Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Dirrty [NC-17]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Darling-J
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1161
Idade : 22
Data de inscrição : 31/05/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 2:14 am



Título: Dirrty
Autora: Darling-J
Classificação: +18
Sinopse: Há dois anos, minha irmã conheceu seu, agora, noivo numa loja de doces no Dia de São Valentim. Bem, era mais um dia comum de trabalho pra mim, só não contava que fosse dividir a capa da revista com ele.
Uma revista de lingeries famosa. Uma modelo e um músico.
Wanna get dirrty!



postando rapidinho. e aí, quem quer ler? Laughing


Última edição por Darling-J em Sab Jul 30, 2011 8:37 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meere
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 528
Idade : 22
Data de inscrição : 31/03/2010

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 1:04 pm

você tá esperando o que pra postar essa fic, ein? s2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 1:06 pm

eu leio, com certeza. pode postar menina, hahahaha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thaís V.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3324
Idade : 20
Data de inscrição : 10/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 1:22 pm

Já devia ter postado cha
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.meadiciona.com/wtfthais
Catarina Kretli
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1673
Idade : 20
Localização : Casimiro De Abreu - RJ
Data de inscrição : 07/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 1:26 pm

Posta (:
Amo suas fic's *O*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafa.eela
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 776
Data de inscrição : 09/03/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 3:20 pm

posta sim, Darling Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
beccakls
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2370
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 12/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 6:25 pm

eu quero, eu quero ;3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Miilena
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 303
Idade : 23
Localização : Rio Grande Do Sul
Data de inscrição : 03/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 6:51 pm

Thai Valverde escreveu:
Já devia ter postado cha

isso ai yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/#!/Milenaknop
Janaína C.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4297
Idade : 22
Data de inscrição : 26/11/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 7:20 pm

demorou já cha
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/hysteriaofradio
Darling-J
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1161
Idade : 22
Data de inscrição : 31/05/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 7:47 pm

ok, ok. eu já estou postando Laughing obrigada a todas. vou para de enrolar.


Como eu havia prometido no dia anterior, adentrei o famoso estúdio da “Dirrty” muito antes do horário combinado. Cumprimentei algumas pessoas que passaram por mim com um breve sorriso enquanto tentava não derramar café na minha roupa. Caminhei lentamente até o local onde ocorreria a sessão de fotos para a próxima edição da revista. A “Dirrty” era uma revista voltada para o público feminino, claro que não exclusivamente, onde mostravam as últimas tendências da moda, seja em roupas ou em trajes íntimos. E eu, fui convidada a posar para a exibição de novos modelos de lingerie das grifes mais famosas como Victoria’s Secret.
Fui acompanhada por uma simpática e vislumbrada assistente até onde eu poderia me trocar. O camarim era relativamente pequeno, mas confortável. Um pequeno sofá de couro preto e um grande espelho eram os itens que mais se destacavam. Deixei minha bolsa sobre o sofá e meu café sobre uma mesinha simples ao lado deste.
- Valentina, meu amor – gritou um escandaloso Johnny, um dos mais cobiçados fotógrafos do mundo da moda e “meu chefe” por algumas horas, ao entrar no recinto. Deu-me dois beijinhos no rosto. – Vou ser direto, porque ainda tenho que arrumar algumas coisas pro cenário das fotos. Você vai compartilhar a capa com um modelo amador – abri minha boca para contestar, mas fui interrompida. – Foi um pedido de última hora do poderoso chefão, my darling. E quero que você vista a lingerie rosa primeiro, por favor – pedi. Sorri ainda incrédula e apenas concordei num breve aceno com a cabeça. – Seja uma diva, diva – e saiu rebolando do camarim, dando-me privacidade.

Ajeitei o roupão preto sobre meu corpo e saí do camarim, seguindo em direção ao estúdio. Antes de ver o cenário tão falado por Johnny, duas de suas assistentes fizeram uma maquiagem simples e com um toque angelical. Depois de pronta, finalmente, fui em direção a Johnny que conversava com um rapaz alto, com tranças negras no cabelo e também vestia um roupão preto como eu. Acenei para o fotógrafo dizendo que poderíamos começar. No mesmo momento, o tal rapaz virou o rosto em minha direção, mostrando cada traço perfeito, os olhos castanhos, o nariz aristocrático e a boca cheia e rosada. Arregalei meus olhos brevemente ao perceber a incrível semelhança com meu futuro cunhado. Não me lembrava dele ter dito que tinha um irmão, pelo menos, não quando eu estava presente.
Quando Johnny nos mostrou o cenário e explicou como seria a sessão, senti um frio no estômago. Toda a minha confiança foi para o ralo. Respirava fundo várias e várias vezes. Até parecia que eu era a amadora ali, não ele.
- Certo crianças. Vamos começar com as cenas mais leves – ele me puxou delicadamente pelo braço e me colocou posicionada diante de uma pseudo-janela e pediu que eu afrouxasse o cordão que segurava o roupão. Pus todo o meu cabelo de lado para dar um charme quando senti duas mãos masculinas e fortes sobre meu corpo, uma tomando minha cintura e a sobre deslizando sobre meu ombro, expondo meu ombro e, conseqüente, uma parte do sutiã. – Perfeito! Fiquem assim! – gritou ele e logo um flash reluziu o cenário.
As fotos foram se tornando mais sensuais e exigia de ambas as partes profissionalismo e intimidade; este último nós não tínhamos e o clima constrangedor era percebido. Eu dava algumas dicas para Tom e ele acatava, fazendo muito melhor do que qualquer modelo profissional.
- Ajoelhem-se na cama um de frente para o outro. Tom, você vai abraçá-la e fingir que vai abrir o fecho do sutiã. Valentina, você vai fazer o mesmo com a boxer dele – Johnny instruiu e nós nos posicionamos dando risadas tímidas. Ele me abraçou como se eu fosse uma boneca de vidro e habilmente, segurou meu cabelo com certa força, fazendo-o cair em uma cascata, e puxou minha cabeça para trás enquanto punha sua outra mão sobre o fecho do sutiã. Automaticamente, deslizei minhas unhas por suas costas, sentindo seus músculos se contraírem e encontrei o cós da boxer, descendo alguns centímetros. Para completar, Tom aproximou demasiadamente nossos rostos e quase encostou nossas bocas. – Perfeito! Por favor, não se mexam – vários flashes seguidos aconteceram entre as comemorações eufóricas de Johnny.

Fazia algumas horas que a sessão havia terminado e eu, Johnny e Tom estávamos escolhendo as melhores fotos para a revista. Entre comentários sérios e engraçadinhos por parte de Johnny, quinze fotos foram selecionadas e seriam enviadas para o editor até no final do dia. Como já estávamos devidamente arrumados com as nossas roupas, eu e Tom fomos dispensados. Segui calmamente até a saída do estúdio, mas parei ao ouvir a voz grossa e masculina dele:
- Ei Valentina! – parei onde estava e olhei para trás. – Aceita uma carona? – perguntou com os olhos brilhando em esperança. Como ele sabia que...? Ah, Johnny, você me pagaria. Acenei com a cabeça e Tom ofereceu seu braço para eu poder enganchar o meu e irmos juntos até o estacionamento do prédio.
O Audi cinza parecia se destacar dos demais carros. Tom sorriu orgulhoso e destravou o alarme, abrindo a porta para mim. Agradeci e adentrei ao lado do carona, me impressionando com tamanho luxo. Ele fechou a porta e deu uma corridinha e tomou seu lugar, ligando rapidamente o motor.
- Eu não sabia que você era cunhada do Bill – comentou enquanto tirava o carro da vaga e dirigia-se até a saída. Cocei minha nuca num ato de nervosismo.
- E eu não sabia que ele tinha um irmão gêmeo – retruquei. – Quer dizer, ele deve ter falado em algum momento, mas eu sou meio alheia para estas coisas.
- Sua irmã fala muito de você. Ela tem muito orgulho de você, V – disse e eu sorri tímida. Por dentro, eu maquinava o que a minha irmã falava tanto para ele. Espero que não sejam as minhas intimidades. – Então, onde você está hospedada?
- No Hilton – respondi. Tom acenou em compreensão e virou numa rua à esquerda, fazendo uma curva suave. Em questão de minutos, ele parou o carro à frente do hotel. O manobrista abriu a porta para mim e me ajudou a descer. Disse um “obrigada” e abri minha bolsa atrás da minha carteira para dar-lhe uma gorjeta, mas Tom fora mais rápido, depositando uma nota de vinte euros na mão dele. Levantei uma sobrancelha não entendendo o que se passava.
- Eu também estou hospedado aqui – falou e colocou a mão na base das minhas costas, guiando-me educadamente até o saguão. As pessoas nos olhavam curiosas e cochichavam entre si. O pobre recepcionista deu um fraco sorriso e deu-nos as chaves de nossos quartos.
- Por isso que você me ofereceu carona – conclui enquanto esperávamos o elevador chegar ao térreo. A boca dele rasgou num sorriso enigmático e sussurrou:
- Isso foi apenas um motivo, Valentina – meu corpo tremeu devido à voz sedutora dele ao meu ouvido. As portas do elevador abriram-se no mesmo momento e então logo, eu entrei, apertando o botão do décimo-oitavo andar. Tom segurou sua calça larga e entrou, parando ao meu lado. Percebi que ele não havia apertado nenhum botão no painel.
- Você não vai apertar o botão do seu andar? – indaguei-lhe curiosa.
- Além de estarmos no mesmo hotel, estamos hospedados no mesmo andar – deu de ombros. Ok, estas coincidências estavam me assustando.
Assim que o elevador parou em nosso andar, Tom saiu me puxando pela mão. Tive que me equilibrar sobre os saltos para não ir ao chão ou torcer meus tornozelos. Ele parou em frente a porta do seu quarto. “Hum, 1483”, pensei. Passou o pequeno cartão sobre o leitor e abriu a porta, dando espaço para eu entrar. Hesitei um pouco, porque eu fazia idéia do que ele queria comigo.
- Anda logo, V – empurrou-me quarto adentro pelos ombros.
- Sua delicadeza me fascina, Kaulitz – comentei sarcástica. Ele se limitou a passar a língua sobre o piercing e se aproximar de mim, passando seu braço pela minha cintura e chocando meu corpo contra o dele. Minha bolsa foi ao chão e apoiei minhas mãos sobre seu peito forte. O olhei assustada e totalmente desconcertada.
- Sua beleza me deixa louco – confessou e encostou nossas bocas, num simples roçar. Agarrei seu casaco e entreabri minha boca, deixando sua língua ansiosa encontrar-se com a minha.

“Gonna get rowdy
Gonna get a little unruly
Get it fired up in a hurry
Wanna get dirrty”


Nossas roupas e sapatos estavam espalhados pelo quarto, criando um caminho até a grandiosa cama. Tom havia posto seu corpo sobre o meu, apoiando sobre seus braços, fazendo seus bíceps se contraírem e me beijava furiosamente, mordendo meu lábio alternadamente. Eu me limitava a retribuir da mesma forma e fincava minhas unhas em sua nuca, deslizando-as pelas suas costas. Um gemido rouco escapou da boca dele, deixando-me arrepiada. Os beijos se desviaram para o meu pescoço, e Tom deixou todo o seu peso sobre mim. Suas mãos fortes percorreram toda a lateral do meu corpo, parando para acariciar minha cintura e continuar até senti-lo apertar minhas coxas, afastando-as sem calma e posicionando-se entre elas. Automaticamente, entrelacei minhas pernas em volta de seu quadril. Agora, fora a minha vez de gemer.
Tom deslizou sua língua atrevida para meu colo, que subia e descia descontrolavelmente, e beijou a parte dos meus seios que não era coberta pelo sutiã. Ele passou uma mão por minhas costas, indo de encontro onde, supostamente, era para estar o fecho. Esbravejou baixo quando não o achou e eu dei uma risadinha, abrindo-o pelo fecho frontal, tudo sob o olhar minucioso dele.
- Muito melhor – disse e me ajudou a tirá-lo, atirando para o chão. Fitou-me maliciosamente e continuou o caminho que começara a traçar sobre meu colo até meus seios, decidindo por qual passar a língua primeiro. Escolheu o esquerdo, beijando meu mamilo enrijecido e depois, passando a língua sobre ele em movimentos circulares, por fim, abocanhou-o enquanto apertava e acariciava o outro. Cerrei meus olhos e inclinei minha cabeça para trás, sentindo uma enorme onda de prazer percorrer meu corpo, eriçando todos os meus pelos. Segurei suas tranças como um estímulo, e Tom passou a dar a mesma atenção para o outro seio. Meu Deus, ele sabia onde e como dar prazer a uma mulher.
Sua boca agora estava em minha barriga, por onde dava rápidos beijos. Minha respiração era completamente falha e meus gemidos saíam mais desinibidos, mas eu tentava inutilmente reprimi-los e descontava apertando o lençol entre meus dedos. Tom levantou o olhar e deu um sorriso pervertido, beijando-me o ventre e abaixando lentamente as laterais da minha calcinha, passando por minhas pernas e dando a ela o mesmo destino das outras peças. Abriu mais minhas pernas e deu pequenas mordidas na parte interna, bem próximo da minha intimidade. Era muita provocação. Então, ele começou a estimular meu clitóris lentamente com o polegar.
- Tom... – gemi alto e arqueei minhas costas. Foi outro estímulo para ele. Senti-o intensificar os movimentos e deslizar seu indicador com facilidade devido à lubrificação natural até minha entrada, penetrando-me. Ofeguei fortemente. Seu dedo médio fez companhia ao seu indicador, movimentando compassadamente dentro de mim. Agarrei-lhe novamente as tranças com força e segui o vaivém com meu quadril.
O corpo dele ficou sobre o meu mais uma vez e Tom interrompeu a masturbação, tendo um gemido de reprovação de minha parte. Abri meus olhos a fim de questioná-lo e antes que eu pudesse pensar em abrir minha boca, a mesma foi coberta por lábios curiosos e famintos. Coloquei minhas mãos sobre as costas suadas e percorri toda a extensão com as pontas dos dedos, passando-os entre o cós da boxer e tentando abaixá-la de qualquer forma. O inconseqüente movimento pélvico que ele fazia não me ajudava. Grunhi de raiva e o empurrei pelos ombros, fazendo deitar sobre a cama e sentando propositalmente sobre sua ereção visível.
- Sua vez, Tomzinho – sussurrei de modo sujo em seu ouvido e suguei o lóbulo demoradamente, recebendo um ofegar mais alto dele. Sorri satisfeita e beijei-lhe toda a região do pescoço, às vezes mordendo-o com vontade. Queria deixar minha marca. Desci minha boca para seu peito e fiz pequenos círculos em cada um de seus mamilos e continuar até seu abdômen absurdamente trabalhado. Deixei minha língua se divertir entre os músculos definidos e minhas mãos redesenhavam suas entradas da bacia. Tom segurou meus cabelos de maneira rude e me fez subir novamente, rolando-nos sobre a cama e tomando a posição dominante. – Me faça sua de uma vez, Kaulitz – ordenei visivelmente desesperada para senti-lo dentro de mim. Tom levantou-se e eu me apoiei sobre meus cotovelos, perguntando o que ele iria fazer. O vi pegando sua calça e procurando algo em sua carteira. – O que você tanto procura? – perguntei quando ele voltou para a cama com algo na mão. Estendeu-me um dos três pacotes de camisinha e colocou os outros sobre o criado-mudo.
- Faça o que quiser comigo, V – falou com a boca próxima a minha. Mordi seu lábio inferior e o prendi entre os dentes com força. Novamente, eu virei dominante e não perdi tempo. Apenas deslizei minha boca desde seu peito até o cós da boxer, onde eu puxei de seu corpo com pressa, revelando seu pênis ereto, grande e grosso. Lambi meu lábio com uma expressão devassa e não resisti em passar minha língua por toda a sua extensão, sentindo o gosto de pré-gozo ao chegar à glande. Tom gemeu roucamente e levantou seu braço para segurar meu cabelo e guiar meus movimentos, mas eu o impedi. Abocanhei-o pouco a pouco e comecei a sugá-lo enquanto o masturbava com a mão. Não prolonguei muito, não queria que terminasse tão rápido. Peguei o pacote de camisinha e rasguei, colocando-a corretamente sobre o membro dele e dei um beijinho por pura provocação. Pus cada perna ao lado de seu corpo e guiei seu pênis até a minha entrada, sentindo-o como fosse me rasgar por dentro. Nós dois gememos alto. Acomodei-me sobre seu quadril e iniciei um lento vaivém, apoiando minhas mãos sobre suas coxas. – Gostosa – Tom segurou meu quadril firmemente e me pôs sob ele, estocando cada vez mais rápido, quase não retirando seu membro de dentro de mim.
O vaivém era frenético e vez em quando, nós beijávamos brevemente, o que era um toque de lábios, já que o oxigênio era algo perto de rarefeito. Minhas unhas machucavam a pele dos ombros másculos e arranhavam sem piedade toda a pele ao meu alcance. Nossos corpos grudavam devido ao suor expelido. Os gemidos já eram confundidos com gritos. Tom enterrou seu rosto no vão do meu pescoço e passou a se movimentar calmamente, retardando a chegada do orgasmo. Apertei sua bunda com vontade e o obriguei a voltar ao ritmo acelerado, dando um gemido desesperado e reprovador.
- Mais rápido, Tom – implorei. Ele afastou seu rosto para me fitar e uma risada sacana ecoou pelo quarto. Tom tirou todo seu membro e estocou com força, fazendo-me gritar em surpresa. Repetiu seguidas vezes antes de voltar à velocidade que eu queria. – Kaulitz, Kaulitz, Kaulitz – segurei suas tranças e apertei mais minhas pernas em seu quadril, anunciando meu orgasmo próximo. Minha vagina se contraía involuntariamente sobre o pênis dele e, numa forte e última estocada, gozamos juntos, extravasando num grito erótico. Tom desabou sobre meu corpo, respirando ruidosamente, ainda dentro de mim. Tentei empurrá-lo pelos ombros por ter dificuldades em respirar e ele entendeu, nos separando, e deitando ao meu lado só para levantar e ir até ao banheiro, livrar-se da camisinha.
Eu ainda curtia meu orgasmo, meu corpo estava mole, mas pleno e um sorriso bobo cravou-se em meus lábios. Uma movimentação na cama aconteceu e senti sendo abraçada por um braço forte. Aconcheguei-me sobre o peito suado e entrelacei nossas mãos, num ato impensado. Sorri abertamente e um lençol fino nos cobriu até o quadril.
- Promete sempre me dar noites como esta, V? – Tom me perguntou agora com a respiração mais calma.
- Promete que nunca vai embora pela manhã? – retruquei a pergunta.
- Prometo – disse e deu-me um beijo no topo da cabeça.
- Então, eu também prometo – dei um beijo em sua jugular e deixei o sono me vencer de uma vez por todas.


that's all. =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meere
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 528
Idade : 22
Data de inscrição : 31/03/2010

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 8:01 pm

eu li antes de todas HAHAHAHAH perfeita como sempre, big sis. quando eu crescer vou escrever como você s2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Janaína C.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4297
Idade : 22
Data de inscrição : 26/11/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 8:06 pm

O pouco de inocência que me restava (e que muitos insistem em dizer que não existe) fora-se embora com essa sua one, begs e me liga no 1483 :*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/hysteriaofradio
Tiane Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1663
Idade : 24
Localização : Taubaté-SP
Data de inscrição : 06/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 8:15 pm

Uau!!! Tô sem palavras!
Mais uma vez você me surpreendeu Darling!
Já disse que tu escreve muitíssimo bem?
Já sou sua fã! Parabéns por mais uma one perfeita!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Catarina Kretli
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1673
Idade : 20
Localização : Casimiro De Abreu - RJ
Data de inscrição : 07/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 8:33 pm

OOOO LOCO MEU Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil
Que isso hien, estou suando frio já KKKKKK'
Muito bom, perfeito (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thaís V.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3324
Idade : 20
Data de inscrição : 10/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Dom Nov 14, 2010 10:58 pm

Quando eu digo que você é má cha

Como posso dizer... essa one ficou totalmente 'hot' e boa. Muito boa por sinal. Como sempre, né Darling?
Anw, eu adorei o final. De uma certa forma, ficou fofo.
Continue postando ones assim, menina. Você leva jeito Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.meadiciona.com/wtfthais
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Seg Nov 15, 2010 11:26 am

UOOOOOOOOU nossa, adorei você tem jeito com as palavras, escreve muito bem flor *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafa.eela
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 776
Data de inscrição : 09/03/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Seg Nov 15, 2010 1:15 pm

Thai Valverde escreveu:

Anw, eu adorei o final. De uma certa forma, ficou fofo.
achei a mesma coisa. Cool o senso de delicadeza do Kaulitz também me fascina Wink e eu não vou escrever que você escreve bem e blahblablah, porque você já sabe isso perfeitamente mais do que ninguém. portanto, continue nos presentiando com essas suas maravilhas e parabéns, mesmo, ficou linda&hot a one. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
gabriela.kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 95
Idade : 22
Localização : Porto Alegre/RS
Data de inscrição : 16/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Seg Nov 15, 2010 1:21 pm

gente eu qro saber:uq é NC?
Voltar ao Topo Ir em baixo
kiinha kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2401
Idade : 22
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 30/05/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Qua Nov 17, 2010 10:52 am

Citação :
O pouco de inocência que me restava (e que muitos insistem em dizer que não existe) fora-se embora com essa sua one, begs e me liga no 1483 :*

Digo o mesmo -q

Caraca, que HOT... céus (66~
perdi o folego.. muuuuuuuuuuuuuito boa,ótima. sem palavras.
parabéns e escreva mais.. hehe aplausos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Qua Nov 17, 2010 10:34 pm

Rafa.eela escreveu:
Thai Valverde escreveu:

Anw, eu adorei o final. De uma certa forma, ficou fofo.
achei a mesma coisa. Cool o senso de delicadeza do Kaulitz também me fascina Wink e eu não vou escrever que você escreve bem e blahblablah, porque você já sabe isso perfeitamente mais do que ninguém. portanto, continue nos presentiando com essas suas maravilhas e parabéns, mesmo, ficou linda&hot a one. Very Happy
+1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ka
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1352
Idade : 22
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Qua Nov 17, 2010 10:45 pm

WOOOOOOOOW!
MENINAA O QUE FOI ESSA ONE?
Nossa, eu to morrendo de calor aqui, isso que tá bem frio lá fora.
Hot hot hot *abana*
Adoreeei!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/InYourCage
AnaCarolina_ff
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 591
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/10/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Ter Dez 07, 2010 11:22 pm

Rafa.eela escreveu:
Thai Valverde escreveu:

Anw, eu adorei o final. De uma certa forma, ficou fofo.
achei a mesma coisa. Cool o senso de delicadeza do Kaulitz também me fascina Wink e eu não vou escrever que você escreve bem e blahblablah, porque você já sabe isso perfeitamente mais do que ninguém. portanto, continue nos presentiando com essas suas maravilhas e parabéns, mesmo, ficou linda&hot a one. Very Happy

Perdi o fôlego com essa hein. Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://re-ssurgir.blogspot.com.br/
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Seg Jan 17, 2011 10:18 pm

Eu imaginei a Christina Aguilera como protagonista dessa one, mas ok. Adorei mesmo Darling, você leva muito jeito. Não me canso de ler as coisas que você escreve (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dirrty [NC-17]   Hoje à(s) 2:24 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dirrty [NC-17]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: