Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 [One Shot] She Will Be Loved

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 6:42 pm

Autora: Hallo Laughing
Número de Capítulos: 3
Terminada: Sim
Classificação: NC- 17







"Ela seria amada. Dentre tantas outras, eu a havia escolhido.
Mas você, caro confidente, com certeza sabe que nós sofremos as consequências ao fazermos escolhas erradas. Comigo não haveria de ser diferente.
"



__________________________


E aí, posto? Laughing


Ps: Como eu ando meio sem tempo, provavelmente a one demore alguns dias para ser postada. :/ Mas claro, não vai ser nenhuma espera absurda HEUEHUE


Última edição por Júlia G. em Dom Fev 13, 2011 6:44 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 6:43 pm

Olha a pergunta dela, é claro que posta né amiga.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Janaína C.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4297
Idade : 22
Data de inscrição : 26/11/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 6:47 pm

PORRA, POSTA ESSA PORCARIA AQUI AGORA, NC17 SUA É O QUE ME FALTAVA PRA ME FAZER APOSENTAR DE VEZ DA CARREIRA DE ESCRITORA, É.
Musiquinha do Maroon 5? *-*
Então, anda Julietz, bateu até um desespero aqui, que medo de mim G.G
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/hysteriaofradio
Darling-J
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1161
Idade : 22
Data de inscrição : 31/05/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 6:54 pm

Janaah. escreveu:
PORRA, POSTA ESSA PORCARIA AQUI AGORA, NC17 SUA É O QUE ME FALTAVA PRA ME FAZER APOSENTAR DE VEZ DA CARREIRA DE ESCRITORA, É.

a Janete disse tudo Laughing
eu vou esperar ansiosamente por esta one-shot.
Voltar ao Topo Ir em baixo
beccakls
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2370
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 12/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 6:55 pm

NC-17? Então claaaaro que posta q
claro que não é só por isso, mas a fic ter sacanagem, já é um fator que contribui AUHEAUIHEUAEH
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 7:03 pm

Posta sim, claro, !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patty Back
Admin
Admin


Número de Mensagens : 4279
Idade : 22
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 24/10/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 7:26 pm

Janaah. escreveu:
PORRA, POSTA ESSA PORCARIA AQUI AGORA, NC17 SUA É O QUE ME FALTAVA PRA ME FAZER APOSENTAR DE VEZ DA CARREIRA DE ESCRITORA, É.
podecrê ._.

ai, posta logo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.flickr.com/photos/trishback
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 13, 2011 9:43 pm

BORA FIA, POSTE! '-'
Eu não sei como você ainda se dá ao trabalho de perguntar. Até porque eu já li o prólogo e olha................... Tá foda viu

BORA, BORA, BORA, senão eu vou atravessar a rua e bater aí pra te matar lentamente plop

Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Seg Fev 14, 2011 6:14 pm

Hallo Lieben! Econtrei um tempinho para vir aqui postar o começo dessa história ^^ Vou intercalar meu tempo disponível entre ela e a KF, ok? Very Happy
Tomara que vocês gostem Very Happy Estou esperando pelos vossos comentários sinceros .qq :3






Mistake

I






Antes de sofrer um digno julgamento pelo pecado cometido, gostaria de poder lhe apresentar ao menos uma ou duas justificativas.
Não o farei porquê quero que sintam pena de mim, pois eu mesmo já o senti o suficiente por todos os que tomam conhecimento da minha história. Sou apenas um pobre ser miseravel, que teve o infortúnio de envolver- se com outro pobre ser miserável.

Aos meus olhos, ela era digna de mim.










Prólogo.



Ela olhava sempre para frente. Seus olhos felinos mantinham- se fixos na estrada completamente vazia, enquanto seus cheios lábios carregavam um sorriso repleto de escárnio.

Apertando o volante com os compridos dedos, seus olhos perturbadoramente verdes encontraram os meus através da janela fechada de seu carro. Sacudindo os gigantescos cabelos castanhos que esparramavam- se pelas suas costas, inclinou- se em seu banco e pisou fundo no acelerador. Enquanto a via ganhando distância à minha frente, pude ver pelo retrovisor de seu carro aquele intrigante sorriso cínico que desafiava- me a alcança- la.

Afundei o pé no acelerador e imediatamente senti os cabelos de minha nuca eriçando- se com o ronco do motor. Meu corpo colou- se sem pudor ao encosto do banco, e não demorou muito para que eu a ultrapassasse. Ajeitando meu retrovisor para obter contato visual, gargalhei quando ela mostrou- me o dedo do meio.

Voltando a prestar atenção na estrada, não pude conter um sorriso. Estava apostando corrida na Autobahn com uma mulher inimaginavelmente gostosa.


Meu carro deu um solavanco violento, e por um instante achei que fosse perder o controle da direção.

Com o coração disparado, empertiguei- me no banco e olhei para trás.

O carro de Julia estava a centímetros da minha traseira. Ela dirigia a mim um sedutor meio sorriso, e levantando uma sobrancelha, fez seu carro chocar- se contra o meu novamente.

Meu corpo projetou- se dolorosamente para frente com o impacto, e eu senti a adrenalina tomar conta de meu estômago. Puta que pariu. Essa louca vai detonar o meu carro.

Tentei tomar distância até conseguir espaço suficiente para parar no acostamento, mas não consegui. Toda vez que eu aumentava a velocidade, ela fazia questão de manter seu carro colado ao meu, chocando- se irritantemente contra mim uma porção de vezes.

Já verdadeiramente estressado, enfiei meu pé no acelerador com vontade, tomando uma distância repentina de Julia. Dessa vez ela não aumentou a velocidade, esperando que eu estacionasse para posicionar- se tranquilamente logo atrás de mim.

Abrindo a porta e descendo do carro, contornei o veículo até chegar ao porta malas. Ajoelhando e apoiando- me com a mão na traseira do carro, constatei frustrado que ela havia quebrado meu farol esquerdo.

- Você dirige como uma garota, Kaulitz. – Ouvi a porta de seu carro abrir e fechar- se logo em seguida. Passos de salto- alto fizeram- se ouvir cada vez mais perto de mim. Ela riu ruidosamente quando eu a encarei, sem achar graça alguma.

- E você vai ter que trabalhar como um homem para conseguir pagar a merda que fez. – Devolvi, realmente puto.

- Nossa, me desculpe. – Ela disse, irônica. - Achei que você soubesse brincar. – Riu, apoiando- se no capô de seu carro. Por um segundo perturbador, pude obter um breve vislumbre de sua calcinha vermelha sob o vestido preto, enquanto ela cruzava as pernas. Eu, que já possuía a resposta para a sua provocação na ponta da língua, agora precisava apenas de um babador.

Sacudindo a cabeça para expulsar qualquer perversão de minha mente, voltei a concentrar- me no meu farol traseiro. Juntando as sobrancelhas, tentei avaliar o preço do estrago.

Julia desceu de seu carro e ajoelhou- se a centímetros de mim, apontando para o meu farol destruído.

- Uh, acho que isso aí vai custar caro.

Você realmente acha?

- Mas o quê, pelo amor de Deus, passava pela sua cabeça enquanto você estava acabando com o meu carro? – Perguntei indignado, tentando ignorar o atraente perfume doce que acariciava minhas narinas.

Dando de ombros, ela sorriu.

- Como eu já disse, achei que você soubesse brincar.

Suspirando e sentando no asfalto quente, olhei para ela. Sua expressão inesperadamente inocente fez com que minha mente desse um pequeno nó, enquanto eu tentava entender qual havia sido a motivação que ela tivera para arrebentar meu carro em meio a uma brincadeira idiota.

Sem saber o que dizer então, voltei a suspirar, e deixei meus olhos vagarem para o vazio à minha frente.

- Não existe outra forma de eu poder lhe pagar? – Disse repentinamente, esboçando um sorriso cheio de malícia.

Levantei meus olhos para ela, meu coração acelerando de súbito.

- E como você acha que poderia me recompensar por isso? – Perguntei ainda irritado, mas começando a ceder às provocações. Ela já havia feito aquilo antes, e sabendo o que iria acontecer, eu não seria ao menos insano perdendo meu tempo resistindo.

Julia inclinou- se, mordendo meu lábio inferior e sorrindo. Seus olhos verdes faiscavam de expectativa, e era impossível não sentir vontade de colocar minhas mãos sobre seu corpo cheio de volúpia.

- Acho que nessas circunstâncias, eu te deixaria... Escolher. – Ela levantou uma sobrancelha, deixando sua língua deslizar por meu piercing. Remexi-me onde estava sentado, fazendo o possível para me segurar diante de todas as depravações que passaram por minha mente. Sabia que ela iria me deixar escolher qualquer coisa que quisesse, como da última vez.

Abri a boca para anunciar a minha vontade, mas fui interrompido por seu enorme dedo indicador sobre meus lábios.

- Mas como eu posso mudar de idéia, dessa vez vai ser diferente. – Ela passou a língua sobre o próprio dedo, e eu novamente me ajeitei no asfalto. Uma linha de fogo descia por minha coluna e tomava conta de todo o meu quadril. Já estava ficando difícil esperar que ela se decidisse.

- Mas eu queria...

- Eu sempre quis transar no meio da estrada. – Ela inclinou- se para sussurrar em meu ouvido. Afastando- se em seguida, encarou- me esperando uma reação da minha parte.

Olhei para Julia completamente embasbacado. Com certeza absoluta, a idéia dela era imensamente melhor do que a que eu possuía em mente. E já era óbvio que ela sabia que eu aceitaria aquilo sem pensar.

Sorrindo descaradamente, fechei os olhos e gemi baixo ao sentir sua delicada mão apertando meu membro já rijo. Ela mordia os lábios e olhava para mim, tão perto que seu hálito quente derramava- se sobre minha face.

Meu pênis pulsava violentamente, queimando de vontade enquanto eu já ofegava apenas ao pensar no que poderia fazer ali.

Agarrando sua cintura com as duas mãos, levantei- a bruscamente e a prensei contra a porta traseira de meu carro, que balançou com o impacto. Julia puxou minha língua para dentro de sua boca com os próprios dentes, enquanto eu tentava soltar- me e ir de encontro ao seu pescoço.

Não me deixando assumir o controle por muito tempo, desvencilhou- se de meus braços com uma agilidade felina. Mostrando- me aquele sorriso que fazia com que eu me sentisse tonto, ela abriu a porta traseira do carro.

Colando meu abdômen aos seus seios, pressionei seu corpo na direção do banco, pedindo silenciosamente para que ela entrasse. Mas sem mover- se um único centímetro, Julia apenas olhou para mim.

- Você primeiro Kaulitz. – Ela sussurrou, encostando a ponta de sua língua em meu queixo. Soltando- se novamente de meus braços, abriu espaço para que eu pudesse entrar.

A autoridade que ela insistia em ter sobre mim não me irritava. Muito pelo contrário. Mesmo durante todos esses meses juntos, continuava sendo algo que me inebriava cada célula do corpo.

Obedecendo como um cachorrinho, entrei no carro. Encostando- me à porta oposta, olhei para ela com expectativa. Apoiando o cotovelo à porta e olhando para mim com desaprovação, Julia exclamou, gesticulando com o indicador:

- Deitado.

Quando fiz o que mandava, ela sorriu consideravelmente satisfeita com o volume em evidência sob minhas calças.

Segurando em meus tornozelos e ajoelhando- se, ela deixou que suas mãos subissem por minhas pernas enquanto observava- me de maneira animalesca.

Jogando os cabelos para trás, avançou sobre mim em uma atitude completamente dominante, enquanto eu sorria como idiota.

Enrolando os dedos em meus dreads, ela puxou- os para baixo com certa força, fazendo com que meu queixo se levantasse e meu pescoço ficasse em evidência. Mordendo minha jugular ferozmente, deslizou sua mão por meu abdômen ofegante e enfiou- a dentro de minha calça.

Fechando os olhos e tentando dividir minha atenção entre seus beijos e seus dedos brincando com meu pênis por dentro da roupa, apertei sua coxa com a maior força que consegui. Ela deixou escapar uma risada divertida, enquanto retirava a mão de dentro de minha calça e dava um forte tapa onde eu a apertava.

Puxando minha mão dolorida para longe de sua perna, olhei- a confuso. Julia separou nossos lábios e sorriu, a malícia transbordando- lhe o olhar.

- Acho que você esqueceu que quem manda hoje sou eu.

Ela estava ofegante, e seus lábios completamente vermelhos. Soltando meus dreads e apoiando- se com as duas mãos em meu peito, ergueu a cabeça para certificar- se de que a estrada estava realmente deserta. Não havia ninguém.

Silenciosamente, ela voltou a acariciar- me, formando uma trilha imaginária de volta à minha calça. Soltando o botão com apenas uma das mãos, sem qualquer sinal de dificuldade, ela rastejou sobre mim até estar com parte do corpo parcialmente para fora do carro.

Olhando para meu pênis ereto sob a roupa com uma depravação que chegava a ser desconcertante até mesmo para mim, ela fez com que seus dedos escorregassem sob minha boxer e a puxassem levemente para baixo.

Fechando os olhos, esperei enlouquecidamente pelo melhor sexo de toda a minha vida.




Última edição por Júlia G. em Seg Fev 14, 2011 6:55 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Seg Fev 14, 2011 6:28 pm

Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patty Back
Admin
Admin


Número de Mensagens : 4279
Idade : 22
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 24/10/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Seg Fev 14, 2011 7:21 pm

Karine Kaulitz escreveu:
Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz
seria legal se ela o deixasse ali, com o dick duro e essas coisas HASUHUDGSAIUGDIASFDQIAFG

awn, nem sei mais como te elogiar .-.
então, prossiga. rs
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.flickr.com/photos/trishback
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Seg Fev 14, 2011 10:21 pm

Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz
seria legal se ela o deixasse ali, com o dick duro e essas coisas HASUHUDGSAIUGDIASFDQIAFG

awn, nem sei mais como te elogiar .-.
então, prossiga. rs

+1 também pensei assim, fico na dúvida qual seria a melhor maneira hehehe, ain quero mais logo please, simplesmente continue escrevendo, por que você escreve muito bem. você nos deixa assim óh *bebum*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Janaína C.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4297
Idade : 22
Data de inscrição : 26/11/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Ter Fev 15, 2011 2:10 pm

Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz
seria legal se ela o deixasse ali, com o dick duro e essas coisas HASUHUDGSAIUGDIASFDQIAFG

awn, nem sei mais como te elogiar .-.
então, prossiga. rs
RI ALTO AISJAOSJAOSJOAJSOA
Nem preciso dizer duas vezes pra continuar. E rápido. Vou deixar meu testamento-rasgação-de-seda pro final, me aguarde.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/hysteriaofradio
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Ter Fev 15, 2011 4:05 pm

Eu não disse que esse prólogo era foda? Cool

Mas como você não quis me adiantar mais NADA, eu vou ser obrigada a esperar, hunf ¬¬
Então continua negs. Rápido rs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Darling-J
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1161
Idade : 22
Data de inscrição : 31/05/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Ter Fev 15, 2011 4:15 pm

Karine Kaulitz escreveu:
Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz

*larga os papéis e vai embora*
eu estou deixando esta vida pacata de lado. vou procurar um emprego novo D:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thaís V.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3324
Idade : 20
Data de inscrição : 10/04/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Qua Fev 16, 2011 9:33 pm

Janaah. escreveu:
Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz
seria legal se ela o deixasse ali, com o dick duro e essas coisas HASUHUDGSAIUGDIASFDQIAFG

awn, nem sei mais como te elogiar .-.
então, prossiga. rs
RI ALTO AISJAOSJAOSJOAJSOA
Nem preciso dizer duas vezes pra continuar. E rápido. Vou deixar meu testamento-rasgação-de-seda pro final, me aguarde.
sem mais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.meadiciona.com/wtfthais
Biaah *
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 991
Idade : 20
Localização : Sampaa
Data de inscrição : 25/03/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Sex Fev 18, 2011 11:01 pm

Adri escreveu:
Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
Nossa, no meio da estrada, adorei cara.
Já quero ler a segunda parte, estou vendo que vai ser interessante Twisted Evil
Prossiga e prossiga sua escritora foda Razz
seria legal se ela o deixasse ali, com o dick duro e essas coisas HASUHUDGSAIUGDIASFDQIAFG

awn, nem sei mais como te elogiar .-.
então, prossiga. rs

+1 também pensei assim, fico na dúvida qual seria a melhor maneira hehehe, ain quero mais logo please, simplesmente continue escrevendo, por que você escreve muito bem. você nos deixa assim óh *bebum*
+1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Júlia G.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 2642
Idade : 20
Localização : Brasília
Data de inscrição : 27/08/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 20, 2011 2:26 pm

Weakness

II






Flashback



Sentado no sofá ao fundo da cozinha, observava todos eles à mesa, gargalhando e comendo afobados os pedaços da pizza enorme que havíamos encomendado.

Eu era o único ali que não sorria. O único que não havia tido a decência de juntar- se a todos os outros. Com as mãos cruzadas sob o peito, mantinha meus olhos sobre Julia.

Com um copo de Coca- Cola nas mãos, ela ria e conversava com os outros como se nem ao menos desse por minha presença ali.

Fazia algum tempo que ela estava agindo de uma maneira completamente esquisita. Sequer olhava para mim, e quando eu protestava, Julia dizia que eu estava sendo absolutamente infantil. Aliás, nos últimos dias, os cinco anos que ela possuía a mais do que eu eram suficientes para serem usados como desculpa para qualquer coisa. Ela não saia mais comigo para os lugares que eu freqüentava por que não queria meter- se com coisas de pirralho.

Esse tipo de atitude, além de irritar, me magoava profundamente. Eu, que antes era o primeiro da lista agora estava me tornando uma segunda opção, perdendo lugar para todos os outros caras da banda. Julia levantava de nossa cama sem sequer dar- me bom dia e logo em seguida passava horas conversando até mesmo com Jost.

Sua gargalhada estridente, que havia tornado- se falsa e irritante, ecoou por toda a cozinha.

Bill, com um pedaço de pizza nas mãos, olhava para mim com cautela, provavelmente já sabendo o que se passava pela minha cabeça.

Revirei os olhos quando o peguei olhando para mim. As órbitas de Bill pousavam inquietas sobre mim e Julia, e ele remexia- se em sua cadeira desconcertado.

Julia levantou- se e foi até a pia, abrindo a torneira e deixando a água jorrar para dentro de seu copo. Bill levantou- se imediatamente, dirigindo- se até ela. Colocando a mão em seu ombro, inclinou- se para dizer algo em seu ouvido.

Sentindo uma ponta de ciúme, vi- a olhar para mim e revirar os olhos. Encarando Bill, Julia suspirou impaciente e largou o copo na pia.

Ela andou até mim e jogou- se de barriga no sofá onde eu estava, encostando seus seios em meu peito. Pegando um de meus dreads entre os dedos indicador e médio, ela brincou com meu cabelo enquanto eu olhava para frente, evitando contato visual.

- O que houve com você Tomi? – Ela perguntou com a voz forçadamente infantilizada. Seu tom de falsidade arranhou meus ouvidos.

Não respondi, limitando- me a olhar para ela e tentar canalizar toda a minha raiva em um único olhar.

- Uh. – Ela fez um biquinho. – Alguém acordou de mau humor hoje.

Remexi- me onde estava sentando, tentando impacientemente tirá- la de cima de mim.

- Eu posso resolver seu problema. – Ela sussurrou em meu ouvido, rindo maliciosamente. Apoiando- se em mim, tentou alcançar minha boca.

Virei o rosto, rejeitando seu beijo. Divertindo- se com aquilo, Julia segurou minha face com força, obrigando- me a deixar com que ela me beijasse.

- Vamos Kaulitz, não seja idiota. A gente pode resolver isso da melhor forma. – Ela falou impaciente. Sua mão soltou minha face e foi apalpar minha virilha.

Tomado pelo asco, não pude conter o impulso de explodir.

- ME LARGA! SCHEISSE! – Gritei, arranhando violentamente minha garganta e fazendo com que todos na cozinha parassem de rir e virassem para olhar para mim boquiabertos.

Sem pensar, empurrei Julia com toda a força que podia. Ela caiu com um baque surdo e dolorido no chão, e Jost levantou- se para ajuda- la no mesmo instante.

- Tom, você enlouqueceu? – Gritou ele horrorizado, enquanto segurava Julia pelos braços e a ajudava a se levantar. Bill, Georg, Gustav e outras pessoas da produção que estavam ali levantaram- se, olhando para mim alarmados.

- N- não precisa me ajudar, eu estou bem David. – Gemeu Julia enquanto eu saía da cozinha, batendo a porta com força atrás de mim.

___________________________________________________


Sentei- me com um estrondo na cama do quarto onde eu e Bill dormíamos quando precisávamos passar longos períodos dentro daquele estúdio colossal.

Controlando a respiração e enterrando o rosto nas mãos, tentei bloquear a sensação de arrependimento por ter empurrado uma mulher com tamanha força.

Irritado, esperei que Julia viesse atrás de mim para resolver as coisas. Sabia que ela viria depois do que eu havia acabado de fazer.

Revirando os olhos, ouvi o barulho dos estridentes saltos chocando- se contra o piso de madeira.

Uma mão feminina apareceu em meu campo de visão, logo atrás da porta entreaberta. Empurrando a maçaneta, Julia entrou no quarto, inatingível. Sequer parecia que eu a havia humilhado na frente de seus amigos.

Fechando a porta atrás de si e cruzando os braços, ela sorriu, cínica.

- Aquilo era realmente necessário? – Ela ergueu uma sobrancelha.

Não respondi, olhando para os meus próprios pés.

- Era Kaulitz? – Julia perguntou, um tom autoritário possuindo sua voz por completo.

- PARA DE ME CHAMAR DE KAULITZ! – Gritei, socando o colchão sob mim com os dois punhos. Ofegando, tentei acalmar o tom de minha voz. – É... É tão difícil me chamar pelo meu nome? Você nunca me chamou de Tom. Nunca. Você tem medo da intimidade, da aproximação. Pelo menos comigo. – Arfei. Eu deveria estar completamente vermelho, pois minha face estava terrivelmente afogueada.

Ela não respondeu. Ignorando- me completamente, pegou uma mecha do cabelo e começou a analisa- la, esperando que eu prosseguisse.

- Você não olha mais para mim. Você prefere conversar com os outros caras do que comigo.

- Isso não é verdade. – Rebateu calmamente, ainda brincando com o próprio cabelo.

- Não? – Gritei, minha voz esganiçando- se. – Julia, ontem à noite você saiu com Gustav e Bill, depois de passar o dia inteiro sem sequer olhar para mim. Quando chegou, transou comigo e foi dormir. Hoje você me ignorou totalmente. Se Bill não tivesse lhe pedido para conversar comigo agora, você teria me ignorado até quando Julia?

Ela riu sonoramente, e eu a encarei desconcertado, sentindo- me a pessoa mais estúpida da face da Terra.

- Você parece uma mulher falando.

Meu coração acelerou, e eu me vi boquiaberto de indignação.

- Como você pode me encarar como uma brincadeira? – Perguntei, levantando- me num salto e indo ficar de frente para ela. Quando eu já encostava meu peito aos seus seios, apontei para seu rosto e gritei o mais alto que consegui:

- EU NÃO SOU UMA BRINCADEIRA JULIA! VOCÊ VEM AQUI, FAZ COM QUE EU ME APAIXONE E DEPOIS ME TRANSFORMA EM UMA PIADA SUA?

Ela riu, passando a língua pela ponta de meu dedo e envolvendo minha cintura em seus braços.

Era incrível. Ela não se intimidava.

Naquele momento eu percebi que se houvesse levantado a mão e ameaçado bater nela, Julia simplesmente teria caído no chão de tanto gargalhar.

- Por que você não esquece essa besteira Kaulitz? – Ela disse, empurrando- me em direção à cama. Completamente embasbacado, fui sendo levado até o lugar onde estivera sentado segundos antes. Deixando- me cair na cama, Julia sentou em meu colo. Seu corpo exalava um perfume diferente. Não era o seu habitual perfume doce, mas sim... Outro cheiro, que eu com certeza já havia sentido muitas vezes durante toda a minha vida.

Passando a mão em meu rosto, ela encostou seu nariz ao meu, sorrindo.

- Eu não sei o que havia dado em mim. Me desculpe por não te dar a atenção que você precisa. Agora... Tira essa blusa, tira. – Ela sussurrou, levantando a minha blusa.

- Julia, você não enten...

- Shhh. Vai ficar tudo bem Kaulitz. Eu sou sua de novo. Vai ficar tudo bem, tudo bem. – Ela sorriu, deitando- se sobre mim e começando a despir- me sem pudor.

E então, enquanto cedia e deixava que ela beijasse cada centímetro de meu corpo, acabei por perceber quão preso eu estava à ela.

Não. Eu não possuía poder nenhum sobre Julia.


Última edição por Júlia G. em Dom Fev 20, 2011 3:56 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 20, 2011 2:42 pm

É Tom, pelo jeito Julia é sua fraqueza né menino, a Julia faz o que bem quer com o Tom, hm, gostei disso KKKK.
Prossiga *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patty Back
Admin
Admin


Número de Mensagens : 4279
Idade : 22
Localização : Curitiba
Data de inscrição : 24/10/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 20, 2011 4:34 pm

Karine Kaulitz escreveu:
É Tom, pelo jeito Julia é sua fraqueza né menino, a Julia faz o que bem quer com o Tom, hm, gostei disso KKKK.
Prossiga *-*
HAHAHAHAHHAHAHA TAMBÉM *-*

adoro quando o Tom se sente fraco e impotente, ADORO MUHAUAHAUAHAUHAUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.flickr.com/photos/trishback
Darling-J
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1161
Idade : 22
Data de inscrição : 31/05/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 20, 2011 4:47 pm

Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
É Tom, pelo jeito Julia é sua fraqueza né menino, a Julia faz o que bem quer com o Tom, hm, gostei disso KKKK.
Prossiga *-*
HAHAHAHAHHAHAHA TAMBÉM *-*

adoro quando o Tom se sente fraco e impotente, ADORO MUHAUAHAUAHAUHAUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Janaína C.
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 4297
Idade : 22
Data de inscrição : 26/11/2008

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 20, 2011 8:34 pm

Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
É Tom, pelo jeito Julia é sua fraqueza né menino, a Julia faz o que bem quer com o Tom, hm, gostei disso KKKK.
Prossiga *-*
HAHAHAHAHHAHAHA TAMBÉM *-*

adoro quando o Tom se sente fraco e impotente, ADORO MUHAUAHAUAHAUHAUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.twitter.com/hysteriaofradio
Lulyh
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 959
Idade : 20
Localização : Curitiba-PR
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Dom Fev 20, 2011 9:05 pm

Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
É Tom, pelo jeito Julia é sua fraqueza né menino, a Julia faz o que bem quer com o Tom, hm, gostei disso KKKK.
Prossiga *-*
HAHAHAHAHHAHAHA TAMBÉM *-*

adoro quando o Tom se sente fraco e impotente, ADORO MUHAUAHAUAHAUHAUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Seg Fev 21, 2011 12:51 am

Patty Back-K escreveu:
Karine Kaulitz escreveu:
É Tom, pelo jeito Julia é sua fraqueza né menino, a Julia faz o que bem quer com o Tom, hm, gostei disso KKKK.
Prossiga *-*
HAHAHAHAHHAHAHA TAMBÉM *-*

adoro quando o Tom se sente fraco e impotente, ADORO MUHAUAHAUAHAUHAUA

+1 apesar de ficar com pena dele não posso negar que eu adoro ele assim. *-* Very Happy
Continue logo please...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rafa.eela
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 776
Data de inscrição : 09/03/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Ter Fev 22, 2011 7:37 pm

ai, ai. o que dizer dessa sua escrita perfeita hein dona Júlia? E essa one hm'? adorei. fazer Tom de gato e sapato é o que há. HASHUASHUASHU. Continue, Jú.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [One Shot] She Will Be Loved   Hoje à(s) 11:14 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[One Shot] She Will Be Loved
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Body Language {18} one-shot
» Diário de um MACHO! (Comédia One-Shot) POSTADA!
» Doce Ódio [One-Shot]
» One Shot-Um Simples Beijo.
» [B.A.P] UMA XOTA (ONE SHOT)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics :: One Shots-
Ir para: