Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sab Dez 08, 2012 8:45 pm






Meiner Stripper oder meine Freundin?

nome: Meiner Stripper oder meine Freundin?
classificação: +16
capítulos: ainda não se sabe
temas:
tudo que pode e não pode (6)

Sinopse:
Bill Kaulitz é filho de Jordan e Jennifer Kaulitz. São donos de um empresa de departamentos de um banco super famoso onde cada país rico tem a sua filial. Como sendo donos de uma parte das empresas os pais são bilionário, Bill agora está se formando em departamento pessoal para ajudar os pais na empresa (contra a sua vontade pois seu sonho é ter uma banda e perder todo o controle). Ele tem um irmão, Tom Kaulitz é o ser que não estuda, sempre está na farra, a aberração da família.
Na noite de formatura Bill vai para uma boate, onde conhece Susan May, uma garota de 17 anos que é a joia da boate.
Ele se apaixona por ela, mas ela afirma que não nasceu para ser presa, mas sempre corre atrás dele... No final eles aprontam tanto que Susan tem que passar por sua namorada... e agora o que será que acontece no final?


eai? posto?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sab Dez 08, 2012 8:56 pm

já gostei de começo ,CONTINUA Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sab Dez 08, 2012 9:18 pm





CAPITULO UM

“Automatic! Automatic!

You're automatic
And you're heart is an engine
I die with every beat

You're automatic
And your voice is electric
Why do i still believe?

It's automatic
Every word in your letter
A lie that makes me bleed”


O despertador do celular toca, ele coloca a mão levemente da mesinha e desliga o celular.


“que dia é hoje?”- pergunta-se para si mesmo.

“hoje é sábado... O que eu tenho que fazer hoje? Ah sim! Hoje é o dia da minha formatura! Finalmente estou formado, não como eu queria, mas, tenho que ser o orgulho do meu pai e da minha mãe”
- terminou de pensar.

Ele abriu os olhos levemente, abriu a boca e olhou para cima, se levantou e foi para o banho, fez toda a higiene matinal, veio para o quarto só de toalha branca enrolada na cintura, passou pelo espelho e se viu, parou e começou a olhar suas tatuagens, seu corpo que estava se definindo, seu rosto perfeito.

- seis tatuagens, seis piercings, as orelhas furadas... Bom dia bonitão! Acordou bem hoje não é?- disse para si mesmo no espelho.

Foi até seu armário, colocou sua boxer cinza claro, sua calça jeans azul clara, uma blusa se algodão branca, arrumou o cabelo loiro platinado, passando um pouco de gel.

Desceu a escadaria de madeira e logo estava na cozinha branca, ao lado a sala de jantar, vendo seus pais tomarem café da manhã.

- Bom dia!- disse ele todo animado sentando-se A e na mesa.

- bom dia filho- disse a mãe do seu lado beijando na bochecha.

- eai garotão, pronto para seu grande dia?- dizia o pai tirando o jornal da cara.

- claro como não poderia?- perguntou já colocando café na xicara.

- nem acredito meu filho: Bill Kaulitz, formado em departamento pessoal, seguindo os passos do pai- dizia a mãe toda feliz.

- em compensação pelo menos um filho toma juízo, não é Tom?- vendo o mais velho se sentar de modo esculachado na cadeira.

- mal começou meu dia e já começou a me dar sermão?- perguntou bocejando.

- querido coitado dele- dizia a mãe- então meu filho você dormiu bem?- dizia para
Tom ainda de pijama, que era uma camisa branca e um short vermelho.

- acho que sim, estou com uma fome- já pegando suas coisas favoritas na mesa.


Sempre era assim na família Kaulitz, o pai sempre pegando no pé do mais velho e paparicando o mais novo, a mãe orgulhosa do filho mais novo e protegendo o mais velho de tudo.

Até que todos saíram da mesa e cada um fora trabalhar, porém Bill e Tom ficaram em casa, Tom foi tomar banho e Bill pegou seu Audi r8 para ir à faculdade organizar os últimos preparativos da formatura, porque além de tudo ele era presidente da comissão de formatura.

- Bill!- dizia Jessie, sua amiga que estava te ajudando na festa, comida, bebida, etc.

- Jessie! Eai? Como está a decoração?- perguntou

- ah tenho uma duvida veja- mostrava os vasos- o que você acha: roxo ou azul para combinar com o branco?

- coloque os dois, em uma mesa pode colocar o roxo e na outra o azul, assim pode fazer uma mistura, assim a decoração fica maravilhosa!- dizia ele já arrumando tudo.

- você é um gênio Bill!- ele deu um beijo na bochecha dele.
E assim ele ficou a tarde toda, dobrou as mangas da camisa para não sujar e assim ficou decoração, organizando tudo para a noite ser perfeita.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sab Dez 08, 2012 9:22 pm

gostei do capitulo, pena que as imagens não abriram(chatooo).
continua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 3:38 am

continua fofa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 2:21 pm

CAPITULO DOIS

Quando ia para dentro da faculdade para pegar os papeis da formatura, Bill passou pelo corredor e viu uma menina, não como as outras, diferente, quente. Ela usava uma saia mega curta xadrez vermelha meia calça com cinta liga preta, botas de couro, uma camisete aperta aparecendo seus belos seios e o preto e branco do sutiã.

Vinha caminhando em sua direção, quando alguém a chamou, ela se virou e sem querer deixou a chave cair, e quando se abaixo para pega-la, deixou a sua calcinha vermelha parecer para ele, de proposito, pois a garota mal o viu e já estava excitada por aquele belo alemão.

Ele acompanhou seu movimento perfeito com os olhos, virando a cabeça acompanhando sua bunda rebolar descaradamente para ele, até que ela se levantou e seguiu em frente, passando ao seu lado, ele suspirou rapidamente para sentir seu perfume, logo quando viu já estava com algo ganhando muita vida embaixo.

- droga!- disse em tom baixo.

Lambeu os lábios compulsivamente, chegando a babar, deixando uma gota de
saliva chegar à sua camisa.

Ainda estava com a imagem da garota rebolando para ele, sem parar... Sua boca rosada e carnuda, bem dotada de seios.

- meu Deus! Que canhão!- disse indo em direção à diretoria.

Quando terminou tudo foi para casa, para se arrumar para o grande dia. Vendo sua mãe chegar do cabelereiro, seu irmão de terno preto combinando com os Dreads negros amarrados.

Quando terminou de tomar banho foi para cama, vendo o terno preto, a camisa branca, a gravata azul escura, os botões de prata para colocar nas magas do terno. O sapato brilhante de couro preto, o cinto, tudo.

Quando terminou de se arrumar, colocou todos seus acessórios, e assim desceu, vendo seu pai e seu irmão arrumados, em seguida sua mãe desceu em um vestido roxo escuro combinando com a maquiagem, nada podia dar errado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 3:23 pm

Cá estou eu aqui de novo \õ/

Bill, quieta o facho moleque!! Daqui a pouco seu "junior" cria vida no meio do corredor kkkk

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 4:43 pm

CAPITULO TRÊS

Quando saíram do carro, logo viram que a decoração já começava pela entrada com flores brancas e vermelhas, algumas em tons mais claros, na entrada possuía uma moça com uma mesa linda de vidro, onde tinha várias taças de cristal com champanhe com pedaço de morango.

- maninho... Tenho que tirar o chapéu para você- dizia Tom pegando uma taça.

- seu irmão tem toda razão, como está magnifico esse lugar, e de pensar que você que organizou tudo- dizia a mãe dando um gole na bebida.

- fico contente que gostaram, achei que ia ficar pesado de mais tendo muitas flores, mas agora vendo tudo pronto- dizia Bill.

- você é o nosso orgulho- disse o pai, logo Bill percebeu o olhar baixo que o irmão soltou.

O pai seguiu sua mulher para cumprimentar os outros e Bill seguiu para abraçar o irmão.

- hey, está tudo bem?- disse o mais novo.

- eles estão muito orgulhosos de você Bill. E eu também, meu irmãozinho cresceu- risos- mas realmente eu estou muito orgulhoso de você- terminou com os dois brindando.

- não liga para ele, eu odeio quando ele fez isso, e quer saber eu sou louco para sair de casa, para ter a coragem que você tem- disse.

- pode ter certeza que tudo que quiser eu te ensino maninho- disse Tom.

Realmente Bill odiava quando o pai falava que ele era o filho perfeito, na verdade Bill sempre quis meter o pé em tudo, fazer sua banda e sair por ai, em busca do que realmente queria, às vezes achava que está estava velho para fazer isso, tinha apenas 23 anos como o irmão, não, não está velho, podia muito bem seguir em frente.

- uau- disse Tom tirando-o de seus pensamentos.

- o que?- perguntou meio perdido

- aquela garota... É incrível!- disse.

Bill olhou em direção aos olhos do irmão: vestido longo preto com pontos de luz, luvas de renda preta curta que realçava seus dedos brancos amostra. Atrás do vestido era aquele amarrado tipo de espartilho.

Era ela, só podia ser a garota do corredor, mas... o que ela é na faculdade? Pelo que se lembra ela não era formando, será que era amiga de alguém ali?

Ela passou por eles, soltando novamente o perfume quando...


- Susan!- Jessie gritava.

- sim?- dizia a garota.

- aonde você vai?- ela perguntou.

- eu ia fumar e. - disse quando foi interrompida

- larga a mão disso, venha quero te apresentar meus amigos- disse olhando para os irmãos.


- meninos essa é Susan May, minha melhor amiga- disse Jessie.

- prazer- dando um beijo no rosto de Tom.

- prazer é todo meu- disse com um sorriso.

- bom esse é Bill e este é seu irmão Tom- disse Jessie quebrando o gelo.

Passaram-se as horas e eles ficaram ali um bom tempo conversando, até chegar 04h50min da manhã, os pais dos meninos resolveram querer ir embora, Bill agora estava na mesa sentado comendo um dos pratos do bufê.

Até que seu amigo Alex chegou

- oi, oi, oi- disse para todos na mesa.

Eles responderam e os pais de Bill junto com o irmão estavam seguindo para a porta, rumo ao carro para irem embora.

- ah... Bill você já vai?- perguntou Alex.

- vou, bem que eu queria ficar, mas sabe como é- disse Bill pegando o terno.

- bom, é uma pena porque os meninos vão numa boate que eles reservaram e te convidaram- disse Alex.

- hum... Perai que eu já te respondo- correu para avisar os pais, no começo não acharam muito bem, mas como era seu dia, disseram que tudo bem, contando que Tommy também fosse.

- Alex tem problema?- perguntou seguindo para o seu carro, sim ele foi em carro separado dos pais, adorava andar no seu Audi r8.

- claro que não cara! Seu irmão faz parte da nossa turma!- disse entrando no carro vizinho.





Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 4:54 pm

To sentindo, to sentindo yaya

Continuuuuuuuuuuuua menina \õ/
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 5:33 pm

CAPITULO QUATRO

Quando chegaram, estacionou um quarteirão para trás da boate, o que na verdade era uma boate de Stripper, com luzes azul neon indicando o nome.
“boate Estrelas”

- é aqui?- perguntou Bill.

- legal né? Hora de se soltar um pouco alemão!- começaram a rir.

Bill nem deu bola, pelo contrario, como queria largar um estudo por uma boate, quando entraram seus outros amigos já estavam sentados numa mesa, especial para os formados, jogando poker e bebendo.

Eles se sentaram e pediram três doses de Tequila, Bill tinha deixado o terno no carro, agora estava com a camisa branca aberta no peito, deixando sua tatuagem à mostra.

As luzes francas em roxo, rosa, azul... Mudando de cor de minuto á minuto. As dançarinas dançando nos canos prateados, Tom estranhava por seu irmão estar rindo e se divertindo com o jogo, alias nem sabia que o irmão sabia jogar poker tão bem, Bill era aqueles caras que adorava jogar paciência, xadrez, menos jogos mais picantes.

- onde aprendeu a jogar poker?- perguntou no seu lado.

- ah... Vendo os garotos jogarem, aprendi algo- respondeu dando uma risada.

- realmente não estou conhecendo meu irmão- disse Tom dando mais um gole na sua bebida.

Até que as luzes se apagaram e começou uma musica... Sakira- ojos así

A garota saiu do escuro e começou a dançar tipo musica árabe, com um top e a saia, figurinos típicos da região árabe, preto e com muito brilho. Estava com uma bota preta de salto, o que encantava mais ainda, pois a dançar de salto parecia algo tão difícil, mas a garota tirava de letra.

Estava com um pano de seda cobrindo a boca e o nariz, rebolando perfeitamente.

Bill abriu a boca, a garota era perfeita nos movimentos, até que ela tirou a saia longa de seda, ficando com uma menor ainda de seda preta, deixando aparecer sua calcinha vermelha cor de sangue às vezes, suas belas coxas, seu rebolado... Bill já não aguentava mais ver aquela cena, e sem querer seguida com a cabeça os movimentos dela. Parecia estar embriagado bela bebida e pelo prazer que está moça transpirada ao palco.

Sua maquiagem carregada, mostrando seus olhos castanhos, chegando mais perto da sua mesa por ter um palco grande, todos estavam igual ao alemão, mas por sorte, a garota só olhava para ele, como se estivesse dançando só para ele.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 6:10 pm

É a Susan, aposto Suspect

Continua Liebe, to tendo um troço aqui yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 6:20 pm

Só um minuto que eu posto!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 09, 2012 9:44 pm

adorei TODOS os capitulos MAS continua logo vaii Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Seg Dez 10, 2012 7:28 pm

continua fofa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Seg Dez 10, 2012 8:02 pm

Não acredito que a Susan é uma Stripper.
Bill seu safado, se interessando por uma Stripper? quando você chegar em casa, vamos ter uma conversinha muito séria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 12:44 pm

queremos a continuação Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 12:54 pm

AMADAS! desculpem a demora mais é que meu pc surtou aqui! :S Bom mais um pouco do cap pra vcs! s2

Continuação...

Quando acabou, veio uma moça tipo garçonete, mas diferente das outras.

- com licença, já escolheram seus pratos?- perguntou.

- pratos?- Bill vira para Alex.

- sim, é como chamar as meninas- disse Bill rindo.

- então já escolheram?- disse a moça

- para mim aquela que está ali- disse Alex apontando uma de vermelho- Bill, qual você quer?

- eu não sei, não tinha pensado nisso – respondeu.

- Bill larga a mão disso- disse Tom.

- por quê? Deixa o moleque ser feliz pelo menos uma noite!- disse Alex.
- falo por experiência própria, Bill é melhor irmos embora, vem- pegando seu braço e levantando- se da mesa.

- NIEN!- gritou o mais novo- não! Toda vez você pode fazer o que quiser, mas eu sempre tenho que ser o bonzinho? Claro que não! Eu não aguento mais!- disse para o mais velho.

- tudo bem, faça o que quiser que eu vou embora- disse o mais velho indo embora.

- isso Bill! Boa garoto!- disse Alex botando mais fogo na briga.

- quanto que são as garotas do palco?- perguntou para a moça

- bom cada uma custa 50 dólares, mais como estão trabalhando no palco, são 20 dólares a taxa, o que dá um total de 70 dólares- disse.

- eu quero aquela que dançou agora a pouco, a de roupa preta- respondeu tirando a carteira do bolso.

- essa já custa 150 dólares por ser sua primeira vez senhor- respondeu.

- tudo bem, ainda tenho sorte de ser o primeiro- respondeu.

- pode me acompanhar?- disse ela

Ele acenou e seguiu-a, indo para uma sala particular, ela abriu a porta e ele entrou, era um belo de um quarto, uma cama enorme redonda, com lençóis em seda preta, bom praticamente tudo era decorado com preto, estranho na parte de Bill.

Ele sentiu uma presença e se virou, vendo a garota com um espartilho em vermelha cor de sangue, calcinha, cinta liga e sapato de plataforma, ele não disse nada, mas lambeu o lábio inferior, ela estava com uma mascara vermelha onde só pegava os olhos, feita de renda, mas o que ele observou fora as luvas de renda preta curta, realçando seus dedos brancos à mostra, era muito familiar para ele.

Ela chegou perto dele sem dizer nenhuma palavra e o beijou, o que era apenas um aperto entre os lábios foram se transformando em uma guerra entre línguas, à dele perfurada, ela sentia o quente da língua e o gelado do piercing.

Empurrou-o para a cama sem quebrar o beijo, passando sua mão no peitoral semiaberto que ele tinha deixado.

Até que ele tirou a sua mascara e viu seu rosto...

- Susan?- disse em tom baixo.

- Bill- ela respondeu em cima dele.

- eu estou louco por você dês daquela hora no corredor sabia?- disse afagando seu cabelo preto escuro.

- serio?- disse ela rindo- porque eu também estou louca por você.

Ele a beijou feito um louco, colando sua língua dentro da sua boca, passando a mão pelo espartilho, tirando-o lentamente, até ela ficar sem ele. Ela tirou sua camisa e em seguida sua calça, deixando de boxer vermelha.

- você é lindo- disse ela admirado com a imagem do seu corpo, as pernas torneadas, a tatuagem de uma estrela na virilha, o abdômen definido, sem querer lambeu o lábio inferior e suspirou como se ele já estivesse dentro dela.

Ele se sentia selvagem, e assim puxou-a para mais um beijo, agora apertando sua cintura abrindo suas pernas para se encaixar nele, mas ainda estavam com peças intimas.

- eu quero você- disse ele entre seus lábios.

Sentia as mãos dele passando por suas costas, seguindo para sua bunda, tirando os dois lados da calcinha vermelha.
Até que ela se levantou, tirou a calcinha, ficando nua só pra ele, e ele com os cotovelos de apoio na cama, com a cabeça erguida apenas admirando a deusa que estava na sua frente.

- bela tatuagem- disse ele quando viu o escorpião desenhado na virilha dela.

Ela deu um sorriso, chegou perto dele, subindo, engatinhando na cama, rumo ao seus lábios, beijando-o com sua língua quente, dançando, fazendo soltar pequenos gemidos de prazer, ele passando sua mão direita sobre as suas costas, seguindo para sua barriga definida, chegando aos seus seios fartos, apertando-os levemente, mexendo seus polegares nos bicos sem pudor nenhum, até que sentiu uma mão entrando na sua boxer já com algo com vida.

- Ahhhh... - respondeu seus toques entre seus lábios.

Ela adorando ver aquela cena, aumentava seus movimentos.

- AH! Su... Su... Isso, mais!

Ela se abaixou lentamente, lambendo toda a extensão do abdômen, chegando à tatuagem da estrela, lambendo, mordendo-a sem pudor.
Tirando a boxer com as duas mãos, deixando-o nu.

Aos poucos sua mão saiu de seu membro, colocando a boca no lugar, primeiro na glande, o fazendo ter vários arrepios, afinal embora tivesse 23 anos nunca pode ter uma relação amorosa lá muito boa, sua ultima vez foi há três anos, com uma garota da uma festa, admite que foi horrível, nada como esperava.

Mas ela, trabalhando tão bem a língua, os lábios, quando não era seu membro era suas bolas, algo ali o motivava ainda mais, não por ser um stripper, mas como ele mesmo disse, estava à tarde inteira pensando, imaginando, tendo a visão daquele rebolado, daquele perfume.

- Ah... Susan- com a mão nos seus fios negros.
Ela parou dando mais uma generosa sugada, levando-o a loucura, pegou a proteção em uma gaveta e um pequeno criado mudo que estava no lado da cama, colocou-a nele, e mais uma vez chegando perto dele, sentando-se, colocando seu membro dentro dela, com o maior cuidado, mas até o fim.

- você... - ela disse suspirando.

- diz... Oh!- de olhos fechados, sentindo aquele corpo delicioso em cima dele.

- é muito grande- ele riu quando ouviu isso.

- e você muito gostosa- puxou ela rapidamente para baixo dele, apertando suas coxas com uma mão, e com a outra segurando suas costas, apertando, iniciando seus movimentos.
Não podia negar, ao ver aquele rosto esculpido por anjos em pleno prazer, fazia ele se sentir bem, como se soubesse sua fraqueza ali dentro dela, como se soubesse muito bem onde seu ponto estava, acertando-o sempre, sem dores.

- Oh! Bill... - mordendo seu lábio inferior, e por um momento ele a colocou novamente em cima dele, ajudando-a nos movimentos, cada segundo mais forte, mais intenso.

- por favor, não para!- dizia ele, quase para se libertar.
Ele segurava em seus seios, e algumas vezes passava sempre as mãos na bunda, cintura dela.

- oh! Eu vou... - não se conteve e gozou na camisinha, porém ela...

Rapidamente saiu de cima dele, começando colocar sua calcinha.

- aonde vai?- perguntou.

- já dei o que você queria- ela respondeu.

- não- ele levantando da cama, ficando de joelhos, e depois se levantando ficando atrás dela, fazendo-a gemer ao sentir seu membro na sua bunda.

- não quero que vá- ele puxou ela para sua frente

- por que não? Eu já dei o que você queria- ela respondeu baixo.

- porque... Eu acho que estou apaixonado- ele respondeu nos seus olhos.

- apaixonado?- ela franziu a sobrancelha.

- sim, por você- disse ele encostando a testa na dela, fazendo as respirações ficarem juntas, segurando na sua cintura.

- mais eu sou só uma stripper- disse ela.

- eu faço de tudo para tê-la apenas para mim, eu... Eu te amo- dando mais um beijo forte, fazendo suas línguas se unirem novamente.

Até que ele a arrastou de novo para a cama, mas dessa vez era apenas para um amasso, entre beijos e apertos, já tinha tirado a proteção, já tinha sentido o seu prazer, e como ela tinha prazer, parecia que mesmo antes de chegar à cama, transpirava o mais puro prazer, tanto nos beijos, no perfume...




Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 1:18 pm

Caraca Bill, tu é corajoso mesmo viu?

Dizer para a Susan que esta apaixonado por ela mesmo sabendo que ela é uma stripper Surprised

Continua Liebe õ/
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 1:33 pm

tu arrasa garota DEMAIS continua Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 1:46 pm

CAPITULO CINCO

Eram 04h00min da manhã, eles ainda estavam se enrolando na cama, ela mais apaixonada do que nunca.
- acho melhor você ir- disse terminado de beija-lo, o sentindo ir para seu pescoço.
- por quê?- perguntou levantando a cabeça, com um olhar de confuso.
- é que os seguranças só permitem os clientes até as 04h30min da manhã, não quero que te expulsem daqui, se não nunca mais vou poder vê-lo- passando a mão no seu rosto, vendo-o grunhir.
- mas eu não quero te deixar aqui- disse colando apenas seus lábios.
- mas é melhor Bill, eu também não quero te deixar, mas do jeito que eles são brutos e arrogantes, você não parece um rapaz que merece ser expulso dos lugares- disse ela meio se levantando, encostando as costas com uma tatuagem de asas desenhadas nelas.
Ele se arrumou, mas a todo o momento olhando para ela, seus olhos brilhavam ao ver tal criatura sendo sua só sua.
- quando eu vou te ver de novo?- ela perguntou enrolada no lençol de seda vermelho.
- logo meu amor, logo- segurando-a na cintura, dando mais um beijo, depois vendo colocar seu rosto da curva do seu pescoço, sentindo aquele perfume maravilhoso, quase dormindo no seu colo.
Ele de imediato pegou-a no colo, colocando na cama, dando mais um beijo, abraçando-a fortemente.
- eu juro que eu vou te tirar daqui- disse ele, entrelaçando suas mãos.
- você é louco Bill Kaulitz- rindo para ele.
- louco por você Susan May- respondeu com o mesmo sorriso.
- só mais uma pergunta, como entrou na festa de formatura?- perguntou.
- Jessie, eu moro na casa dela, ela sabe que eu sou uma Stripper, como ela tinha um convite sobrando me convidou e como eu sabia que você iria... Aceitei de primeira- respondeu.
- você não é uma Stripper, não mais- respondeu.
- ah... Bill sou sim- respondeu.
- é o que veremos- disse se dando mais um forte beijo e se levantando.
- é o que veremos!- disse novamente abrindo a porta super contente, sem a deixar entender.
Desceu as escadas feliz até chegar ao seu Audi r8 branco, entrou no carro e seguiu para casa, quando chegou o relógio já marcava 5:00 da manhã, sabia que a mãe acordaria as 5:15.
Rapidamente subiu as escadas feitas de madeira presas a parede sem corrimão, com todo o cuidado, seguiu para seu quarto, tirou as roupas e do jeito que estava caiu na cama.
“é o que veremos Susan, é o que veremos meu amor”- pensou antes de cair no sono.

Quando sua mãe acordou, fora no quarto de Tom, abriu a porta e viu seu belo anjo dormindo, o pai já estava tomando café mais cedo, pois tinha uma importante reunião da empresa. Sua mãe seguiu o corredor e foi para quarto do mais novo, abriu a porta e viu o rapaz abraçado no travesseiro, com uma perna sem cobrir, só com metade com corpo com um lençol branco.
Saiu e fechou a porta, dando um leve sorriso, chegando à copa para tomar café da manhã.
- bom dia querido- disse dando um beijo na bochecha.
- bom dia- respondeu.
- estou tão feliz de termos um filho formado, claro Thomas também irá se formar, mas é tão lindo ver o nosso pequeno formado- disse ela toda feliz.
- bom pelo menos um filho serve não é?- disse ele seriamente.
- Jordan! Não diga isso do seu filho!- disse ela brava.
- você sabe que ele não é... - fechou a boca quando viu o mais velho descer.
- bom dia- disse Tom.
- bom dia meu amor, dormiu bem?- tentou disfarçar.
- sim, eu vou sair, não sei que horas eu vou voltar- pegando uma maçã.
- você sabe se seu irmão já acordou? – ela perguntou.
- não, deve estar dormindo, também chegou as 05h00min da manhã- disse rindo e saindo para ir à garagem pegar o seu Audi r8 cinza chumbo.
- você ouviu isso Jordan? Ele chegou tão tarde, o que será que estava fazendo?- disse ela toda curiosa.

Mas lá em cima...
“– Bill”... - dizia ela num vestido branco de seda.
Estavam em uma floresta, com uma cachoeira enorme, caindo água, e em baixo dela havia um lago azul, ele estava de pé, pisando na grama macia, esperando ela chegar mais perto, quando chegou ele a beijou, depois fora se abaixando, fazendo ela se deitar na grama, ficando em cima dela. Sentindo seu perfume, seu sabor.
- eu te amo Susy, eu te amo- dizia ele beijando seu pescoço.
- eu te amo Bill- disse ela olhando nos seus olhos.
Até que ele voltou a beijar constantemente”

Acordou no meio do beijo, abriu os olhos e...
- Ah... Fala sério?!- vendo seu travesseiro todo babado.
Começou a rir, caindo na cama novamente, rindo para si mesmo, de barriga para cima, passando a mão na mesma.
- ah... Su olha o que você me fez fazer- olhando para o travesseiro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 2:11 pm

Coitado do Tom, ser tão maltratado pelo pai Neutral

Eita Bill, mal conheceu a Susan e já tem sonhos eróticos com ela? kkk

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 2:51 pm

CAPITULO SEIS.

Tomou banho, colocou uma calça jeans preta e uma blusa preta de abotoar na frente, sapato, acessórios. Quando ficou pronto arrepiou o cabelo loiro e desceu todo contente.

- bom dia!- todo animado.

- está atrasado- disse o pai saindo da mesa.

- eu mereço dormir depois de ter feito tudo direito- respondeu.

O pai achou estranho, Bill nunca respondia, sempre ficava com medo de tudo, mas agora, parecia que tinham mudado clonado seu filho.

- que roupas são essas?- disse a mãe

- umas que eu comprei- disse comendo uma fruta.

- e o cabelo? Você não o arrumou?- perguntou o pai.

- sim, quero afastar um pouco o gel, por isso o deixei assim- respondeu todo calmo.

- você vai assim para a empresa meu filho?- disse a mãe com um sorriso estranho.

- não, não vou à empresa, vou dar uma volta, sair um pouco- disse saindo da mesa.

- o que?- os dois pais disseram.

- eu mereço não?- respondeu sem saber a resposta dos pais.

Foi para o carro, indo para o Shopping, queria fazer de tudo para dar certo, estava pensando em comprar algo para sua amada, algo único, que combinasse com ela.

Quando estacionou no Shopping recebeu uma mensagem de Tom:

“Boa maninho! É assim que deve ter a sua vida, no Shopping, sair, curtir um pouco mais, só odiei você ontem mas está perdoado! A vovó vai vir amanhã para a festa da empresa que a “mamãe” vai dar, aquela que é beneficente, então posso te acompanhar nas compras?”

- como ele sabe que eu estou no shopping?- perguntou-se para si mesmo

- porque eu estou também!- disse uma voz atrás dele.

Virou-se e viu o irmão.

- bora?- perguntou Tom.

Eles riram e entraram, compraram algumas coisas para eles, como Tom comprou mais uma calça enorme e Bill uma jaqueta com balas nos dois lados dos ombros.

Passando de loja em loja, vendo algumas coisas, Bill ainda não sabia o que encontrar para sua bela amada, resolveu pedir ajuda para Tom.

- eu não sei ainda o que dar a ela- disse ele.

- tem certeza que é ela que você quer? Pensa bem: você conheceu numa boate, ela é uma stripper, você automaticamente pagou para transar com ela... Não acha que está indo longe de mais?- disse ele enquanto entrava em uma loja de joias.

- Tommy, você é o único que eu confio, acredite em mim, por favor! É ela, eu tenho certeza!- disse ele.

- Bom se é você que está dizendo... Eu confio plenamente em você maninho- dando um sorriso.

- eu agradeço muito Tom, sabe que sem você eu não sou nada, na boa como irmão- disse.

- é, mas você sabe que eles não podem nem pensar que ela é uma... Bom você sabe- vendo a atendente chegar.

- posso ajudar?- disse ela.

- sim, queria ver algumas gargantilhas e uns colares- disse Bill.

- eu também- disse Tom.

- ué? Arrumou alguma garota mano?- perguntou Bill rindo.

- tá achando que só você pode?- revidou Thomas.

Eles ficaram vendo até que Tom se decidiu: pegou um colar com um coração escrito Mie Liebe dentro dele. E Bill pegou um colar com uma estrela igual a sua tatuagem, porém ela era de prata e a estrela era: parte lisa prata, dentro parte com pedrinhas brilhantes em preto, parte lisa prata, dentro parte com pedrinhas brilhantes em preto até completar a estrela.

- pronto! Acho que ela vai gostar deste- disse ele todo animado saindo da loja.

- quero ver como é que você vai tirar ela desse emprego- disse Tom.

- vou conversar com a Jessie, pedir a ela que faça de tudo para Susan sair daquele lugar- respondeu Bill.

Tom não entendeu muito o porquê de conversar com Jessie, mas no caminho Bill foi explicando o motivo.

- vai pra casa?- perguntou Tom entrando no carro vizinho.

- não, vou antes passar lá, pegar ela- disse rindo já dentro do carro.

Tom buzinou e cada uma foi para seu canto. Bill ligou para Jessie perguntando por Susan.

- olha ela deve estar lá na boate ensaiando- respondeu ela no telefone.

- ok, danke Jessie- respondeu.

- mas vocês estão juntos?!- perguntou.

- mais ou menos, e vou precisar da sua ajuda para tirar ela daquele emprego- disse ele.

- pode contar comigo!- disse ela.

- valeu Jessie!- respondeu desligando o celular.

Chegou à boate e viu que ela estava aberta, saiu do carro e entrou, logo que passou o corredor viu sua amada dançando no palco. Até que uma garota o viu e a chamou.

- Susan você tem visita!- disse ela rindo.

Até que ela olhou para a entrada e viu ele lindo como sempre, ele chegou perto do palco e ajudou-a a descer, pegando-a no colo, logo a beijando sem pudor nenhum.

- achei que viria só de noite- disse ela.

Ele apenas riu e deu mais um beijo, até que tirou a caixinha de veludo preto do bolso, colocando em suas mãos.

- o que é isso?-perguntou.

- abra- ele disse.

Ela abriu e viu a estrela igual à tatuagem dele, linda era o colar, ele pegou e fez ela virar, colocando em seu pescoço, ela virou e ele viu a como ela ficava mais linda com seu presente.

- ela é linda! Não sei como agradecer- disse para ele.

- apenas fiquei com ele e comigo para sempre- disse dando mais um beijo longo.

- e tem mais- disse saindo de perto dela, chegando perto de um cara, conversou um pouco com o cara, até pegar a carteira e fazer um chegue. Voltou e a beijou mais ainda.

- o que você fez?- disse ela preocupada.

- eu paguei o que você estava devendo, apenas 155 dólares por ter ficado aqui um mês, agora vá, pegue suas coisas e vamos embora daqui- disse ele.

- você pagou para me ver livre?- disse ela com lagrima nos olhos.

- claro você é linda de mais para ficar em um lugar como esse- disse tirando uma lagrima do seu rosto.

Ela foi toda feliz arrumar sua bolsa, não demorou muito e os dois já estavam lá fora, se beijando, encostado no carro, até que ele a deixou no apartamento de Jessie, para ela se arrumar, quando terminou ela seguiu com ele até a casa dos pais.

Quando chegou estava o maior pau com o pai e o irmão. Até que viu Tom sair de casa, todo nervoso, chorando.

- o que houve?- perguntou para a mãe.

- ele disse tudo para o Tom, tudo que devia e tudo que não devia- disse chorando, se retirando da sala.

- ai droga!- disse Bill sentando no sofá de couro branco.

- o que houve?- perguntou Susan.

- Tom é adotado, bom eu também, não somos dessa família, mas nunca aceitaram Thomas, nem mesmo Jennifer, mas ela tenta ser meio falsa com ele, já Jordan sempre o odiou- respondeu de cabeça baixa.

- você é irmão real de Tom?- perguntou agachando perto dele.

- sim, nós somos irmãos, mas quando foram me adotar, eu pedi para deixarem Thomas vir comigo, Jennifer concordou por ter dó de mim, não por gostar dele, e Jordan só aceitou por minha causa também, nunca gostaram dele- respondeu com lágrimas nos olhos.

- Bill eu sinto muito- colocando a mão na sua coxa.

Ele deu um leve sorriso e a abraçou fortemente, esperando que o mais velho não fizesse loucura.

Até que seu celular vibrou:

“Foi mal por ter saído assim, mas aposto que já sabe o que aconteceu, pede desculpas por mim para a sua namorada, àquela hora você me perguntou se eu tinha uma namorada, sim e não ao mesmo tempo, ela é a Ria, sobrinha da Karla, amiga da Jennifer, só estou para causar boa impressão na festa, depois bye bye para ela”

Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 8:20 pm

continua que eu tô mais que ansiosa Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 8:37 pm

CAPITULO SETE

- Bill- disse Jennifer.

- sim?- ele se levantou junto com Susan.
- a vovó Emily vai chegar manhã, mas a festa beneficente só vai ser na sexta, ok?- perguntou.

- tudo bem- disse abraçando Susan.

- ok. E que é essa?- perguntou com uma empáfia.

- ah! Essa é Susan, minha namorada, Susan essa é Jennifer, minha... - fechou a boca e olhou para baixo.

- muito prazer- Susan estendeu a mão para cumprimenta-la. Mas a mulher só mexeu o ombro e deu as costas para a garota, indo embora.

- eu fiz algo de mal?- perguntou Susan.

- não amor, ela é que sempre foi assim.

A noite chegou e Susan foi convidada a jantar na casa de Bill (por ele), à noite
nunca fora tão constrangedora como antes, pois quando ela se sentou educadamente, porque embora não tivesse dinheiro, a garota sabia muito bem se comportar perante os demais Kaulitz.

Jennifer fez uma cara de ódio e inveja da garota, ela sabia usar os talheres perfeitamente, a comer educadamente, segurava a taça de vinho ou a de água com uma leveza invejável. Bill ficou todo orgulhoso de Susan sem querer fazer com que

Jennifer quebrasse a cara sobre a novata, o pai nem deu muita bola, mas ficou encantado com a beleza que a menina tinha, imaginava como uma garota de 17 anos era tão linda, ficava cantando-a, perguntando como conseguia namorar Bill, com toda certeza se Jordan tivesse uma chance, bom... Já sabíamos no que ia dar.

Bill ficou completamente irritado com os dois: Jennifer colocando defeitos na menina na cara! Falando era ela não era tão assim, que entre ela e Ria talvez Ria ganhasse, e Jordan babando na menina, tentando a todo custo fazer com que a menina estivesse a fim de dar para ele.

Nessa hora Bill se estourou, levantou rapidamente e puxou-a para fora da mesa, sério, seco com os outros, Susan tentava entender o porquê das cantadas, só estava com uma calça jeans boca de sino, all star preto de caveirinhas desenhadas e uma blusa branca estrita “te vivo”. Nada de curto, a blusa era de manga que ia até os ombros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 11, 2012 8:59 pm

que vibora CONTINUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Hoje à(s) 2:55 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16
» FATUN - Meine Stadt
» Feliz aniversario para Klaus Meine
» O Antes e depois de Klaus Meine
» Roland Cube CB120XL x Ibanez Promethean

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: