Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 16, 2012 10:28 am

que humilhação que ela passou ,CONTINUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 16, 2012 6:19 pm

Ai quase chorei pela Susan :'(

Essa mocreia da Jennifer e da Ria mereciam levar uma boa de uma surra p*t*


Tadinho do Bill triste

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Dom Dez 16, 2012 10:26 pm

queremos MAIS continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Seg Dez 17, 2012 12:48 pm

CAPITULO DESESSEIS

Susan não sabia para onde ir, não sabia para onde correr e muito menos se devia ou não voltar para casa.

Por outro lado Bill voltou para casa, chegou e o clima ainda estava pelo ar, quando ele entrou no salão todos olharam para ele com uma cara estranha e ao mesmo tempo o ignoraram.

Ele correu pela escadaria, podia se ouvir apenas seus passos duros no mármore, correu para seu quarto, trancou a porta e desabou. Não acreditava que tinha perdido a razão de viver, pelo menos em relação ao amor. De repente a porta bate, ele ouve a voz da sua avó e abre.

Ela senta na cama e ele arrastando o corpo chega até seu colo.

- Oh... Bill- disse ela mexendo no seu cabelo.

- por quê?!- disse ele entre as lágrimas.

Ele passou a maior parte do tempo ali chorando, até avó fazer dormir. Deu um beijo em sua testa de fechou a porta do quarto, era a única que gostava dos meninos realmente como netos.

000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

- me solta!- dizia a garota.

- você e ela armaram tudo isso não foi?!- perguntou.

- foi por quê?- ela admitiu.

- você é louca!- soltando seu braço e andando, deixando ela para trás.

- Tom!- gritou, vendo-o virar para sua frente.

- eu fiz isso porque te amo- ela disse.

- eu não acredito, além disso, me esqueça de uma vez- continuou andando.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

É relacionamento é algo que não se entende, a não serem os próprios que estão dentro desse relacionamento, afinal quem iria imaginar que aconteceria tudo isso?

Susan buscou algo que já fazia parte algum tempo antes do amado surgir, decidiu por si só ir até a boate, que quando chegou suas amigas a receberam com o maior cuidado, vendo-a com o lindo vestido rasgado, chorando, toda molhada.

Quando entrou fora para um dos quartos.

- pode ficar aqui essa noite Susy, tem toalha e se caso precisar de ajuda... - disse uma das amigas que trabalhavam na boate.

- obrigada meninas- elas bateram a porta e Susan foi tomar um banho, chorou tudo que tinha para chorar, tirou toda a maquiagem, gritava o nome de Bill.

Mas quando saiu do banho deixou todas às magoas lá no banheiro.

“hora de encarar a vida, pois a de cinderela já acabou”.

Foi isso que ela ouviu quando saiu do banheiro e passou sobre um espelho que pegava seu corpo inteiro.

Ela parou e voltou a olhar no espelho... Assustou-se com seu reflexo: botas com plataforma alta feita de couro, short de couro com pontas em metais, blusa de furinhos branca com um sutiã preto de rendas aparecendo, maquiagem preta e boca vermelha cor de sangue, cabelo perfeito.

“já deu meia noite querida, hora de vir para a realidade”
. - disse seu reflexo rindo.

“a roupa está no armário atrás de você e a maquiagem está na gaveta”- continuou vendo a menina seguir para o armário em silencio.

“ah! Susan... Não se esqueça disso!”- disse mostrando as mãos que estavam às luvas de renda preta.

Fez todo o look que seu reflexo tinha mostrado, colocando as mesmas roupas, os mesmo acessórios, e as luvas. Desceu e assim estava com o ódio tomando seu corpo, pronta para meter o pé em tudo, já que a vida lhe proporcionará apenas este trabalho.

Desceu as escadas e logo viu um rosto familiar.

Ele vidrado nas dançarinas, mas como se estivesse boiando praticamente, como se estivesse olhando, mas não imaginando elas na cama com ele, como se só olhasse por olhar, mas com a mente longe do corpo, como se estivesse pensando em tudo que aconteceu naquela noite.

- Tom... - chegou perto dele.

- Susan... - disse ele sentando de modo esculachado.

- não devia estar aqui, sua namorada não vai gostar de saber disso- disse ela num
modo desafiador.

- e você? O que faz aqui?- ele retrucou.

- já deu meia noite, hora da princesa voltar na real- disse sentando-se A mesa com ele.

- quer tomar alguma coisa?- disse ele chegando mais perto.

- não, se não vou ficar com mais divida- disse ela rindo.

Eles ficaram ali rindo, ele a todo o momento passando sua perna na dela por de baixo da mesa, rindo maliciosamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Seg Dez 17, 2012 1:45 pm

já estou até vendo o que vai acontecer, CONTINUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Seg Dez 17, 2012 8:34 pm

Susan não faça isso mulher, não com o Tom.
Continua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Seg Dez 17, 2012 8:57 pm

queremos mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 18, 2012 4:00 pm

Ana Carolina Telles escreveu:
Susan não faça isso mulher, não com o Tom.
Continua.

To sentindo, to sentindo que isso não vai dar certo No

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 18, 2012 4:21 pm

migas desculpem a demora mas ando um pouco chateada, por isso demorei, estava sem imaginação...mas agora estou de volta!

CAPITULO DEZESSETE

- hum...

Ele tirava a blusa dela, seus beijos longos, suas línguas unidas a todo o momento, ela já tinha tirado a blusa dele, passando a mão por toda a extensão do peitoral definido e das costas. Ele passava a mão pelas costas dela, que iam em direção a sua nuca, causando grandes vibrações e arrepios.
Até que ela sentiu uma de suas mãos tirando a alça do sutiã preto.

- para Tom- disse ela em baixo dele.

- ah... Agente nem chegou lá- disse ele pegando ela com mais força

- não Tom!- respondeu ela empurrando ele.

- que droga Susan!- ele se levantou rapidamente.

Ela ficou em silencio.

- eu quero muito isso, pelo menos essa noite- disse ele.

Ele chegou perto dela e começou a beija-la novamente, tirando seu sutiã, apertando seu seios com a maior delicadeza, beijando-os, usando sua língua.

Até que ele fez ficar apenas de calcinha e ele apenas de boxer.

Foi descendo até a sua virilha, beijando-a constantemente, fazendo Susan delirar ainda mais. Até que com as duas mão tirou a calcinha e sua boxer. Abriu suas pernas e começou a beijar, a lamber ainda mais.

Susan se esqueceu do mundo naquela hora, nem prestou a atenção com quem estava transando, como se ela tivesse desligado do mundo real, pensando no seu próprio prazer.

Tom enviou dois dedos dentro dela e rodava de clitóris com a sua língua, até que veio até ela e a penetrou profundamente, segurando seus pulsos por cima da cabeça, iniciando seus movimentos.

- Ah... - Tom seguia com sua língua desde o pescoço até seus seios.

Ficaram assim até ele puxar ela para cima, ele encostando as costas na cabeceira da cama, trazendo ela por cima, sentando e fazendo o falo penetrar mais uma vez, até que ele gemeu alto e gozou dentro dela, e ela gozou também.

Ela a empurrou para os pés da cama, fazendo-a deitar, o vendo deitar por cima, afagando seu cabelo.

- essa foi a melhor transa que eu já tive- disse ele.

Ela não respondeu, apenas deu um pequeno riso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 18, 2012 4:35 pm

Ai ai Susan, o que foi que você fez???? affraid

Isso foi completamente ERRADO!!

Enquanto o Bill tá lá se crucificando por sua causa, você aí de amassos com o irmão dele?!?! p*t*

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Ana Carolina Telles
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 975
Idade : 20
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 20/09/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 18, 2012 9:00 pm

Milena Kaulitz escreveu:
Ai ai Susan, o que foi que você fez???? affraid

Isso foi completamente ERRADO!!

Enquanto o Bill tá lá se crucificando por sua causa, você aí de amassos com o irmão dele?!?! p*t*

Continua Liebe Wink

Isso não foi legal Susan, não FOI NADA LEGAL.

To com peba do Bill agora, tadinho, essa Susan é muito egoista.

Continua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 18, 2012 9:33 pm

CAPITULO DEZOITO


- aqui estão os 150 dólares pela noite que fiquei aqui- disse entregando o dinheiro para o caixa da boate.

- ok, sua conta já está paga- disse a moça rindo.

Susan deu um leve sorriso e saiu de lá, caminhou até chegar na casa da amiga Jessie que logo notou que tinha ido trabalhar no emprego no mesmo prédio que Bill, no prédio dos pais.

Ela entrou e ficou na sala, sentou no sofá e acendeu um cigarro, fumando ele com a maior calma. Até que olhou para o telefone e logo o pegou. Discou vários números e assim uma voz doce atendeu.

- Hallo?- disse a pessoa.

- Oma? Ich bin Susan. - Susan respondeu

- Dear! wie geht es dir?-

- I ... Ich rief, weil ich vermisse-

- Ich hatte auch meine Enkelin

- Oma, ich frage mich, ob ich gehen kann für ein paar Tage bei dir?

- Ja, natürlich dear! gekommen Ich habe Heimweh!

- Ich packe meine Sachen und fing die erste Ebene

- Ich warte

- Ok Oma Küsse

- Kisses


Pronto! Susan iria passar uns dias na casa de sua avó, Apolline May. Mãe da mãe de Susan que ao ter a filha desapareceu do mundo.

Susan arrumou suas coisas e escreveu uma carta para Jessie, trancou a casa e assim foi para o banco, tinha um dinheiro guardado, ao sair do banco passou perto do prédio onde Bill trabalhava, não sabia se ele estava lá ou se estava em casa, mas ao caminhar um pouco para frente do prédio pode ver seu Audi r8 branco estacionado perto da entrada do prédio feito de ferro e decorado com vidro meio verde.

Não sabia como ele estava, sentia culpa de ter feito aquilo com Tom, mas o ódio tomou conta do seu corpo naquela noite. Como ela queria entrar, mas sabia que seria expulsa logo que pusesse os pés ali.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Ele sentando em uma poltrona, com a perna cruzada, um coturno preto, calça preta, blusa social e uma jaqueta preta, uma das mãos um cigarro, a cabeça baixa, mais ainda saia lágrimas de seus olhos.

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Ela caminhou até perto de um taxi e pediu para o rapaz levar até o aeroporto de Los Angeles. Quando chegou, saiu do taxi já pago, caminhou até uma das cabines.

- próxima- disse a moça.

- sou eu- respondeu Susan.

- pois não?- disse a moça

- eu queria uma passagem para Hamburgo, Alemanha- respondeu.

A moça deu sua passagem e ela pagou tudo, mostrou passaporte, documentos... Em 15 minutos era para ela estar no portão 14. Susan agradeceu por sorte de conseguir um avião rápido como este.

Sentou num banco perto do portão 14 e ali esperou.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

- Susan?- disse Jessie quando entrou em casa, não houve resposta.

Ela trancou a porta e deixou a bolsa na mesa de jantar, viu que ali tinha uma carta, abriu e começou a ler, sentando-se no sofá sem parar de ler, reconhecendo a letra de sua amiga. Logo lágrimas tomaram conta de seus olhos, correu para o celular ligando para Bill.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000

Seu celular vibra.

- alô?- disse ele.

- eu preciso te encontrar urgente!- disse ela rapidamente.

- Jessie o que houve? Por que está assim?- perguntou.

- Bill, por favor, posso ir ai na sua sala? Eu preciso te mostrar uma coisa!- disse ela.

- sim, claro eu estou esperando- disse ele.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000

“atenção o portão 14 está sendo liberado para os demais passageiros embargarem”

Assim que ouviu a moça levantou e caminhou até o avião, mostrando a passagem e sendo encaminhada até sua poltrona... Quando estava tudo certo o avião decolou.

“good bye Los Angeles”- pensou ela.


0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

- Sr. Kaulitz, Jessie está aqui- disse seu telefone na mesa.

- pode a deixar entrar- ele ordenou.

Ela entrou e logo começou a falar rápido, ele sem entender pediu pra ela sentar, respirar, e assim vendo-o sentar em sua frente, logo mostrou a carta.

- é dela Jessie?- Bill perguntou.

- sim- ela respondeu.

Ele abriu e começou a ler.

“Querida Jessie, resolvi por mim própria que vou passar um tempo em Hamburgo, na casa da minha avó perto de uma colina, bom você deve lembrar-se da vovó Apolline, eu vou para Alemanha! Sei que deve estar chateado por só encontrar uma carta mais esse era o meu jeito de se despedir... Bom quero que saiba que não dormi em casa ontem porque eu viu para a boate e encontrei Tom, irmão de Bill. Vou no assunto logo de uma vez, eu transei com ele. Na noite em si mandei tudo pro ar, mas apenas pensei no meu próprio prazer...Mas no dia seguinte me arrependi amargamente por ter feito isso, não estou fugindo de Bill, só acho que ele merece alguém melhor que eu...Embora estou com muita dor de escrever isso pois realmente eu o amo e acho que não vou largar desse amor tão cedo, mas acho que é o melhor para ele, bom minha amiga é isso...até mais...Diga ao Bill que embora aconteceu tudo aquilo eu continuo amando ele? Com todo meu amor: Susan May”

Ele sentou no sofá e colocou a mão na boca.

- Bill sinto muito- disse Jessie.

- não acredito que ela fez isso comigo- disse ele.

- eu não sei o que dizer- disse Jessie.

Ela não entendeu a reação de Bill, que logo chorou mais ainda.

- Susan! Susan eu te amo! Volta pra mim!- disse ele entre o choro, as lágrimas e os soluços.

Jessie o abraçou fortemente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Ter Dez 18, 2012 10:30 pm

tadinho dele , continua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qua Dez 19, 2012 10:36 am

Quase chorei aqui :'(

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qua Dez 19, 2012 3:54 pm

CAPITULO DEZENOVE

4 anos depois.....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qua Dez 19, 2012 4:37 pm

Continuação.....

- Brian! Kommen- disse a garota ao ver o filho pulando, correndo junto com um cachorro preto e branco, que era de sua avó.

- ora querida deixe ele brincar- disse a avó ao sair na porta.

- vovó sabe que eu não gosto... Não é pelo fato de brincar, mas ele some- disse Susan.

- oras você também sumida- dizia a avó enquanto entrava na velha cabana, indo para a cozinha, preparando o almoço e vendo a neta sentar-se à mesa se madeira.

- é, mas eu vinha de dez em dez minutos para avisar- disse ela pegando uma maçã.

- Brian tem o mesmo espirito de aventura que você tem- disse a avó- pena que o pai não quis saber dele.

- É... - Susan jamais teve coragem para contar a sua avó o que tinha acontecido em Los Angeles, apenas disse que engravidou e que o cara em si não quis saber do filho. Mas na verdade ela sempre sentia saudade de Bill e de Jessie.

- você falou com a Jessie?- perguntou a avó tirando de seus pensamentos.

- oh, não. Eu vou falar com ela mais tarde- disse a neta mordendo a maçã.

De repente o garotinho loiro aparece...

- Mom! Mom!- disse ele procurando-a.

- Hier in der Küche!- ela respondeu.

- Mom sah ich einen sapo!- ele disse ao sentar no seu colo

- Ein sapo?- ela fez uma cara de surpresa.

- Ja- afirmou ele rindo.

- devia ensinar ele o português e o inglês- disse a avó cortando legumes.

- ah... Ele é muito novinho, só tem quatro anos. Se bem que ele entende um pouco o português e o inglês, quem sabe quando entrar na escola- disse abraçando o filho.

000000000000000000000000000000000000000000000

- Jessie!- disse ele vendo-a no corredor.

- ah! Bill, como vai?- disse ela abraçando-o.

- eu estou bem... Bom alguma noticia?- ele perguntou.

- Bom ela disse que ia me ligar hoje e... - foi interrompida.

- amor!- disse a garota chegando perto de Bill: Uma loira meio alta, corpo bem dotado, usava um vestido colado rosa chamativo, Jessie logo se tocou que poderia ser uma puta, sabe aquelas garotas que só pensam nelas mesmas e em dinheiro...
Bom essa era uma delas.

- ah Jessie essa é Kate, minha namorada. Kate essa é Jessie, minha amiga e gerente do prédio- disse Bill.

- prazer- disse Jessie estendendo a mão.

- oi- disse Kate com um olhar de nojo- Amor eu só passei para dizer que eu vou ao Shopping.

- ok- dando um selinho nela, vendo sair- tchau Stassy.

- é Jessie- corrigiu.

Ele viu a cara de brava que Jessie estava para ele.

- você pergunta da Susan, mas está com outra?!- perguntou

- olha eu não tenho nada com Kate. Sei que ela só está comigo por causa do dinheiro- disse ele.

- tá! Eu te entendo, e pelo amor que você tem a Susan não me faz ficar perto dessa dai em!- disse Jessie.

- prometo!- ele riu

- Bom falando em Susan ela está ainda na Alemanha na casa da avó, Apolline- respondeu Jessie.

- conhece essa avó?- ele perguntou.

- sim, eu passei umas férias na casa da minha tia que mora lá, elas são vizinhas, foi ai que conheci a Susan, depois eu voltei para Los Angeles e no ano seguinte Susan veio para cá, bons tempos aquele em que ela não dava trabalho- disse ela rindo.

- entendi... Mas você disse que tinha mais uma coisa pra me falar?- ele perguntou.

- é... Bill ela... Ela teve um filho e as chances de ser filho do Tom são assim, tipo mais de 50%.

- o que?!

- sim, ela saiu daqui gravida dele- ela disse.

- não pode ser- abaixando a cabeça.

- mais ela não quer que ele saiba- disse

Ele não disse nada.

- olha mais tarde eu posso conversar com você, posso te mostrar a foto do Brian- disse ela.

- Brian?

- sim, é o nome dele... Brian May- disse Jessie.

- esqueceu-se do Kaulitz- disse ele.

Ela deu um leve sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qua Dez 19, 2012 6:22 pm

quantas revelações, CONTINUA :\o\:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qui Dez 20, 2012 12:17 pm

O Brian é filho do Tom?? Mas eu jurava que era do Bill


Bill, saia de perto dessa lambisgoia da Kate, ouviu? p*t*

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qui Dez 20, 2012 2:09 pm

CAPITULO VINTE

Sete e meia da noite, Bill apagou o abajur da sua mesa e saiu da sala, fechou a porta e seguiu para o elevador, lá em baixo ele encontrou Jessie, os dois seguiram para um barzinho ali perto.

Sentaram e pediram uma cerveja e ela um suco.

Ela começou a contar que Susan tinha certeza que Tom era pai, mas não queria causar problemas então não queria que ele soubesse.

- e essa é a única foto que eu tenho- tirando da carteira e dando na mão dele.

Bill olhou a foto, ali Brian tinha dois anos, estava no colo da mãe, agora com 21 anos, mas mesmo que tenha feito aniversario, não tinha perdido aquele rosto angelical.

Parecia que nunca iria envelhecer. Brian se parecia muito com Tom quando criança, mas algo ali havia tomado seu coração, embora fosse filho do irmão, Bill achava que se parecia mais com ele, parecia que o menino era tímido, como ele.

Jessie pode ver que o rapaz ali na sua frente, ao ver aquela foto, além de lembrar-se da amada, parecia que tinha se apaixonado pelo garotinho.

- Bill?- ela perguntou vendo seus olhos brilharem naturalmente.

- hum?- disse ele levantando a cabeça.

- você está bem?- perguntou.

- sim, é que ele embora seja filho do Tom, parece ser... Bastante tímido- disse ele rindo.

- é... Dá ultima vez que ela me ligou, disse que ele adora Rock. Ele parece muito com ela, assim eu não entendi nada do que ele disse, mas no modo de explicar com as palavras, nossa, é incrível! Assim, é igual a ela- disse Jessie.

- por que não entendeu o que ele disse?- deu um sorriso tipo “não entendi”.

- ele só fala alemão- ela disse

- ah! Jura?- ele se surpreendeu.

- sério, ele só fala... - sentiu seu celular vibrar.

Ela pegou-o tirando do bolso, quando viu quem era:

“Susy”

Ela mostrou pra ele e logo viu o sorriso, parecia sorriso de propaganda.

- atendo ou você atende?- ela disse.

Ele pegou o celular e logo apertou o botão verdinho.

- Jessie?- perguntou Susan.

Ele não disse nada, apenas admirou sua voz.

- Jessie! Por que não me responde?- ela disse.

-... Susy?- ele disse.

Logo o coração de Susan saltou para fora, não acreditava na voz que tinha ouvido, era ele mesmo?

- Bill? É você?- já sentia lágrimas marcando seu rosto.

- sim... Meu anjo- ele sentia um nó na garganta, um aperto no coração, os olhos brilhavam constantemente, Jessie começava a chorar de ver a emoção que ele estava sentido, imaginava a amiga do outro lado.

- Bill... Eu... Eu nem sei o que dizer- disse Susan.

- eu estou com muita saudade de você- disse ele.

- eu também, muita- afirmou ela.

- Susy, volta pra mim? Volta... Por favor- disse ele.

- Bill eu... Eu posso falar com a Jessie?- mudou de assunto.

- claro bom foi muito bom falar com você, um beijo- disse ele triste.

Passou o celular para Jessie.

- com licença Bill- Jessie saiu da mesa e atendeu a amiga.

- Susan?- disse Jessie encostando-se a um carro.

- como assim você está com ele?!- disse Susan.

- calma miga, eu só estou conversando com ele. Justamente de você!- disse a amiga.

- ai... Ele é lindo! Como eu queria vê-lo, ele sente falta de mim? Diz pra ele que eu o amo? Por favor? Que saudade dele!- disse entre as lágrimas.

- quer parar de chorar, por favor? Sim, eu falo tudo isso pra ele, mas eai como você está?- perguntou.

- ah eu estou bem, está frio aqui, mas está tudo bem, você vai estar esse final de semana em casa?- perguntou.

- sim por quê?- Jessie perguntou.

- nada, é que parece que vai chover ai- deu uma desculpa.

- obrigada por me avisar, mas sim, eu vou ficar em casa- ela riu.

- ok, agora eu tenho que ir, manda um beijo para ele... Ai meu Deus! Ele sente falta de mim!- disse ela animada caindo na cama do outro lado no telefone.

- Susan! Você tá parecendo àquelas adolescentes que quando sabe que o cara sente falta fica animadinha, aposto que você está deitada na cama suspirando lembrando-se das noites com ele- disse a amiga rindo.

- e se for? Ele é só meu- afirmou rindo.

- e da Bisca da Kate- ela disse baixo.

- COMO ASSIM?! QUE KATE?- gritou Susan.

- ah liga não, é só um puta que ele tá ficando, ele mesmo já me disse que ela só está por causa do dinheiro- afirmou Jessie.

- ah bom... Entendi- respondeu.

- e ele e o Tom foram expulsos da casa- disse Jessie baixinho.

- como assim?

- faz dois anos, a Jennifer não aguentou a rebeldia do Bill e a empáfia do Tom. Tipo ele sabe que você teve algo com o Tom, deu até briga entre os dois, mas agora está tudo de boa. Ai passou uns dias depois daquele jantar e ai ela os expulsou da mansão; Ria largou de Tom por não ser mais rico, agora ele está dando aulas de guitarra particular. Bill ainda trabalha no prédio, mas só eu sei que... Ele vai perder o emprego ainda essa semana- disse Jessie.

- como assim?!

- eu sou gerente lá e ai ouvi a Jennifer conversando com o Jordan para demitir ele, e isso pode acontecer ainda essa semana- afirmou.

- e você não contou pra ele ainda por quê?!

- ah... Ele ainda anda muito abalado com tudo isso, agora eles estão morando numa casinha minúscula perto lá de casa, pelo menos deixaram eles ficarem com os dois Audi.

- hum... Entendi bom agora eu tenho que desligar um beijo miga! Se cuida e manda um enorme beijo para ele, por favor?- disse ela.

- pode deixar! Eu mando um beijo miga! Manda um beijo pro Brian.

- pode deixar.

Elas se despediram e ela desligou, voltou na mesa e tornaram a conversar, ela disse tudo que Susan disse, do beijo, da saudade, o que fez ficar com mais saudade ainda.
Quando acabaram de conversar cada um voltou para sua casa, ele de carro e ela com a moto vermelha que tinha comprado, muita coisa aconteceu durante esses quatro anos que Susan havia ido embora, agora ela estava no quarto, pensando se voltava ou não, até que Brian de pijaminha acordou e saiu do quarto da avó, veio até a mãe.

- mom?- abriu a porta.

- oh...Mie liebe… Sie aufgewacht? (oh meu amor... você acordou?)

- Mutter verlorenen Schlaf, ich weiß nicht, wo er ist (mãe perdi o sono, não sei onde ele está)

- Komm schon, hilft Mom finden Sie (venha, mamãe te ajuda a encontrar)

Viu o garotinho deitar no seu colo

- Was halten Sie von Menschen reisen denken? (o que acha da gente viajar?) ela perguntou

- Wo? (pra onde?)

- Um Tante Jessie, sollen wir? (para casa da tia Jessie, que tal?)

- Ja! ja! (sim! Sim!)

- Ok, Agenten an diesem Wochenende (ok, agente vai nesse final de semana)

- Aber was ist mit Oma? (mas e a vovó?)

- Agent verbringt ein paar Tage hin und zurück (agente passa uns dias lá e volta)

- Ähm ... yeah!- ele afirmou.

Eram só alguns dias, não iria ser para o resto da vida, e assim os dois pegaram no sono, abraçados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qui Dez 20, 2012 2:23 pm

Que tenso, Bill e o Tom ficaram pobres affraid

Susy, aproveita!! Não tem mais a mocreia da "mãe" dele nem da Ria te afortunando bounce

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Qui Dez 20, 2012 5:20 pm

agora vai ficar emocionante ,CONTINA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sex Dez 21, 2012 1:45 pm


CAPITULO VINTE E UM

- ah não isso você pode deixar para a semana que vem- dizia Jessie no celular, com certeza seria alguém do prédio- não, não ele disse que os papeis ficariam com ele e assim na terça ele ia entregar para a Dona Jennifer- quando ela percebeu tocaram a campainha- olha eu vou ter que desligar ok? Qualquer coisa fala com o Peter, tchau- desligou o celular e destrancou a porta.

- ah o senhor deve ser o encanador para arrumar minha pia do banheiro e... – paralisou ao ver sua amiga com uma mala e na sua frente o garotinho Brian.

- cara se eu vim da Alemanha para arrumar cano, eu posso pegar outro avião agora mesmo- disse Susan rindo.

- SUSY!- disse abraçando a amiga fortemente.

- foi por isso que falou do final de semana?- disse a amiga com os olhos brilhando.

- ué? Tinha que dar uma desculpa né?- abraçando-a novamente.

- que saudade! E meu sobrinho como está?- pegando o garoto no colo.

Ele riu e abraçou-a fortemente.

- venha, vamos entrar eu te ajudo com a mala... – entrando e ajudando Susan com a mala, vendo Brian sentar quietinho no sofá.

- então como estão as coisas lá na Alemanha?- perguntou Jessie ajudando Susan desfazer a mala e guardar as roupas no armário do seu antigo quarto.

- estão ótimas! Passei um bom tempo na casa da minha avó, Brian nasceu lá, mas a saudade ainda batia mais forte- deu um sorriso.

- você contou para ela toda a historia?- perguntou Jessie preocupada.

- nem toda, mas ela também não merece saber que a neta era bem... Uma Stripper- disse Susan sentando na cama.

- mas eai? O que está fazendo de bom?- disse Jessie.

- ah eu estou num emprego, e de noite eu canto numa banda- disse ela toda contente.

- legal!- elas saíram e foram para a sala.

- bom como é sábado eu estava a fim de sair de noite, para comer algo fora, mas agora não tem nada aqui, a não ser se formos ao mercado- disse a amiga.

- eu topo!- respondeu Susan.

- vamos então?

Assim pegaram a chave e foram a pé, no caminho Jessie contou tudo que tinha acontecido durante os quatro anos. Tanto as coisas boas quanto às coisas ruins.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sex Dez 21, 2012 2:21 pm

acho que elas vão encontrar um certo alguem ,continua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milena Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3499
Idade : 19
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 26/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Twitter

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sab Dez 22, 2012 9:45 am

Joyce Kaulitz th escreveu:
acho que elas vão encontrar um certo alguem ,continua

Eu também só acho isso Suspect

Continua Liebe Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://meninaskaulitz.blogspot.com/
Izy's Drek

Fã


Número de Mensagens : 297
Idade : 19
Data de inscrição : 22/01/2012

MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Sab Dez 22, 2012 8:11 pm

CAPITULO VINTE E DOIS

Quando chegaram, as duas foram para a área de legumes e frutas.

- geralmente não cozinho porque sou só então... - respondeu Jessie.

Susan ficou em silencio.

- o que acha da gente fazer aquele frango com legumes?- sugeriu.

- por mim, dês de eu não tenha mais que ver comida alemã por um bom tempo- deu uma risada- por mim pode até fazer macarrão se quiser.

As duas riram.

- muito tempo comendo a mesma coisa?- perguntou Jessie pegando alguns legumes.

- não, até que não. Mas a comida em si é um pouco mais forte do que aqui, teve algumas vezes que eu fiz comidas típicas daqui, mas não é a mesma coisa- riu ajudando a amiga.

- e as vontades de gravida?- perguntou rindo para Susan.

- não, não tive muitas, lembro-me da vontade de chocolate, mas tirando isso, acho que não tive muitas não- respondeu.

Susan sem querer achou que Brian estava do seu lado, mas o garotinho ao ver o corredor de doces não aguentou e foi ver como era um mercado americano. Fileiras coloridas e com nomes tão difíceis, alguns ele tentava decifrar, mas não conseguia.

Até que viu um homem: calça branca, um sapato totalmente estranho com pontas douradas, uma blusa preta e uma jaqueta de couro preto. Brian sabia que estava frio, também estava com o seu moletom pequeno, ficou admirando o rapaz entrando no mesmo corredor, olhando cada doce, fazendo caras como se já conhecesse o sabor das coisas, decidiu pedir ajuda.

Chegou perto daquele homem alto, e com toda a timidez decidiu perguntar.

- Können Sie mir helfen?- ele disse (você pode me ajudar?).

Na hora o rapaz olhou para baixo e engoliu seco, seria o mesmo garoto que ele tinha visto na foto dias pra trás? Não podia ser, admirou o garoto loiro, parecia que estava se vendo quando era criança, mas com o olhar da mãe, um olhar que Bill ainda não sabia qual era seu significado, a boca fazia par com esse olhar, fechada e séria... Séria? Não, parece ser uma mistura de sério com “ eu acabei de te fazer uma pergunta” não...Não é isso.

É dessa vez Bill admite a derrota, não sabia que olhar era aquele. Ele deu um leve sorriso ao garoto.

- ja?- respondeu Bill abaixando para olhar mais de perto os olhos castanhos do garoto.

- Sprechen Sie Deutsch?- (você fala alemão?) perguntou o garoto, sério por fora, mas feliz de saber que além de sua mãe, mas alguém o entendia.

- ja, ich bin Deutscher, wie Sie (sim, eu sou alemão, como você)- respondeu Bill, logo viu a bochecha do menino mexer um pouco, claro! Ele conhecia esse pequeno sorriso, mas de outra boca.

- Brian!- correu para perto do menino, Susan percorreu para todos os lados para achar o garoto, quando viu conversando com um rapaz de longe.
Susan chegou perto, por trás do garoto, mas ainda estava uns cinco passos longe do seu filho.

Quando ela viu que o rapaz era Bill, logo sentiu um aperto forte no peito, a garganta fechou, a boca ficou seca, as costas travaram, em menos de cinco minutos, o coração batia forte.

Ela viu Bill olhar para ela, assim ele que estava agachado se levantou, ele logo percebeu que realmente era O Brian, filho da sua amada, o garotinho que só falava em alemão. E sua amada que estava quase do outro lado do mundo dias antes, agora estava ali, bem na sua frente.

- mom!- correu para perto de Susan.

Ele abraçou suas pernas e ela o abraçou de volta, não estava com raiva, apenas preocupada como uma boa mãe.

- Sorry Mom? (desculpa mãe?)- ele olhou para cima.

- Kein Problem (não tem problema) ela respondeu docemente.

- Er ist einer deutschen Mutter, wie du und ich (mãe ele é alemão, como eu e você)

- Ist, ja es ist (é, é sim)- ela respondeu.

Ela não tirava os olhos de Bill, que cada vez chegava mais perto, o perfume dele não havia mudado, ela estava ficando louca por dentro, como queria beija-lo ali mesmo, mas sabia que não podia.

- Susy- disse ele mais perto, agora de frente para ela.

- Bill- respondeu suspirando.

- está mais linda do que nunca- respondeu.

- achou que eu ia ficar feia depois de ter um filho?- ela disse brincando.

- você jamais vai ficar feia- respondeu rindo, logo ela lembrou que era o mesmo riso quando eles tinham acabado de ter uma relação, que mesmo conversando com ele ali perto, lembrava-se de tudo.

- Kennen Sie meine Mutter? (você conhece minha mãe?) perguntou Brian para Bill.

- Ja, wir sind Freunde (sim, somos amigos) respondeu Bill com um sorriso.

- não é Susan?- voltou a olhar para Susy.

“eu não vou aguentar”- pensou ela.

Viu que o garotinho tinha deixado suas pernas, agora mais próximo da fileira de chocolates, ela olhou para Brian, Bill acompanhou seu olhar, quando eles se voltaram a olhar, ela não aguentou e o abraçou, beijando-o fortemente. Ele a agarrou, sua língua furada fazia Susan gemer sem querer, como sentiu falta desse beijo, os lábios dele continuavam ainda mais macios como seda ou veludo.

- desculpa- disse ela ofegante.

- pelo beijo?- perguntou ele.

- eu não devia você agora está namorando... - ele voltou a beijar.

- por você eu largo tudo- respondeu ele.

Ela riu para ele, e sentiu uma junção entre os corpos fortemente.

- você voltou para mim, como eu tinha pedido- ele afirmou.

- acho que sim- ela respondeu.

Mas um pouquinho atrás deles Brian ainda escolhia o que ia pegar, mas ao ver a mãe daquele jeito, deu uma risadinha, mordeu o lábio inferior, grandes amigos eles eram afinal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16   Hoje à(s) 2:59 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Meiner Stripper oder meine Freundin? Fic +16
» FATUN - Meine Stadt
» Feliz aniversario para Klaus Meine
» O Antes e depois de Klaus Meine
» Roland Cube CB120XL x Ibanez Promethean

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: