Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Dark Side of the Sun (One-short) - Completa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Sab Nov 21, 2009 11:10 pm


Nome: Dark Side of the Sun
Autor: July Thereza
Classificação: +13
Gênero: Comédia, Romance.
Beta-Reader: Samzinha/Nessah.
Nº de capítulos: um, né?
Terminada ou não: Terminada.
Teaser(sinopse): "Era como se fosse uma premonição, como se eu fosse encontrar o meu lado escuro do sol."


Nem preciso falar o que me motivou a escrever isso, preciso? Okay, foi essa música demais de boa! *----*'
MUITOS, MUITOS CRÉDITOS À NESSAH, MARIDINHA, se não fosse ela, eu não terminaria a one-short. Dankeschön maridinha!

Posto?
\o/


Última edição por July Thereza em Seg Nov 30, 2009 7:34 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
DINA
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 743
Idade : 23
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Sab Nov 21, 2009 11:13 pm

posta posta posta
to curiosaaaaaaaaaaaaaa
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dinacrazy.blogspot.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Sab Nov 21, 2009 11:22 pm

Posta sim eu leio O/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Catchusca
Admin
Admin


Número de Mensagens : 2820
Idade : 27
Localização : Gothic city
Data de inscrição : 04/06/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Dom Nov 22, 2009 9:09 am

Posta claro cheers

_______________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
déec .
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4003
Data de inscrição : 13/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Dom Nov 22, 2009 10:17 am

Posta!
Do novo CD essa é minha musica favorita!*taninguemquersaber...¬¬*
Voltar ao Topo Ir em baixo
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Dom Nov 22, 2009 10:34 am

Posta sim que eu estou MEGA curiosa. ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Dom Nov 22, 2009 7:48 pm

Owti, quanta gente vai ler! Surprised Tô até com medo de postar. Laughing
Só um aviso, vou ter que dividir a one-short porque ficou grandona.
Não caberá tudo num post só.

Então, quero todo mundo lendo e comentando, hein? Imaginação é foda, hein. Very Happy
Boa leitura! o/'



Dark Side of the Sun - Parte I


Quando ouvi pela primeira vez aquela música, eu senti meu coração disparar. E daí que era só uma música? Achei-a incrível, tão incrível quanto à pessoa que cantava ela. Foi viciante, eu simplesmente ouvia aquela música o tempo todo, não tinha coragem de mudar para outra canção. Meus amigos concordaram que a música era demais, a letra dela era maravilhosa e o cantor também, disseram-me também, que as outras músicas eram boas. Nunca discordei disso, mas aquela música era especial.

Era como se fosse uma premonição, como se eu fosse encontrar o meu lado escuro do sol.
Pensamento de adolescente é uma coisa, pior é quando realmente acontece o que você esperava.

Eu encontrei meu lado escuro do sol, na verdade fui até ele. Quando ele me olhou no meio daquela multidão toda, senti que tinha certeza, ele era especial para mim. Não me importa se é famoso, se não tem tempo para essas coisas, não me importa. Mesmo sem ele saber, ele era especial para mim.

Quando Bill cantou a nossa música, eu chorei. Minha maquiagem borrou toda, mas eu não me importei, estava emocionada demais e sentia as lágrimas escorrerem pelo meu rosto. O show terminou, um show incrível, tão incrível quanto a banda, quanto as músicas. Não queria sair do estádio, mas fui obrigada, meus amigos me puxaram e eu fiquei sentada pra fora dos portões, sem acreditar naquilo tudo que eu tinha presenciado.

Meus amigos tentaram me tirar dali, mas não queria sair. Minha melhor amiga ficou comigo, eu me abracei nela e chorei horrores, estava deprimida porque queria mais, aquilo não foi suficiente para mim.

Então, o pessoal que teve acesso ao camarim saiu pelo portãozinho, algumas das garotas estavam emocionadas, não acreditavam que tinham visto eles. Ah, como eu queria ter estado no lugar de uma delas... Mas não, eu estava fora do estádio chorando que nem um bebê. Ri com esse pensamento e Emile me olhou assustada.

- Você ri e chora? Ah, é louca. – afirmou rindo nervosa e balançando a cabeça – Vamos Sam, precisamos ir para casa. – falou me puxando.

Comecei a andar junto com ela, secando as minhas lágrimas e vendo o quão a minha maquiagem estava estragada, devia estar um monstro... Um portão abriu antes de nós passarmos por ele, saiu um carro de luxo e depois, um Audi preto com uma placa que ambas conhecíamos, aquele era o carro de Tom Kaulitz! Fiz uma cara assustada e me escondi atrás de Emile, deixando apenas meus olhos azuis a mostra. A rua estava vazia, não havia percebido que tínhamos ficado tanto tempo lá... O carro diminuiu a velocidade ao nos ver, aquele com certeza era Tom Kaulitz.

Emile estava parada estupefata, foi uma comédia o jeito que ela parou, sem colocar o pé no chão. Eu quase dei risada se não fosse a minha atenção voltar-se para o carro, a janela do passageiro estava sendo aberta rapidamente. Meus olhos se encontraram com os dele e eu morri... Mentira, eu não consegui desvia-los, fiquei olhando o carro descer a rua lentamente, olhando o meu lado escuro do sol me observar e ir embora.

Quando o carro sumiu do nosso campo de visão, cai sentada no chão e comecei a rir que nem uma louca. Emile sentou-se ao meu lado e começou a rir também, voltamos para a minha casa rindo que nem duas idiotas, me esqueci, somos idiotas.

No dia seguinte contamos para Anna e Dolf, eles não acreditaram em nós, então acabamos deixando essa história de lado.

Dias depois, começou a nevar e o colégio entrou em recesso, eram aqueles dias típicos de neve que ficávamos em casa ou saíamos para o parque azucrinar as criancinhas. Foi o que fizemos. Estragamos uma guerra de neve, estragamos anjos de neve e o melhor, fizemos um boneco de neve. A parte do boneco foi engraçada, eu fiz um moicano igual ao do Bill e Emile colocou terra nos olhos dele para fingir que era maquiagem.

Minha melhor amiga precisou ir embora antes de mim, o irmãozinho dela havia se machucado e ela teve que leva-lo para casa. Fiquei mais um tempo admirando o Bill redondo, sentada na neve e me lembrando daquele show incrível.

Comecei a ouvir vozes, pareciam discutir algo sobre ir lá e ter medo...

- Vai que é uma fã louca... Lembra-se como ela estava no dia que a vimos? – ouvi a voz mais fina falando.

- Larga mão de ser medroso, não tem ninguém aqui e os caras estão ali, se você não for lá, eu dou um jeito! E ela nem estava tão estranha, estava como você fica quando chora. Bobão! – a outra voz era mais grossa e falava num tom irônico.

- Mas Tom, e se alguém aparecer...

- Ninguém sabe que estamos aqui. Vai lá antes que eu tenha que tomar as minhas providencias... – falou irritado o tal Tom.

- Ah tá, o que você faria? – perguntou o outro.

- Te arrastaria até ela. – respondeu.

- Hunf! – um resmungo e passos se aproximando.

Minha curiosidade foi maior, eu olhei na direção das vozes... Não reconheci quem era, estava com um gorro e sobretudo preto, óculos de sol apesar não termos quase sol e botas de salto. Mulher não parecia ser, mas que ser usaria salto alto? Tá, eu conheço um ser que usa salto alto, mas ele devia estar em turnê, então... Será que era um cover dele que tinha me visto no show? Mas e o Tom? Quem seria esse Tom?

Esperei o individuo chegar até mim, ele sentou-se ao meu lado e ficou em silêncio, as mãos sem luva brincando na neve. Ele tinha as unhas pintadas de preto com francesinhas brancas...

Continua...



Hehê, sou malvada por parar aí, mas é aí mesmo que paro por ora. Wink
Espero que estejam gostando e deixem seus comentários sinceros, deve estar uma droga isso aí, mas tudo bem.

Beijux, e comentem logo, quero postar o resto!!
o/'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Dom Nov 22, 2009 8:03 pm

OMG!Não acredito que ela não reconheceu Surprised
QUERO MAIS *----* To curiosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
DINA
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 743
Idade : 23
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Dom Nov 22, 2009 9:45 pm

OMGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
mais flor
que que isso
posta mais
por favorrrrrrrrrr
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dinacrazy.blogspot.com
Danii
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 888
Idade : 21
Localização : Piracicaba/SP
Data de inscrição : 03/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Seg Nov 23, 2009 1:09 pm

Como ela não o reconheceu??? pale

CONTINUAAAAAAAAAAAAA!!!!!!

Sam AGARRRAAAA ELEEE HAUHSAUHSHAUHSHAUHS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tiane Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1663
Idade : 23
Localização : Taubaté-SP
Data de inscrição : 06/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Seg Nov 23, 2009 9:25 pm

July, cheguei atrasada,mas cheguei!!
Isso mesmo flor, mata a gente de curiosidade, pode matar.
E agora o que acontece???
Continua, continua, continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Ter Nov 24, 2009 6:27 pm

Gurias, danke pelos comentários!
doce
E perdoem a minha demora, mas vidinha corrida agora. :/
Estou quase acabando a escola, correria de vestibular e em busca de um emprego, acabou a vida de vaga.
correr

Nikki, não reconheceu é? Acho que ela não está acreditando, eu não acreditaria. bounce
Dina, opa flôr, vou postar já! yaya
Danii, calma, você irá se surpreender com quem irá agarrar quem aí. Rolling Eyes
Tiane, ain, não quero matar ninguém, por isso irei postar mais.

Nhaa, fico tão feliz que estejam gostando!!!!
Vou poostar mais então, Boa leitura! o/'





Continuando...

Esperei o individuo chegar até mim, ele sentou-se ao meu lado e ficou em silêncio, as mãos sem luva brincando na neve. Ele tinha as unhas pintadas de preto com francesinhas brancas...

- Hum, oi? – a voz dele saiu trêmula e eu ergui meus olhos para os dele tampados pelos óculos de sol.

- Oi. – falei ainda encarando-o.

Ele não disse nada, voltou a brincar com a neve do chão.

- Não está com frio? – perguntou depois de um tempo.

Quando ele perguntou isso, percebi que a temperatura havia baixado um pouco, mas eu estava bem agasalhada. Desviei meu olhar para o boneco de neve Bill.

- Não... – respondi dando de ombros.

- Quem é esse? – perguntou indicando o boneco que eu olhava, parecia ter ganhado confiança?

- É o Bill. – falei rindo e olhando o boneco de neve.

- Mas ele não está meio gordo? – perguntou olhando o Bill.

Comecei a rir, seja lá quem fosse estava me divertindo.

- É, está um pouco, mas está bonito... – falei rindo mais ainda.

- Hum, mas você prefere o boneco de neve ou o original? – perguntou me olhando.

- O original, é claro. – respondi analisando-o melhor – Pensando bem... O original tem tantas coisas para fazer... – dei de ombros.

- Tem razão. – concordou angustiado – O original está sempre tão ocupado que nem num parque consegue vir direito.

- Mas ele não derrete, o Bill aqui uma hora irá derreter ou irão estragar ele. – falei tentando anima-lo.

- Verdade... – e voltou a olhar para o boneco de neve sorrindo para nós.

O silêncio se fez presente novamente, ele parecia observar o Bill e eu observava-o. Quando falamos, falamos a mesma coisa juntos.

- Eu queria saber... – rimos.

- Diga você primeiro. – falei sorrindo.

- Primeiro as damas. – falou sorrindo também, um sorriso lindo que eu parecia conhecer de algum lugar...

- Se você não disser, eu não digo. – afirmei cruzando os braços, me fingindo de irritada.

- Okay. – apressou em concordar comigo, me fazendo sorrir – Eu queria saber qual é o seu nome.

- Ah, eu me chamo Samantha, mas se falar meu nome completo, eu te mato. Prefiro Sam. – afirmei rindo.

- Hum, certo Sam. – ele riu também.

- E você? Qual é o seu nome? – perguntei olhando-o curiosa.

Ele ficou em silêncio, receoso, olhou para o lado e se levantou.

- Você me espera aqui? É rapidinho, só vou perguntar uma coisa para o meu irmão. – pediu nervoso.

- Ah, te espero então. – dei de ombros sem entender.

Enquanto observava ele se afastar, eu reparei o quão alto ele era, me lembrava sinistramente alguém... Ele foi até o irmão, Tom. Começaram a conversar e eu consegui ouvir quase tudo.

- Cara, o que você quer? – era a voz do Tom.

- Eu não sei o que fazer, conto para ela quem eu sou? – perguntou ao irmão.

- Aff, pensei que ia me perguntar qual motel que eu lhes recomendava, mas é lerdo mesmo! Nem contou que você é você? – Tom perguntou irritado.

- Não! Eu estou com medo Tom...

- Dê-me esses óculos agora. – pediu bravo.

- Mas se eu ficar sem os óculos ela...

- Ora essa você não precisa falar quem é. Ela irá tirar as próprias conclusões. – Tom falou, parecia rir.

- Toma, espero que fique feliz com a minha desgraça. – falou ao Tom irritado.

- Ah Bill, não reclame. – para tudo, meu lado escuro do sol? Bill? Como assim?

Fiquei pensando com os meus botões, que Bill era esse? Que [/i]Tom[/i] era esse? Bem, Tom e Bill Kaulitz não podiam ser, eles deviam estar em alguma outra cidade. Ou será que podiam ser os gêmeos Kaulitz?

Não olhei ele voltar, mas olhei-o quando ele sentou-se ao meu lado novamente... Ele me olhou, eu fiquei sem ação, não acreditava que o meu lado escuro do sol estava do meu lado, conversando comigo.

- Acho que você sabe quem eu sou, não? – perguntou me encarando e corando.

Que lindo! Fiz um gesto afirmativo com a cabeça e encarei o boneco de neve, comecei a rir que nem uma retardada. Bill me olhou sem entender, quando foi perguntar o que tinha me acontecido, eu respondi antes dele perguntar.

- Desculpe, costumo rir quando estou nervosa. – falei rindo nervosa – É que, não estou acreditando que você está aqui do meu lado, sentado na neve conversando comigo. – olhei aquele rosto perfeito por um longo momento.

Bill riu do que eu falei e tirou o cachecol que estava no pescoço, levantou-se e por um momento pensei que ele fosse colocar no boneco de neve, mas colocou em mim.

- Está esfriando Sam. Não devia ter saído de casa sem cachecol e luvas. – falou. Ele estava preocupado comigo?

- Você estava me observando? – perguntei me virando para encará-lo.

Ele estava ajoelhado atrás de mim e acabamos ficando próximos, pois ele baixou a cabeça para... Cheirar o meu cabelo?

- Você acredita em amor a primeira vista? – ele perguntou.

Fiquei tonta quando o hálito dele chegou até mim. Quando fui abrir a boca para respondê-lo, ele me beijou. Mas tudo foi tão rápido, uma hora ele estava me beijando, outra hora ele já estava de pé, sem me olhar com o rosto igual a um pimentão. Bill me olhou por um momento, eu estava sem ação nenhuma, depois ele olhou para frente, para o que pareceu ser o boneco de neve.

- Desculpe, eu... Eu preciso ir. – falou me dando as costas e andando a passos largos, me deixando sozinha, completamente sem ação e com o cachecol dele.

Eu fiquei olhando o lugar que ele desapareceu, no meio dos arbustos cobertos de neve, ouvi a voz do Tom perguntando alguma coisa e depois tombei na neve sem acreditar no que tinha me acontecido.

Voltar para casa nunca foi tão bom, eu precisava de chocolate e de coca-cola, sim sou louca. Meus pais me deram boa noite, já era noite? Fui para o meu quarto, tirei as roupas e tomei um banho quente, pensando no que tinha me acontecido. Pensei em ligar para Emile, ela não acreditaria em mim. Voltei meu olhar para a minha cama, minhas roupas sujas de neve ainda estavam nela junto com aquele cachecol, o cachecol do meu lado escuro do sol. Peguei o cachecol e senti o perfume, coloquei-o de volta no meu pescoço e sai para comer com ele, meus pais não perguntaram, apenas me olharam estranhando a minha atitude. Comi chocolate e bebi a coca, dei boa noite para os dois e subi de volta para o quarto. Dormi com o cachecol em mãos, sem acreditar no que tinha me acontecido.




Hohô, gostaram? E agora?
Próxima parte, acho que é a final, tem discussão! Maridinha me ajudou MUITO nessa parte, danke
Vou tentar postar amanhã, okay?
Beijux gurias, volto em breve!
Comentem, viu?
\o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
DINA
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 743
Idade : 23
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Ter Nov 24, 2009 6:42 pm

ufaaa
ta lindoooooooooooooooooooooooooooooo
pensei que tinha acabado
ai eu ja ia te bate mocinha
uhsahusaauh
ta muito bom
to curiosa pra saber o final
por favorrrrrrrrrr
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dinacrazy.blogspot.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Ter Nov 24, 2009 6:47 pm

EBAAA!Tem mais \O/ (pensei que era a ultima parte)
Se eu fosse ela eu tinha corrido atraz dele hsuhaush
Quero mais yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
Danii
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 888
Idade : 21
Localização : Piracicaba/SP
Data de inscrição : 03/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 5:57 pm

Aiiii que lindooo

Continua!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
DINA
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 743
Idade : 23
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 6:08 pm

cade o post menina????????????????????????????????????????/
eu to tendo um surto aqui na cadeira do pc
por favor
postem logooooooooooooooo


Última edição por DINA em Qui Nov 26, 2009 6:52 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dinacrazy.blogspot.com
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 6:09 pm

- Cara, o que você quer? – era a voz do Tom.

- Eu não sei o que fazer, conto para ela quem eu sou? – perguntou ao irmão.

- Aff, pensei que ia me perguntar qual motel que eu lhes recomendava, mas é lerdo mesmo! Nem contou que você é você? – Tom perguntou irritado.


EURI com essa parte.
Ah' teem mais \Õ/
continua qe eu too ADORANDO *-*Q
QERO MAIS QERO MAIS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 6:36 pm

Sorry a demora gurias, estava vendo o resultado do vestibular... PASSEI! Very Happy
Mas tem uma coisa, não vai caber tudo aqui num post só... Então, mais dois comentários depois dessa parte e eu posto o resto.
Aproveitem que eu tentarei ficar aqui até a hora que eu aguentar. Very Happy

Aos comentários! o/'
Dina, que bom que está gostando flôr, não acabou não, mas já está no finalzinho dessa coisa aqui. Wink
Nikki, tem mais um pocão sim. Nunca consigo escrever pouco. u.u Tá, eu ficaria parada que nem uma idiota, mas os irmãos existem para isso não? Nos ajudar quando queremos muito algo? Very Happy
Danii, dankeschön, fico feliz que esteja gostando!! Wink
Dina², sorry, sorry a demora, vou postar já! o/'
Kiinha, oaiaouaouauoe, o Tom sempre é comédia. Very Happy Tem mais um pouco ainda, que bom que tá gostandoo!

Muito bem, vamos lá, penúltima parte. Very Happy
Avisando, tem briga com palavrões. >.<



Continuando...


Do outro lado da cidade, Bill estava ouvindo sermões do Tom, que não estava maneirando nem um pouquinho com o irmão mais novo.

- BILL, ME TOMA COMO EXEMPLO! NÃO SEJA MARICA! NUNCA CORRA DE UMA MULHER, DROGA! – Tom gritou olhando irritado para o irmão, sem se importar se estava exagerando ou não.

- Não fala assim comigo, Tom. Não consigo ser como você, seu insensível! – Bill exclamou irritado, sentando no sofá apoiando a cabeça nos joelhos.

- INSENSÍVEL? – o mais velho perguntou olhando-o mais irritado ainda.

- PARA DE GRITAR! NÃO SOU SURDO! – Bill explodiu.

- EU NÃO CONSIGO, PORQUE MEU IRMÃO É UM BUNDÃO E DEIXOU A MENINA A VER NAVIOS. – Tom estava perplexo com a atitude do mais novo – DEPOIS EU É QUE SOU O INSENSÍVEL!

- BUNDÃO? SE EU SOU UM BUNDÃO, VOCÊ É UM MULHERENGO BARATO, QUE SE SENTE SÓ PORQUE TEM TODAS AS GAROTAS QUE QUER. – Bill gritou tacando a almofada no irmão.

- EU AO MENOS PEGO GAROTAS! AGORA VOCÊ, SAI CORRENDO DA ÚNICA QUE CONSEGUE BEIJAR. NEM SEI COMO O MARICA CONSEGUIU TAL PROEZA!

- PORRA TOM, DÁ PRA CALAR A BOCA? – Bill pediu nervosinho, se levantando do sofá.

- SEU LERDO! SE CONTINUAR ASSIM VÃO ACHAR QUE VOCÊ É GAY MESMO! – Tom passou dos limites mesmo.

Bill começou a chorar e com toda a raiva do momento, se aproximou rapidamente do irmão e estapeou-o até se cansar.

- Pensei que você acreditasse em mim. – falou chorando, borrando toda a maquiagem que usava – Você sabe que eu não sou gay. – e saiu andando para o quarto.

- Foi sem pensar, Bill... Desculpa mano. – Tom falou seguindo-o.

Ele parou na porta do quarto do irmão, com medo de que ele tentasse algo, mas Bill já estava agarrado há uma das pelúcias do MC Donald’s, se acabando de chorar.

- É sério Bill, desculpa... Eu falei sem pensar. – Tom pediu entrando no quarto escuro e sentando-se na cama de Bill.

- Tudo bem Tom, desculpe-me também. Eu só estou confuso... Não sei o que fazer. – Bill logo o desculpou, pedindo desculpas também, agarrando o irmão e falando com a voz chorosa.

- Nem liguei Bill, relaxa e me conta o que está te acontecendo. – falou o compreensivo Tom se deixando ser abraçado pelo irmão.

- Eu não sei o que está acontecendo comigo... Tom, eu tenho medo. – Bill falou segurando o bichinho de pelúcia com uma mão e a outra segurando o braço do Tom.

- Medo de que? – ele perguntou sem entendê-lo.

- Eu fui um insensível também, a deixei lá sozinha no frio... – dramatizou escondendo o rosto no travesseiro.

- Isso eu concordo.

- Você não está me ajudando Tom! – Bill exclamou irritado, olhando bravo para o outro.

- Desculpe.

- Esse stress, essa correria, vou ficar louco.

- Você precisa é de uns pegas. – Tom falou como se fosse o expert no assunto.

- Não. Eu preciso dormir. – falou se ajeitando no colo do irmão.

- É, você precisa dormir. Deixe tudo com o Tomzão aqui. – disse rindo maleficamente.

- Não conte comigo, não saio desse quarto de jeito nenhum... – dizendo isso, Bill apagou, o sono e o cansaço o dominando.

- Mas eu saio. – Tom afirmou sorrindo maleficamente.


Mais um dia de neve para a minha felicidade. Dormi a manhã inteira enrolada nas minhas cobertas e com o nariz próximo do cachecol dele. Depois do almoço, chamei a Emile para sair comigo, mas ela não pode, disse que tinha que ficar de babá para o irmão. Tentei ligar para o Dolf e a Anna, mas eles teriam que ficar em casa esperando a avó deles chegarem, não entendi muito bem... Acabei decidindo sair sozinha, ia ver como estava o boneco de neve do Bill. Isso me fez lembrar o que aconteceu na tarde anterior, tudo tão inacreditável... Coloquei as roupas do dia anterior, mudando apenas o casaco para um sobretudo marrom escuro e as botas para outras, também coloquei o cachecol dele.

Andei para o parque sentindo o perfume do cachecol, o perfume do meu lado escuro do sol. Ao menos tinha uma parte do Bill comigo... Dei uma checada no boneco de neve, milagre ou não, ele continuava inteiro.

Decidi me sentar num banco próximo ao boneco de neve, estava frio para ficar com a bunda na neve. Sentei-me no banco e peguei meu I-pod, hora de ouvir musiquinhas já que o parque estava silencioso. Adivinha qual eu ouvi primeiro? Dark Side of the Sun. Eu estava tão concentrada na música que nem notei alguém sentar-se do meu lado, só notei quando o individuo puxou um dos meus fones, me fazendo olha-lo irritada.

- Finalmente te encontrei! – ele falou alegremente com um risinho.

Olhei um momento para ele, a voz me lembrava a voz do Tom do dia anterior, o Tom Kaulitz!

- Ah tá, agora só falta você me dizer que é Tom Kaulitz. – falei sendo sarcástica, desviando o meu olhar dele.

- Mas eu sou o Tom-gostoso-Kaulitz e preciso que você venha comigo. – Tom falou autoritário.

Ah, tá bom que eu ia com ele e provavelmente me encontrar com o Bill? Ah não, não quero morrer tão cedo ou será que quero?

- Por que quer que eu vá com você? – perguntei dando corda para ele.

Tom começou a rir, não sei do que...

- Eu ainda não acredito que meu irmão te beijou, pensei que ele fosse morrer na hora que veio para o meu lado, coitado. – falou rindo.

Olhei brava para ele e então, Tom pareceu se lembrar do porque de estar ali e começou a responder a minha pergunta:

- O Bill está na cama, se recusa a sair do quarto, não quer sair porque está com medo. E eu que pensei se ele beijasse ficaria melhor...

- E você quer que eu ajude-o? – perguntei olhando-o alarmada.

- Exatamente, quero que você o tire de lá, ué. A culpa é sua também, dê um jeito. – respondeu-me dando de ombros.

- A culpa não é minha, foi ele que me beijou. – revidei irritando-me.

- E você gostou, está pensando nisso até agora com esse cachecol aí. – droga, ele me pegou.

- Isso não é da sua conta. – falei corando.

- Então, você vem comigo ou irá perder essa chance? – Tom perguntou me olhando seriamente.

- Perder essa chance? Isso não é questão de chance. – bufei.

- Ah tá, você fala como se aquela gazela fosse aparecer aqui do nada. – ele falou sarcástico – É sério, você vem comigo nem que eu tenha que te amarrar.

- Vai tentar me seqüestrar? – perguntei nervosa.

- Se for necessário, sim. – respondeu sério.

- Ah mein Gott, eu vou com você. – falei abaixando a cabeça e sentindo o cheiro do cachecol.

- Hehê, ótima escolha. – riu e saiu andando sendo seguido por mim até o Audi preto.



Então, tá acabando, só tem mais uma parte.
Dois comentários e eu posto o resto.

Kuss, comentem hein!
Wink


Última edição por July Thereza em Seg Nov 30, 2009 2:58 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 6:58 pm

POSTA POSTA POSTA POSTA yaya
To adorando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tiane Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1663
Idade : 23
Localização : Taubaté-SP
Data de inscrição : 06/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 7:35 pm

Tom autoritário Kaulitz, isso sim!!!
Mas até que eu gostei da atitude dele, é isso aê
Tomzim, ponto pra você!
Só quero ver o que a Sam vai fazer agora.
Continua July, continua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
DINA
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 743
Idade : 23
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 7:42 pm

aaaaa florrrrrrrrrrrrrrr
eu quero se sequestrada pelo Tom Kaulitz
ja pensou que sonho?
sauhuhasasuh
mais mais mais
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dinacrazy.blogspot.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 8:14 pm

Vou postar como prometido, o final da super One-short, ficou grandona!
Very Happy

O final eu acho sem graça, mas se escrevesse mais iria ficar MUITO grande. >D
danke pelos comentários!

Nikki, vou postar! Que bom que está adorandooo! Wink
Tiane, hehê, ponto pra ele, né? Very Happy Haha, Sam irá ser a Sam. Wink Vou continuar.
Dina, oaiaouauoe, quem não quer ser, ainda mais se for levada até o Billzim... *----*' Mais vindo.

Então, vou postar o final finalmente!
Boa leitura!




Continuando...


A viagem até o outro lado da cidade foi incrivelmente rápida, Tom dirigia que nem um trem bala e eu estava tão nervosa que mal reparei no carro dele. Quando chegamos ao prédio deles, Tom me puxou para fora do carro e me fez entrar no elevador. Começou a falar que o Bill não podia saber que eu estava ali porque se não trancaria a porta do quarto, pediu para que eu ficasse quieta e não perguntasse nada.

Ele me fez entrar no apartamento deles e me empurrou pela sala até uma porta preta que estava fechada, bateu uma vez e ouvimos resmungos.

- Eu não vou sair Tom, pode desistir. – afirmou uma voz chorosa que eu reconheci ser do Bill.

Tom não deu atenção, abriu a porta com tudo e me enfiou dentro do quarto escuro.

- Dá o fora, eu quero ficar me remoendo sozinho. – Bill falou com a voz abafada, como se estivesse com a cara num travesseiro.

Eu fiquei quietinha, me encostada na porta sem saber o que fazer. Como o Tom podia me fazer ficar numa situação como aquela? Oh Gott, vou morrer... Morri.

- Tom, sai do MEU quarto, eu quero ficar sozinho! – ele pediu novamente, se mexendo na cama.

Continuei quieta, me acostumando com a escuridão do quarto, conseguia distinguir alguns moveis, uma cama mais a frente, uma cômoda do lado, uma poltrona... Uma mesa de computador e alguém se sentando na cama.

A luz foi acesa e eu olhei perplexa a figura do Bill sentada na cama, ele estava com uma aparência horrível, mas que dava vontade de correr até ele e abraça-lo, conforta-lo de alguma maneira.

- EU MANDEI VOCÊ... – começou gritando, mas parou ao perceber que não era quem ele pensava que fosse.

Ele me encarou por um curto momento e depois se escondeu no meio das cobertas. Okay e agora o que eu faço?

- Er, eu posso ir embora se você quiser... – falei tocando a maçaneta.

- NÃO! – Bill se alterou saindo debaixo do cobertor e me encarando – Olha eu sinto muito pelo o que aconteceu ontem, não costumo ser impulsivo e desculpa ter te deixado sozinha, eu sou um insensível! – ele falou rapidamente num fôlego só.

- Tudo bem, você não teve... Ahm, culpa e não é um insensível. Às vezes isso acontece... – falei olhando para baixo.

- Não, pelo menos comigo não acontece. Desculpa, eu me arrisquei e não pensei nas conseqüências. – pediu novamente.

- Está tudo bem, mas eu só acho que você está fazendo drama demais ficando trancado no quarto. – falei mudando de assunto – Por acaso o senhor comeu alguma coisa? – perguntei erguendo meus olhos para ele.

- Eu, é... Não. – respondeu-me passando as mãos nos olhos.

- Mein Gott, já é de tarde e você não colocou nada pra dentro? Depois fica doente e não sabe por quê. – okay, eu estou exagerando, mas ele não devia estar fazendo isso.

- Mas é que... Não estou com fome. – ele falou me olhando.

- Ah, que ótimo, além de te tirar desse quarto terei que fazer você comer algo. – falei cruzando os braços e olhando-o brava – Vá lavar esse rosto, trocar de roupa e me levar ao MC Donald’s mais próximo.

Bill pareceu se animar mais com o lugar que eu falei, mas ele ainda continuou me encarando.

- Você fica uma gracinha brava. – afirmou logo colocando a mão na boca ao perceber o que tinha dito.

Eu corei, que ótimo. Estou do outro lado da cidade, tentando fazer meu lado escuro do sol, um astro do rock sair do quarto... Mein Gott, o que foi que eu fiz?

- Eu estou falando sério. – afirmei corada e ainda brava.

- Eu também estou falando sério. – ele revidou jogando o cobertor para o lado e saindo da cama – Sei que devo estar horrível e tal, mas estou pouco me lixando pra isso. – falou se aproximando de mim.

- Você não está horrível. – afirmei observando ele se aproximar de mim.

- Não estou? – perguntou erguendo aquela sobrancelha super sexy.

- Não, está apenas com uma fofa cara de choro. – respondi corando mais ainda.

- Sabe de uma coisa? Eu não consigo parar de pensar em você. – falou segurando o meu queixo – Não quero mais me segurar.

- Então não se segure. Apenas não vá me achar uma vadia por não conseguir resistir a você. – pronto, falei.

Ele sorriu e me beijou, segurando o meu rosto com uma das mãos e com a outra me puxando pela cintura. Minhas mãos foram direto para a nuca dele e eu puxei-o mais para mim. Bill me beijava com tanta intensidade que pensei que fosse desmaiar, mas quando percebi, já estava correspondendo-o com a mesma intensidade. Entre pequenos beijos, mais rápidos, ele foi se separando de mim. Grudou as nossas testas e me encarou sorrindo.

- Não vai fugir de novo, não é? – perguntei me perdendo naqueles olhos amendoados.

- Nem pensar. – respondeu sorrindo de canto e me beijando logo em seguida.

Fim



Então, gostaram?
Very Happy
Espero que sim, comentem bastante viu!

Beijux, até uma próxima one-short ou uma das fics que eu posto aqui.

Aproveitando pra fazer propaganda, quem gostou dessa one-short, acho que vai gostar da Hypnotized by Jane, é comédia e romance.

danke gurias, obrigada por estarem lendo e comentando!
Inté.
Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Qui Nov 26, 2009 8:45 pm

Aiiiiiiiiiiin que lindo amo finais fofos e felizes que perfect *-------*
Amei I love you PARABÉNS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Danii
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 888
Idade : 21
Localização : Piracicaba/SP
Data de inscrição : 03/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Sex Nov 27, 2009 10:10 am

Ohh mein Gottt que linda!!!!
Ameiiii!!!

Parabéns July!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tiane Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1663
Idade : 23
Localização : Taubaté-SP
Data de inscrição : 06/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Sex Nov 27, 2009 9:15 pm

Amei, amei, amei July.
E o final não foi sem graça nã, viu.
Você já sabe, mas eu não canso de repetir:
SOU SUA FÃ!!!
Parabéns flor!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dark Side of the Sun (One-short) - Completa   Hoje à(s) 4:47 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dark Side of the Sun (One-short) - Completa
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» I'll see you on the Dark Side of the Moon.... [Pink Floyd]
» Discos de vinil para venda
» Decode - The Dark Side of The Sun
» Conheçam o the DUB Side of the Moon
» Sangre Cavallum (Dark Folk)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: