou inconsciente para o chão.

-OK, não tão rápido- o Homem disse.

-E agora Allan?- outro cara perguntou.

O líder- Alan- sorriu perversamente e disse:

-Ora, que pergunta besta Cesar, vocês matam o cara e eu pego a putinha.


Nem sei como explicar o que aconteceu em seguida: Três caras foram para cima do Bill, Alam foi na minha direção, e teve sangue.

Vi Allan chegando perto, ele estava com um sorriso perverso no rosto.

-Não conhece a fama deste lugar boneca- ele perguntou tirando a roupa- tem ladroes, assassinos e... Estupradores- ele disse chegando mais perto de mim.

-Bill, socorro- gritei.

-Receio que o seu namorado não possa te ajudar- ele mostrou a briga: Bill havia derrubado um homem e estava recuando dos outros dois, ele estava machucado no braço, sangue saia de lá.

-Agora boneca- ele disse abrindo minhas pernas, tentei impedi-lo, mas ele era mais forte- fique quietinha senão eu mato você.

Eu estava chorando, Bill não podia me ajudar. Quando ele ia entrar em mim, vi uma pequena forma cair sobre ele e mode-lo.

-Aiii- ele gritou, e a coisa caiu.

-Luke?- perguntei surpresa.

-Saia daqui sua pulga- Allan gritou, e empurrou Luke para o lado com tanta força que ele ganiu.

-Luke- Gritei. Fui pega-lo, mas Allan pegou o meu braço.

-Ainda não sua puta- ele disse e me virou de costas para ele.

Gritei, e senti sua mão se afrouxando em meu braço, quando vi, Bill o havia nocauteado e Scott o mordia ferozmente.

-Bill, graças a Deus- eu disse e me atirei em seus braços- mas como...

-Sem tempo pra explicar- ele me entregou minhas roupas- vamos sair daqui.

-Bill, o Luke esta machucado- eu disse quando acabei de me vestir.

-Pegue ele e iremos ao veterinário- Bill falou segurando nossas coisas.

Peguei Luke, e corremos, Scott foi em nosso encalço.

Saímos quando os portões fecharam, Bill desligou o alarme do carro e entramos, Scott foi no banco de trás, Bill pisou no acelerador e saímos dali.

Eu chorei. De medo, por Bill, por Luke.

-Calma meu amor, o pior já passou- ele tentou me acalmar, e colocou a mão em meu joelho, e vi o braço que segurava o volante: o sangue já havia coagulado, e estava entre roxo e verde.

Chorei mais ainda, ele havia se machucado para me proteger.

E Luke. Pobre Luke, ele chorava e gania em meu colo.

Chegamos ao veterinário, a doutora de plantão já conhecia Bill:

-Senhor Kaulitz- ela disse quando entramos- o que ouve?

-Por favor, ajude o Luke-implorei.

-Dra. Nakachima, essa é a minha namorada Annie- Bill me apresentou- o cãozinho dela se machucou- e explicou o que ouve.

-Vou ver o que posso fazer- a Dra. Disse e levou Luke para a sala de exames.

Ficamos em silencio ate a Dra. Nakachima sair do consultório.

-O Luke não corre risco de vida- ela disse.

-Graças a Deus- agradeci.

-Mas irá ficar em observação- ela completou.

-Muito obrigada Dra. Nakachima- Bill disse e fomos embora.

No carro, eu disse:

-Obrigada.

-Por nada- Bill disse e sorriu-quer ficar lá em casa esta noite?

-Quero sim- eu disse e peguei sua mão- estou com fome.

-Eu também- ele disse- vamos comprar um lanche.

Passamos em uma lanchonete, ele comprou hambúrgueres e batatas fritas.

Comemos no estacionamento mesmo, quando me lembrei de respirar, já estava quase acabando com o meu lanche.

Vi que Bill me olhava comer com um sorrisinho.

-Você fica linda comendo- ele disse.

Sorri, e vi o seu braço machucado.

-Isso não dói-perguntei.

Ele olhou para o braço e disse:

-Um pouco.

-Você tem que ir ao medico- eu disse e tirei as chaves da mão dele- e vou leva-lo

-Não precisa- ele disse e cruzou os braços, e gemeu de dor.

-Precisa sim mocinho- eu disse também cruzando os braços.

-E se eu não quiser?- ele pergunto m encarando.

-Então nem pense em transar tão cedo- eu disse.

Ele arregalou os olhos “você esta blefando” pareciam dizer.

“Não” retribuí o olhar.

Ficamos nos encarando, até ele finalmente ceder.

-Tudo bem- ele saiu do carro e fui para o banco do motorista.

Liguei o carro quando Bill abriu a porta do carona.

Fomos para o hospital mais próximo, por sorte, não estava lotado.

-Olá- uma ruiva disse quando entramos- o que posso fazer por vocês?

-Meu namorado esta com o braço machucado- mostrei o braço de Bill- há algum medico disponível?

-Sim, já vou chama-lo- ela disse e foi embora, e notei que Bill olhava disfarçadamente para a sua bunda.

-Bonita ela não?- perguntei irônica.

-Não é o que você esta pensando- ele levantou as mãos inocente.

-Sei- eu disse.

-É sério- ele disse.

-Você estava babando- gritei.

Então ele me encostou contra a parede, e disse:

-Você não precisa ter ciúmes, eu te amo, a ruiva só é bonitinha. Mas- ele abaixou a voz- é com você que eu quero passar o resto da vida.

-E transar- completei.

-E transar- ele confirmou, e me beijou, pressionando-me ainda mais contra a parede.

Apertei sua bunda, ele gemeu e começou a beijar meu pescoço, e senti sua ereção em minha perna.

-Ra-rãn- alguém disse.

Nos separamos, e vi o médico: alto, negro, meio grisalho, uns 40 anos.

-Desculpe- eu disse constrangida, e vi Bill colocar as mãos na frente da perna, escondendo a ereção, ele também estava constrangido.

-Tudo bem- disse o médico gentilmente- sou o Dr. André, quem ia ver o braço?

-Eu- Bill levantou a mão.

-OK, então venha senhor... – O Dr. André disse.

-Kaulitz- Bill completou.

-Isso, venha comigo para a sala de exames- O Dr. André disse e foi para o corredor, Bill o seguiu.

Quanto a mim, só restava esperar, e rezar para que tudo estivesse bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bia...kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 278
Idade : 16
Localização : Rio Claro,
Data de inscrição : 22/12/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Dom Ago 11, 2013 8:57 pm

cara uaaal que show!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Sex Set 20, 2013 5:26 pm

Foram os cinquenta minutos mais demorados da minha vida.

Eu li, vi tv, e fiquei andando pela sala de espera, ate ver Bill saindo, ele estava com o braço engessado.

-Bill- gritei e corri para ele, e o abracei- o que aconteceu?- perguntei ao ver o Dr. André.

-Ele quebrou o braço- o medico disse- vai demorar umas seis semanas ate melhorar.

-Seis semanas?- dissemos juntos.

-Sim- Dr. André disse e olhou para Bill- você tem sorte de ser destro meu jovem.

-Muito obrigado doutor- eu disse- não sei como agradecer.

-Não precisa- o doutor disse e me deu um cartão- Se ele sentir qualquer coisa, ligue para mim.

-Sim, obrigada- agradeci e levei Bill até o carro.

-Como vamos transar agora?- ele reclamou.

Olhei para ele.

-É com isso que esta preocupado? Eu estava com medo de você perder o braço-eu disse, e vendo o seu olhar assustado, me acalmei- vamos dar um jeito OK?- falei e pus a mão em sua perna.

Ele sorriu e me deu um beijo na bochecha.

-Não queria te preocupar- ele disse.

Suspirei.

-Só não faz mais isso tá?- eu disse.

-Te proteger?- ele perguntou.

-Você podia ter morrido- eu disse pegando uma estrada- sorte que o Scott e o Luke estavam lá.

Bill ficou em silencio, quando estávamos perto de casa, ele disse:

-Desculpe. Eu fui impulsivo, só queria te proteger.

-Tudo bem- eu disse e lhe fiz um cafuné- você foi muito corajoso.

-Sério?- ele perguntou com os olhos brilhando.

Eu o beijei, e sussurrei em seu ouvido:

-Sim, muito corajoso. Você é meu herói.

Ele sorriu, e me beijou, ficamos assim por um tempo.

-Bill- eu disse quando lembrei de respirar- não devíamos entrar?

-Sim, claro-ele disse e abriu a porta do carona.

Ele me deu as chaves da casa, abri a porta, e a primeira coisa que ouço é um grito:

-Bill! Onde você estava seu filho da mãe.- Tom estava furioso- O que aconteceu com o seu braço?- então olhou para mim- Annie?- O que esta fazendo aqui?

-Longa historia- Bill falou.

-Eu tenho a noite toda- Tom falou e cruzou os braços. Teimoso igual ao irmão.

Começamos a contar o que aconteceu, menos a parte do sexo, e do namoro. Tom ficou surpreso ao saber da fama do parque.

-Eu sabia que tinha algo de errado. Senti isso- e olhou para o irmão- Cara, você é um idiota corajoso.

-Eu sei- Bill falou.

E olhou para mim.

-Você vai passar a noite aqui?- ele perguntou.

-Por favor Tom- eu disse.

-pode ficar, sem problemas- Tom disse.

Mas tarde, me preparei para dormir, havia pegado um pijama antigo do Bill( que era mais magro do que eu) e cheirava a perfume da Dior.

Então Tom entrou no quarto.

-Tudo bem?- ele perguntou.

-Tudo sim-eu disse sentada na cama- e o Bill?

-Dormindo como uma pedra- ele sentou ao meu lado, e colocou meu cabelo atrás da orelha.

-Tom, eu...- comecei a dizer.

-A Sarah ligou aqui hoje te procurando- Tom falou.

-O que ela queria?- perguntei preocupada.

-Ela queria dizer que terminou com o Daniel- ele parou e pensou- algo haver com uma traição.

-Ai meu Deus, ela esta bem?- eu disse lhe mandando uma mensagem.

-Sim, eu falei com ela- Tom disse.

Ai a ficha caiu.

-Perai Tom, você esta gostando da Sarah?- perguntei.

-Não Annie, eu... – ele tentou desconversar. Estava vermelho.

-Eu sabia- disse, por algum motivo, eu estava feliz- e o Georg gosta da Stefani, e o Gustav da Laura- então o fuzilei com os olhos- então você estava me usando para chegar na minha amiga?

-Annie- ele me pegou pelos ombros- ta, eu admito, gosto da Sarah, mas – ele me olhou nos olhos- se isso significa parar de te beijar, eu não vou investir.

Filosofei sobre o assunto por uns cinco minutos, então disse:

-Ninguém precisa saber- eu disse e lhe dei um selinho.

Ele retribuiu o beijo, que foi ficando mais intenso, até que deitei na cama.

-Finalmente- Tom falou tirando minhas roupas, e me penetrou.

Gemi. Tom definitivamente era maior que Bill, e mais bruto.

Gozamos em silencio para não acordar o Bill, Tom saiu de mim, e pus as minhas roupas.

-Se for para continuar assim-ele disse- eu topo qualquer coisa.

-Beleza- eu disse e lhe dei meu celular- ligue para ela e marque um encontro.

-Agora?- ele perguntou.

-Agora- respondi- ela deve estar com o Caíque.

-Caíque?- ele perguntou.

-O filho dela.

-Epa! Não quero ser padrasto de ninguém-Tom disse indignado.

-Deixa de ser preconceituoso- eu disse e empurrei o celular para ele- ligue para ela e diga que quer se encontrar com ela amanha.

-OK, eu vou- ele me deu um selinho- me deseje sorte.

-Boa sorte- eu disse.

Ouvi a voz dele do outro lado da parede, depois soube que o Tom falou o que eu disse para o Georg e o Gustav.

Sorri. Pela primeira vez desde que os conheci, não iria ficar com peso na consciência por ter que escolher um deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bia...kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 278
Idade : 16
Localização : Rio Claro,
Data de inscrição : 22/12/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Dom Set 29, 2013 8:54 pm

Continue!Annie... safadenha!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Ter Jan 21, 2014 8:15 pm

Duas semanas depois, eu tive três surpresas.

Luke estava bem, havia feito uma cirurgia uma semana atrás e já estava em casa.

-Que bom que você esta bem Luke- eu disse e joguei a bolinha para ele.

Kimi, minha gatinha, também pareceu feliz ao ve-lo, pois ela não faz nada sem o Luke, eles comem juntos, dormem juntos, brincam juntos.

Scott também adorava Luke, nas vezes em que sai com Bill, ele havia trazido Scott, e ele e Luke ficavam brincando.

A segunda surpresa foi a Sarah, que me contou, que ela estava namorando o Tom, a Stefani o Georg, e a Laura o Gustav.

-Ai amiga- Sarah disse- agora eu sei porque você estava em duvida.

-Por falar nisso, como você esta?-Laura disse e pôs a mão em meu joelho.

-Estou ótima- eu disse, não era mentira- estou saindo com o Bill.

As meninas gritaram de alegria.

-Ele combina com você amiga- Stefanie disse.

O que não contei a elas era que eu ainda dava uns beijinhos nos namorados delas. E as vezes transava com o Tom.

E a ultima surpresa era que as minhas musicas estavam entre as finalistas, e que eu ia canta-las ao vivo.

-Não acredito- eu disse lendo o e-mail que dizia isso.

Bill- que estava atrás de mim na cadeira- me abraçou por tras.

-Eu sabia que você conseguiria- ele disse meio sacana- isso merece uma comemoração.

-Eu até já sei que comemoração é essa- eu disse, deixando que ele beijasse meu pescoço.

-Então vamos?- ele sussurrou.

-Sim- eu disse.

Então ele me pegou nos braços, e levou para o quarto.

Foi uma longa tarde de comemoração.


Então, uma semana depois, era o dia do concurso, eu estava nervosa, os outros dois artistas também eram talentosos.

-Vai dar tudo certo amiga- Sarah disse com a mão em meu ombro- suas musicas são ótimas.

-Tudo bem o fato de eu ter escrito para o Tom, o Georg e o Gustav?- perguntei.

-Antes você do que outra- Sarah disse.

Então um assistente de produção nos chamou.

Era hora do Show.


Admito, cantei com todo o meu coração, as horas de ensaio valeram a pena, mas ainda assim sentia que não ia ganhar.

Eu estava andando de um lado para o outro, ansiosa, as meninas foram atrás dos namorados, eu não podia ir atrás do Bill até sair o resultado do concurso.

Então ouvi a voz do apresentador:

-A vencedora é...

Pelo silencio que se seguiu, supus que ele estava abrindo o envelope com o nome do vencedor.

-...Annie- ele falou.

Fiquei chocada. Eu havia... Ganhado?

Fui para o palco, recebi o premio e fiz o discurso.

-Obrigada a todos- eu disse- quero agradecer primeiramente as minhas melhores amigas Sarah Sanches, Stefani Menezes e Laura de Oliveira, sem vocês, eu não estaria aqui hoje.

A plateia gritou, e vi Sarah, batendo na mesa empolgada. Sorri.

-E também-continuei- quero agradecer ao meu cunhado, Tom Kaulitz, que acreditou em mim desde o começo, ao meu namorado Bill Kaulitz, por me dar apoio, e meus amigos, Georg Listing e Gustav Sheafer por torcerem por mim. Muito obrigada.

Todos aplaudiram, Bill estava chorando de orgulho Tom e Sarah pareciam estar competindo para ver quem batia mais na mesa.

Desci do palco e fui recebida pelo abraço de Laura.

-Parabéns Annie- ela disse e me levou para a mesa.

La, eu fui mais abraçada, Bill não parava de me beijar, e todo mundo ficou babando no meu premio.

-Muito obrigada gente- eu disse.

-Mas e ai? O que vamos fazer agora?- Sarah perguntou.

-Que tal irmos a um bar?- Stefani disse.

Fomos para o bar, lá o Tom disse que ia fazer um brinde a mim, eu fiquei tão feliz que achei que nada mais pudesse me alegrar.

Eu estava errada.


A noite, Bill e eu estávamos transando, mas eu tinha que contar algo a ele.

-Bill- eu disse gemendo.

-O que amor?- ele disse gemendo por causa das estocadas.

-Preciso te contar uma coisa- eu disse.

-Espera ai- ele disse e deu mais umas estocadas, então gemeu de prazer, deitou ao meu lado e pegou minha mão.

-Agora pode dizer amor- ele disse.

-Bill-suspirei- eu to gravida.

Ele me olhou por uns cinco minutos e disse:

-O que?

-É sério, eu to gravida- eu disse.

-Mas como?- ele parecia não acreditar.

-Sei lá, vai ver a camisinha estourou- suspirei- você esta bravo?

Ele não disse nada, apenas sorriu, pegou minha mão e a beijou.

-Eu nunca ficaria bravo com você, ainda mas por causa disso.

Sorri para ele.

-Além disso, eu tenho uma proposta para você- ele disse e tirou uma caixinha da cômoda e a abriu, era uma aliança- que se casar comigo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sonho Realizado- Últimos Capítulos.   Hoje à(s) 10:37 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sonho Realizado- Últimos Capítulos.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Sonho Realizado- Últimos Capítulos.
» Diários de um vampiro,Onde tudo pode Acontecer! (Ultimo Capitulo Postado!!!)
» Sonho Realizado.
» Instrumentos Signature - Sonho realizado ou "gato por lebre"?
» Powers Of You [Exo e...] {Capítulos 1 e 2 na Página 2}

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: