Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 [One-Shot] Stalker

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 11:45 am



"Eu nunca me canso dos fãs. Eles me dão uma energia enorme. Infelizmente, a nossa vida nos trouxe também stalkers. E isso é surreal, este tipo de pessoas doentes e perigosas andam por aí. Pessoas que não conhecem os limites." Por Tom Kaulitz.
"Bem, realmente eu não tinha escolha. Mas eu nunca pararia. Era muito tarde para isso. Muito tarde."

Classificação: Livre
Autora: Rette
Personagens: Bill Kaulitz, Tom Kaulitz, Paige.
Gêneros: Darkfic, Drama, Suspense, Terror, Tragédia
Capítulos: 1
Terminada: Sim

Posto ou não?? cha
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
vkaulitz

Fã


Número de Mensagens : 52
Idade : 22
Localização : G.N.F.- MA
Data de inscrição : 23/04/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 2:15 pm

Posta, com toda certeza. yaya yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilana
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3843
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 01/02/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 3:10 pm

Pode postar!!
Mas, pera, essa fic é tua?
Enfim, poste logo :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://eternitytokiohotel.tumblr.com/
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 3:38 pm

claro que posta Milena queremos ler poste logo danke
Voltar ao Topo Ir em baixo
FranKaulitz'

Fã


Número de Mensagens : 50
Idade : 18
Localização : Hogwarts
Data de inscrição : 03/07/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 5:00 pm

Posta, posta!
Estou ansiosa para ler (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
FrancieleTH
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 576
Idade : 19
Data de inscrição : 24/06/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 6:23 pm

Posta sim Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lais Monteiro
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1155
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 13/03/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Sab Out 06, 2012 6:50 pm

Posta sim
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sweetdarkiness.tumblr.com/
Breenda_Pepe
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 872
Idade : 20
Localização : Praia Grande, SP
Data de inscrição : 20/03/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Dom Out 07, 2012 11:21 am

Leitora nova!
Mais uma vez obrigada pelo convite, Milena! <3

E POSTA AÍÍ! *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
D'Julia kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1573
Idade : 20
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 13/08/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Dom Out 07, 2012 4:51 pm

claro que posta *-* não precisa nem pergunta neh Mih u.u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Dom Out 07, 2012 7:39 pm

Posta yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Dom Out 07, 2012 8:16 pm

Posta, eu quero ler.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 10:11 am

Capítulo 1

You can still be free?



Cool breeze and autumn leaves. Slow motion daylight.

A lone pair of watchful eyes, oversee the living.

You Can Still Be Free– Savage Garden






Com cuidado meus dedos abriram uma pequena brecha na persiana da janela, apenas o necessário para que meus olhos pudessem ver sem obstáculos o lado de fora do quarto.

O sol brilhava sem força, essa não era a estação de seu domínio, o que cobria o chão de cada rua lá fora era imaculadamente branco, frio e áspero.

Pelo menos agora já havia parado de nevar e logo eles mandariam homens para limpar as ruas, facilitando a circulação das pessoas lá fora.

Por fim, foquei minha visão no que realmente me interessava.

O apartamento em frente ao meu.

As luzes ainda estavam apagadas e as cortinas do quarto dele ainda fechadas, tudo exatamente como eu havia deixado antes de resolver ir dormir um pouco também.

Ele ainda dormia, é claro, como o conheço bem já esperava por isso. Ele gostava de dormir até tarde, e agora ele precisava descansar mais do que nunca. Eu não o via bem desde que fiz o que fiz.

Bom, o fato é que eu não perdi nada, e isso sim me importava.

Fui até a cozinha. Acordei renovada de um sono do qual eu realmente precisava, quando ele não dormia, eu não era capaz de pregar os olhos, tudo o que faltava para repor minhas energias agora era um simples e forte café-expresso.

Senti-me ainda mais animada depois de tomar meu café, e sem perder mais tempo, liguei o som e me aconcheguei na mesa que se encostava a enorme janela da sala. Abri a persiana o mínimo possível, dobrei minhas pernas, uma em cima da outra, “perna de índio” - como costumam dizer, me inclinei de encontro à janela e peguei o binóculo em cima da própria mesa.

Na hora exata. Sorri feliz com a idéia de vê-lo novamente.

Cool breeze and autumn leaves, slow motion daylight…– acompanhei a musica enquanto me sentia cada vez mais ansiosa.

Uma mulher loira – se não me engano de nome Natalie -, apareceu na sala, acendendo as luzes de modo habitual. Enquanto ela arrumava o café que havia trazido da cafeteria perto dali, ele saiu do quarto.

Provavelmente acabara de se vestir. Usava calças de um jeans desbotado, e uma camiseta de tom claro com uma estampa engraçada a qual eu não consegui identificar muito bem, não me importei muito com isso. O cabelo estava baixo, um tanto desgrenhado, mas eu gostava dele assim.

Ele não estava maquiado, e as olheiras abaixo dos olhos castanhos – como eu amo esse castanho – denunciavam seu desgaste aparente. Ele não parecia ter dormido muito bem, e eu entendia o porquê, esperava que ele entendesse o meu por quê.

Um dia entenderia.

A loira o chamou pra cozinha e o fez colocar algo no estomago. Ele estava realmente muito mau.

Dentro de mim a vontade de cuidar dele só aumentava. Eu queria abraçá-lo, faze-lo entender que tudo aquilo viria para um bem maior além da nossa própria compreensão, que ele só precisava deixar tudo em minhas mãos e ficaríamos bem.

Ele não comeu muito, e logo andou devagar até a sala de estar do apartamento.

O vi sentando no sofá, apoiando a cabeça nas duas mãos de dedos finos e longos, a unha não estava tão bem cuidada como de natural dele, pareciam ter sido até ruídas.

Ele voltara com o mal habito.

Que estado deplorável e como ele parecia frágil assim. Será que tudo isso se devia aquela falta, uma falta que em minha opinião era quase insignificante?

Sinceramente, metade das pessoas que estavam ao lado dele, não merecia essa posição.

E eu, eu que só desejava vê-lo feliz, faze-lo feliz, eu permanecia ali parada, na janela da sala, apenas o observando. Um dia eu me sobressaltaria da posição de observadora e adoradora anônima, eu sabia disso, e mais ainda, fazia tudo o possível pra isso acontecer.

Ele tinha que entender, tudo o que eu fiz e faço, era exclusivamente para trazê-lo até a mim.

Ama-lo é mesmo um doce, como um mel dos mais raros. Mas querê-lo para mim, isso sim é amargo e doloroso. Negado a mim.

Sentia-me incapaz de aceitar isso como destino, destino é algo inventado pelos incapazes. Eu nunca fui incapaz.

De repente, ele levantou do sofá num salto. Os olhos vermelhos banhados em lagrimas denunciavam fúria e desespero. Andou até a janela, batendo os punhos no vidro. O vidro não se quebrou, mas ele parecia prestes a se despedaçar.

Por um segundo eu senti que ele podia me ver.

The life endeavor aim for the burning sun. You're trapped inside…– sorri, o vendo voltar para o quarto.

As cortinas ainda estavam fechadas, impedindo minha visão daquele ponto.

O telefone tocou, não atendi, não queria falar com ninguém, ninguém importante me procurava. Deixei cair na caixa-postal, e após o sinal, quando soube quem ligava, agradeci por não ter atendido.

– Ér, Paige... Sou eu, Alex...

– Viciado idiota! – resmunguei, fechando a cara pro telefone.

Ele parecia um tanto sem-graça do outro lado da linha, fazendo grandes pausas entre uma frase e outra.

– Eu sei que você está ai, desde que foi despedida não sai desse apartamento... – Não me diga gênio. – Tudo bem se não quiser falar comigo. Eu só queria... – Quase pude vê-lo socando a cabine telefônica, irritado. Não pude não rir com a imagem em minha mente.

– Paige, eu queria saber daquele garoto, o da boate... Ele está bem?

A pergunta me fez congelar.

– Eu não sei o que você me deu aquela noite, mas... Nossa, eu fiquei realmente muito louco! – Alex riu estranhamente do outro lado da linha. – Demorei até pra me lembrar do garoto... Mas eu acho que bati muito forte nele, você o levou pra casa?

Engoli a seco. Intrometido, intrometido...

– Minhas fichas estão acabando... Não vai me atender mesmo... Ok. – ele suspirou – Quando eu conseguir mais fichas te ligo de novo, eu... Paige, eu realmente estou preocupado. Você sabe que meu nome já não está muito limpo, desde que acharam aquilo no meu carro... Você sabe.

Sim, eu sei.


– Paige, por favor, atenda da próxima vez que eu ligar.

Não mesmo.

– Tchau.

Até nunca mais.

Sem dar mais atenção àquele inútil, voltei a por os olhos no binóculo.

Fitava a cortina branca do quarto dele, quando esta se abriu bruscamente.

No lugar dela, surgiu ele. Parado como uma estatua, apenas os olhos se moviam, procurando por algo.

Procurando por mim.

Nossos olhos se encontraram, os meus por de traz das lentes do binóculo, os dele entre lagrimas agonizantes.

Uma lagrima grossa escorreu dos olhos dele. Ele mordeu os lábios, antes de movimentá-los, de modo claro e devagar, fazendo com que eu os lê-se, os decifrando sem muito esforço.

A boca seca pronunciava palavras dignas de pena.

“… glaube ich werde sterben. Bitte stoppen. Stop jetzt. Bitte…”.

Ele caiu em soluços no chão, a loira entrou no quarto, o abraçou e voltou a fechar as cortinas.

Fiquei parada por algum tempo. Seca, por dentro e por fora.

---

Feel the presence all around, a tortured soul, a wound unhealing.

No regrets or promises.

The past is gone, but you can still be free if time will set you free.

You Can Still Be Free– Savage Garden



---

Dirigi devagar, o chão estava escorregadio pela neve, mas logo cheguei na casa. Não ficava muito longe do meu apartamento.

Abri a porta com cuidado. Ela estava tão acabada desde que minha mãe a deixara de herança para mim. Velha e caindo aos pedaços. Lá dentro não tinha nenhum móvel, os vendi para pagar algumas dividas.

Fechei a porta atrás de mim e andei até o único quarto da pequena casa.

Olhei com pena a figura amarada no canto do quarto branco.

As tranças pretas estavam imundas, assim como as roupas que ele vestia: calças jeans, camiseta preta e um moletom lilás, tudo muito grande pro tamanho do proprietário.

Quando me aproximei e me agachei para olhá-lo melhor, ele abriu os olhos cheios de medo.

Estava ali. A replica dos olhos castanhos, aqueles mesmos que eu havia visto na janela de cortinas brancas, cheios de lagrimas desesperadas, fúria e medo.

Eles se completavam, em todos os sentidos.

Eu não suportava isso. Eu com tão pouco, e ele com tudo o que eu sempre quis ter.

Sabia que ele, ele era a única feramente que me colocaria em uma posição mais alta, que me faria ser vista.

O garoto imundo se rebateu no chão, tentando se desfazer das cordas.

– Tenho comida aqui – tentei acalma-lo, enquanto tirava da minha bolsa alguns potes com comida. – Vou te tirar a mordaça, mas, por favor, não grite. Não gosto de gritaria, e ninguém vai te ouvir daqui.

Cada vez que ele me olhava com as íris castanhas e medrosas, eu via o meu garoto caído na janela do próprio quarto, desesperado.

– Não quero te machucar está bem? - tirei a mordaça. – Pode confiar em mim.

Ele me olhou confuso. O rosto cheio de hematomas... Não, eu não o machuquei, nem pretendia faze-lo. Mas isso foi necessário, e eu tinha que dar os créditos a Alex pela ajuda.

Realmente muita sorte ter o encontrado naquela boate aquela noite.

Vertrauen? – ele perguntou, desconfiado e atordoado.

O garoto de tranças começou a chorar, o mesmo choro do garoto da janela.

Incompletos...

Como se tivessem ensaiado, ele repetiu a frase decifrada por mim naquela mesma manhã.

Bitte stoppen. Stop jetzt. Bitte…

Levantei sem tirar os olhos da criatura agonizante no chão daquele quarto.

Parar?

Desamarrei os braços dele com cuidado, lhe mostrei os potes com comida e sai do quarto, deixando-o a vontade. É claro, tive o cuidado de trancar a porta do quarto ao sair.

– Até logo... Tom.

Fechei a casa e entrei no carro, me preparando para ir embora.

Parar? A pergunta ecoava em minha mente enquanto eu dirigia de volta a meu apartamento.

Bem, realmente eu não tinha escolha.

Mas eu nunca pararia. Era muito tarde para isso. Muito tarde.

– Talvez você perceba que eu nunca vou deixá-lo ir, não vou parar até conseguir isso... Bill Kaulitz.

Liguei o som do carro, ansiosa para voltar a enxergar através do binóculo.

Esperando um dos sinais abrirem, acompanhei a musica vinda do radio, sem poder conter meu riso.

You can still be free, if time will set you free, and going higher than mountain tops.

_______________________________________________________________________________

Like a Star @ heaven Espero que tenham gostado. Deixem suas opniões, se gostaram, se não gostaram, porque sim, porque não... Enfim, obrigada por lerem, e até a próxima Wink
Beijokas buchecha Like a Star @ heaven
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
FrancieleTH
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 576
Idade : 19
Data de inscrição : 24/06/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 11:47 am

Amei!!!! Muito bem escrita
Gostei mesmo yaya
Isso que é uma stalker doente, louca o.o haha
Voltar ao Topo Ir em baixo
D'Julia kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1573
Idade : 20
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 13/08/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 1:16 pm

FrancieleTH escreveu:
Amei!!!! Muito bem escrita
Gostei mesmo yaya
Isso que é uma stalker doente, louca o.o haha

nossa que fic menina Shocked

ja disse que amo suas fics neh ??


continua que agora fiquei curiosa *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Missy Bardot
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1011
Idade : 24
Localização : Santa Catarina
Data de inscrição : 19/06/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 1:18 pm

U A U!!!!

Essa garota é friamente doida,posta + que eu amei hahaha
study
Voltar ao Topo Ir em baixo
Breenda_Pepe
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 872
Idade : 20
Localização : Praia Grande, SP
Data de inscrição : 20/03/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 3:11 pm

FrancieleTH escreveu:
Amei!!!! Muito bem escrita
Gostei mesmo yaya
Isso que é uma stalker doente, louca o.o haha
Voltar ao Topo Ir em baixo
EricaHKaulitz

Fã


Número de Mensagens : 252
Idade : 17
Localização : trancada no quarto com o Bill (mas onde moro é Francisco Beltrão-PR)
Data de inscrição : 10/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 3:35 pm

amo suas Fic's (pela 2000000 vez) e nossa essa OMG! eu amei muito! posta mais Liebe yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilana
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3843
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 01/02/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 3:48 pm

U-A-U, que vácuo eu recebi Smile
kkkkkkkkk Enfim, estou amando, continue logo!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://eternitytokiohotel.tumblr.com/
FranKaulitz'

Fã


Número de Mensagens : 50
Idade : 18
Localização : Hogwarts
Data de inscrição : 03/07/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Seg Out 08, 2012 4:03 pm

Ow, que fic incrível!
Eu realmente amei ela, estou ansiosa pela continuação! Não demore, por favor!
Voltar ao Topo Ir em baixo
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Ter Out 09, 2012 10:33 am

aplausos aplausos aplausos aplausos
Realmente sua One ficou maravilhosa. Parabéns, você escreve perfeitamente bem (:
Creio eu que não terá continuação ( Já qe você disse que a mesma é One-shot) Porém,se você resolver fazer.. não esqueça de me comunicar!!

(:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marla!TH
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 450
Idade : 22
Localização : bahia
Data de inscrição : 05/04/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Ter Out 09, 2012 11:17 am

ameiiiiiii você escreve muito bem Milena *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Ter Out 09, 2012 9:59 pm

Essa guria é louca!Shocked
Mas ameiiii. Tem mais?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sara Kaulitz2
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1172
Idade : 19
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 22/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Ter Nov 27, 2012 1:16 am

kiinha kaulitz escreveu:
aplausos aplausos aplausos aplausos
Realmente sua One ficou maravilhosa. Parabéns, você escreve perfeitamente bem (:
Creio eu que não terá continuação ( Já qe você disse que a mesma é One-shot) Porém,se você resolver fazer.. não esqueça de me comunicar!!

(:
Parabéns, gostei muito, espero que tenha continuação *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [One-Shot] Stalker   Hoje à(s) 4:51 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[One-Shot] Stalker
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Body Language {18} one-shot
» Diário de um MACHO! (Comédia One-Shot) POSTADA!
» Doce Ódio [One-Shot]
» One Shot-Um Simples Beijo.
» Significado de Stalker e outras correções!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: