Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 [KAULITZCEST] Not only you and me

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Racquel

Fã


Número de Mensagens : 141
Idade : 21
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 10/01/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: [KAULITZCEST] Not only you and me   Ter Nov 09, 2010 9:24 pm

Bem, que lê/já leu minhas one shot sabe o gênero que escrevo, e pelo aviso antes do nome da fic está bem explicado também.

Uma one shot um pouco diferente que, além do kaulitzcest, envolve os outros dois integrantes da banda.

Uma one shot Bill/Tom/Gustav/Georg.

Não leia se você não gosta, não chegue nem perto. Crítica de quem não gosta do gênero não me afeta.

Aos demais, boa leitura! =)

OBS: a one shot tem 2 partes, postarei a 1°!

PARTE 1:

- Cinco dias. Nada mais, nada menos.- O manager proferiu, autoritário. Cansado, sentou-se no sofá e massageou as têmporas. Pensando bem, os meninos precisavam de algum descanso.

- Está ótimo, David!- O mais novo da banda estava em êxtase. Não era sempre que conseguiam alguns dias de descanso. Mas Bill sabia que iria convencer o manager, o álbum Zimmer 483 estava sendo um sucesso, e nada mais justo do que um pequeno presente para os garotos antes de começarem a turnê.

- Maldivas?- David perguntou, preparando-se para pegar o telefone e organizar tudo para suas pequenas férias. Vendo apenas todos os garotos acenarem positivamente com a cabeça, suspirou pesadamente, fazendo um pequeno gesto com a mão para os integrantes do Tokio Hotel se retirarem, e assim foi. Em menos de um minuto, todos haviam saído de sua sala. Revirou os olhos ao ouvir os gritos e risadas dos meninos do outro lado da porta.

Pegando o telefone, estava na hora de organizar as pequenas férias dos meninos.

000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000



- Eu falei, não é? Eu disse que ia conseguir.- Bill sorriu vitorioso, movimentando seu corpo em alguma dança esquisita em seu quarto.

- Não quero nem saber como você conseguiu convencer o David, Bill.- Georg sorriu maliciosamente, levando os outros integrantes da banda arquearem a sobrancelha em confusão.

- Não queira mesmo saber, Ge. Você iria ficar traumatizado.- Batendo em seu quadril, Bill sorriu sacana. Abrindo o frigorifico, o moreno pegou sua coca-cola, sentando-se em seguida no colo do irmão.- Abre pra mim?- Piscou os olhos rapidamente, fazendo manha. Revirando os olhos, Tom pegou a latinha da mão do mais novo e abriu-a, tomando um grande gole antes de devolver.

- Vamos sair amanhã cedo, certo?- Gustav, pela primeira vez, se pronunciou, brincando com a aba do boné e ajeitando seus óculos.

- Sim, provavelmente. Eu vou indo arrumar minhas coisas.- Georg levantou-se, arrumando suas calças. Estava contente que teria alguns dias de descanso e iria para as Maldivas. Ele já havia ido para as ilhas, mas não com todos juntos. Iria ser divertido, de certa forma.

Gustav concordou e se levantou junto com o amigo, despedindo-se dos gêmeos e fechando a porta por ser o último a sair.

- Agora me diga...- Tom sussurrou ao pé do ouvido do irmão.- Você não fez nada de mais com o David para conseguir os cinco dias, não é?- O moreno abriu a boca para contrariar, mas nenhum som fora emitido. Sorrindo perversamente, Bill deixou sua coca no chão, virando e sentando-se de frente para Tom, ainda em seu colo.

- E se eu tiver feito algo?- Acariciou o pescoço do loiro com suas unhas, ouvindo-o ronronar.

- Como o quê?- Tom perguntou. Suas mãos automaticamente deslizaram para a bunda de Bill, apertando a pele macia por cima da calça.

- E se eu...- Chegou perto de seu ouvido, como se mais alguém o pudesse escutar além de Tom.- E se eu chupei o pau dele?- Lambendo seu pescoço, Bill voltou sua atenção para a face do mais velho.

- Chupou, é?- O sorriso no rosto de Tom era algo que Bill não sabia dizer o que é, não quando ele estava sendo jogado na cama.- Então você chupou ele todinho, hein?- A força de Tom era visivelmente maior que a de Bill, e com apenas uma mão ele segurou os dois pulsos do mais novo.- Ele gozou na sua boca?- Com a mão livre, apertou o pênis de Bill por cima da calça, colocando certa pressão no ato que fazia com que o órgão do moreno chegasse a doer deliciosamente.

- Eu...Eu não chupei...o pau dele.- Disse pausadamente, grunhindo ao sentir seu pênis ser livre daquela mão maldosa.

- Bom mesmo.- Tom aproximou sua face da do irmão e beijou-o, sorrindo quando Bill abriu a boca para dar espaço para suas línguas terem uma pequena briga para saber quem vence. E como sempre, Tom ganhou.- Você só chupa quem eu quiser. Agora...- Com seu polegar, contornou os lábios vermelhos e carnudos que somente Bill possuía. Ele sentia como se pudesse devorar o moreno ali e agora, mas Tom era um cara que sabia esperar.

- Me chupa, Bill.- O mais novo mordeu o lábio e acenou com a cabeça freneticamente. Acariciando seus cabelos negros, Tom viu com carinho o irmão pegando seu pênis e dando uma primeira lambida em sua glande.

Ótimo tratamento antes de dormir.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

- Como eu amo esse lugar.- Bill exclamou, espreguiçando-se e sentindo sua testa suar pelo calor do local. Ele precisava tirar um pouco de roupa. Quem sabe toda ela. Ouvindo um barulho muito bem conhecido, o moreno arqueou a sobrancelha: era a barriga dos G's. Revirando os olhos, Bill riu. Não tinha um momento em que eles não estivessem com fome.

- Eu estou com fome, vou fazer alguma coisa.- Gustav passou a mão na barriga, indicando que, apesar de ter comida bem no café da manhã, o almoço não podia mais esperar.

- Eu vou com você fazer uma boquinha.- Georg olhou para a cozinha fascinado, vendo o quão espaçosa ela é. Deixando suas malas em seus respectivos quartos, os mais velhos integrantes da banda já estavam preparando algo para devorar em alguns minutos.

- Tomi, vamos nadar?- Bill pediu manhoso enquanto trocava de roupa no banheiro do quarto, jogando sua calça no chão do quarto propositalmente, sabendo que o gêmeo preguiçoso estava esparramado na cama e por isso veria a calça cair no chão.

- Hum, estou cansado.- Tom fingiu um bocejo, virando de lado.

- Tom!- Bill disse choroso, subindo na cama e tocando o ombro do mais velho.

- Hum, não.- Tom sorriu, sabendo que Bill irritava-se facilmente. Ele podia dizer que tinha uma tara por ver seu irmão zangado.

- E se eu...- Tom, de fato, estranhou que Bill ainda não havia atirado nada nele, nem o batera com um travesseiro.- E se eu deixar você me foder na piscina, hein?- E qualquer resquício de cansaço que Tom poderia sentir voou para algum lugar bem distante, Bill poderia dizer, já que ele sentiu o mais velho tremer.

- Você sabe que é perigoso, não é? Alguém pode ver...- Tom virou-se, ficando de frente para o outro garoto. Sorriu ao sentir os lábios do irmão junto aos seus, apenas um casto beijo.

- Você não gosta do perigo?- Acariciou seu peito, sentindo Tom tremer ligeiramente pelo ato. Sem precisar dizer mais nada, Bill sentiu um forte puxão em seu braço e, nesse instante, soube que sua proposta estava indo para ser executada.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

- Tá frio, Tom!- Bill gritou, correndo em volta piscina enquanto o mais velho fazia questão de rir descaradamente enquanto jogava água no moreno.

- Não seja fresco, Bill!- Tom gritou animado, rindo da maneira desajeitada com que Bill corria em volta da piscina, tentando, em vão, escapar de seus jatos de água. - Bill, o que...- E antes que pudesses terminar sua sentença, o mais novo já havia pegado impulso e pulado em cima de Tom.

- Seu...seu DOIDO!- O loiro gritou quando voltou à superfície, deparando-se com um Bill tentando tirar seus próprios cabelos negros e molhadas de sua face. Nesse segundo de distração, Tom adornou a pequena cintura com seus braços, prendendo o corpo delicado de Bill.

- Tomi?- Piscando os olhos algumas vezes, pelo excesso de água, Bill deparou-se com um Tom com os lábios a milímetros do seu.

- Vamos, Billi.- O irmão deu um simples beijo em seus lábios.- Lembra o que você prometeu? Agora eu quero.- Tom sussurrou perto de seu ouvido, batendo consideralvelmente forte em suas nádegas, demostrando sobre o que estava falando. Bill sabia muito bem o que era. Sem ao menos perceber, os dois já se encontravam na borda da piscina. Bill empinava seu quadril, fazendo sua pequena bunda emergir da água.

- Isso , Tomi!- Gemeu ao sentir a sequência de tapas que recebia em sua pequena bunda, deixando-a avermelhada, mas isso era o que menos importava nesse momento.

- Psiu. Não fale tão alto, Billi.- Tom murmurou, suas mãos subindo até chegar ao quadril ossudo, apertando aquele lugar com certa força.

- Por que não? Você não gostaria que alguém nos visse? Os G's, por exemplo...- Bill disse, mais como um gemido do que uma simples fala.

- Você ia gostar, não é?- Descendo sua mão cautelosamente pelo corpo pequeno, agarrou o pênis do moreno, fazendo pressão com seus dedos.- Ia gostar que eles nos vissem? Ia gostar de me ter te comendo enquanto você chupa um deles ou os dois?- Na verdade, nenhum dos dois irmãos havia pensado nisso antes. Eram palavras apenas para provocar um ao outro. Funcionou, mas teve um outro efeito também: os dois estavam mais excitados, e sabiam perfeitamente que era somente de pensar em ser vistos por eles, ou até mesmo transar com os outros dois integrantes da banda.

Pensando bem, era bastante excitante.



CONTINUA....

O que estão achando?
Voltar ao Topo Ir em baixo
hiza
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 652
Idade : 19
Localização : ...
Data de inscrição : 04/01/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Qua Nov 10, 2010 6:55 pm

caraaka até agora ta sendo amelhor que eu ja li!
Tava sumida aidna bem que voltou!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://...
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Qua Nov 10, 2010 7:24 pm

Uollllllll
Tipo... super quente e loucos Shocked
Estava sumida mesmo...
Continuaa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Qui Dez 02, 2010 11:14 am

Continua, sério SNJKLNSKJS tá ficando ótima
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Qui Dez 02, 2010 11:27 am

Continua,messssmo...
Não demora não hein amiga... danke
Voltar ao Topo Ir em baixo
nubia kaulitz
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 374
Idade : 20
Localização : mg lafa
Data de inscrição : 10/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Sex Dez 03, 2010 3:35 pm

vai continua....
tá quente aaqui ou é impressão minha?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Seg Dez 06, 2010 6:56 pm

ainda to esperando a continuação, hahahaha sos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Maah Kaulitz!
Iniciante


Número de Mensagens : 15
Idade : 19
Localização : Zimmer 483
Data de inscrição : 30/07/2010

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Sex Dez 10, 2010 12:02 pm

Ai, continua... Ta muito boa!!! Very Happy
- Bill safadinho... na piscina! UI afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
AninhaMHF
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 375
Localização : Paradise City
Data de inscrição : 21/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Seg Dez 13, 2010 8:20 pm

Já tinha lido quando você postou Nyah e comentado, mas então.

RACQUEL, VOCÊ SABE QUE SUAS FICS SÃO PERFEITAS, VOCÊ ESCREVE LEMON BEM PRA CARALHO! *-----------------*

Essa fic tá perfeita!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.hierinmeinemarm.blogspot.com/
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Sab Dez 18, 2010 11:24 am

come on menina, to ansiosa pra ler KKKKK yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Sab Dez 18, 2010 2:17 pm

Posta menina,nunca tinha lido as suas ones,mas essa e' boa. Estou esperando...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruna.

Fã


Número de Mensagens : 95
Localização : BHZ
Data de inscrição : 11/10/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Ter Dez 28, 2010 3:55 pm

continua ai, né hahaha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Qui Dez 30, 2010 7:46 pm

KK continua vai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Racquel

Fã


Número de Mensagens : 141
Idade : 21
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 10/01/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Dom Jan 09, 2011 7:07 pm

Sorry a demora =X

PARTE 2: FINAL

- Vamos chamar eles, Tom.- Bill gemeu, sorrindo quando o irmão retirou rapidamente seu pequeno e colado calção de banho, junto com o seu próprio, ficando os dois nus.

- Merda. Vamos sim!- Bill gritou de surpresa quando Tom o puxou para fora da piscina. Deixando o mais novo de pé, Tom segurou seus braços por trás, penetrando-o sem aviso.

- Tom, seu viado! Avisa-se!- Suspirou alto, soltando um grunhido de prazer repentino. Bill tinha que confessar que transar em pé era algo que ele queria a algum tempo. E isso estava sendo realizado nesse momento.

- Vai, Bill! Grita os nomes deles!- O loiro sorriu enquanto segurava com força, mas ao mesmo tempo com cuidado, os braços finos e delgados de Bill, fodendo-o em pé mesmo. Já podiam sentir ambas as pernas tremendo, mas com o prazer que sentiam, parar era a última coisa que fariam.

- GUSTAV! GEORG! VENHAM...OH! MERDA, TOM...HUM, VENHAM AQUI!- Bill apoiou a cabeça no ombro do irmão, sentindo o prazer percorrer por todo seu corpo, principalmente em seu pau orgulhosamente duro em seu estômago.- Você me deixa...hum, louco, Tomi!- Bill sussurrou no seu ouvido, sorrindo ao perceber que o mais velhos se arrepiou.

- Eu, é? Você que me deixa doido com...hum, essa bundinha linda e gostosa, Bill.- Os dois gemeram ao mesmo tempo, sentindo o suor começar a escorrer por ambas as faces.

- Porra! Pra que gritar, gente? Eu estava almoçando e...PUTA MERDA!- Georg gritou quando saiu da cozinha e chegou no pátio da piscina, que ficava logo a frente. O moreno coçou os olhos desesperadamente, desejando, ou não, que a cena que ele via era apenas coisa da sua imaginação. Mas ao abrir os olhos novamente, ele percebeu que, merda, era realidade. E como.

Tom parou de foder o irmão e sorriu maliciosamente para o baixista de maneira sugestiva. Bill se virou e deu um selinho no irmão, passando a mão por seu peito, olhando para o homem que havia assistido a transa por algum tempo, mesmo que nenhum dos gêmeos havia gozado ainda.

Os irmãos, ainda com pau duro, olhavam e riam discretamente da careta indescritível que Georg fazia.

- Gus...Gustav...- Georg gaguejou. Olhou rapidamente para os pênis dos irmãos, envergonhando-se do ato por alguns segundos.- GUSTAV!- Gritou, ouvindo um resmungo do baterista vindo da cozinha.

Antes que o próximo integrante da banda chegasse, Bill ajoelhou-se e, com habilidade que possuía por anos de prática, enfio o pau duro do irmão na boca, ouvindo o belo gemido que apenas o excitava mais de Tom.

- O que foi, Georg?- Eu ia começar a fritar a...PUTA MERDA.- Bill riu em torno do pênis de Tom quando percebeu que o amigo havia dito as mesmas palavras de Georg.- O que... O que...é isso?

- Eu sempre soube que havia algo a mais...Eu não estava delirando quando ouvia uns barulhos e gemidos.- Georg comentou, sem conseguir desviar o olhar da cena diante de si. Mordeu o lábio ao ouvir o gemido estimulante que Tom fazia ao sentir a língua do irmão brincando com seu membro. E, merda, como Georg gostaria de sentir também.

- Querem brincar também?- Bill questionou, largando o pênis ereto, e agora molhado, do mais velho. Levantou-se, abraçando o loiro, sorrindo ao sentir os braços fortes adornando sua cintura, em um abraço de lado.

- Isso é sério?- O moreno perguntou, olhando rapidamente entre os irmãos e Gustav, que tinha um semblante indescritível em sua face. Sua pergunta fora respondida com um simples aceno positivo de ambos os irmãos.- Gustav?- Georg chamou a atenção do amigo, com um olhar suplicante. Ah, como ele queria ir participar da brincadeira também. Mas também queria o amigo junto de si. Não é como se ele nunca tivesse imaginado uma cena como essas antes. Mas ninguém precisa saber disso. Não agora.

- Georg!- Gustav quase gritou. Tudo estava acontecendo muito rápido. Acabaram de descobrir um relacionamento incesto entre seus companheiros, e agora estava sendo convidado a participar.- Você está mesmo pensando em aceitar?- Ele viu o moreno mexer a cabeça freneticamente em um "sim", e seus olhos arregalaram ainda mais.

- Qual é, Gustav?- Georg riu sem jeito, tentando quebrar a tensão que o amigo sentia.- Perder uma chance dessas? Olha pra eles!- E assim que os G's olharam ao mesmo tempo, os irmãos se beijaram, um acariciando os mamilos do outro.- Eu não quero perder isso...- Observou Gustav franzir a testa. Isso era bom, significa que estava pensando em aceitar, e pela sua face era quase certeza que seria um sim.

- Eu não acredito que eu vou aceitar isso também...- Os irmãos deram uma risada vitoriosa enquanto se afastavam um do outro.

- Tirem as roupas, meninos. Assim não tem graça.- Bill resmungou e, como se tivesse o poder de um chefe perigoso, os outros dois companheiros de banda estava retirando as roupas o mais rápido possível. Bill sorriu para o irmão que havia sentada na cadeira, apenas observando. Sabia que Bill iria dar um belo boquete nos dois, então restava apenas esperar e se masturbar na visão do seu pequeno irmão chupando o pau dos amigos.

- Hum, bom.- Bill murmurou, ajoelhando-se e segurando um pênis em cada mão.

- Eu não acredito que ele vai fazer isso...- Gustav susurrou, vendo a língua perfurada pelo piercing dar uma lambida em sua glande e, logo depois, na do baixista.

- Oh, meu, Gustav! Cala a boca e aproveita.- Cansada das lamúrias do loiro, Georg segurou seu queixo com a mão livre, já que a outra estava segurando os cabelos negros de Bill, e puxou o amigo para um beijo, numa forma de o fazer se calar e também dar mais prazer para ambos.

Rindo. Bill acariciou os dois membros com as mãos, levando-os perto de sua face e sentindo o pau de ambos em suas bochechas. Gemendo deliciosamente, Bill logo colocou um na boca, mudando de pênis em cada chupada. Ah, como Bill queria poder tocar no próprio pênis, mas estava com as duas mãos ocupadas. Mas do mesmo modo, era excitante.

Querendo sentir sua boca cheia, não demorou para o moreno colocar os dois membros eretos dentro de sua boca, sentindo-a cheia como nunca.

- Puta merda!- Os dois gritaram ao mesmo tempo ao sentir o espaço da boca de Bill ficar mais apertado, e seus pênis apertando um ao outro dentro no pequeno espaço.

- TOM!- Bill gritou, tirando os pênis da boca e colocando ambos em seu pescoço, sentindo o pré gozo cair por peito.- Vem me comer, Tom! Enquanto eu chupo eles.- Bill pediu, apertando a base dos membros e fazendo movimentos rápidos de vaivém.

Tom levantou-se, ainda com seu pau duro na mão, masturbando-se. Bill sempre foi sexy, mesmo quando não havia intenção. Mas ver o irmão assim, Tom jurava que podia gozar somente com a cena. Posicionando-se atrás do mais novo, Tom observava a pequena entrada de Bill contrair-se de acordo com o modo que Bill se movia ao chupar os dois pênis que lhe eram oferecido com agrado.

- Anda, Tom!- Bill pediu novamente, só que dessa vez um tanto quanto impaciente. O mais novo ficou de quatro, com as mãos no chão, deixando Georg e Gustav segurar seus cabelos enquanto o pau dos dois disputavam espaço dentro de sua boca.- Oh...Oh...tão...bom...- O moreno sussurrou em torno do grande volume que havia dentro de sua boca, suspirando pesadamente ao sentir o membro tão bem conhecido entrar em sua bunda.

Os quatro estavam em êxtase. Tanto Georg como Gustav já haviam pensado, pelo menos uma vez, como seria estar em uma situação parecida como essa. Não é como se eles pensavam que um dia isso realmente iria acontecer. Mas ao sentir a boca quente e úmida do vocalista, ambos sabiam que o que estava acontecendo nunca poderia ser um sonho ou algo assim, seus pênis contavam a verdade.

Tom já havia pensado em como seria ter relações sexuais com mais pessoas, mas nunca os próprios companheiros da banda. Mas não é como se ele estivesse reclamando, muito pelo contrário. Ver Bill chupando dois pau duro ao mesmo tempo fez com que todo o desejo e excitação corressem direto para seu pênis. Tão ereto que chegava a doer, mas ao sentir o calor apertado que o cu de Bill lhe proporcionava, o prazer prevalecia. As estocadas eram curtas e rápidas, ao qual o mais velho sabia que batia em um ponto dentro de Bill que dava ao irmãozinho um grande prazer.

Tom não culpou a si mesmo por ter gozado tão rápido; aliás, isso era algo novo para todos.

Sem muito esforço, apesar de estar trêmulo pelo orgasmo intenso, Tom adornou seus braços em volta da pequena cintura fina de Bill, puxando o irmão para cima. Deu um pequeno sorriso de canto ao ouvir os G's gemerem por não ter mais o calor da boca de Bill em volta de seus membros.

- Você quer transar com eles, Bill?- Tom perguntou, indiferente.

- Eu...Só se você deixar, Tomi.- O mais novo aproximou suas faces, unindo os lábios em um rápido beijo. Dando um tapa consideralvelmente forte em sua bunda, Tom olhou diretamente para ambos os homens parados em sua frente.

- Vocês podem experimentar a bundinha do meu irmãozinho.- Os gêmeos sorriram ao ver a cara de abobados que os companheiros faziam.- Mas os dois ao mesmo tempo.- Oh, isso foi uma surpresa não só para Gustav e Georg, mas para Bill também.

- Mano...O...- Bill foi calado quando Tom atacou seu pescoço. Gemendo, Bill sabia que ficaria uma bela marca.

- Já que você quer transar com eles...Vai ser com os dois metendo em você, Bill.- E como esperava, Tom podia ver que os G's apreciavam a ideia, seus paus continuavam duros, vermelhos e molhados em pé.- Senta na cadeira, Gustav.- E logo o baterista estava sentado na cadeira de praia, ao qual parecia uma pequena cama. O tom de vós do gêmeo mais velho não vacilou, isso fora uma ordem, nada mais.

- Senta no pau dele, Billy.- O irmão pediu e, como um obediente irmãozinho mais novo, Bill sentou. Gemendo pela recente introdução, e porque Gustav não poderia ser considerado pequeno, Bill acomodou-se em seu colo. Seu corpo todo tremeu quando a ponta do membro do amigo esbarrou em sua próstata, e seu pau respondeu ao toque.

Sem precisar dizer uma palavra, Georg sabia o que o sorriso do gêmeo mais velho significava. Segurando ambas as coxas de Bill, tanto para se equilibrar quanto para manter suas pernas abertas, Georg penetrou o mais novo com cuidado, mas também com bastante esforço. O pequeno buraco parecia que iria a qualquer momento esmagar seu pau, e o atrito com o pênis de Gustav só piorava. Ou melhorava.

Tom tremeu de preocupação, Bill havia arregalado os olhos de uma maneira que ele nunca tinha visto. E não sabia dizer se era porque estava doendo ou se ele sentia-se muito cheio.

Piscando os olhos rapidamente, dando um pequeno sorriso torto, Bill quis dizer que estava tudo bem. Tom sentiu seus ombros relaxarem e o medo de que isso poderia machucar seu irmãozinho logo se afastou

- Eu me sinto tão...completo, cheio...- O moreno murmurou, ofegante. Tanto Gustav como Georg estavam com um olhar suplicante na face, querendo saber se poderia se mover ou se iriam continuar parados, de maneira torturante. A bunda de Bill estava tão apertada que os três sabiam que não iriam durar muito tempo.

Mordendo o lábio inferior, a ponto de sangrar, Tom sentou na cadeira ao lado, observando como seu irmão era fodido por dois pau ao mesmo tempo.

E parecia gostar.

Era apenas uma questão de tempo. Logo, logo eles iriam gozar; em alguns minutos. Tanto Georg como Gustav lutavam pelo espaço apertado dentro da bunda do mais novo, e então, ambos aceleraram os movimentos, fazendo com que seus membros acariciassem a próstata de Bill ao mesmo tempo. Bill soltou um suspiro pesado e gemeu ao sentir dedos beliscando seus mamilos. Mas, na verdade, sua real atenção toda estava em sua bunda; ele nunca havia sido tão alargado em toda sua vida.

- Tomi...- O irmão sussurrou, mordendo os lábios ao sentir os movimentos acelerarem. Sorrindo, Tom levantou e fez seu caminho até o moreno, pegando seus cabelos com força e penetrando sua boca com seu pau já bem duro e molhado com pré-gozo.

- Merda!- Georg gemeu e soltou sei líquido viscoso em seu interior, saindo logo em seguida. Gustav ainda continuava perseguindo seu orgasmo, aumenta a velocidade em que o penetrava, buscando desesperadamente sua libertação. Em apenas alguns minutos depois, gozou. Saindo de dentro do amigo, Gustav acariciou seu pequeno corpo, até Tom ejacular na boca do irmão.

Segurando o corpo de Bill, Gustav saiu e levantou-se, deixando o mais novo deitado na cadeira, com a respiração pesada.

- Isso foi....merda, foi muito intenso.- Bill gemeu e abriu as pernas, sorrindo ao ver os três pares de olhos em sua bunda. Querendo dar um pequeno show, Bill balançou o quadril e logo o gozo que estava dentro de si começou a sair de maneira rápida.

Tom continuou calado, apenas com um sorriso besta no rosto. Retomando sua postura anterior, pegou o seu gêmeo no colo, sussurrando algo em seu ouvido e recebendo uma resposta afirmativa logo em seguida.

- Podemos...- Gustav começou, meio sem jeito.- Podemos repetir?- Georg esperou ansiosamente pelo resposta que os irmãos iriam dar. Aliás, ele também queria participar se acontecesse mais uma vez.

- Podem sim...- O mais velho dos gêmeos respondeu.- Mas não quando estivermos fazendo amor.- Deixou claro, dando um casto beijo nos lábios de um doce Bill dorminhoco em seu colo.

- Quando não estivermos fazendo amor...- O mais novo sussurrou, sonolento. Deixando para trás um Georg e um Gustav felizes pela respostas, e nus também, Tom fez seu caminho até seu quarto, colocando Bill no colchão.

- Tudo bem?- Perguntou, recebendo um sorriso bobo como resposta.- Ótimo...- Beijou seus lábios, depositando mais paixão ao toque.- Eu vou limpar você.- Piscando os olhos rapidamente, Bill viu seu irmão abrir suas pernas e abaixar a cabeça até estar frente a frente com sua entrada, dando uma bela lambida no orifício molhado.

- Oh...Tomi...- Virando a cabeça em todas as direções possíveis, e segurando os lençóis com força até seus dedos ficarem brancos, Bill perdeu-se no tempo enquanto o loiro lambia e acariciava sua entrada.

- Tudo bem, Bill?- Perguntou novamente, penetrando alguns dedos dentro da bunda do irmão, pegando-o de surpresa.

- Tudo...ugh, Tomi....

- Ótimo, pois agora é a minha vez!

Bill arregalou os olhos.

FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruna.

Fã


Número de Mensagens : 95
Localização : BHZ
Data de inscrição : 11/10/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Dom Jan 09, 2011 7:45 pm

Entao... eu to meio sem palavras hahahah
Sèrio, nao imaginava que ia ser assim mas, de qualquer jeito, ficou muito bom
Beijinhos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Dom Jan 09, 2011 7:58 pm

KK é, me surpreendeu. Valeu a pena a espera, você escreve muito bem (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [KAULITZCEST] Not only you and me   Hoje à(s) 4:48 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[KAULITZCEST] Not only you and me
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Kaulitzcest] A viúva e o mordomo!
» [Kaulitzcest] Tarde de estudos
» One Plus One Equals Me And You (Kaulitzcest)
» Montagem: Kaulitzcest
» [Kaulitzcest] O Doce Desejo (+18)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: