Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 9 ... 14, 15, 16, 17  Seguinte
AutorMensagem
Fash

Fã


Número de Mensagens : 228
Idade : 21
Data de inscrição : 12/07/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Maio 16, 2010 12:43 am

"Tom_ Elas não vão vir...-disse inquieto na cadeira.

Bill_ Tom, PARA, agente chegou agora, acabamos de sentar, espera.

Tom_ Vamos esperar 5 minutos, se elas não chegarem, agente vaza."

raxeeii.


Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
victoria
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2274
Idade : 20
Localização : São Paulo,SP
Data de inscrição : 01/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Maio 16, 2010 2:28 pm

Ai o Tom é um didiota

Continua......
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Maio 16, 2010 8:31 pm

Fala logo que ama ela !
Cabeçudo... tsc.tsc.
Continueem meninas (:
Bgs ;*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tiane Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1663
Idade : 24
Localização : Taubaté-SP
Data de inscrição : 06/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Maio 16, 2010 8:47 pm

Tom nem é impaciente, né?
Mas eu no lugar dele, ia ficar do mesmo jeito. rsrs
Continuem, urgentemente!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Maio 16, 2010 10:32 pm

Citação :
Fala logo que ama ela !
Cabeçudo... tsc.tsc.
Continueem meninas (:
Bgs ;*
Voltar ao Topo Ir em baixo
miss lu
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1527
Idade : 21
Data de inscrição : 24/09/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Ter Maio 18, 2010 12:09 pm

aiaiai! que confusão....
continuem
bjbj
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://thelittlealien.tumblr.com/
Catchusca
Admin
Admin


Número de Mensagens : 2820
Idade : 27
Localização : Gothic city
Data de inscrição : 04/06/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Ter Maio 18, 2010 1:27 pm

Isso ae Nana da uma dura nesse guitarrista!UHUL Bruh apazigua ae mulé
hauhauhauauhauauhauhau

_______________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Bru_lov_TH
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1510
Idade : 22
Localização : Campinas-SP
Data de inscrição : 27/01/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 1:42 am

Girlsss,desculpaaaa o atraso.
Esta fanfiction ainda não tinha sido betada,por isto demorou.MILLL desculpas Smile.


Capitulo 14.



No apartamento das meninas:

O caminho da pizzaria até o apartamento, foi agitado, mas elas não trocaram nenhuma palavra, quando chegaram ao apartamento que finalmente conseguiram se acalmar.

Então foram até a varanda, se sentaram para poderem conversar sobre todo o ocorrido:



Bru_ Nana o que foi tudo aquilo?

Nana_ Não sei, não sei, ele me deixa louca da vida... Por que ele simplesmente não vai embora, desaparece? Isto está me matando.

Bru_ Calma, você acha que eu sabia que o Bill também iria estar lá?Eu não sabia não.Isto já faz tempo amiga, eu sei que ele bateu no Richard e ele é seu namorado e que você se preocupa com ele, mas você surtou lá, o que você acha que ele está pensando agora?

Nana_ Não queria que isto tivesse ocorrido deste jeito.

Bruna_ Você está assim só pelo fato dele ter batido no Richard?Porque se for...NOSSA, você é uma super namorada viu...

Nana ficou em silencio e sem reação.

Bru_ Não precisa dizer nada, eu sei que não é só por causa dele.-sorri.

Nana_ Estou muito confusa com tudo isto, sério mesmo, tudo isto está sendo uma bomba, não consigo digerir tudo de uma vez.

Bru_ Eu sei que não, mas você precisa dormir um pouco, está muito pálida.Amanhã a gente conversa melhor ok?!

Nana_ Sim.-disse se levantando e indo até seu quarto.

Bruna ficou mais um bom tempo sentada pensando em tudo que havia acontecido.

Para ela também havia sido um choque, mas Nana estava pior do que nunca e seria pior se Bruna demonstrasse sua preocupação também...

Nana havia se arrependido de sua atitude no restaurante, ela sabia que não havia sido apenas por causa do Richard toda aquela confusão, mas ela achou melhor dormir, porque pensar em tudo aquilo só seria pior.



No hotel:

Bill e Tom estavam muito confusos com toda aquilo, mas foram conversando durante o caminho para tentarem entender, mas não adiantou nada, eles continuavam sem entender nada.

Cada um deles estavam em seus quartos.Tom cansado de tudo aquilo estava dormindo.



Bill:

Não consigo muito bem explicar o que estou sentindo.

Sim, estou mal pelo Tom e pela a Nana, mas também estou explodindo de felicidade por ter conseguido revê-la.Não sei muito bem explicar a minha sensação, mas foi com certeza ótimo.E foi do jeito que eu pensei que seria, até melhor, claro.

Ela estava tão bem, cresceu bastante, está com um corpo de adulta e continua sendo a mesma pessoa que sempre foi, mas claro, amadureceu bastante.

Eu simplesmente estou apaixonado por ela e não tenho vergonha nem receio de pensar isto e ela precisa saber disto...



Bill pegou no sono e dormiu tranquilamente.



No dia seguinte - Apartamento das meninas:

Como era sábado, elas acordaram mais tarde e ficaram na sala de televisão assistindo aos canais de música, embrulhadas no edredom, comendo sucrilhos e decidiram não comentar sobre a noite passada.

Rich e Jean não deram notícias e elas também não ligaram para eles.



Nana estava melhor em relação a noite anterior...

Nana_ Vai fazer o que hoje?

Bru_ Não sei, nada em mente e você?

Nana_ Vou ficar com o Richard - decidida.

Bru_ Tem certeza?

Nana_ Sim.Faz tempo que não vejo ele.

Bru_ Ok, acho que hoje vou visitar meus pais em Campinas e volto só a noite.

Nana_ Ok...



Elas continuaram conversando enquanto o tempo passava.



No hotel:

A banda estava voltando para almoçarem no hotel, após uma longa comitiva de imprensa que tiveram pela manhã e durante o almoço, os meninos contaram à Gust e Georg o acontecido:

Gust_ Sério que rolou tudo isto mesmo?

Tom_ Sim, eu foi o mais sincero possível com ela e ela sabe que eu não sou assim...

Georg_ Pois é, mas ela deve estar deprimida pelo o que aconteceu com o cara láá, o namorado dela...-Georg fez menção em dizer estas 2 últimas palavras.

Bill_ Acho que ela deve ter se arrependido Tom, fica calmo, ela pode ter se alterado também por causa do trabalho, muitas coisas levam a outra que acabam resultando em um desastre...

Tom_ Eu sei eu sei, mas se eu tivesse mais uma chance...

Bill_ A gente acabou e chegar ao Brasil, relaxa.

Georg_ É mesmo, relaxa, tenta pensar em outra coisa durante 5 minutos, sua expressão de raiva está começando a me dar medo.-riram.

Gustav_ Mas e você em Bill, como foi a sua noite?

Bill_ Foi d+, foi do jeito que eu pensei que seria, ela continua sendo a mesma pessoa que era quando a conheci.E eu tenho uma ideia, mas estou em dúvida ainda...

Gust_ E qual é?

Bill_ Vou ligar para ela!Eu tenho o celular dela até hoje gravado no meu, quero convida-la para vir aqui para poder conversar com e sei lá, chama-la para vir aqui, tomar café...

Georg_ Boa ideia Bill, só não esquece que ela está namorando heim e que VOCÊ também.

Bill_ Eu sei, mas ela pode rejeitar o convite sei lá.

Tom_ Liga logo Bill.Ela quer vir, você conhece ela, liga logo.

Bill_ Ok ok.-disse se retirando da mesa do almoço a indo até o saguão.

Ele entrou em uma espécie de biblioteca onde não havia ninguém e estava em silêncio.Tomou coragem então e ligou para ela.



Bruna que estava arrumando suas coisas para ir na casa de seus pais viu a ligação.No momento ficou nervosa ao ver quem estava ligando, mas resolveu atender logo ao telefonema:



Bru_ Alô?!

Bill_ Bru...Bruuna?

Bru_ Sim, Bill?

Bill_ Sim, tudo bem?

Bru_ Sim e você?

Bill_ Também.-silêncio- Então, nossa, que noite aquela ontem heim...

Bru_ Pois é, você viu só!?-neste momento, ambos estavam nervosos.

Bill_ Foi tudo muito estranho, vocês saíram correndo, eu e o Tom ficamos sem entender, está tudo bem mesmo?

Bru_ Sim, mas a Nana está bem triste ainda.

Bill_ Coitada...

Bru_ Sim, mas ela nem tocou no assunto hoje ainda...

Bill_ Humm, entendo.Então, vai fazer o que hoje?

Bru_ Estou pensando em ir visitar meus pais e você?

Bill_ Hoje a tarde vamos ficar pelo hotel mesmo, para ajeitar umas papeladas aqui, descansar um pouco...

Bru_ Entendi.

Bill_ Mas pensei em te convidar para vir aqui, tomar um café, comer alguma coisa, ontem foi bem corrido, não deu para conversar tudo o que queríamos conversar...

Bru_ Pois é...Bom, eu passo ai então, outro dia eu vou ver meus pais.

Bill_ Ótimo.-sorriram...

Bill passou o endereço e combinaram um horário...



Depois disto, Bill foi ao seu quarto, arrumar o mesmo para recebê-la...



No apartamento das meninas:

Bruna, ficou estática por alguns segundos até cair sua fixa e quando finalmente isto ocorreu...

Bru_ Nana, Nanaaaaaaa! – gritou e foi correndo em direção à amiga.

Nana_ Que? O que aconteceu?

Bruna_ O Bill, o Bill, ele éé, ele acabou de ligar e pediu para eu ir ao hotel visitar ele, para a gente poder conversar um pouco mais...

Nana_ Que fofo e você vai?

Bruna_ Claro que sim, mas não vou agora, vou me trocar ainda, depois eu vou...

Nana_ Ai que bom que vocês estão bem, sério mesmo, vai lá, depois me conta tudinho, é que agora eu já vou indo, eu e o Rich combinamos de irmos almoçar na casa dos pais dele.

Bru_ Huum ok ok.

Nana_ Espera ai...Mas e o Jean?

Bru_ Vou ter que contar, não vou viver em segredo com ele, porque poxa, ontem a gente nem falou para eles que a gente ia sair com o Tom e o Bill e não falar sobre isto para ele é complicado.

Nana_ Você acha que vai der certo?

Bru_ Espero, porque não vai acontecer nada entre eu e o Bill, ele sabe que eu estou namorando acho, com certeza os G’s disseram para eles...

Nana_ Pois é, mas cuidado, qualquer coisa me liga.

Bru_ Ok, brigada.



Elas se despediram e Bruna terminou de se trocar.

*Campainha toca*.

Bruna depois de pronta, foi atender a porta:



Jean_ Oi Bru.-selinho.

Bru_ Oi Jean, tudo bem?

Jean_ Sim e você?-entrou no apartamento.

Bru_ Bem também...Ia lá no apartamento agora falar com você.-sentaram no sofá.

Jean_ Pois é, eu vim aqui, porque a Nana está lá e já já o Rich e ela vão sair...

Bru_ Sim sim...

Jean_ Mas onde vai arrumada assim?

Bru_ Então, sabe o Bill?-tensa- ele me ligou hoje de manhã para irmos tomar um café no hotel em que ele está hospedado.

Jean_ Humm e desde aquele tempo ele tem seu celular?

Bru_ Sim né, para ele ter conseguido me ligar...

Jean_ Sei e vai só vocês 2?

Bru_ É, eu acho, o resto da banda está lá, mas não sei se eles vão estar juntos...

Jean_ E você quer que eu aceite isso na boa né? Hahahaha...Você está louca?-explodiu- Você apenas vai no hotel que seu “ex namorado” está hospedado para tomar o chazinho das 5...

Bruna_ Claro que não, não é isto que você está pensando...

Jean_ Então o que é?O seu problema, é que você não sabe dar valor as pessoas que te amam...Depois fica se lamentando ai pelos cantos.Você só pensa em você.Você só quer abusar das pessoas.-gritando.

Bruna_ Por que diz isto?

Jean_ Eu deixei você ir no show deles, eu te tratei super bem, e você ainda quer que eu deixe vocês saírem juntos?

Bru_ Você é um namorado maravilhoso, eu não posso reclamar de você Jean e desculpa mesmo se isto é pedir muito, mas não vai acontecer nada comigo e com o Bill...

Jean_ E você quer que eu acredite nesta baboseira toda Bruna?Eu cansei de tudo isto.Cansei de você...

Bruna_ O que está querendo dizer com isto? –espantada.

Jean_ Que acabou, TUDO, já deu...-foi embora batendo a porta.



Bruna sabia que um dia isto sim poderia acontecer e que não poderia culpá-lo disto.Mas ela ficou chateada, nervosa,sem reação por ter terminado assim, pelo fato dela gostar dele e dele também gostar dela.

Mas depois de algum tempo sentada no sofá repassando tudo o que havia acontecido, ela achou melhor ser forte e ir encontrar Bill.

Então ela foi até a garagem, pegou o carro e seguiu a caminho do hotel, algumas lágrimas correram pelo seu rosto, mas ela estava triste principalmente pelo fato de ter magoado Jean.

Chegando no hotel, estacionou o carro em um local perto do mesmo e seguiu em direção do mesmo.



No hotel:

Entrando no mesmo, Bruna foi em direção a recepção, mas uma mulher alta passou em sua frente:

_Boa tarde, eu estou procurando por Bill Kaulitz.

Nesta momento Bruna que estava distraída voltou sua atenção à tal moça:

Recepcionista_ Boa tarde, mas me desculpe senhora, não podemos dar este tipo de informação.

_ E por que não?Você sabe quem eu sou?

Recep._ Não senhora, por acaso é alguém da família ou algum amigo?

_ Eu sou Jasminy, uma das modelos mais bem sucedidas da Alemanha ok?!Eu quero falar com ele...

Bruna já estava impaciente, mas prestava muita atenção na conversa delas:

Recep._ Algum grau de parentesco senhora?

Jasminy_ N A M O R A D A! Quer que eu soletre?

_ Ok senhora, um minuto...



Neste momento um enjôo no estômago de Bruna aconteceu,e lágrimas começaram a descer de seus olhos, ela recuou até perto da porta para ver se realmente ela era namorada do Bill.Se ele descesse para o saguão, SIM eles eram namorados, mas se caso ele não descesse, ela poderia ser apenas mais uma fã.

Depois de alguns segundos Bill apareceu no saguão com um sorriso no rosto, achando que seria Bruna, mas quando se deparou pela pessoa que estava o esperando seu sorrio desapareceu:



Jasminy_ Surpresaaa amoor.-gritou e correu em direção a ele.



Bruna não sabia que Bill estava namorando, aquilo foi uma enorme surpresa para ela e quando percebeu que Bill estava olhando ao redor do Hotel, resolveu sair correndo pela porta que havia acabado de entrar e quando finalmente saiu do hotel e olhou para trás, Bill estava para ela e uma pontada no coração o acertou.
Ela não sabia o que estava acontecendo com ela, ela chorava sem parar e estava muito nervosa, ela só pensava em ir embora.Então ela atravessou a rua em direção a seu carro, mas não conseguiu chegar até o mesmo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
victoria
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2274
Idade : 20
Localização : São Paulo,SP
Data de inscrição : 01/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 5:27 pm

Kin tenso

Continua....
Voltar ao Topo Ir em baixo
miss lu
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1527
Idade : 21
Data de inscrição : 24/09/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 7:04 pm

ai nao acredito q a jasminy apareceu pra atrapalhar tudo!
caraca!
continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://thelittlealien.tumblr.com/
Tiane Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1663
Idade : 24
Localização : Taubaté-SP
Data de inscrição : 06/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 7:20 pm

O quê? Eu mato essa garota!
Ahhhhhhhhhh!
O que aconteceu com a Bruh?
Tensooo, muito tenso...
Continuaaaaa!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 8:47 pm

mega tenso x.x
Essa Jasminy desgraçada, quero matar ela.
Continueem meninas ;*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 9:06 pm

Não creio que essa mulher apareceu!
Ahh eu mato ela! p*t*
O que aconteceu com a Bruna?
Super tensaa!

Continuaa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fash

Fã


Número de Mensagens : 228
Idade : 21
Data de inscrição : 12/07/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 06, 2010 9:18 pm

o que aconteceu com a brunaa..

continuaa..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bru_lov_TH
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1510
Idade : 22
Localização : Campinas-SP
Data de inscrição : 27/01/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Dom Jun 13, 2010 9:58 pm

Meninaaas...
NÃÃO,infelismente não é um capítulo novinho para vocês =(.
Mas é o seguinte:
A Nana está escrevendo o próximo capítulo para vocês e não sei quando vai ficar pronto,porque tem que betar e blá blá blá.
Mas quando for postado o capítulo,eu aviso vocês se der ok!?

Desculpa por fazer vocês esperarem :S.
E obrigada por todo o apoio,pelos comentários e por estarem com a gente até hoje *-*.

Beijoo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Seg Jun 14, 2010 7:54 pm

De nada meninas *-*
E obrigado por fazer uma fiction tão perfeita (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nana Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1230
Idade : 24
Localização : Guarulhos
Data de inscrição : 13/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Qua Jun 16, 2010 11:53 pm

GENTE /apanha
MILL Desculpas de verdade, por esse sumiço e essa demora, é que realmente esta
tudo muito corrido pra mim, e eu não to tendo tempo pra escrever, além de um recente
bloquei mental aqui-Q.. Mas podem ficar sucegadas que eu ja melhorei, e daqui a poko sai
cap pra vcs certo?
Desculpa de verdade, verdade mesmo.... odeio dixar vocês na mão, mas as coisas tão meias
complicadas em my life....
Espero que possam me perdoar T_T

Obrigada por acompanhar a fic até hoje, e não nos abandonarem.

Liebe Dich


Küss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fash

Fã


Número de Mensagens : 228
Idade : 21
Data de inscrição : 12/07/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Qui Jun 17, 2010 8:19 pm

A gente entende Very Happy

ah! a historiia ta otima ^^

beijo
Voltar ao Topo Ir em baixo
victoria
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2274
Idade : 20
Localização : São Paulo,SP
Data de inscrição : 01/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Sex Jun 18, 2010 9:23 pm

Beleza a gente intendi
Voltar ao Topo Ir em baixo
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Sex Jun 18, 2010 9:46 pm

Tudo bem, a gente entende =)
Parabéns, a fic é otima!
Espero que você consiga resolver a sua vida! =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ivie Kaulitz
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 708
Idade : 21
Localização : Seattle o/
Data de inscrição : 11/04/2010

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Sex Jul 02, 2010 11:57 am

tudo bem Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
miss lu
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1527
Idade : 21
Data de inscrição : 24/09/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Sab Jul 03, 2010 6:44 pm

tudo bem então, eu espero!
mas nao demore hein?

bj
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://thelittlealien.tumblr.com/
Bru_lov_TH
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1510
Idade : 22
Localização : Campinas-SP
Data de inscrição : 27/01/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Ter Jul 06, 2010 1:32 am

Capítulo 15: Tudo pode mudar !!

Gentee,um capítulo prontinho para vocês e com uma música que tem tuuuudo a ver com o capítulo,é exatamente igual XDD.

The fray-Look after you:


[Eu cuidarei de você]
Se eu não disser isso agora eu certamente enlouquecerei
Como se deixasse a única coisa que quero ter
Perdoe a urgência, mas apresse-se e espere
Meu coração começou a se partir.

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Oh, oh, oh

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Eu cuidarei de você

Agora, namorado fixo, tão poucos vêm e não vão.
Você quer ou não ser a única que sempre saberá
Quando eu estou perdendo meu controle, a cidade gira ao redor.
Você é a única que sabe, você diminui isso.

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Oh, oh, oh

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Eu cuidarei de você.

Se sempre existiu dúvida
Meu amor, ela decai sobre mim
A soma mais garantida
Ela disse mais garantida.

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Eu cuidarei de você.

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Eu cuidarei de você

É sempre ter e nunca segurar
Você começou a sentir-se em casa
O que é meu é seu, aceite ou ignore
O que é meu é seu para fazer para você mesma.

Oh, oh, oh
Oh, oh, oh
Seja minha garota
Oh, oh, oh



No Hotel:


Jasminy - Bill meu amor que saudade.

Bill - Oi Jasmy, o que está fazendo aqui?

Jasminy - Vim te fazer uma surpresa não gostou? O que está procurando?

Bill - Eu? Na... - olhou em direção a porta e viu Bruna saindo. Seus olhares se cruzaram por um breve instante, e Bill podia jurar que Bruna estava triste.

Jasminy - Bill???

Nessa hora escutaram uma barulho de uma freada e um grito. Bill sentiu uma pontada no peito, largou Jasminy e saiu correndo até a porta, para ver o que tinha acontecido. Assim que saiu, viu uma pequena multidão em volta de alguém, e um carro enfiado no poste ao lado. Sentiu que precisava ir até lá, saiu correndo, passou pelas pessoas, e então viu o que não queria ver nunca, Bruna deitada no chão, com um sangramento na cabeça, não aguentou e não segurou, foi correndo até ela e gritou seu nome. Todos em volta olharam meio espantados. Ele se ajoelhou ao lado dela, e ficou chamando seu nome baixinho, deixando que lagrimas silenciosas escapassem por seus olhos. Logo em seguida saiu do prédio Tom, Georg e Jasminy. Tom foi ao lado de Bill.

Tom - Bill o que aconteceu?

Bill - Tom, Tom não sei Tom, liga pra ambulância, ela precisa, acho que foi atropelada.

Tom - Ok. Calma Bill. Vou tentar falar com alguém, enquanto isso vê se ela te responde.

Bill - Certo.

Bill então se ajoelhou de novo ao lado de Bruna e Tom foi tentar achar informações.

Tom - Anybody here speak English? (Alguém aqui fala Inglês?)

- I do! - Falou um homem, segurando um celular na mão.

(conversação em inglês)

- Você conhece a vitima? Eu acabei de chamar a ambulância.

Tom - Sim, você poderia me explicar o que houve aqui?

- Certo, eu estava passando do outro lado da calçada, e vi essa menina saindo correndo em direção a rua, e acabou não vendo o carro vir em sua direção. Ai o carro a pegou em cheio, mas ele não estava rápido pois tem uma lombada ali na frente, mas mesmo assim ela vôo um pouco e desmaiou.

Tom - E o motorista onde está?

-Ele saiu do carro meio atordoado, viu a menina e entrou em pânico, então levaram ele para sentar ali do outro lado da rua - apontou o homem para Tom - ele está com a cabeça um pouco dolorida, mas como tinha airbag não aconteceu nada, espero pelo menos.

Tom - Ok. Obrigada pela informação, agora só resta esperar pela ambulância.

- Sim, boa sorte.

Tom - Obrigado.

Tom então foi até Bill, e viu que a Bruna tinha acordado levemente, e estava tentando falar com Bill. Já era um alivio para eles. Ele então lembrou de Nana, tinha que avisar o que havia acontecido com a amiga, então ligou para ela.

Tom - Alô Nana?

Nana - Sim. Quem é?

Tom - É o Tom. Me escuta. A Bruna sofreu um acidente, ela foi atropelada....

Nana – QUE? COMO ASSIM? ME EXPLICA ISSO, ELA TA BEM?

Tom - CALMA, ela está com a cabeça um pouco sangrando mas está acordando...

Nana - COMO ASSIM ACORDANDO? ELA TINHA DESMAIADO?

Tom - Sim, ela tinha desmaiado, mas está acordando.

Nana - AI MEU DEUS! ONDE VOCÊS ESTÃO?, Já LEVARAM ELA PRO HOSPITAL? QUAL HOSPITAL?

Tom - CALMA NANA, ela esta aqui na frente do nosso Hotel, já chamamos a ambulância, ela esta vindo. Não sabemos em qual hospital vão levá-la.

Nana - Certo. Fala para eles que ela tem um convênio médico, é do Green Peace. Sul América.

Tom - Ok. Vou falar isso para os Para-médicos. Ah espera... eles chegaram, já te ligo.

Nana - Ok. Me ligue pra avisar o hospital que vão levá-la que vou para lá.

Tom - Ok. Tchau.

Tom então ficou esperando os para-médicos examinarem Bruna, e segurava Bill para não atrapalhá-los. De longe Jasminy assistia a tudo, sem gostar nada,estava com raiva, pois sabia muito bem quem era Bruna, e não gostou nenhum pouco de ver o desespero de Bill perante a ela. Quando viu que estavam colocando Bruna dentro da ambulância, foi até Bill.

Jasminy - Bill amor, o que houve?

Bill - Jasminy, a Bruna foi atropelada.

Jasminy - Bruna que Bruna? - se fazia de desentendida.

Bill - A Bruna, Jasminy.

Jasminy - Sua ex??? - fingiu espanto.

Bill - Sim Jasminy.

Jasminy - Nossa, tadinha. E onde você vai?

Bill - Vou com Tom acompanhar a ambulância até o hospital, precisam de alguém que conheça ela lá.

Jasminy - Mas por que você vai junto? Deixa só o Tom ir.

Bill - Jasminy, não vou deixar a Bruna sozinha numa situação dessa ok. Se quiser volte para o Hotel e me espere, se não quiser, pode ir embora.

Jasminy - Bill mas...

Bill - Não acredito que vocês esta dando crise de ciúmes numa hora dessa. Aff... Tchau to indo.

Jasminy - Bill não...eu... - Bill já tinha entrado no carro de Tom.

Jasminy ficou com MUITA raiva dessa atitude de Bill, não podia acreditar no que estava acontecendo, Bill, preocupado com uma ex-namorada e ainda a deixando e brigando com ela por causa disso... Era de mais para sua cabeça. Ela não iria deixar isso barato. Não ia.

No Hospital.

Bill - Tom você avisou Nana sobre isso?

Tom - Sim, já falei para ela o Hospital que estaríamos.

Bill - Ok... Nossa que bom que aquele homem nos ajudou a conversar com os Médicos né, se não teríamos atrasado o atendimento da Bruna.

Tom - Sim, agora já acharam um interprete pra gente, pode ficar sossegado.

Bill - Certo. Mas só vou ficar sossegado quando escutar que Bruna esta realmente bem.

Na casa de Nana.

Rick - Nana onde você vai?

Nana - Você não me escutou no telefone? A Bruna foi atropelada, tenho que ir vê-la.

Rick - Nossa sério? Mas quem te avisou - disse levantando do sofá também.

Nana - O Tom. Parece que ela foi atropelada na frente do Hotel onde ele está.

Rick sentou-se de novo e fechou a cara.

Nana - O que é Rick? Ande, levanta, temos que ir.

Rick - HAHAHA, me poupe Nana, você acreditou nesse cara?

Nana - O QUE? Do que você está falando?

Rick - Nana, acorda, é mentira desse cara para te ver. Duvido que a Bruna foi atropelada.

Nana - Rick você ta louco? O Tom não mentiria sobre isso.

Rick - Ah é? E como você sabe?

Nana - Eu conheço o Tom suficiente para saber.

Rick - O que? Não conhece não, ficou dois anos longe dele, muita coisa pode ter mudado. E lembra? Você achou que o conhecia e ele te largou. Você não vai atrás desse cara.

Nana - Isso não tem nada a ver com o que esta acontecendo, e eu sei que ele não mentiria com um assunto tão grave. Além de que não vou atrás dele, e sim de minha amiga e você não é ninguém para dizer o que eu posso ou não posso fazer.

Rick - Ok... Então vai lá, saia correndo para os braços de seu amado, pode ir, mas depois, quando ver que é mentira, não venha correndo atrás de mim, aliás, por que você viria né? Eu não sou ninguém pra você.

Nana - Pode deixar Rick, que depois dessa, mesmo que for verdade, mentira, o que seja, não voltarei mais para você. Onde já se viu, por ciúmes, dar piti, e me proibir de ir ver minha amiga que esta acidentada. Realmente, a partir de agora, você não é NADA para mim. Tchau to indo. Aliás, pode sair também, vai embora, que eu saiba, você tem apartamento.

Rick - Ok Nana. Só espero que não se arrependa disso depois.

Nana - Pode deixar que não vou me arrepender.

Nana e Rick sairam do Apartamento, Rick foi para o seu pelas escadas, já Nana pegou o elevador e desceu até seu carro para ir para o Hospital.

Nana:

"Não acredito que o Rick teve essa atitude tão, tão, idiota, afff, duvidar de Tom numa situação tão delicada. Ele foi muito imaturo, aff, to com muito ódio dele. Só espero que o Tom não esteja realmente mentindo, porque se ele estiver vou fazer ele engolir aquele celular por onde me ligou. Não, mas ele não mentiria assim, ele é brincalhão e idiota, mas não exageraria a tal ponto, só espero que Bruna esteja bem"

Nana chegou ao hospital, e foi informada onde ficava a sala de espera, no andar que Bruna estava. Foi até lá e encontrou Tom e Bill sentados, com expressões nada boas.

Nana - Tom, Bill, tem alguma informação da Bruna?

Tom - O Médico veio aqui, e nos informou que ela quebrou o pulso esquerdo, e que aparentemente seja só isso, mas estão fazendo uma ressonância magnética nela agora, para ver se tem alguma coisa mais grave, já que ela desmaiou e a cabeça dela estava sangrando um pouco.

Nana - Ok. Mas ele disse quanto tempo mais ou menos levaria os exames a ficar prontos?

Tom - Ele disse que levaria uns 40 minutos a ressonância em si, mas que ia ter mais alguns exames a fazer, então daqui 1h ~ 1h30 ele voltava para falar com a gente. Pode ficar sossegada, vai ficar tudo bem.

Nana - Ok. Obrigada pela ajuda meninos, podem ir agora.

Bill - Lógico que não. Quero ficar aqui até que o médico venha me dar certeza que está tudo bem com a Bruna.

Nana ficou meio assustada com a resposta, mas viu nos olhos de Bill que era verdade o que ele dissera, então olhou para Tom.

Tom - Eu também vou ficar, estou preocupado com a Bruna, e não vou deixar o Bill e você sozinhos aqui.

Nana - Hmm ok. Mas isso não irá trazer problemas para vocês?

Tom - Não, não, pode ficar sossegada.

Eles então sentaram no sofá, a espera de noticias de Bruna.

Tom - E então como você está?

Nana - Preocupada.

Tom - Sim, mas não estou falando agora. Nos seus dias normais.

Nana - Muito bem obrigada.

Tom - Você ainda está brava comigo?

Nana - Tom, não é hora de conversas bestas ok?

Tom - Eu só estou tentando conversar normal com você, mais nada.

Nana - Ok. Mas não agora certo? Eu to muito preocupada com minha amiga, e queria poder vê-la , só serei uma boa pessoa para conversar quando saber que ela está bem.

Tom - Ok. Desculpe, não queria forçar a barra. - Tom se virou para falar com Bill.

Nana se assustou um pouco com essa atitude, se fosse antigamente ele teria a forçado a prestar atenção nele. Talvez ele realmente tenha mudado.

Tom - Nana eu vou ir comprar alguma coisa para o Bill comer, quer também?

Nana - Não obrigada, já comi antes de vir.

Tom - Ok. Estou indo.

Nana olhou para Bill e tentou conversar com ele, que parecia mais transtornado que Nana.

Nana - Bill, esta tudo bem com você?

Bill - Sim. Só estou nervoso.

Nana - Eu também estou, mas vai dar tudo certo.

Bill - É, espero que sim, eu só queria poder ter ajudado mais. Eu a vi desacordada e sangrando, não pude fazer nada a não ser ficar ajoelhado ao seu lado e chorando.

Nana - Isso foi o suficiente para Bruna, pode ter certeza.- deu um sorriso fraco.

Bill a olhou confuso, e depois sorriu fraco também.

Nana - O Tom disse que ela estava acordando quando me ligou, ela conseguiu falar com você?

Bill - Sim, ela estava um pouco confusa e chorosa, eu expliquei a ela o que tinha acontecido, ai ela me disse que estava bem, que eu não precisava ficar preocupado, e que era para ligar para você.

Nana - Certo, viu, ela não queria te ver preocupado. E ai o Tom me ligou...

Bill - Não, ele já tinha te ligado nessa hora, aliás, acho que estava no celular com você.

Nana - Hmmmm...

Bill - Nana, o Tom, ele realmente mudou sabe, ele não é mais um cara idiota e imaturo, ele realmente queria muito falar com você, na boa, sem brigas entende. Eu sei que as atitudes dele recentemente não foram nada maduras, mas tente entender ele ok. Ele mudou muito desde aquela época, ele ainda tentou voltar a ser como era, mas não conseguiu e então aceitou o que ele tinha se tornado.

Nana - Ok Bill. Mas não sei o que ele se tornou e nem o porquê de ter se tornado. Mas isso não muda o que aconteceu no passado, e muito menos recentemente. Se bem que estou começando a achar que o que aconteceu recentemente não foi ao todo ruim.

Bill - Por que? Brigou com o namorado?

Nana - Não. Terminamos.

Bill - Posso saber o motivo?

Nana - Ele ficou com ciúmes do Tom ter me ligado, achou que era mentira dele o acidente da Bruna, que usou isso para me ver.

Bill - Nossa que idiota. O Tom nunca mentiria assim.

Nana - Foi isso que eu disse a ele. Mas ele não acreditou e brigou mais, e terminou comigo. E eu briguei com ele e aceitei. Achei ele muito idiota. afff... Vamos mudar de assunto que estou começando a ficar com raiva de novo.

Bill - Certo. Mas só uma observaçãozinha. Se você não percebeu, mesmo tudo o que aconteceu, você ainda acredita no Tom não é, e o conhece tão bem, que defendeu ele para seu namorado, quer dizer, ex-namorado.

Nana - Confiar talvez não. Mas sabia que ele não teria coragem de mentir assim. Mas isso não muda nada Bill.

Bill - Ok. Você que sabe, mas só peso para pensar com carinho na possibilidade de conversar com ele na boa, sem desentendimentos, talvez assim, muitas duvidas podem ser cessadas.

Nana - Ok. Mas agora vamos mudar de assunto ok? Tom está vindo. E quieto sobre nossa conversa.

Bill - Kkkk... ok... Bico calado.

Tom chegou com algumas sacolas.

Nana - Tom o que é tudo isso?

Tom - Ah sei lá, eu fui falando pro interprete o que queria mais ou menos e ele foi pondo no carrinho. Toma, esse é para você.

Jogou um saco de Doritos no colo dela.

Nana - Doritos?

Tom - Sim, eu lembro que um dia você me falou que era seu salgadinho favorito, ai falei para ele e ele me mostrou onde ficava.

Nana - Hmm... Obrigada. " Não acredito que ele lembrou disso, faz tanto tempo, realmente to chocada".

Tom - Minha memória é de elefante, ainda lembro de tudo que você gosta -deu um sorriso triunfal.

Nana - Kkkk... Ok Tom.. Obrigada. "Meu coração ta disparado o que eu faço?" - Nana olhou na direção do corredor disfarçando a vergonha e nervosismo.

Tom olhou aquilo e ficou feliz de ver sua reação, sorriu para sim mesmo. Bill que prestou atenção em tudo, tava rindo também, feliz pelos dois não estarem se matando, talvez Nana tivesse escutado tudo o que ele disse.

Então o médico aparece na sala, Bill e Nana correm em sua direção, o enchendo de perguntas.

Dr. - Calma, um de cada vez.

Bill - E então Doutor, como ela está?

Dr. - Ela está bem, tivemos os resultados dos exames já. E está tudo bem com ela. Ela só quebrou o braço esquerdo mesmo e levou uns pontos na cabeça, não tem mais nenhuma contusão ou coisa do gênero.

Nana - Ain que bommmm - pulou de alegria, abraçou Tom e começou a chorar.

Tom se assustou um pouco, mas a abraçou também.

Tom - Viu, falei que ia ficar tudo bem - disse baixinho para ela.

Nana se tocando no que tinha feito ao sentir um calafrio e um arrepio subir por suas costas, graças as palavras doces e baixas de Tom ao seu ouvido, corou instantaneamente e se soltou de Tom, contra sua própria vontade.

Nana - Verdade, Obrigada Tom. - virou o rosto de novo ao Doutor, vermelha mas com um sorriso em seu rosto.

Nana - ela vai poder ir para casa então?

Dr. - Não, acho melhor ela ficar aqui esta noite, em observação, ela pode ter muita dor de cabeça amanhã, ou as vezes algumas coisas só aparecem depois de um tempo, mas é quase certeza de que não haverá nada além da dor de cabeça. E também ela precisa descansar um pouco.

Nana - Certo, eu posso ficar aqui com ela?

Dr. - Pode sim, é até bom que alguém fique.

Nana - Ok. Obrigada.

Bill - Ela está acordada? Podemos vê-la?

Dr. - Bem, não seria muito bom vê-la, já que precisa descansar né.

Bill - Por favor Dr. é só um pouco, posso vê-la? Prometo não incomodá-la.

Nana - Deixa Dr. ou o Senhor terá dois internados aqui, esse por ataque cardíaco. kkkkkkk.

Dr. - Bem, como eu não quero isso, deixarei ele vê-la, talvez até seja bom para ela ver seu namorado né , e principalmente ver que tem um namorado que a ama muito.

Todos se olharam meio sem graça e apenas concordaram com a cabeça.

Todos então foram até o quarto. Bruna estava deitada de olhos fechados, mas assim que sentiu um movimento dentro do quarto abriu os olhos, dando de cara com Nana, Bill e Tom. Se assustou um pouco, para tentar lembrar direitinho de tudo que aconteceu, e se entristeceu por lembrar o motivo que a fez estar ali naquele quarto agora.

Nana - Bru amiga, como está se sentindo?

Bru - Eu só estou um pouco cansada, mas graças ao remédio que me deram não estou sentindo dor.-rouca.

Nana - Ai que bom, ficamos muito preocupados com você.

Bru - Agora não precisam mais neh.

Bill - Creio que só vamos ficar despreocupados um mês depois que você sair do hospital...rs...

Bruh - Uhum!.

Bill - Tem certeza que está melhor Bruna?

Bruh - Tenho sim, não precisa ficar preocupado.

Bill - Certo, mas é que fiquei muito assustado quando te vi lá estirada no chão.

Bru - Imagino, eu vi como vocês estava.

Bill - A Nana vai ficar aqui com você esta noite, mas se quiser eu posso ficar.

Bruh - Não Bill, pode deixar que a Nana fica, você deve ter coisas mais importantes para fazer do que ficar aqui.

Bill - Que isso Bruh, nada a ver.

Bru - Bill, deixa que a Nana fica ok. Obrigada por vocês terem me ajudado, de verdade, mas pode deixar que a Nana fica.

Nana - Sim Bill, pode deixar. É perigoso se você ficar e alguém te reconhecer, na verdade não sei como o David não te ligou ainda.

Bill - Ok. Verdade.

Tom - O Georg estava comigo quando chegamos lá fora, acho que ele já avisou onde estamos.

Nana - Certo. O que acha de deixarmos a enferma aqui dormir agora?

Bruh - Ai credo Nana... enferma já é de mais...

Nana - kkkk Ok... A moribunda dormir?

Bruh - Best a. kkkkkkkkk

Bill - Sim sim, é melhor mesmo, amanhã nós viremos te visitar.

Tom - Beijo Bruh, e melhoras.

Bru - Obrigada.

Nana então levou os meninos até lá fora.

Tom - Então, já que você viu que a Bruh está bem, será que tem como conversarmos mais calmamente agora?

Nana - Hmmm.. Ok Tom. Depois a gente conversa então.

Tom - Certo. Obrigado. - Os dois sorriram meio tímidos, mais felizes.

Assim, Bill e Tom foram para o Hotel e Nana voltou ao quarto de Bruna.

Nana - Best. Ta tudo bem mesmo?

Bruh - Sim por que?

Nana - Hmm, você estava meio fria com o Bill, se fosse antigamente, você estaria mais "amorosa".

Bruh - É que aconteceu uma coisa.

Nana - Tem haver com o acidente?

Bruh - Sim.

Nana - Ok. Pode ir me contando desde o principio. - Bruna entao disparou.

Bru - Bem. Eu fui até o Hotel me encontrar com o Bill porque ele falou que queria falar comigo, mas assim que cheguei na recepção uma morena metida a modelo passou na minha frente, e disse que estava procurando o Bill, ai quando a recepcionista perguntou quem era ela, ela disse que era a namorada do Bill...afff, que mulher irritante, só que na hora me deu um baque forte no peito, parecia que meu chão tinha sumido, e eu senti muita tontura, ai fiquei meio escondida pra ver se essa história era verdade, no que vejo, Bill saindo do elevador, e abraçando e dando um selinho naquela coisa estranha, e isso pra mim foi a gota da água, meus olhos estavam transbordando já e eu precisava sair da li, sai correndo em direção a porta e olhei para atrás, e ele estava procurando alguém, e nossos olhos se cruzaram por uns estantes, o que me deixou mais triste ainda, não vi nada a minha frente, só escutei uma freada, e depois o Bill chorando, e depois eu sendo examinada. Foi isso.

Nana - Nossa. O Bill ta namorando então...

Bru - Sim.

Nana - E por que você ficou tãão abalada?

Bru - Ah sei lá Nana... eu não... esperava por isso.

Nana - Mas Bru, você também tem namorado neh.

Bru - Correção: TINHA!

Nana - Você e o Jean também terminaram?

Bru - Também por que? Você e o Rick terminaram?

Nana -Ai sim, porque ele é um idiota que achou que o Tom tinha mentido sobre seu acidente pra me encontrar.

Bruh - Af que escroto.

Nana -Neh. Mas agora me conta o seu caso.

Bru - Jean terminou comigo porque eu estava vindo aqui no Hotel falar com Bill.

Nana -Dois idiotas.

Bru - FATO.

Nana - Mas Bruh, assim, como vocês também ESTAVA namorando, o Bill também tinha esse direito.

Bru - Eu sei Nana, mas...ahh... Ele veio pedir pra falar comigo como se não fosse comprometido, como se quisesse...

Nana - Voltar...

Bru - Éeeeh, ai eu tomei um baque, não sei porquê.

Nana - Porque você ainda ama o Bill. - Bru a olhou espantada.

Bru - E você o Tom.

Nana - Ok. Vamos mudar de assunto? Ou melhor, que tal domir?

Bru - Aliás, ele estava aqui com você ne, e ai, conversaram?

Nana - Mais ou menos, ainda estava meio brava, mas ai o Bill conversou comigo, e depois eu vi que ele não estava mais tão ignorante...

Bruh - Ehh?

Nana - E que ele pediu pra conversar comigo depois, e eu aceite. Mas que fique claro que isso não quer dizer nada.

Bruh - Uhumm Dona Nana. Sei...

Nana - É sério Bruh, ainda estou magoada com ele.

Bruh - Mas nada que uma boa conversa não resolva.

Nana - O mesmo vale para a senhorita.

Bruh - Não. No meu caso Bill ta namorando agora.

Nana - Mas ele não ta casado.. kkkkkkkk

Bruh - Safada.

Nana - Safada nada. A gente ate ontem também não estávamos? Então pronto, e aliás, ele não sabe que você ja sabe... kkkkkkkkk

Bruh - Ai Nana credo, paraaa...

Nana - Aham Ok...

Bruh - Chega... kkkk... Vamos dormir to com sono.

Nana - Ok. Amanha eu e você resolveremos algumas coisas, acho.

Bru - Tomara.

E então no dia seguinte:

Nana e Bru acordaram, o médico passou pra ver como Bruna estava, e dar o sedativo pois ela tinha acordado com dor de cabeça. Então as duas ficaram a ver TV.

Quando deu umas 10h os meninos chegaram.

Nana - Bem vindos .

Tom - Bom dia Nana -deu um beijo no rosto dela e a abraçou.

Bill - Bom dia. Como passaram a noite?

Nana - Dormindo? kkkkk

Bill - Engraçadinha... kkkkk

Tom - Ta se sentindo melhor Bruh?

Bru - Sim, o médico já passou por aqui, e já me deu o remédio para dor de cabeça, é capaz de hoje de tarde eu já sair daqui.

Bill - Ai que bom. Não tem nada melhor que a nossa casa.

Tom - Se bem que nem sabemos mais como é isso direito...

Bill - É, mas sempre que vamos para casa aproveitamos ao máximo.

Tom - Sim, com certeza.

Nana - Nossa, to morrendo de dó de vocês... kkkkk

Tom - Credo... kkkk - Houve uma troca de olhares rápida, porem, cheia de significado.

Bill - Br, trouxe esses chocolates para você.

Bruh - Hmmm, obrigada Bill.

Bill - Não quer experimentar?

Bru - Agora não, se eu comer é capaz da dor de cabeça aumentar.

Bill - Ok, desculpe.

Bill sabia que Bru estava estranha, mas não sabia o porque disso. Estava meio confuso, não sabia quando podia falar com ela ou não.

Do lado de fora do quarto, na recepção do andar

Jean - Oi, poderia nos informar onde Bruna Gonçalves esta internada?

- No quarto 483, no final do corredor.

Jean - Ok. Obrigada. Ai Rick, que bom que o porteiro contou para gente o que tinha acontecido neh.

Rick - É sim, mas o que você pretende falar exatamente?

Jean - Nada, eu só queria ver como ela está, e talvez conversar. E você com a Nana? De pois que descobriu que era verdade.

Rick - Bem, vou pedir desculpas, mas a conhecendo do jeito que é, não vai querer voltar.

Jean - Bem, boa sorte.

Mas ao chegarem na porta do quarto, escutam risadas, eles trocam olhares, e espiam pela fresta da porta, vêem Bruna, Nana, Tom e Bill, rindo. Sentem uma pontada no coração ao verem isso, eles não gostaram nem um pouco.

Rick - Éh, vamos embora Jean, pelo jeito, agora é que não tenho chance mesmo.

Jean - Sim, e Bruna já tem uma pessoa para se preocupar e cuidar dela. Vamos embora.

Os dois vão embora, com muita raiva, dos quatro que estavam no quarto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
miss lu
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1527
Idade : 21
Data de inscrição : 24/09/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Ter Jul 06, 2010 6:50 pm

aaaaeeeee agora tem chance deles se reconciliarem!Smile))
mas mesmo assim to com medo do q a jasminy pode fazer...Sad

ai bru, para com essa frescura!

continuem a fic ta otima!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://thelittlealien.tumblr.com/
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Ter Jul 06, 2010 8:17 pm

Tsc tsc tsc essa Jasminy vai aprontar ainda!
Tadinha da Bruna, ainda bem que ela está bem!
Esses ex-namorado delas são uns idiotas /fato
Estou louca pra ver essa conversa do Tom e da Nana!

Continuaa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!   Hoje à(s) 2:57 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 15 de 17Ir à página : Anterior  1 ... 9 ... 14, 15, 16, 17  Seguinte
 Tópicos similares
-
» O Impossível que se Tornou Possível! - 15° Capitulo da 2° Temporada - Postado!!!!
» Dimensões pré-definidas de uma caixa: Possível?
» Como utilizar 2 GK MB200 simultaneamente...
» Bumbo ligado em amp de baixo - é possível?
» Cabo de força.Será que é possível?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: