Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Pode guardar um segredo?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
CherryBomb
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 437
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 31/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 1:24 pm

Amores, eu sei que vocês estão ansiosas para o próximo capitulo, então eu vou postar um logo logo, antes de quinta feira! Talvez eu poste ele mais tarde... a noite para ser exata!
Eu estou passando por coisas na minha vida que não estão me fazendo bem...
Estou meia sem animo e sem criatividade para escrever mais capitulos, mas como tenho consideração por vocês, eu posto mais tarde ok.

BjOo=** lindonas! ^^,
Voltar ao Topo Ir em baixo
AnaCarolina_ff
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 591
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/10/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 2:12 pm

Ah flor, fica assim não! Se quiser desabafar, conversar, qualquer coisa me chama por mp tá Wink
A gente entende e se precisar de um tempo vai lá, não abandonaremos a fic pode deixar, a Ivy e suas loucuras já nos conquistou, haha
Beijo
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://re-ssurgir.blogspot.com.br/
dudinha98
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 421
Idade : 17
Localização : assis-sp
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 2:41 pm

valeu flor
mal posso espera
doce :*-*:
Voltar ao Topo Ir em baixo
CherryBomb
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 437
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 31/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 6:13 pm

Obrigado Ana... valeu mesmo linda. Qualquer coisa eu mando mp sim pra tu *-*
Mas agora vou posta o capitulo pra vocês!
Espero que gostem!

___________________________________________________________________________________________________________

Meu preferido é você!

Deixo Bill ir na frente e espero o próximo elevador. Quando chego no estacionamento do prédio, ele já se encontra dentro do carro. Eu entro e saímos daqui.

No caminho eu dou umas olhadinhas rápidas de lado pra ele, por que parece que ele fica me olhando também. De qualquer forma, detesto quando isso acontece!

Estamos os dois quietos, até que sua voz quebra o silencio.

-Running throught the monsoon... – começa a cantar e a bater no volante com o polegar. O olho com um olhar de “Ei?”, mas ele não vê e continua cantando a música, então, canto junto com ele. Quando ouve a minha voz, sorri e canta rindo.

-Bill... – o interrompo cantar.

-Ahn? – diz atentamente olhando o sinal. – Você...?

-Você...? – o interrompo falando junto com ele. – Desculpa, pode falar.

-Não, fale você. – insiste.

-Você se preocupa muito com o Tom...

-Até demais!

-Mas você tem medo do que? Que o faça sofrer ou...

-Ou...? – diz rapidamente ansioso – Ou..?

-Deixa pra lá! – olho para o lado virando os olhos. Meu Deus! Como sou burra! – Você tá afim... – tento tocar em outro assunto menos direto ao que quero saber.

-Ahn.. Afim do que? – me olha antes de seguir com o carro no sinal verde.

-Esquece! Deixa pra lá! – passo a mão na testa com vontade de socar minha cabeça em qualquer lugar. Existe alguém mais idiota do que eu? Eu estou com o coração disparado! Oras! Isso já devia ter parado. Já nos conhecemos há um tempo!

Minhas mãos estão suando e eu estou nervosa dos pés a cabeça. Ainda mais por querer fazer tais perguntas e parar no meio do caminho!

Finjo que não tentei perguntar nada e continuo cantando a música baixinho para que não entenda uma palavra. Chegamos no prédio da tal Melissa!

Bill se anuncia para o porteiro e a garagem é aberta para ele estacionar. Entramos e ele desliga o carro, mas não sai. Apóia os braços no volante e respira fundo olhando para frente, enquanto eu abro a porta. Mas páro com ela aberta e o olho novamente, fechando a porta.

-O que foi? Esta passando mal? – pergunto preocupada.

-Por que você começa a falar as coisas e não termina? – vira seu rosto lentamente para me olhar. – Você começa um assunto e pára e depois começa outro e faz a mesma coisa. Por que faz isso?

-Desculpe-me... É que na hora acho melhor não falar!

-Se não quiser perguntar, então não comece! – ele abre a porta e sai, e eu faço o mesmo. Mas fico irritada comigo mesma! Vou para o outro lado onde ele esta encostado no carro e fico bem na sua frente, o olhando bem no fundo dos olhos, muito, muito séria. Ele se espanta e me encara também, sem desviar seus olhos em momento algum.

-O que se passa pela sua cabeça?

-Você não faz idéia... – digo séria, mas por dentro cheia de malicias.

-Me conte alguma dessas coisas... Eu te acho uma mulher cheia de segredos... – insinua calmo.

-E eu te acho um cego! – entrego-me.

-Por que sou cego?

-Deixa.

-Viu! – irrita-se – Sua... Sua... Maluca! – ele se desencosta do carro e ameaça sair, mas eu seguro em seus braços fazendo-o permanecer onde está.

-Você quer saber de algumas coisas? Quer saber?

-Diga!

-O meu preferido é você! – entrego-me e congelo aflita pela sua reação. Se eu não revelasse hora nenhuma eu iria enlouquecer! Já que ele não dava o primeiro passo, eu tinha que dar! Será que ninguém percebe como eu fico quando estou perto dele? Ninguém nunca viu minhas mãos tremerem, eu falar mais besteiras que o normal?

-Sou... Eu? – me olha assustado, mas fecha a cara. – Você está com o Tom e vem me dizer isso? Mas que cara de pau! Quem você quer? Eu ou o Tom? Você está com ele e fica me dizendo essas coisas? Está maluca? Como ele vai ficar se souber disso? – exclama apavorado. Então, para faze-lo se calar, rapidamente aproximo minha boca da dele dando-lhe um beijo que nos prende por uns instantes, e seguro seu rosto com força.

-Ei! – reage depois de ter ficado paralisado – Você não pode fazer isso!

-O Tom não precisa ficar sabendo, ninguém precisa ficar sabendo! – imponho.

-Eu vou ficar mal se meu irmão não souber que a garota que ele está ficando está fazendo besteiras pelas costas dele!

-Ele não sai do meu pé!

-Você dá corda!

-Ele não quer nada sério, assim como eu!

-Você é igual a ele! São dois sem sentimentos!

-Eu tenho sentimentos! – retruco.

-Você não gosta de ninguém! – aumenta o tom de voz e quando vê que fico diferente, ele amolece. Encosto-me no carro ao seu lado. – O que foi? Você gosta... De alguém?

-Não.. Alias.. Não sei! Sei lá! Eu sempre te achei uma gracinha, e claro seu irmão também é, mas eu preferia você, por que você é doce, gentil, calmo, transparente e sempre foi legal comigo!

-Você gosta de...

-De você? – o olho e ele balança a cabeça – Não. Eu te admiro muito, mas não sinto amor. – penso bem – Eu não tenho nenhum sentimento do tipo por você... E nem pelo seu irmão! – explico.

-É apenas uma fã..

-Sim. – sorrio tentando despista-lo do segredo que revelei. Não deveria ter falado isso!

Ele sai de perto de mim e sobe as escadas, então vou atrás dele, nos encontrarmos com a garota.

-Conseguiu ficar com o Tom e agora me quer? – espera o elevador.

-Quem disse que eu te quero? – irrito-me – Oras! Eu não disse nada!

-Você magoa os sentimentos dos outros! Não gosta de ninguém!

-Por que esta me dizendo isso? – pergunto abismada – O que posso fazer se ainda não encontrei um homem de verdade que me conquistasse?

-Ás vezes as coisas estão na sua cara e você não vê!

-O que está na minha cara? Meu Deus? – o elevador se abre e entramos. Entro de baços cruzados sem entender nada. Ele me dá um beijo de repente e fico de olhos arregalados.

-Nunca mais me beije! – ele diz passando a mão na boca. – Nunca mais! – e fica encostado no outro canto. Eu o olho de queixo caído. Eu gostei disso, mas me deixou ainda mais confusa.

-Você que me beijou agora!

-Não quero que o Tom saiba!

-Será que dá pra esquecer o Tom por um instante? – hesito – E por que me beijou agora? – o olho desconfiada com a mão no queixo. – Por que me beijou? – o elevador chega e saímos. – Diga!

-Eu sei que sou lerdo e no fim fico sem ninguém! E quem é cega aqui é você! Não sou eu! – toca a campainha do apartamento.

________________________________________________________________________________________________________
HoHo... Será que o Bill que esconde alguma coisa?
Comentem xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fash

Fã


Número de Mensagens : 228
Idade : 21
Data de inscrição : 12/07/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 6:41 pm

aiin Billll ....... eu sinceranmente nao sei oque escrever o Bill gosta da Ivy eeeeee

Cherry arruma alguem pro Tom coitado ^^

Bill tao fofo
Voltar ao Topo Ir em baixo
dudinha98
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 421
Idade : 17
Localização : assis-sp
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 10:10 pm

hummmm tomara que o billfique com ela
to rezando
continua cherry amei o cap
é o bill deve esconder algo
tomara

continua to adorando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 10:37 pm

Fash escreveu:
Aiin Billll ....... eu sinceramente não sei o que escrever o Bill gosta da Ivy eeeeee

Cherry arruma alguém para o Tom coitado ^^

Bill tão fofo
+1
Ri muito dos dois =)
Eu também odeio que comecem a falar depois param taninguémperguntou
Voltar ao Topo Ir em baixo
shelda kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 105
Idade : 19
Localização : porto velho - RO
Data de inscrição : 03/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sex Jan 21, 2011 11:07 pm

[leitora nova]

ain posta logo o próximo capitulo!
ta muito legal! eu to louca pra que ela fale que gosta dela!
Voltar ao Topo Ir em baixo
AnaCarolina_ff
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 591
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/10/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sab Jan 22, 2011 12:01 am

Que isso Cherry, pode contar sempre que precisar Wink

AAAAAAAAAH! Ele gosta dela, ele gosta dela! yaya
Eles se beijaram! OMG! Você não sabe o quanto eu esperei por isso.
Quero só ver o que vai acontecer daqui pra frente... a Ivy já é toda despirocada das ideias e o Bill ainda quer fazer joguinho... dá não hein.
Prossegue Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://re-ssurgir.blogspot.com.br/
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Sab Jan 22, 2011 12:09 am

Nossa, revelador esse capítulo heim Cherry!
Será mesmo que o Bill gosta dela ?
Espero que sim !
Só coitadinho do Tom, ai fico sem saber o que dizer !
Ivy, conta logo que é apaixonada por ele, *-*
Continue please, cada dia está melhor Cherry!
Bjs linda!
Voltar ao Topo Ir em baixo
CherryBomb
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 437
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 31/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Seg Jan 24, 2011 4:54 pm

Seja bem vinda Shelda e espero que esteja gostando.
Bem demorei pra postar, mas está ai um capitulo novinho... amanhã eu posto outro!
Divirtam-se!

___________________________________________________________________________________________
Pego no flagra!

A garota abre a porta com uma menina no colo e fingimos que não aconteceu nada.

-Que linda! – exclama Bill estendendo os braços para pegar a menina no colo. – Essa é minha amiga Ivy!

-Oi! – entro em seguida a cumprimentando.

-Que bom te conhecer. O Bill fala sempre de você! Meu nome é Melissa!

-Ah, fala é...? – o olho de lado e ele da um sorrisinho amarelo.

-Sente-se. – convida Melissa.

Conversamos um pouco sobre meu trabalho e o dela. Ela trabalha como secretária em um estúdio de fotos aqui em Miami. Ela parece ser legal, mas toda vez que aparece na minha cabeça a idéia de ser amiga dela, vêem na minha cabeça ela e Bill se beijando!
Ela sai e vai para o quarto e eu também saiu, indo para a cozinha, deixando Bill com a garotinha.

Meu Deus! Como sou tão idiota! Como tive a coragem de vir ate a casa da garota que tá ficando com Bill. Que vontade de socar minha cabeça! E ela ainda está sendo tão simpática comigo! Que ódio!

Melissa de repente aparece na cozinha e finjo beber água.

-Você é o Bill são muito amigos, não é?

-É... Já faz um tempo que trabalho com ele!

-Ele fala muito bem de você! Sempre quis conhecer você! – senta-se na cadeira.

-Que bom! – digo sem graça. – Aquela garota é sua filha?

-Não! Ela é minha irmã mais nova. – desvia o olhar. – Meus pais morreram e ela não tinha ninguém!

-Sinto muito! – fico sem reação.

-Deixa pra lá. – levanta-se. – Fique a vontade. Eu vou tomar um banho e já volto!

-Tudo bem! – sorrio e vou para a sala. – Faça o que tem que fazer, que eu vou brincar com ela. – digo do corredor. Chego na sala e pego Bill falando.

-Ahan. Eu tinha uma casa da barbie quando era criança. Sempre deixava tudo organizado. Odiava quando meu irmão mexia nela. – eu ouço ele revelar e paro em choque total. Eu realmente ouvi isso? Ele levanta a cabeça com a boneca na mão e me olha assustado.

-Ivy! – exclama soltando a boneca.

-O que... – sento-me no sofá – O que você disse ai?

-Umas bobeirinhas... – diz baixinho como se estivesse enganando a garotinha.

-Você tinha uma casa da barbie? – insisto, mas ele me olha irritado. – Você disse que tinha!

-Eu estava falando com ela! Não com você!

-Eu não acredito...- digo perplexa colocando a mão na boca. – Não dá pra imaginar!

-Eu era criança! E você fica de pé ouvindo a conversa dos outros!

-Eu cheguei aqui e te peguei falando isso... Eu não tenho culpa se acabei escutando a sua confissão. – digo irônica, mas voltando a ficar chocada. – Meu Deus! – apoio meus cotovelos nas pernas apoiando a cabeça nas mãos. – Você é...

Melissa aparece na sala e senta-se conosco. Combina com Bill qual será o próximo encontro deles.

O celular do Bill toca e depois que atende e fala com a pessoa, diz que tem que ir embora. Como estou sem carro e vim com ele, ele será obrigado a me levar de volta pro hotel. Digo que vou embora com ele e ele faz uma cara desanimadora. Eu apenas sorrio me divertindo com isso e vamos embora.

Esperando o elevador, ele me olha cauteloso e eu finjo que não percebo. Fico irritada com isso. Por que ele faz essas coisas? Por que me olha e não faz nada? Por que deixou o Tom vim até mim e ele não fez nada? Muito tonto! Grrr!

O elevador chega e descemos calados o tempo todo. Entramos no seu carro e vamos embora. Ele me parece aflito, algo parece incomoda-lo, mas eu não digo nada. Se ele quisesse que eu soubesse, diria por conta própria,

Chegamos no hotel e ele sobe comigo até o meu andar. Antes de entrar no quarto eu sinto a necessidade de tocar no assunto sobre a casinha de bonecas. Eu não posso dormir hoje sem esclarecer isso!

-Você tinha uma casinha de boneca mesmo? – olho para ele esperando respostas.

-Vai insistir nisso? Eu tinha, mas eu era criança! Que saco!

-Por isso você disse que eu que era cega! – arregalo os olhos – Era isso que eu não via!

-Pare com isso! – protesta ele.

-Tudo bem. – engulo seco.

Meu Deus! Eu acho que ele é...

-Olha, desculpa por alguma coisa. – muda de assunto. O vejo olhar para os lados e em seguida para o chão.

-Tudo bem... Esquece tudo que aconteceu! – viro-me e abro a porta.

-Espera... – segura a porta com a mão. – Não conte nada ao Tom sobre aquilo... Você sabe. – desvia o olhar.

-Tudo bem. Pode deixar! – de queixo caído, o vejo saindo e ir para o seu quarto. Fecho a porta e me jogo na cama.

__________________________________________________________________________________________________
A topeira da Ivy relacionou o fato do Bill dizer que ela era cega com a casinha de boneca do Bill!
Comentem xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
dudinha98
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 421
Idade : 17
Localização : assis-sp
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Seg Jan 24, 2011 8:36 pm

uoou não esperava essa
ri muito com isso
que horror da para imagina o Bill com uma boneca
kkkkkkkkk
essa Ivy é muito burra mesmo
afff
continua cherry to amando
já disse que adoro essa fic??
se sim não tem problema falo de novo
ADOROOOOOOOOO ESSA FIC
love
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Seg Jan 24, 2011 9:14 pm

hehehe, ai Ivy, acho que você está precisando trocar as lentes por óculos, hehehe
e agora, o que vai ser, ela achando que o Bill é e ele falando do outro assunto,
ri muito aqui.
Cherry, Parabéns amiga, (gente é o aniversário dela hoje) hehehe, bejos.

P.S: não falei nada!. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
shelda kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 105
Idade : 19
Localização : porto velho - RO
Data de inscrição : 03/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Seg Jan 24, 2011 9:33 pm

cara eu to amando essa fic! ta muito top!
ôôÔ sem comentaraios sobre ela ter ligado o fato da cegues dela
com o bill ter uma casinha de boneca. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
AnaCarolina_ff
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 591
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/10/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 3:53 am

Ivy é muito topeira mesmo, ARVOREARVOREARVORE yaya
Ele gosta dela! Po, ta na cara! Mas ela é toda doida, despirocada fica com aquelas neuroses e não vê isso.
Depois quer reclamar do Bill coitado lixa
Quero mais Cherry. e parabéns atrasado, hehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://re-ssurgir.blogspot.com.br/
CherryBomb
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 437
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 31/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 12:31 pm

Obrigada gatonas. Valeu mesmo. xD
Bem, espero que gostem...

__________________________________________________________________________________________________________

Eu acho que ele é...

Dia seguinte...

Não dormi nada essa noite. Deitei e fiquei rolando de um lado para o outro. Hoje os garotos têm entrevistas e mais tarde um show. E eu nem estou preparada para acompanhar eles. Às vezes eu queria voltar a ter minha vida de antes, sabe... Tem vezes que me dá vontade de sair fazendo besteiras por ai sem que ninguém saiba, ou se importe. Também dá vontade de sumir, de desaparecer. Mas isso começou a ser mais forte agora. Eu confesso que não dormi nada ontem à noite, por que as cenas do beijo passavam na minha cabeça o tempo todo. Eu ficava deitada na cama, olhando pro número do celular dele, doidinha para ligar... Mesmo que eu não falasse uma palavra. Eu queria ouvir a voz dele. Eu me pegava rindo igual uma idiota. Lembrava da cara dele quando eu disse sobre a casinha de boneca... Lembrei dele cantando no carro. O que mais me irrita é que fico toda abobada perto dele e no final acabo como uma doida varrida. Eu tenho que ser mais mulher perto dele! Tenho que conversar como gente grande, sem fazer caras do tipo “Ai! Tô gamadinha em você!” Ou “Que lindo!” Eu já prometi pra mim mesma um milhão de vezes, que agiria normalmente, que não ficaria nervosa perto dele. Mas foi tudo em vão. Parece que cada vez mais, meu coração acelera mais rápido e mais rápido, parece que vou cair no chão de tanto bambear. Para eles eu estou me comportando norma, como a Ivy Kruspe de vinte e um anos e responsável, mas eu não me sinto assim por dentro. Eu me traio todos os dias quando digo que não vou pensar nele, quando digo que não vou mais perder noites de sono pensando no que acontece todo o dia. Eu me ferrei dessa vez... O que está acontecendo comigo? Eu nunca fiquei assim por cara nenhum. Mas acho que ele é...

Agora estou entrando no estúdio de TV ao lado de Natalie e mais três seguranças. Sentamos-nos em algumas cadeiras e logo os garotos aparecem para entrar no ar. Bill e eu estamos meio sem graças. Apenas nos olhamos e desviamos os olhares.

Os garotos conversam com algumas pessoas e Natalie presta atenção, mas eu fico pensando em tudo. Estou meio mal... Eu não sei do que eles estão falando, estou completamente desligada de tudo, apenas pensando.

-Ivy, o que foi? – pergunta Natalie baixinho.

-Eu estou com dor de cabeça. – minto.

-Quer remédio?

-Não, não precisa... Já tomei. Daqui a pouco passa!

Mas a verdade não é essa... Tudo esta passando na minha cabeça como um trailer de filme. Tudo se encaixa... Por que ele nunca me ligou? Ele tem meu celular! Por que não se interessou pela Melissa? Por que gostava de bonecas e não de carrinhos? Por que sempre viu que eu estava interessada e nunca fez nada? Ele sabe que eu e Tom não passaremos disso. Mas o Bill não quer! Já tive muitos homens querendo sair comigo, tantos me elogiando, mas ele sempre me ignora em certas horas.

-Natalie, eu não estou com dor de cabeça...

-Não? Então por que mentiu?

Eu não posso dizer a ela, meu Deus! Como vou dizer a ela que gosto de Bill se eles não se desgrudam? E se ela for a fim dele também? Oh Droga! Por que não pensei antes? Fui pensar agora! E ela esta vendo que estou triste, agora saberá que a tristeza não é por causa da dor de cabeça.

-O que foi Ivy?

-Mas eu estou com um pouquinho de cólica...

-Tenho remédio aqui!

-Você anda prevenida, não? – a vejo procurando pelo remédio na sua bolsa.

-Tenho que estar! – estende a mão dando-me e o pego.

-Posso te contar uma coisa? – arrisco. Eu preciso dividir isso com alguém. – Mas escute, eu não sei se é verdade. É só uma coisinha assim... – gesticulo – que eu acho...

-Fale, Ivy..

-Eu acho que ele é...

-Ele quem? É o que?

-O Bill... Eu acho que ele é... – ela me olha espantada já entendo o que quero dizer. – Entendeu?

-Nossa... – leva sua mão a boca. – Mas por que você acha isso?

-Eu descobri um outro segredo dele.

-Meu Deus! Diga logo. – anima-se.

-Ontem nós fomos na casa da ficante dele, ou sei lá o que... A mulher tem uma irmãzinha e ele ficou lá brincando com ela de boneca. E eu peguei sem querer, ele dizendo que quando criança tinha uma casinha da barbie, e odiava quando alguém mexia nela.

-O que? – espanta-se – Jura?

-Eu também fiquei igual você está agora!

-Não acredito nisso! Ele já me beijou!

-Quantas vezes? – pergunto num impulso.

-Duas? – arregalo os olhos assustada. Pelo que eu saiba foi apenas uma. Ele deu um beijo nela aquele dia numa festa! E que dia foi esse outro beijo? Meu Deus!

-Sim, um naquele dia da festa e o outro no dia seguinte, quando você não foi trabalhar. Ele me deu um beijo e disse que foi de desculpas.

-Jura? – finjo animação. – Eu não pude ir por que fiquei com gripe forte!

-Eu sei... Eu não entendi o por que, mas ele me pegou desprevenida.

-Nossa, que legal! – sorrio forçado – E vocês... Ainda.. Sabe?

-Não! Depois daquele dia não rolou mais nada. – sorri – Achei melhor também. Ele é muito novinho pra mim. Não combinamos! Mas Ivy, se ele fosse gay ele não teria feito isso!

-Natalie, ele pode ter feito aquilo também por que queria fingir. Sei lá... Ele pode também ter te beijado, por que eu ri dele naquele dia, por causa da historia da boneca. Lembra? – olho pra ele. – Ele deve ter percebido que eu achei esquisito e que eu estava pensando que ele era gay...

-Pode ser! – bufa – Nossa, que fofoca!

-Mas olha, não conte pra ninguém! – desabafo virando o rosto para onde eles estão.

-Fique tranqüila. Mas a partir de agora vou começar a prestar mais atenção...

-Eu tô falando... Eu acho que ele é... Mas não vou afirmar nada... Afinal ele gostava de bonecas quando era mais novo...

-É, mas não custa nada nós ficarmos atentas.

-Mas o Tom é totalmente ao contrário. – penso no Tom e o olho conversar com os meninos – Que garoto esperto! – olho para Natalie que ri lendo meus pensamentos.

__________________________________________________________________________________________________________
Como eu sou uma pessoa muito boa, eu vou postar outro capitulo pra vocês mais tarde!
Comentem xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
dudinha98
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 421
Idade : 17
Localização : assis-sp
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 2:20 pm

valeu Cherry
o Bill é meio estranho
essa Ivy é fofoqueira mesmo em
Voltar ao Topo Ir em baixo
AnaCarolina_ff
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 591
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/10/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 3:34 pm

Cherry boazinha yaya

Geente, a Ivy é muito doida. Como assim ela acha que o Bill é gay!? Shocked
Mas e agora será que ela desiste dele e vai pra cima do Tom, 'garoto esperto' haha, ou vai insistir no Bill?
Eu ainda acho que o Bill gosta da maluca lixa mas veremos né, tudo pode acontecer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://re-ssurgir.blogspot.com.br/
CherryBomb
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 437
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 31/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 3:59 pm

Se você me chamar de gay de novo...

Depois de um tempo das entrevistas, voltamos para o hotel. Eu e Natalie com os nossos seguranças e os meninos com os deles. Mas tudo um pouco disfarçadamente para que não vissem eu e Natalie. Enquanto eles ficam para trás por causa do desespero das fãs, nós entramos no carro e partimos.

Mais tarde, depois do show, a campainha do meu quarto toca. E pelo olho mágico, vejo Bill com o moicano totalmente caído e pra trás. Eu passo as mãos nos cabelos ajeitando-º. Eu estou com um micro-short e uma blusa qualquer de dormir. Não estou muito legal para recebe-lo. Mas penso um pouco e agora é a hora de ver se ele é mesmo o que estou pensando, ou se algum dia treparei loucamente com ele em qualquer carro! Agora, na altura do campeonato, tanto faz o carro mesmo!

Abro a porta e sorrio. Ele me olha dos pés a cabeça e se assusta.

-Ah.. E-Eu pensei que fosse o quarto da Natalie! – ele se distancia para recuar. – Desculpe te atrapalha! Mas pensei que esse fosse o quarto dela!

-Jura? – finjo timidez – E você ainda me vê vestida desse jeito! – finjo que estou me sentindo mal pelos meus trajes.

-Ah.. E-Eu... – ele me repara todinha novamente – Foi sem querer.

-Ah.. Foi sem querer? – lembro-me que sendo mulher, tenho que mandar na situação – E agora? Se o Tom souber que você me viu assim...?

-Ele não vai saber, tá? – aproxima-se cochichando.

-Mas eu posso contar. – sorrio descaradamente.

-Você não seria tão estúpida! – aproxima-se mais.

-Vem cá! – o puxo pela mão trazendo-o para dentro do quarto e fecho a porta.

-O que você quer? – assusta-se.

-Bill, eu acho que você... Sabe... Você...

-Eu o que? – sua sobrancelha se levanta.

-Você corta para os dois lados ou é totalmente...?

-O que? – exclama – Você ta achando que eu...?

-Não! – recuo – Você que disse!

-Quem tá parecendo gay aqui é você e a Natalie!

-O que? – exclamo perplexa.

-Vocês ficam andando de mãos dadas às vezes... Ficam se falando tão perto, que parece até que vão se beijar... – insinua me olhando de lado.

-Eu não ando de mãos dadas com ela! Oras! Foi só algumas vezes quando estava falando com ela e ela não estava me escutando, daí a puxei pela mão! Você que parece gay! Você fica ai brincando de boneca e não age com mulher nenhuma!

-Sobre a casinha de boneca, era coisa de criança. Já passou! E sobre agir com mulheres, eu não vou perder meu tempo chegando em mulher que não vale a pena!

-Também, quem vai querer um idiota igual você?! – irrito-me falando baixo – Nós preferimos homens de verdade... E você pelo que eu sei, não é homem! – insisto.

-Mas tem gente que fica me reparando... – me olha de lado.

-O que? Isso por acaso foi pra mim?

-Não sei, ué...

-Se foi pra mim, você esta muito enganado! E também, se você está querendo alguma coisa com aquela Melissa, que eu sei que não por que você é esquisitão, ela não está afim!

-Não fale coisas que não sabe...

-Eu falo o que tenho certeza! E você acha que eu nunca vi você me olhando? Você me olha o tempo todo!

-Que eu te olho o que? Você que me olha! – ele vai até a porta e abre.

-Você é gay! – digo desanimada comigo mesma passando a mão na testa. – Eu não acredito que descobri que tô... Por um gay...

-Você tá o que?

-Aconteceu uma coisa que eu não esperava... Não acredito! – o encaro. – Eu descobri que tô... Mas você é gay!

-Se você me chamar de gay de novo... – ameaça. Dou-lhe as costas.

-Você é mesmo gay... Quem é seu namorado ou ficante, ou sei lá? – pergunto desapontada. Ele se enfurece e me pega pela cintura virando-me junto nossos corpos. Eu posso sentir o cheiro bom do seu cabelo e o hálito de bala vindo em mim.

-Eu vou fazer uma coisa que não quero! – diz olhando para minha boca.

-O que você quer? – desanimo completamente – Eu imaginei tudo, menos nisso...

-Idiota! – ele vem pra me beijar, mas ouvimos uma voz vindo do corredor. Ele imediatamente me solta. – É o Tom!

-Ele não pode te ver aqui!

-É, e você ainda está semi nua!

-Não estou semi nua! Posso andar do jeito que quiser no meu quarto! Anda, se esconda em algum lugar! – aproximo-me da porta e a fecho lentamente, sem fazer barulho! Bill foi se esconder no banheiro. A campainha toca e realmente é o Tom! – Que saco! – bufo e abro só um pouco a porta olhando-o pelo canto.

-Oii, minha linda! – diz sorridente – O que você está escondendo ai? – estranha por que ainda não o deixei entrar.

-É por que você me pegou desprevenida... Deixe me colocar uma roupa melhor...

-Não precisa! – ele empurra a porta e eu me afasto. Ele entra me olhando e fecha a porta. – Você está muito... – vem pra me beijar.

-Ah, Tom, pára! – digo sem graça. Nos beijamos até que corto o clima. – Tom, eu quero dormir. Tô muito cansada!

-Tudo bem. Eu fico aqui com você!

-Não! Olha, eu vou colocar uma roupa melhor e te encontro lá fora! Vai lá no quarto da Natalie ver como ela está...

-Por que? Ela tá passando mal?

-Sim! – minto – Eu acho que ela está sim... – o vejo abrindo a porta e saindo com cara de desentendido. Fico da porta olhando ele ir. Fecho a porta e digo ao Bill que pode sair. Ele sai do banheiro com uma grande cara de sério me encarando.

-Você não deixou o Tom te ver assim, e você tá com ele, mas deixou eu ver...

-Eu... – fico constrangida por ouvir isso, mas rapidamente busco uma resposta para me tirar dessa. – Você é gay... Não tem problemas!

-Olha, eu vou te mostrar quem é gay! – vai para a porta e sai. Vou atrás dele e o ouço reclamar. – Vou pedir a Natalie em namoro!

-O que?

-É isso mesmo! Você vai ver quem é gay aqui!

-Mas ela não vai aceitar! Nós temos um caso! – mais uma mentira. – Bill, volte aqui! – o vejo ir e entro correndo no quarto para colocar uma roupa descente e ir atrás dele para impedir isso.

__________________________________________________________________________________________________________________
HoHo... será que o Bill vai mesmo pedir a Natalie em namoro?

No Próximo Capítulo:


"Natalie abre a porta e ouço o Bill começando a falar.
-Mas então, eu queria te pedir em..."

"-Ivy, não fique dizendo essas coisas pra ele não... Meu irmão não é gay, merda! – estressa-se Tom, que sai também."

"-Ah, meu Deus! Acho que fiz besteira! E agora? – viro-me para Natalie buscando respostas.
-Deixa que eu falo com o Bill... – ela sai e vai atrás dele."


Até quinta-feira amorecas. Comentem ^^,
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gaby Cris
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 828
Idade : 20
Localização : Recife-PE
Data de inscrição : 20/02/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 6:36 pm

Que confusão dos diabos. Por que o Tom foi chegar justo na hora em que o Bill ia mostrar à Ivy que era era gay ?? Shocked
Caramba, Ivy sua besta, quantas oportunidades ela teve de se declarar, e ele também né?! Por que tá na cara que o Bill também tá louco por ela, só não quer assumir.

Cassildaa!!! Que história é essa de pedir Natalie em namoro O.o
Tenso de mais. Fiquei louca com essa cap agora, revoltada com a idiotisse desse dois, rsrsrs

Cherry não demora muito pra postar visse?? Eu tô loca pra que o Bill e a Ivy fiquem logo juntos. Isso é: Será que eles vão ficar juntos mesmo?? A essa altura tô quase duvidando disso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
dudinha98
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 421
Idade : 17
Localização : assis-sp
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 9:24 pm

nofaaaaaaaaa
o bagulho tá ficando feio
eo TOMgo sempre atrapalhando
que saco
dessa vez a Ivy foi bem burra
e o Bill é louco por ela e não faz nada para demonstra
outro burro
continua Cherry to muito ansiosa
adogoooo
doce
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 9:48 pm

Nossa, quanta coisa,
Bill podia mostrar para a Ivy de maneira melhor que ele não é gay né, e não indo pedir a Nathalie em namoro.
Quero só ver no que vai dar essa confusão...
Continua Cherry please...
Voltar ao Topo Ir em baixo
shelda kaulitz

Fã


Número de Mensagens : 105
Idade : 19
Localização : porto velho - RO
Data de inscrição : 03/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 10:19 pm

tá emocionante! hohohohoh! :*-*:
Voltar ao Topo Ir em baixo
AnaCarolina_ff
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 591
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/10/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Ter Jan 25, 2011 10:55 pm

Ah caralh*, f*deu de vez!

Mas o Tom também estragou a situação, os dois tavam ali o Bill pronto pra tacar um beijão na Ivy e ele aparece ¬¬ Só matando!
Agora se o Bill pedir a Natalie em namoro já era, mas eu acho que não acontece... assim espero. A Ivy tinha que ter falado com mais jeitinho, perguntando aos poucos sabe, mas a criatura desmiolada já foi entregando tudo, tava pedindo pra fazer merda Rolling Eyes
Continuo com a minha suspeita de que ele gosta dela lixa sou insistente

Enfim, quero mais Cherry yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://re-ssurgir.blogspot.com.br/
CherryBomb
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 437
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 31/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Qui Jan 27, 2011 2:24 pm

Só vou explicar pra quem não entendeu:
O Bill falou que ia pedir a Natalie em namoro, por que não tinha opção! Ele não sente nada pela Natalie...
Espero que tenham entendido!
Mais um capitulo! Espero que gostem ^^,

_______________________________________________________________________________________________________
Meu Deus! Estou apaixonada!

Corro para o quarto da Natalie e toco a campainha. Bato na porta loucamente.

Tomara que ele não tenha pedido ainda! Tomara que ela não aceite! Eu sei que ela não vai aceitar! Meu Deus! Tomara! Tomara! Estou tão nervosa! Apavorada!

Natalie abre a porta e ouço Bill começar a falar.

-Mas então, eu queria te pedir... – quando me vê, trava.

-Ivy! – sorri surpresa.

-Desculpa, Natalie. – entro.

-O que aconteceu, Ivy?

-Desculpa interromper vocês... É que eu... – penso rápido. – Eu e Tom discutimos e estava procurando por ele. – olho para Bill e leio em seus lábios me chamando de mentirosa.

-Tom acabou de sair daqui. Foi pro quarto do Georg. E brigaram por que? – Bill pergunta irônico.

-Deixa pra lá... Mas e ai? Sobre o que estavam conversando? – sento-me na cama.

-Sobre o show de hoje. – Natalie fecha a porta. Eu cheguei na hora certa! Ainda bem que ela não prestou atenção no que ele estava falando! Ufa!

Natalie senta-se perto de mim e coloco minha cabeça no ombro dela, e ela passa a mão na minha cabeça.

-Você esta mal, não é?

-Sim. – finjo e olho para Bill que nos olha esquisito. Acho que ele está começando a pensar que temos realmente um caso. – Você é tão legal comigo... – a encaro e passo a mão no seu rosto e ela sorri sem desconfiar de nada.

-Eu hein... – ouço a voz do Bill baixinho.

-Natalie vem dormir comigo essa noite? Eu estou tão mal...

-Claro! Assim você desabafa comigo. – ela se levanta. – Espera ai que eu vou pegar uma roupa.

-Eu vou pro meu quarto também! – Bill se levanta. – Como eu nunca percebi. Vocês são mesmo... – vai até a porta e abre. E eu apenas rio.

-Eu te disse... E já pediu ela em namoro?

-Não... E eu também não pretendia namorar ela, ainda mais agora sabendo que ela é lésbica. – quando quase sai do quarto, pára e vira-se para me olhar. – Por isso que o Tom cismou com você! Ele já devia saber que você era lésbica!

-Isso mesmo! Mas olha, nós gostamos dos dois... Não somos totalmente lésbicas...

-Sai fora!

-E eu prefiro o seu irmão! Ele sim é homem!

-Depois me perguntam por que não tenho namorada. – ignora meu comentário. – É por isso. Ou elas são galinhas, ou são bissexuais, ou malucas! Prefiro ficar sozinho! – ele sai.

Depois Natalie aparece vamos para o meu quarto.

Acordamos na manhã seguinte e vamos para o restaurante do hotel. Encontramos com os meninos.

Vejo Bill nos olhando e pego na mão de Natalie a puxando. Ele faz um acara engraçada, realmente acreditando que tenhamos um caso. Ponto pra mim! Agora ele vai tirar de vez essa idéia maluca de querer pedir a Natalie em namoro!

Sentamos em uma mesa ao lado de onde eles estão. Eles não param de tagarelar.

-Eu adoro Miami! – vira o copo na boca. – É um luxo essa cidade!

-Concordo! Eu preciso comprar roupas!

-Mais roupas, Ivy?

-Ué. Qual o problema? Miami tem as melhores lojas! – como um bolinho.

-Olhem aquela ali! Aquela ali! – ouço a voz de Georg vindo do meu lado. Estou sentada de lado para eles.

-Nossa! Que gostosa! – ouço a voz do Tom e o olho. Ele fica sem graça e vira a cara.

-Tudo bem, não precisa ficar sem graça. – digo a ele. – Não temos nada! – sorrio friamente. Espera ai! Ele fica no meu pé, fica dando em cima de mim, me enchendo a porcaria do saco e faz isso?! Esse garoto não vale nada mesmo! Nunca vai deixar de ser galinha!

-Ela é gata! – continua Georg.

Os meninos olham a mulher que está procurando algo no salão. Só o Bill não fica com os olhos presos à ela, mas só olha a cada comentário que ouve.

-Gente, ela não é tão bonita assim, do jeito que vocês estão falando ai! – digo baixo tomando meu suco de maracujá – E aquela blusa é horrível! – direciono meus olhos para eles.

-Ela é prefeita! Você tá maluca? – exclama Georg e Gustav ri.

-Ela é bonita sim, Ivy. – Natalie me diz baixinho.

-Eu não acho! O cabelo dela tem um corte feio, e olhem a cor!

-E eu lá quero saber de cabelo! – diz Tom puto, talvez pelo que eu falei na mesa. Não tive a intenção de ter dado um fora nele, mas acho que acabei fazendo com que entendesse dessa maneira. – O corpo dela é perfeito!

-Ela é malhada, cara! – acrescenta Gustav. – Bonita ela.

-Ela não é malhada, é gorda!

-Você está com inveja. – ouço uma voz baixo exclamando, mas reconheci a voz. Bill Kaulitz acaba de me dizer uma coisa que eu não gostei nadinha!

-O que você disse?

-Você tá-com-inveja!

-Por que eu estaria com inveja dela? Do corte de cabelo? Da cor do cabelo? E pra mim ela é gorda!

-Por que toda mulher tem inveja uma da outra? Vocês só sabem criticar!

-Nós somos observadoras! Não criticamos, nem julgamos! Só descrevemos o que vemos!

-Eu nunca ouvi nenhuma mulher dizer que a outra é bonita... – diz Georg.

-Nem eu. – Gustav concorda.

-Eu também não. – diz Tom também.

-Uma quer competir com a outra! Se uma tem isso, a outra quer! Se uma está bonita, a outra que estar mais! – continua Bill. – Ainda bem que eu não nasci mulher. Senão eu ia querer me matar!

-Eu acho que você nasceu sim, hein! – insinuo e todos o olham.

-Não vem com essa historia de que eu sou gay não! Já estou cansado disso! – se levanta e retira um maço de cigarros. – Você é idiota! – ele sai nos deixando.

-Ivy, não fique dizendo essas coisas pra ele não... Meu irmão não é gay! Porra! – estressa-se Tom, que sai também.

-Ah, meu Deus! Acho que fiz besteira! E agora? – viro-me para Natalie buscando respostas.

-Deixa que eu falo com o Bill... – ela sai e vai atrás dele.

Depois de um tempo esperando os irmãos e a Natalie voltarem e ninguém voltar, Georg e Gustav saem e vão andar pelo hotel, e eu vou também, só que sozinha.

Ando pelo calçadão sob a luz do sol forte... Estou tentando não pensar em nada, mas não tem como, os pensamentos invadem minha cabeça euforicamente e eu ouço cada palavra que falei e que me falaram.

Meu Deus! Eu estou pensando tanto nele, mas tanto, que está me chateando já! Isso nunca aconteceu comigo, nunca pensei tanto em alguém como agora. Eu pensei que fosse parar de sentir minhas pernas bambearem, minhas mãos suarem depois que tivemos aquela discussão, mas só piorou. Eu só trabalhava com ele e era uma fã com desejos como qualquer outra. Mesmo eu sendo importante, e trabalhando pra eles agora, eu era como uma pessoa normal, encantada por essa banda. Quando eu o conheci, eu não pensava nele 24 horas por dia, apenas imaginava as coisas com ele. O resto do dia eu não ficava pirada... Exceto quando eu não ia trabalhar e eu deixava as músicas do cd no repeat, exceto quando eu fiquei com o pijama do Bill o dia inteiro, exceto que... Certo! Ok! Eu era apenas uma fã que tive a chance de conhecer eles pessoalmente e ainda trabalhar com eles. Mas agora é diferente! Eu sinto outra coisa! Ele me conquistou! Eu não pensei que isso fosse acontecer nunca, mas eu estou amando Bill Kaulitz! Meu Deus! Estou apaixonada!

Levanto minha cabeça e o vejo sentado numa espreguiçadeira perto da grande piscina

____________________________________________________________________________________________________________
Comentem xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pode guardar um segredo?   Hoje à(s) 2:56 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pode guardar um segredo?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Pode guardar um segredo?
» Como guardar um baixo em casa?
» O quão próximo pode-se chegar
» Segredo mal guardado
» Aprendendo a tocar contrabaixo acústico: pode ser com um upright???

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: