Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Doce Ódio [One-Shot]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mari.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4948
Idade : 23
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 29/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 12:47 am


Nome: Doce Ódio
Autor: BillaBizarre
Classificação: NC-17 (Tortura, Sexo, Assassinato, Suicídio)
Gênero: Drama
Beta-Reader: -
Nº de capítulos: 1
Terminada ou não: Não

SINOPSE
- Gostou da surpresa, Alina? – ele perguntou, a maldade explícita em sua voz.

- O que houve, Bill? Porque você está fazendo isso comigo? – perguntei. – Por favor, tire-me daqui.

- Te tirar? Por quê? – ele perguntou, cínico. – Eu pensei que você estivesse gostando de sofrer, da mesma forma que você me fez sofrer.

-----

Posto?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daiane Taís Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1321
Idade : 21
Localização : Concórdia/SC
Data de inscrição : 09/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 12:49 am

Posta logo! Tô anciosa pra ler desde a primeira vez que você comentou sobre ela
*o*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/IchBinTraeumer
MissApple
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2127
Idade : 23
Localização : Manaus, AM
Data de inscrição : 22/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 12:51 am

Que tenso ._.
But bring it on, vamo ver como que o Bill vai castigar ela (H)'
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/Miss_Apple1993
Thaís V.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3324
Idade : 20
Data de inscrição : 10/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 1:05 am

oh shit, amei essa sinopse. posta logo yaya
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.meadiciona.com/wtfthais
Catchusca
Admin
Admin


Número de Mensagens : 2820
Idade : 27
Localização : Gothic city
Data de inscrição : 04/06/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 1:57 am

Lá vai o Bill morrer minha gente kkkkkkkkkkkk

_______________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
isa)
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1269
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 10:56 am

oh shit, suicídio ?? ;O adoro fics tensas, haha >.<

posta posta
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/isabelaviana
Ka
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1352
Idade : 22
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 10:10 pm

To doida pra ler, então posta logo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/InYourCage
Fabyola
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1276
Idade : 24
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 16/10/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 10:33 pm

Louquinha pra lêr,,,anciosisima....

Posta logo to morrendo ja....


Última edição por BillaBizarre em Sab Jan 15, 2011 11:31 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Gírias.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dafaby.blogspot.com/
Mari.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4948
Idade : 23
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 29/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 11:27 pm

Nossa, quantos comentários, obrigada! Very Happy
Bom, é a primeira vez que escrevo algo nestes gêneros; Se ficou ruim, me perdoem.
_______________________________________________________

CAPÍTULO ÚNICO


Abri meus olhos, porém, era o mesmo que mantê-los fechados.

A escuridão dominava aquele ambiente frio e úmido. Era estranho, eu não conseguia me lembrar de nada antes de apagar da forma como apaguei. Tentei ajeitar meu corpo sobre aquela dura superfície, porém, eu estava me segurava pelos pulsos, enquanto uma aguda dor percorreu meu abdômen. Senti algo quente e molhado escorrer por meus braços, e senti cheiro de sangue.

Que diabos estavam fazendo comigo, afinal? Ou melhor, quem estava fazendo aquilo comigo? Que lugar era aquele?

Tentei me manter em absoluto silêncio, mas nada ouvi. Tentei me ajeitar novamente, e apesar da dor em meu ventre e em meus pulsos, consegui fazer com que meu corpo fosse um pouco para cima. Ouvi barulhos de corrente, e isso me assustou.

Então, uma forte e inesperada luz cegou-me. Apertei os olhos, virando um pouco o rosto para o lado, e quando me acostumei um pouco com a mesma, olhei contra ela. Havia alguém ali; Uma pessoa de alta estatura e corpo fino observava-me. Era-me uma forma familiar, porém, eu não conseguia lembrar-me quem era. Forcei os olhos, e quando a mesma andou até mim, não tive dúvidas.

- Bill? – sussurrei.

- Gostou da surpresa, Alina? – ele perguntou, a maldade explícita em sua voz.

- O que houve, Bill? Porque você está fazendo isso comigo? – perguntei. – Por favor, tire-me daqui.

- Te tirar? Por quê? – ele perguntou, cínico. – Eu pensei que você estivesse gostando de sofrer, da mesma forma que você me fez sofrer.

Olhei-o, confusa. Eu não entendera muito bem do que ele estava falando – e se entendera, não tive certeza se estava certa. Porém, ele explicou na mesma hora.

- Acho que você ainda se lembra quando me traiu com o Georg, não lembra? – ele se agachou ao meu lado, e só então me dei conta de que eu estava no chão. – Eu te amava, Alina. Mas você brincou com meus sentimentos.

- Bill, eu... – comecei, porém, ele deu-me um forte tapa no rosto.

- Calada, eu não terminei. – sua voz saiu quase um sussurro. – Você não soube aproveitar a chance que teve comigo. Eu era capaz de fazer qualquer coisa por você. E o que você fez? Simplesmente me tratou como um lixo. Eu não demonstrava o quanto eu estava mal, não queria me passar por fraco. Mas todas as noites, eu chorava na minha cama, com raiva de mim mesmo por ter sido tão idiota em me entregar para uma vadia como você.

Senti um aperto no peito. De fato, eu havia errado com ele, e era a coisa que eu mais me arrependia na vida. Tudo o que ele estava jogando na minha cara agora era verdade. Porém, não era um motivo para ele me torturar dessa forma.

- Agora – ele começou, segurando forte meu pescoço, fazendo-me olhar para ele. – Eu vou fazer você sofrer o dobro do que eu sofri. E de uma forma bem diferente.

Sentia que estava prestes a sufocar, quando ele largou bruscamente meu pescoço. Senti que suas unhas haviam deixado alguns vergões ali, e isso me Fez soltar um gemido de dor.

- Bill, por favor. – supliquei, os olhos marejando. – Pare com isso.

- Parar? Porque? – ele perguntou, de costas para mim, enquanto mexia em alguma coisa que eu não podia ver. – Eu não pedi em momento algum para você parar.

Eu não sabia dizer o que estava doendo mais: meus supostos ferimentos ou as palavras que ele dizia.

- Cadê o Georg? – perguntei, depois de alguns minutos em silêncio. – O que você fez com ele?

Bill nada disse, apenas me olhou. Pude sentir a fúria em seu olhar, e então ele veio até mim. Colocou uma perna de cada lado de meu corpo estendido no chão, e antes que eu esperasse, sua mão atingiu meu rosto novamente.

- Mesmo prestes a morrer, você não se esquece do seu amado, não é? – sua mão atingiu meu rosto novamente, porém agora, do outro lado. – Realmente, eu não sabia a boa bisca que você é.

- Me responde, seu cretino! – gritei, e consegui dar um chute em sua perna.

Bill abaixou-se e, em um movimento rápido, enfiou algo pontudo e afiado em minha perna, o que me fez soltar um grito agoniado de dor. Pude presenciar um sorriso satisfeito no rosto de Bill, e ele aproximou seu rosto do meu. Segurou em meu queixo e olhou no fundo de meus olhos, o que fez uma chama se acender em meu corpo.

- Ele já teve o que merecia. – respondeu-me, empurrando meu rosto para trás.

- O que você fez com ele? – perguntei, agoniada.

- Não importa. De qualquer forma, você não vai vê-lo novamente.

Uma lágrima escorreu por meu rosto. Ele não poderia ter matado Georg. Eu sabia que Bill não seria capaz disso, pelo menos não contra Georg. Ele me fitava com satisfação, e limpou a lágrima que escorreu por meu rosto.

- Tsc, tsc... Você aqui chorando por ele... Ele mal deve lembrar que você existe.

Isso queria dizer que ele estava vivo? Eu não queria perguntar novamente e receber a resposta direta.

- Porque você não acaba comigo logo? Vamos! Mate-me, Bill! Eu sei que é o que você mais quer agora!

- Está com pressa, Alina? – ele perguntou, pegando um estilete. – Pois eu não. E ainda quero fazer algo antes de você partir.

Com o estilete em mãos, ele rasgou o resto de blusa que sobrava em meu corpo, deixando-me nua da cintura para cima. Então, juntou seus lábios com os meus.

Seus beijos eram ardentes, urgentes e um tanto agressivos. Sentia sua língua explorando minha boca por completo, enquanto suas unhas arranhavam meu corpo brutamente. Seus lábios desceram para meu pescoço, chegando aos seios, o que me fazia emitir gemidos prazerosos, acompanhados com uma nota de dor.

Ele beijava, lambia e mordia fortemente meu corpo; Era uma sensação boa, e estaria mentindo se dissesse que não estava gostando. Senti suas mãos chegarem até minha calça, e então, ele abriu o zíper da mesma, tirando-a com rapidez. O objeto cravado em minha perna saiu juntamente com a calça, e tive a impressão que o ferimento havia aumentado. Ouvi um barulho metálico colidindo com o chão, e pude concluir que o que estava cravado ali era uma faca.

Bill deixou-me completamente nua, abriu minhas pernas e penetrou três dedos em minha entrada. Soltei uma reprovação, e seus lábios atacaram os meus novamente. Ele movimentava sua mão rapidamente, masturbando-me, o que me fazia gemer apesar da dor.

- Eu sei que você gosta disso, sua vadia. – ele sussurrou, mordendo meu pescoço em seguida.

Meu corpo se contorcia, e sentia que os ferimentos em meus pulsos aumentavam. Meus olhos estavam apertados. Não estava mais suportando essa nova tortura.

- Bill, eu preciso... Agora... – sussurrei, ofegante.

Ele retirou seus dedos de mim, e levantou-se. Ouvi um barulho de zíper, e antes que eu pudesse abrir os olhos, senti Bill penetrando-me.

Meus gemidos misturavam-se com os dele, enchendo o ambiente. Ele dava fortes investidas, indo mais fundo em cada uma delas. Suas unhas judiavam de minha cintura, e podia sentir vergões formando-se na mesma. Ele mordia meu pescoço, tentando abafar seus gemidos, enquanto os meus se tornavam mais altos. Bill acelerou seus movimentos, e não demorou muito para chegarmos ao orgasmo juntos.

Ele depositou mais um beijo em meus lábios, e pude sentir certa ternura desta vez. Ele levantou-se, arrumou a calça e virou-se de costas para mim novamente. Voltou com algo escuro e brilhante em suas mãos, e pude identificar um revólver. Ele agachou-se ao meu lado novamente e envolveu meu rosto, carinhosamente, em sua mão livre.

- Pode ter certeza. – ele sussurrou em meu ouvido. – Fazer isso está doendo mais em mim do que em você própria.

Ele deu uma leve mordida em meu lóbulo e olhou em meus olhos. Um leve sorriso se formou em meus lábios.

- E você pode ter certeza que eu irei morrer feliz. – disse, quase num sussurro.

- E posso saber o por quê? – ele perguntara, uma nota de dúvida em sua voz.

- Por saber que você ainda me ama, e por ter sido sua uma última vez. – respondi. – Mesmo com tudo o que eu fiz para você, saiba que eu nunca deixei de te amar.

Pude ver lágrimas formando-se em seus olhos, e então ele se levantou. Fechei meus olhos, com o sorriso ainda estampado em meus lábios, pronta para o que me aguardava.


[BILL]

As últimas palavras de Alina quase me fizeram desistir de tudo o que estava prestes a fazer. Vê-la daquela forma estava doendo muito em mim, isso era verdade. Mas, já que eu havia chegado até aqui, eu iria prosseguir.

Ajeitei o revólver, e mirei diretamente em seu coração. Observei seu peito mover-se pela última vez, e então, puxei o gatilho. Fechei os olhos com o barulho do tiro, e as lágrimas escorreram por meu rosto. Abri novamente os olhos, e observei enquanto o sangue escorria do ferimento de seu peito. O sorriso em seu rosto permanecera, e fui até o corpo, agora já sem vida.

Tirei seus braços da corrente que os prendia, e pude ver o estrago que as mesmas haviam feito em seu pulso. Deitei carinhosamente seu corpo no chão frio e arrumei seus braços sobre o mesmo. Depositei um beijo em seus lábios gélidos, e ajeitei o revólver novamente.

- Me espere, anjo. – sussurrei, olhando para o rosto pálido, acariciando-o levemente. – Eu estou indo para te encontrar do outro lado.

Mirei o revólver em minha cabeça e puxei o gatilho. Então, a escuridão me engoliu.

------------------------------

É, o final foi difícil escrever Ç.Ç
Bom, espero que vocês tenham gostado Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ka
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1352
Idade : 22
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 11:40 pm

Meu Deus, Billa...
Não sei o que dizer, mesmo.
Você escreve tão bem que parecia que eu tava lá também /Káhnasdorgas
Deu uma coisinha aqui quando o Bill matou ela e se matou em seguida .-.
Enfim, ficou ótima sua one, adorei, mesmo que o Bill tenho morrido de volta HAUSHASUH
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/InYourCage
Fabyola
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1276
Idade : 24
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 16/10/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 11:47 pm

Cara to sem palavras, só sei dizer que to chorando..aqui...

aplausos parabens...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://dafaby.blogspot.com/
Thaís V.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3324
Idade : 20
Data de inscrição : 10/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 11:48 pm

Estou meio que sem palavras. O que Bill fizera com ela pela última vez me surpreendeu, assim como ele próprio se matar. Isso mostra o quanto o amor pode ser doentio. A traição não seria uma justificativa para tudo isso. E afinal, o que aconteceu com Georg? Está morto ou vivo?
Sério, parabéns, ficou ótima a one. Muito bem escrita. *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.meadiciona.com/wtfthais
Daiane Taís Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1321
Idade : 21
Localização : Concórdia/SC
Data de inscrição : 09/08/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sab Jan 15, 2011 11:56 pm

Você me fez chorar aqui, Billa!
Eu senti a dor dos dois, tá doendo ainda PQP
Acho que um amor verdadeiro pode ser doentio mesmo,
E nossa, ele amava ela de verdaade '-'
Eu tô sem palavras, nossa *-*
Espero que essa seja a primeira de muitas fic's desse gênero, porque tá perfeita *o*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/IchBinTraeumer
MissApple
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2127
Idade : 23
Localização : Manaus, AM
Data de inscrição : 22/11/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Dom Jan 16, 2011 1:55 am

Shocked
Nossa mana, que tenso...
Não é meu tipo de fic prefererida mas eu gostei do jeito que você escreveu. Deu pra imaginar bem a Alina sofrendo e também deu pra imaginar legal o Bill sentindo o baque depois das palavras dela. Parabéns, continue assim
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/Miss_Apple1993
Catchusca
Admin
Admin


Número de Mensagens : 2820
Idade : 27
Localização : Gothic city
Data de inscrição : 04/06/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Dom Jan 16, 2011 2:33 am

Eu falei que o Bill morria ÇÇ cara o final me arrepiou Billa sérião amiga O_O

_______________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
nubia kaulitz
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 374
Idade : 20
Localização : mg lafa
Data de inscrição : 10/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Dom Jan 16, 2011 3:32 am

Esse é o tipo de fic que mais me atrai e não sei por que, eu também gosto de escreve-las, adorei a sua, apesar do bill morrer no final...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Janaína C.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4297
Idade : 22
Data de inscrição : 26/11/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Dom Jan 16, 2011 8:20 pm

Citação :
- Me espere, anjo. – sussurrei, olhando para o rosto pálido, acariciando-o levemente. – Eu estou indo para te encontrar do outro lado.
Phantomrider é covardia. MUITA COVARDIA. UMA EXTREMA COVARDIA. [AA]
Eu não vou nunca deixar de afirmar que eu sou sua fã Billa, ah *-* E você escreve muito bem, ahn, desde sempre, é. A one ficou linda D: Embora triste. E embora o Bill tenha morrido, ah D: Mas... Ah, Phantomrider é covardia, esse final vai ficar na minha cabeça scheisse ._.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/hysteriaofradio
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Seg Jan 17, 2011 5:34 pm

Sem palavras, eu estou sem palavras mesmo. Juro que por mais que eu já houvesse percebido que o final seria triste, lê- lo foi indescritível. E eu sinceramente ainda quero saber o que aconteceu com o Georg.
Ok, você escreve muito bem, parabéns mesmo Billa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Qui Jan 20, 2011 8:47 pm

Awn, Bill malvado.
Billa amei a one, parabéns (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Danielle K
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3199
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/09/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Qui Jan 20, 2011 9:01 pm

Ui esse Bill selvagem ow aqui em casa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Qui Jan 20, 2011 11:31 pm

Júlia G. escreveu:
Sem palavras, eu estou sem palavras mesmo. Juro que por mais que eu já houvesse percebido que o final seria triste, lê- lo foi indescritível. E eu sinceramente ainda quero saber o que aconteceu com o Georg.
Ok, você escreve muito bem, parabéns mesmo Billa.
+1
Voltar ao Topo Ir em baixo
isa)
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1269
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sex Jan 21, 2011 1:56 pm

que lindo ;O fics assim são as melhores. Bem dramáticas.
muito bom, está escrita muito bem.

Citação :
- Me espere, anjo. – sussurrei, olhando para o rosto pálido, acariciando-o levemente. – Eu estou indo para te encontrar do outro lado.

precisa dizer mais alguma coisa ? acho que não né *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/isabelaviana
Fash

Fã


Número de Mensagens : 228
Idade : 21
Data de inscrição : 12/07/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Sex Jan 21, 2011 8:45 pm

sem palavras

aplausos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Liih Kaulitz
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1438
Idade : 24
Localização : SP
Data de inscrição : 18/01/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Ter Jan 25, 2011 2:04 am

Nossa Billa, que tenso Shocked
Estou sem palavras! Ficou ótima sua one.
Sabe, as minhas preferidas são assim, dramáticas ;D
Parabéns! Você escreve muito bem *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Doce Ódio [One-Shot]   Hoje à(s) 5:02 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Doce Ódio [One-Shot]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Doce Ódio [One-Shot]
» Body Language {18} one-shot
» D.O.M. - Pingo Doce (video)
» Diário de um MACHO! (Comédia One-Shot) POSTADA!
» Doce de Sal

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: