Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Mar 09, 2011 10:04 pm

Nome: Mortal ou Imortal ? - A guerra dos Anjos.
Autor: Euzinha *-*
Classificação: +12
Gênero: Drama,Romance,morte.
Capitulos: Inderteminado.
Terminada ou não: Não
Sipnose: ( Quem viu a 1ª Temporada sabe bem como é a Historia)
Personagens:


Bill Kaulitz: Depois da partida de Sara Bill,agora com 21 anos,se casou com Elizabeth,mas o que ele nunca soube desde o começo de seu relacionamento com sua atual esposa é que,ela esconde o mesmo segredo que Sara.Mas ainda pior !
E quem o ajuda a descobrir os segredos do mundo do Inferno é Bia,e o leva para o Inferno,para salvar Sara,que foi presa pelos Juizes.


Sara Prince: Sara,tentou ficar longe de Bill,mas o reencontrou casado com Elizabeth,que sabe muito bem sobre o seu segredo.Mas isso não a Intimida,e vau lutar perder sua imortalidade pelo seu unico amor.Bill.


Elizabeth Joes:Elizabeth entrou na vida de Bill um mês depois que Sara partiu.Por ser muito possessiva,e arrogante,Elizabeth tem um dom de vingir muito bem,personalidades diferente da sua.Ela irá prejudicar muito a relação de Bill e Sara.


Victor Heston: Victor é uns dos Juises da Sétima Prisão,e vigia Sara,e leva as informações para Elizabeth.Pois,Elizabeth o faz de seu brinquedinho favorito.Mas Victor não sabe que sua Paixão por Elizabeth,vai lhe causar problemas.


Beatriz De Lima Gomes: Bia sempre se achou inutil na sua vida,mas isso ira mudar.Depois de fugir com Sara,ela por um acontecimento estranho se separam,e só se reencontra quando Sara é presa pelos Juises.Bia irá fazer um papel muito importante,pois irá guiar Bill e Tom,para o Inferno.E tentar salvar sua amiga.

E muitos outros personagens.

Pra quem não leu a 1ª temporada Clica aqui.
Então gente,Posto ou não Posto ???


Última edição por GabizinhaaH_TH_4rever em Dom Jun 05, 2011 4:42 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qui Mar 10, 2011 10:03 pm

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
ALELUIA SENHOR
Ja vao começar lalalalalalalalalala yaya yaya
Meu dia ficou mais feliz
MAIS GABI,MAIS MAIS
EU estou louca pela 2° temporada
Estou esperando Gabi!!!

EDITADO
PS:Aposto que essa fic vai muito pop aqui
Beijo lol!

CADE A FIC?
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Sab Abr 30, 2011 5:47 pm

Aiin,eu sabia que ia ser o unico comentario (por enquanto) mas obrigada Bia por comentar e desculpa a demora,como você sabe meu PC deu piti hsausuahuas'.
Então,aqui vai o primeiro capitulo,Boa Leitura!





1º Capitulo - Apenas Lembranças



Eu estava caminhando em um bosque de aparência bem tranqüila,mas estava muito frio,apesar de estar com roupas de inverno,estava literalmente frio!
Continuei caminho,quando escutei uma voz,e uma movimentação entre alguns arbustos á minha frente.
- Olá,tem alguém ai? – Gritei,mas ninguém me respondeu.
Então algumas sombras saíram dos arbustos,percebi que elas carregavam algo,mas não era muito visível.
Caminhei para perto das sombras,e a voz que eu havia escutado estava mais grave falando em outro idioma.Seu rosto estava coberto por um capuz negro.
As outras criaturas estavam no mesmo estado indecifrável,exceto por uma luz azulada que vinha entre aquelas criaturas.Então essa luz se apagou e um corpo humano apareceu dela...a principio eu não pude acreditar mas,eu iria conhecer aquelas assas negras e tão deslumbrantes em qualquer lugar!
- SARA! – gritei,mas ela parecia não me ouvir.
Uma das criaturas se aproximou de Sara e a empurrou,fazendo-a cair perto dos meus pés.
- Sara,você esta bem? – ela apenas ergueu a cabeça e pude ver seu rosto inundado pelas suas lagrimas de sangue – Sara...
A sombra que empurrou Sara se aproximou dela e a pegou pelos seus cabelos,e jogando-a contra uma arvore.
- EI – gritei indo em direção aquela criatura,mas eu a atravessei como se eu fosse um fantasma – Mas como...?
Eu olhei para Sara e ela não reagia,apenas chorava.
- Ότι οι άγγελοι έχουν ... Κρίμα μου!¹ – ela sussurrou,olhando para o céu,com os seus olhos azuis florescentes.
- Sara...
Quando uma das sombras pegou uma espécie de chicote,prestes a bater em Sara,senti meu corpo sendo puxado,com uma força imensa que consegui me derrubar,e antes que e eu conseguisse protestar...e já estava longe dela!


- Papai,acorda papai! – senti alguém pulando em cima no meu corpo,me fazendo acordar.
- Humm..ain o que foi Felipe ? – perguntei para o meu filho.
- Papai,quem é Sara? – perguntou Felipe.
- SARA?! – gritei,me sentando na cama,e assustando Felipe.
- O que esta acontecendo aqui? – Disse Elizabeth,minha esposa,entrando no quarto.
- Nada não Mamãe,é que a senhora me pediu para eu acordar o Papai mais,ele estava sonhando com uma garota chamada Sara,e do nada ele gritou o nome dela! – disse Felipe sorrindo.
- É eu ouvi,vai brincar filho! – disse Elizabeth.Felipe pegou seu brinquedo e saiu,do quarto – Bill,quem é Sara?
- Am er,quem é Sara?! – disse coçando minha cabeça.
- É Bill Kaulitz,quem é Sara? – Insistiu Elizabeth,que em todo momento manteve a sua calma de sempre.
- Amm,Sara é uma... – Olhei ao meu redor e me deparei com o livro que eu ando lendo algum tempo – Sara é uma personagem daquele livro que conta historia de anjos,suas características,essas coisas.
- Aah sim,acho melhor você se focar em outra coisa,a não ser esse livro – ela riu – Bill,preciso dar uma noticia para você e para o Felipe,se arrume e desça para tomar café que lá e digo a noticia. – ela sorriu e deu um beijo estalado na minha bochecha.
Ela saiu do quarto e eu me levantei da cama,indo em direção ao meu armário,pegando bem lá no fundo dele,uma caixinha,enrolada em um pano preto com rendas em azul.
Tirei o pano e abri a caixinha,pegando a pena que ficou no meu bolso,quando Sara se foi.A unica lembrança dela que ainda existe perto de mim.

______________________________________________________________________________________________________________________

Que os Anjos tenham...piedade de mim!¹
______________________________________________________________________________________________________________________


Como sempre,os meus primeiros capitulos são sempre Fail.
Espero que eu tenha mais capitulos quando eu retornar em *^^*
Beijinhos
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Sab Abr 30, 2011 8:52 pm

Cara,Bill como pai?
E esse sonho louco?o que foi isso hein?
Essa Elizabeth,não sei não,ja não fui com a cara dela
Como assim capitulo Fail?esta louca menina?
Amei esse capitulo,ele não poderia ser mais perfeito
A fic mais perfeita do forum voltou eeeeeeee
Continua please
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Jun 05, 2011 5:48 pm

Eu fico tão feliz que a Bia é fiel a minha Fic. Apesar de que eu sei que há mais gente lendo ela.
Boa Leitura !



Capitulo 2 - Noticia



Depois de um bom tempo observando a pena, ouvi um grito de Elizabeth, avisando que o café estava pronto. Rapidamente guardei a pena na caixinha, enrolei no pano de novo e a guardei bem no fundo do meu armário.

Tomei um banho rápido, coloquei uma roupa simples e desci até a cozinha.
- Poxa papai que demora, eu to morrendo de fome! – Disse Felipe, colocando as mãos na sua barriga.
- É verdade querido, você demorou muito... – Disse Elizabeth, colocando algumas torradas no prato de Felipe – O que você estava fazendo?
Putz, e agora, eu não posso falar.
- E que, eu acabei caindo no sono de novo! – disse dando um sorriso torto.
- Serio Bill, você e esse tal livros de... Anjos esta tirando completamente seu sono, você fica até tarde o lendo. Nunca vou entender esse seu fanatismo por Anjos – ela se sentou ao lado de Felipe e começou a tomar café.

Sentei-me em frete aos dois e comecei a tomar o meu suco de laranja, quando Elizabeth quebrou o silencio:
- Então, já que todos estão aqui, eu queria dar uma noticia muito importante!
- Mas, mamãe, o tio Tom não esta aqui! – disse Felipe.
- Ah! É verdade, vai lá chama-lo, por favor, filho! – pediu Elizabeth. Quando Felipe se levantou da cadeira, e o impedi.
- Pode deixar que eu vá chamá-lo!
- Por quê? – perguntou Elizabeth, se levantado e ficando na minha frente.
- Porque ele saiu ontem à noite, e não se sabe se ele trouxe alguma garota aqui em casa! – disse em um tom mais baixo para Felipe não ouvir.
- Ah, sim, então pode ir! – disse ela.
- Mas mamãe, você pediu pra mim! – protestou Felipe.
- É filho, mas papai quer aproveitar, falar um negocio pro tio Tom!
- Ta bem então – disse por fim Felipe, sentando-se de novo em sua cadeira.

Subias escadas e fui caminhando até a porta do quarto do meu irmão, que provavelmente chegou depois das seis da manhã por causa da balada – depois que Bia também se foi, ele voltou a sua velha rotina, indo a baladas e “catando” todas as garotas que vê na sua frente – bati na porta mais ninguém atendeu. Entrei e vi meu irmão deitado de bruços abraçado ao travesseiro. Aquela cena realmente foi muito engraçada de ver meu irmão, um maior mulherengo, dormindo abraçado com o próprio travesseiro!
Cheguei perto dele e me sentei ao seu lado.

- Tom, acorda! – Disse.
- Hum... Não quero – Disse ele, se virando de barriga pra baixo.
- Acorda! – Disse um pouco mais alto, pegando o travesseiro que ele estava abraçado, e batendo na tua cabeça.
- Ai! – Gritou, se sentando na cama – O que, que você quer?
- A Elizabeth está te chamando para dar um comunicado importante!
- Ah... Pelo amor de Deus Bill, por qual motivo você se casou com a Elizabeth?! – Disse Tom, me olhando feio.
- Por que... É, que, eu me apaixonei por ela Tom! Além de ela ser muito bonita...
- Bill, sabia que paixão passa, e prefiro mil vezes você quando namorava a Sara, do que agora! – Tom se levantou da cama, e foi para o banheiro.
- Com certeza eu era bem mais feliz! – disse sussurrando.

Nunca mais fiquei feliz como eu estava quando Sara estava comigo. Quando eu soube que eu e ela já tínhamos uma relação de séculos. Nunca vou ter alguém como ela! E Tom tem razão, a paixão passa, algo que se foi a tempos quando descobri que Elizabeth estava grávida de Felipe.Por mais que eu tente lembrar, a gente sempre usou camisinha, como ela engravidou? Como eu me apaixonei, ao invés de procurar a Sara? Por quê?

- Disse alguma coisa? – Perguntou Tom, saindo do banheiro e indo a direção a suas gavetas de roupas.
- Ah, ér, to te esperando lá em baixo!
- Ok.

Voltei para a cozinha e me sentei no meu lugar e, voltei a tomar meu café. Logo depois, Tom desceu e se sentou ao meu lado.

- Bom, já que estamos todos aqui – Disse Elizabeth, olhando para Tom – Vou dar lhes a noticia que eu estou quardando faz um mês!

Caramba, como ela consegue guardar um segredo por [s]UM MÊS[/s]?!
Lembro que no começo do nosso casamento, a gente fez uma promessa de que nunca íamos esconder nada um do outro. Por que ela me escondeu essa noticia?

- Fala logo! – Tom disse secamente, fazendo Elizabeth olhar estreito para ele. Desde que eu me casei com Elizabeth, Tom nunca se deu bem com ela. E eu também nunca questionei a briga dos dois. Nunca defendi Elizabeth quando Tom implicava com ela. Também nem precisava, Elizabeth, quando está brava, é mil vezes, pior do que eu e Tom juntos.

- Tenha mais paciência Tom! – ela disse – Como eu estava dizendo, a empresa aonde eu trabalho vai se mudar, e como sou Diretora chefe de um dos setores vou ter que ir junto!
- Que merda! – Tom sussurrou.
Não Tom Kaulitz, não é “merda”! – Questionou Elizabeth – Vamos ter que fazer uma mudança!
- MUDANÇA? – Disse eu e Tom juntos.
- Sim, a empresa vai para Londres! – ela sorriu.
- Mamãe, por que a gente vai pra Londres? – perguntou Felipe.
- Por que a mamãe vai ter que trabalhar lá, sabe aquele parque de diversões que passou na TV! – Felipe fez um sinal de sim com a cabeça – Então, esse parque fica em Londres!
- Ebaa! – gritou Felipe, que saiu correndo para a sala.
- Mas Elizabeth, PRA QUE, você me chamou para avisar isso? Alias, eu nem quero ir, há muitas noites de curtição que eu ainda pretendo ir! – Tom disse.
- Tom, você acha que seu irmão vai querer ficar sozinho lá? E você pode curtir nas baladas britânicas. Você não tem vontade de conhecer algumas Inglesas.
- Você me convenceu! – Tom se levantou e foi lavar a louça.
- Você prefere ficar nas baladas atrás de garotas do que comigo Tom? – Disse fazendo manha, só pra deixar o clima mais alegre.
- Claro que não maninho, mas também, não vou deixar as garotas de lado não é? – ele sorriu maliciosamente pra mim.
- Como posso ter um irmão tão safado como você Tom?
- Também te amo Bill!
- Bom, vou arrumar a nossa documentação e quem sabe, daqui a duas semanas estamos em Londres! – sorriu Elizabeth.

Sabe, algumas pessoas dizem que a vida nunca muda. Discordo, a minha com certeza, iria mudar com essa viajem.
Só não sabia que iria mudar tão.

__________________________________________________________________________________________________________________________



Espero que tenham gostado,e quero mais comentario viu!!

Beijinhos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Jun 05, 2011 6:27 pm

Claaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaro que eu gostei,eu simplesmente amei
Estou ficando com ódio dessa Elizabeth,ta muito mandona
Bill toma uma atitude,fala que não pra Londres,TOMA UMA ATITUDE correr
O Tom esta sem a Bia tambem?sério?(todos choram)
Mas ele tambem não mudou nada depois né
E o que aconteceu com a banda?
Será que esse gurizinho é filho do Bill mesmo?
Perguntas,perguntas,preciso demais capitulos,por favor
Posta mais dessa fic que eu amo tanto,estava com saudades desses capitulos
Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sara Kaulitz2
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1172
Idade : 19
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 22/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qui Jun 09, 2011 5:33 pm

*LeitoraNova*
Vi a 1ª Temporada e achei incrível!
to adorando a fic!
Enfim...será que o menininho é mesmo filho do Bill??
Continuua...yaya


(eutonafic) \o/


Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qui Jun 09, 2011 6:44 pm

Oi, sou a nova leitora! (Para dizer a verdade ainda não li. kkkkkkkk)
Onde posso encontrar a primeira temporada?
Bjs.
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Jun 15, 2011 10:22 pm

[justify]Olá minhas leitoras Lindas, adorei quando vi que tem mais gente lendo a fic *--*, vamos as perguntas...
Bia:Sempre com bastantes perguntas, mas espero que nesse cap. algumas sejam respondidas!
SahKaulitz: Seja bem-vinda! Espero que você goste ainda mais da Fic, e a sua pergunta infelismente não poderá ser respondida...agora!
FRanchesc@_Kaulitz: Seja bem-vindaa! Amor ou você entre na aréa de One-shots ou clica aqui!
Boa leituraa!




Capitulo 3 - Como Acreditar?



As duas semanas passaram até que rápido, nossa documentação estava em ordem e chamamos meus amigos Georg e Gustav, para irem junto.
Mas algo de muito estranho aconteceu, quando Elizabeth nos deu a noticia de que íamos para Londres, ela estava tão alegre, mas depois de alguns dias ela recebeu ligações de alguém do trabalho dizendo que a viajem iria ser cancelada, pois estavam com problemas de passagens essas coisas. Mas eu achei muito estranho, essa pessoa ligar todos os dias para ela. E ainda falavam numa espécie de códigos!

Um dia a peguei e essa “pessoa” no telefone conversando escondidos.

- Sim, mas você tem certeza que é ela? – Elizabeth disse – Ta, mas, eu não posso cancelar a viajem com a empresa por que o sujeitinho aqui vai suspeitar!

Ela fez uma pausa e falou ordenando:

- Faça então com que ela não nos encontre, você sabe que ela foge para protegê-lo! E se ela estiver na mesma cidade que eu, você sabe do que eu sou capaz!

Ela desligou o telefone, pegou uma toalha e foi tomar banho. Hoje sei de uma coisa, a conversa não era nada de viajem. E Elizabeth, não é aquela pessoa que costumava ser quando há conheci. Algo muito estranho estava acontecendo.

Fiquei deitado na cama até Elizabeth sair do banho. Quando a mesma saiu levou um susto quando me viu.

- Credo Bill, nunca mais faça isso comigo! – Disse ela, colocando a mão no peito.
- Nossa não sou tão feio assim! – Ironizei.

Ela arqueou a sobrancelha e veio na minha direção, e disse:

- Você é Maravilhoso Bill! – Ela ficou por cima de mim e me deu um beijo carinhoso.

Aproveitei que eu não estava com a mínima vontade de beija – lá, perguntei:

- Elizabeth, quem era no telefone?
- Era o meu diretor, que está gerenciando a viajem para Londres!
- Eai? – fingi certa animação – O que ele resolveu?
- Há, disse que estava sendo difícil arrumar uma casa por lá para a gente, acho que até melhor não irmos! – Ela se levantou e começou a se trocar.
- Mas, por que é melhor não irmos? – Perguntei.
- Por que Bill, eu acho que era melhor não ter chamado Gustav e Gerog para irem junto!
- Hm, mas eu os chamei e eles vão! E se seu diretor não arrumar uma casa para tanta gente, fale para ele que uma casa com um quarto, uma cozinha, um banheiro, e uma sala já esta bom... – ela abriu a boca para protestar, mas a impedi – E se ele disser que não iremos, nos iremos! Pois não gastei dinheiro à toa.
- Mas Bill, você tinha uma banda, você tem...
- Tinha, eu acabei com a minha banda para me casar com você! – Agora eu começava a aumentar minha voz.
- Bill, fale mais baixo, o Felipe pode ouvir! – Elizabeth, com sua calma de sempre – comigo, mas com quem estava no telefone não – que me irrita tanto.
- O DEIXA OUVIR, AINDA TENHO MINHAS DUVIDAS SE ELE É MEU FILHO! – gritei.
- Como você me diz isso?! – ela fez uma cara de indignada e ao mesmo tempo de furiosa
- Eu sabia que ele ia perder a cabeça com essa louca um dia! – gritou Tom, no andar de baixo.
- Ai, me deixa mostrar a louca, Tom Kaulitz! – Ela caminhou para fora do quarto (já vestida) e foi em direção á escada quando a impedi - Deixa meu irmão, eu vou dar uma volta pra esfriar a cabeça! – voltei ao quarto, peguei a caixinha com a pena, e a guardei no meu bolso, passei pelo criado-mudo e peguei meu livro. Passei pela Elizabeth, que não falou mais nada.


Desci as escadas, peguei a chave do meu carro e fui à direção à porta quando meu irmão me perguntou:

- Aonde você vai?
- Vou dar uma volta pra esfriar a cabeça! – girei a chave da porta e a abri.
- Ah... Eu sabia que um dia você ia perder a cabeça com ela! – riu Tom
- É ela ta muito estranha ultimamente!

Fechei a porta e fui caminhando até o carro, quando uma coisa me deixou assustado... Bem na direção do meu carro, havia uma pena, de mais ou menos uns 30 centímetros, e de cor avermelhada. Era quase igual à pena que Sara segurou na frente daquele muro perto da sua casa. Mas essa era maior!
Falando em sua casa, eu e Tom nunca retornamos para ver se elas ainda moravam lá, ou se mudaram. Então, até hoje temos essa duvida. E eu ia esclarecê-la agora.
Pulei a pena e entrei no meu carro, coloquei a caixinha e o livro em cima do banco do passageiro. Liguei o carro e o acelerei rapidamente.
E ainda, pareci que a Lua fazia questão de que eu fosse para a casa onde Sara e Bia mora. Ou moravam.
Quando virei à esquina que dava a casa... Não tinha casa!
No lugar da casa havia um parquinho, com gangorras, amarelinhas desenhadas no chão e, uma arvore com um balanço. Mas, aquela arvore era a mesma quando a casa estava ali! Com o balanço e algumas coisas estranhas.
Meus pés formigaram e não resisti, pulei o cercado e corri em direção a arvore!
A luz da Lua me ajudou a enxergar o que estava escrito, mas não entedia o significado, era na língua em que Sara falava nos meus sonhos. Mas o que estava escrito me intrigava, corri para o carro peguei meu celular e meu livro. Aquele que Elizabeth fala para eu parar de ler. Voltei para a arvore e escrevi no meu celular a frase: “Ποτέ δεν θέλουν να είναι αθάνατος, γιατί δεν μπορείτε ποτέ να αγαπάς μια verdadde πρόσωπο!”.
Voltei para o carro e liguei a luz do mesmo. Abri o livro na página de línguas e procurei o significado. Mas aquele livro não constava à língua que a frase constava.
Salvei a frase no celular e, com raiva, joguei o livro com força dentro do porta luvas. Liguei novamente o carro e acelerei cantando pneu.
Virei qualquer esquina, mas sem querer, entrei na rua do muro e da arvore. A arvore que quase tirou a vida minha, de Tom e da Bia. A da Sara com certeza não! Ou pode?
Aquilo foi obra do Victor, um anjo caído, poderia matar Sara?

Quando acelerei mais, passei em frente aos restos de raiz as arvore, e o muro, que agora estava pintado!

- Ah – suspirei – como sou idiota em acreditar que ela vai voltar!

Legal comecei a falar sozinho... Preciso de um psiquiatra urgente!

- Bill Kaulitz, coloque na sua cabeça, você é casado com uma mulher linda de morrer, tem um filho e ainda diz que ele não é teu filho para sua esposa! – comecei a sentir as lagrimas escorrendo pelo meu rosto, e conforme ia dizendo, meu tom de voz aumentava – E você ainda pensa na GAROTA QUE É UM ANJO DO INFERNO QUE AMA TANTO AO PONTO DE ACHAR QUE ELA AINDA VAI VOLTAR!

Cheguei ao ponto de bater minha cabeça no volante, e quando voltei à postura normal vi que estava indo rápido de mais, e em direção a um muro de uma casa.
Tentei desacelerar o carro, mas, o freio não funcionou, tirei meu pé do acelerador que continuou a acelerar!
Peguei a caixinha que estava no banco do passageiro, tirei a pena e a segurei no meu peito no lado esquerdo, o lado do coração. O carro chegou a 200 km, e o muro chegava cada vez mais perto, meu coração acelerado, minha respiração pesada e as lagrimas caiam constantemente. Só vinha uma coisa na minha mente, a única pessoa que poderia me salvar!
Apertei a pena bem forte no meu peito, fechei os olhos, respirei fundo e gritei:

- SARA!

Quando abri os olhos, tudo estava escuro!
Eu morri? Sara não me ajudou? Mas, ela disse que seria meu anjo da guarda!
Fechei novamente os olhos, e quando os abri, faíscas de luzes azuis florescentes que davam forma á uma criatura bela estava na minha frente, pude ver dois pontos azuis florescentes mais ou menos na altura dos olhos. Senti como se estivesse flutuando, e aquela luz se aproximou, chegou perto de mim e a escuridão foi desaparecendo, me deixando ver com um pouco de clareza, mas não muita ao ponto de identificar a criatura.

- Bill! – Ela disse, num tom suave que fazia eco. Sua voz me parecia familiar, mas não conseguia me lembrar – você está bem?
- Sa-sara? – perguntei.
- Você esta bem? – insistiu.
- Sim, eu acho!
- Isso é bom! Se acalme, você não bateu no muro. Só vou pedir pra você não sair por ai que nem um louco! – ela riu.
- Ta... Mas eu queria saber por que os freios não funcionaram?!
- Os freios não funcionaram? – perguntou.
- Não, e quando tirei o pé do acelerador, parecia que ele travou, por que ele continuou acelerando!
- Continuou acelerando... – nos ficamos silencio um momento - Tenho que ir! – Ela foi se afastando, quando gritei desesperadamente:
- Espera, é você Sara?
- Finja que isso tudo, nunca aconteceu! – Ela disse, desaparecendo na escuridão.

Uma luz branca e forte tomou conta da minha vista, me fazendo fechar meus olhos rapidamente.
Quando os abri, estava na rua de casa. A pena ainda estava na minha mão e parecia que ela estava com aquela luz azul.

- Ah, como sou idiota! – disse.

Liguei o carro, que agora estava em perfeitas condições, e entrei na garagem.
Quando entrei em casa, apenas a luz do corredor estava acessa. Fui até a cozinha para pegar um copo de água quando vi um bilhete do Tom:

Bill, eu fui para uma festa e você sabe pra que eu fui né!
Eu fiz um pouco de macarrão, se você estiver com fome. E Bill, antes de eu sair, fui avisar Elizabeth que eu ia sair, mas, ela não estava no quarto, e eu não há vi sair!
Espero que ela volte logo, por que, Felipe também não está no seu quarto!

Beijos, Tom.

Elizabeth saindo a essa hora da noite com Felipe? Ela morre de medo de sair sozinha, quanto mais com Felipe?

- As mulheres são tão incompreensíveis! – falei, deixando o copo na bancada e fui em direção a escada.
Subi para o quarto e quando abri a porta, Elizabeth estava lá. Quando me olhou seu rosto estava vermelho. Ela estava chorando!

- Elizabeth... – comecei a falar, ela pediu-me um momento, passou por mim e fechou a porta – me desculpa!
- Acredita que Felipe me perguntou se você não gosta dele! – ela disse.
- Ah – suspirei – eu vou falar com ele!
- Não, ele já esta dormindo!
- Hum... Você saiu? – Perguntei.
- Não! – ela se sentou na cama.
- Tom deixou um bilhete falando que você e Felipe haviam saído!
- Não, eu estava com ele no Sótão! – ela deitou na cama.
- Ah... Por favor, Elizabeth eu sou um burro, não devia ter dito aquelas palavras. Eu devia ter pagado por ela, devia ter batido o carro naquele muro eu...
- Como? Você quase bateu no muro. Graças a Deus você não bateu meu amor! – ela se levantou e me abraçou – Ainda bem que você está aqui!
- Me perdoa?
- Perdoou!

Ela olhou nos meus olhos e sorriu.

Naquela noite sonhei mais uma vez com Sara, mas ela parecia apreensiva. E eu também...



Espero que tenham gostado, beijoooos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sara Kaulitz2
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1172
Idade : 19
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 22/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Jun 15, 2011 11:25 pm

Nossa, adoreei o cap.

*estranho isso oque aconteceu...o Tom dizer que ela saiu mais não saiu...
aah enfim, fiquei confusa com esse meu pensamento*

Continua... Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Jun 19, 2011 10:47 am

Nossa,fiquei chocada agora!
Ele realmente viu a Sara!ela bem que podia ter voltado com ele não?
Cara,eu amo o Tom,sério,eu adoro os momentos dele kk
Bill own,sempre acredita na Elizabeth tcs tcs(não pode,tem que abrir os olhos Bill)
Eu tenho certeza que esse guri não é filho do Bill,eu tenho certeza
A banda acabou?sério?AAAAAAAAAAAAA
Agora que eu realmente não gosto da Elizabeth
Continua sim Gabi,
Eu amei,como sempre,a fic esta perfeita
Continua logo please
Voltar ao Topo Ir em baixo
Always.Postive_
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 528
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro.
Data de inscrição : 10/06/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Buscador

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Jun 19, 2011 12:30 pm

Leitora nova !
. simplismente amei *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Jul 06, 2011 6:26 pm

Vooltei, desculpem a demora viu!! Estava completamente sem tempo!

SahKaulitz: Eu sei que pode ser confuso, mas logo,logo você vai entender!
Bia: Sim, bem que ela podia voltar para ele! Não fique triste porque a banda acabou viu!!
Always.Postive_: Seja bem vinda! E espero que você continue amando a fic!

Vamos parar de enrolar e ir para o que interessa. Boa leitura!



Capitulo 4 - Viajem!



No dia seguinte da noite que eu quase perdi minha vida, Elizabeth me disse que o seu diretor confirmou a viajem, e que no próximo final de semana estaríamos embarcando. Gustav, Georg foram juntos, e claro, conseguimos arrumar uma casa com quartos o bastante para todos!

No dia da viajem estávamos muito exautados, Felipe não parava quieto, pegou meu avião de controle remoto e ficou brincando com ele correndo de um lado para o outro.

- Alguém tem certeza que não esqueceu nada? – Perguntei.
- Só falta essa! – Disse Gustav, pegando a única mala sua que havia sobrado.
- E você Georg?
- Está tudo dentro do Táxi!
- TOM! – gritei.
- Sim! – Tom disse saindo de não sei aonde com uma mala na mão.
- Só falta essa mala? – Perguntei.
- Sim!

Fui até a cozinha e encontrei Elizabeth, tomando uma xícara de café. Cheguei mais perto e á abracei por trás, dei um beijo no seu pescoço e disse:

- Você está feliz?
- Estou, por que não estaria? – Perguntou.
- Nada não, só queria saber!
- Bill já ta tudo pronto! – Disse Tom entrando na cozinha.
- Ok, vamos Elizabeth? – Perguntei.
- Vamos! – suspirou.

Enquanto Tom fechava a casa, eu, Elizabeth e Felipe nos acomodávamos no Táxi, e Georg, Gustav em um outro Táxi.

Quando chegamos ao aeroporto, despachamos as bagagens e logo fomos chamados para o embarque.
No avião sentou Felipe na janela, Elizabeth no meio e eu na ponta, na fileira da frente Georg, Gustav e Tom.
Um homem, meio alto praticamente com uns 21 anos, olhos azuis e cabelos pretos, olhou para minha direção e sorriu, olhei para o lado e Elizabeth estava retribuindo o sorriso.
Fiquei quieto por cerca de 50 minutos, não gostei nada daquele cara ficar olhando para nós a cada minuto.

- Vou ao banheiro ta? – Falei, já tirando o sinto de segurança.
- Claro, mas você não está com uma cara não muito feliz, o que foi? – Elizabeth perguntou.
- Nada não amor, é que, bateu um soninho sabe! – disse, dando um falso bocejo. – vou pro banheiro!

Levantei e fui para o banheiro. Tranquei a porta e fiquei me olhando no espelho. Estava sem maquiagem, que já faz tempo que não uso, sem vida, meu rosto estava com olheiras por passar metade da noite em claro. Minha roupa, ligeiramente amassadas e sem aqueles acessórios chamativos que eu usava antes de terminar a banda.
Tudo por amor. Tudo para ficar perto de quem eu amo.
Mas, será que eu ainda amo Elizabeth? E ela, ainda me ama?
Não posso mais segurar a dor que sinto dentro de mim. Senti minhas lagrimas escorrendo pelo meu rosto, quentes e amargas.
“O que eu ainda faço aqui?” Vivo me perguntando sobre isso. Eu não sei o porquê tenho sonhos com ela? Ela se foi, eu tenho que entender isso...
Joguei um pouco de água no meu rosto e resolvi sair do banheiro. Quando abri um pouquinho à porta, ouvi a voz de Elizabeth conversando com alguém:

- Você conseguiu acha-la? – Ela perguntou.
- Segui o rastreador dela e a encontrei na Alemanha! – disse uma voz masculina. Olhei para o reflexo de um espelho e, só ai que me dei conta de que era aquele cara que estava sentado na fileira ao lado da minha. - Mas...
- Ótimo, continue rastreando-a, quero ela longe do meu caminho! – Interrompeu Elizabeth, no tom autoritário.
- Se ela não tivesse desativado os dois rastreadores eu ainda estaria atrás dela! – Ele disse.
- O que? Como assim ela desativou dois rastreadores? Ora seu idiota! – ela deu um tapa nele. – Será que eu terei que convocar o pai de Felipe para poder dar conta do trabalho?!
- Não senhora!
- Excelente, volte para o seu lugar. Bill não pode saber de nada, nem que nos conhecemos!

Vi os dois se dirigindo para seus lugares.
Então, eu estava certo, Felipe não é meu filho!
Agora, de quem eles estavam falando? E Rastreadores, pra que?
A partir de hoje, não posso mais confiar nela!
Voltei para o meu lugar, mas não olhei para seu rosto, e não ia olhá-lo muito cedo!

Quando desembarcamos, pegamos nossas malas e fomos até um táxi. Chegamos na nossa casa que estava todo mobiliada, Felipe deitou-se no sofá e dormiu, os outros foram para a cozinha comer alguma coisa. Mas eu não, subi para o quarto troquei de roupa e me deitei na cama. Minutos depois, Elizabeth estava no quarto, me chamando, fingi que estava dormindo para não olhar para aquela cara daquela...vaca!
Ela se aproximou de mim, passou as mãos no meu cabelo e sussurrou:

- Είσαι τόσο χαζός!¹

Depois, saiu do quarto.

- Então, você fala a mesma língua que ela, Elizabeth?! – falei baixinho.

E como ela sabe falar? A mesma língua que Sara?
Chega, vou ter que ficar mais esperto com ela!


_________________________________________________________________________________________

¹Como você pode ser tão idiota!
_________________________________________________________________________________________



Espero que tenham gostado!!!
Se a Fic estiver desandando me avisem em!!
Então, continuo?
Beijinhos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sara Kaulitz2
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1172
Idade : 19
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 22/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Jul 06, 2011 7:56 pm

Nossa, essa Elizabeth é uma vaca mesmo ¬¬
O Felipe não é filho do Bill? desconfiei desde o princípio cheers
#parei

Agora só falta o Bill descobrir que é sobre a Sara que eles estavam falando!
Adorei o cap. Continue loogo liebe What a Face


*(Na minha opinião, agora que o Bill deveria voltar a usar as maquiagens e os acessórios de antes, mesmo que a vaca Elizabeth não goste)
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Ter Jul 12, 2011 8:11 pm

SahKaulitz escreveu:
Nossa, essa Elizabeth é uma vaca mesmo ¬¬
O Felipe não é filho do Bill? desconfiei desde o princípio cheers
#parei

Agora só falta o Bill descobrir que é sobre a Sara que eles estavam falando!
Adorei o cap. Continue loogo liebe What a Face


*(Na minha opinião, agora que o Bill deveria voltar a usar as maquiagens e os acessórios de antes, mesmo que a vaca Elizabeth não goste)

Concordo com tudo

Bill tem que tomar uma atitude,chuta a Elizabeth para a fora de casa(eu não vou falar nada do guri porque vai saber né...medo mode on pale )
Quero tanto que a Sara volta,sério a Elizbeth ja esta me irritando,ela é chata demais
E o que acontece com Tom?Ele ta tão quietinho.....
Deve ser saudade da Bia ^^
Bill volta a usar maquiagem,não deixa essa ameba da Elizabeth ficar mandando em você u.u
Continua Gabi,você sabe que sou fã dessa sua fic perfeita ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Ago 21, 2011 3:58 pm

Oi Gente... tenho más noticias! :/
Não venho postando a Fic por que meu pai teve que trocar de PC, e só falta ele transferir a memoria do outro PC para o que eu estou usando. E ainda por cima, irei me mudar então, vai demorar mais um pouco...

Miiiiil Desculpas para todas vocês, logo, logo retornarei!

Beijos, Gabiih!
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Ago 21, 2011 4:51 pm

VAI DEMORAR MAIS AINDA? Sad
Fiquei tão feliz ao ver que vc tinha postado uma mensagem pensando que era a fic (cry)
Tudo bem Gabiih,vou esperar aqui anciosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sara Kaulitz2
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1172
Idade : 19
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 22/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Dom Ago 21, 2011 7:47 pm

bia.babi escreveu:
VAI DEMORAR MAIS AINDA? Sad
Fiquei tão feliz ao ver que vc tinha postado uma mensagem pensando que era a fic (cry)
Tudo bem Gabiih,vou esperar aqui anciosa
É. Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Seg Nov 07, 2011 8:26 pm

Eu apareci!!! Aleluia senhor! \o/

Bom sem mais delongas, agradeço a todas que esperam eu voltar! Obrigada!

Boa leitura!



Capitulo 5 - O Parque de Diversões!



Depois de alguns dias voltamos a nossas rotinas, Elizabeth ia ao trabalho de manhã e voltava só á noite; Georg, Gustav, Felipe e eu ficávamos em casa, sem fazer nada e Tom... É Tom virou uma coruja agora, passa a maior parte do tempo dormindo e de noite, vai para as baladas. Sinto saudades da Bia!

E da Sara!

E como eu queria terminar tudo com Elizabeth. Tudo!
Mas eu quero descobrir tudo, como ela fala a língua da Sara, quem era aquele cara com quem ela conversava no avião, quem é o pai do Felipe... Mas ela que me aguarde!

No final de semana, Elizabeth ficou em casa e decidiu levar o Felipe para “aquele” parque de diversão que ele viu na TV. Nem sei que parque é nunca vi o comercial dele. Enfim... Falamos com todos e todos aceitaram ir, inclusiva o Tom! Na verdade ele queria ficar de olho na Elizabeth, pois eu havia contado tudo pra ele sobre ela e aquele cara, ele apenas me deu um soco... E um sermão daqueles: “Você Bill Kaulitz, com essa mania de ‘Ai meu Deus apaixonei’ sempre foi furada, exceto com a Sara, agora ta ai ó, o guri nem teu filho é, e aquela filha da...”, e como minha mãe diz, quando um burro fala o outro ouve e abaixa as orelhas.
E como eu adoro a Elizabeth, resolvi fazer uma surpresa para ela!

Estava no banheiro, terminando de me arrumar quando alguém bate na porta:

- Sim?! – Falei.
- Bill, ta tudo bem? – Elizabeth disse.
- Estou por quê?
- Ah é que você ta demorando muito, todo mundo já esta pronto!
- Já to quase lá, só falta isso aqui e... Vu ala!

Sai do banhei todo produzido, estava de maquiagem, com uma calça de couro, uma regata branca manchada, uma jaqueta preta com vários zíperes e coisas do tipo, uma bota não muito alta, acessórios, e claro, um pequeno moicano pra dar mais um up no visual!

- Mas? Bill Kaulitz o que é isso? – Elizabeth me perguntou, com a cara de tacho mais engraçada do mundo.
- Isso o que Elizabeth?
- Essa roupa! Bill você está muito chamativo, as suas fãs vão te reconhecer... Você vai...
- Dane-se se eu estou chamativo, adoraria que minhas fãs iriam me reconhecer, estou feliz novamente Elizabeth! Pra que eu comprei essas roupas? Pra deixá-las no armário até mofarem?
- Mas Bill, Felipe não está acostumado a esse tipo de coisa!
- Ele que se acostume! Sabe, eu tenho três pastas cheinhas de musicas que eu compus... Acho que vou voltar com a banda! – Agora eu irritei alguém!
- BILL! – Não falei! – Você terminou a banda por minha causa, para ficar mais tempo comigo! Por que você quer voltar?

“Por que você é uma vadia que não me fala a verdade?”

- Sei lá deu vontade de voltar a ser o Bill Kaulitz de antigamente! – Só faltava ela pular no meu pescoço – Vamos, Felipe deve estar mega empolgado!
- Vamos!

Elizabeth ficou o caminho todo me ignorando, Tom, Gustav e Georg ficaram mega felizes com a minha volta, Felipe então falo que eu tava parecendo um vampiro! É não posso julgá-lo ele é apenas uma criança! Mas já a tua mãe...

Chegando ao Parque, logo que entramos Felipe não sabia em qual brinquedo iria. Deu a maior confusão, percebi que um grupo de meninas estavam cochichando algo, e logo se aproximaram da gente.

- Oi! – Uma delas falou.
- Olá! – Eu, Tom, Georg e Gustav falamos.
- Aii não acredito que vocês quatro estão aqui! Por favor, dão um autografo pra gente?! – A outra falou.
- Claro! - respondeu Tom!

Dois segundos depois mais três grupos de garotas vieram tirar fotos e pegar autógrafos, Elizabeth pegou Felipe e foi para o Carrossel.
Quando terminamos de dar os autógrafos fomos nos encontrar com Elizabeth e Felipe...

- Papai vamos naquela montanha russa? – Ele me perguntou apontando para ela.
- Fe-felipe, você quer ir naquilo? – Perguntei, aquela montanha era monstruosa!
- Siim! Vamos papai! – Felipe me puxou até a fila daquela... Coisa!

Tom também não parecia muito bem. Ele olha com uma cara de medo para aquela montanha!

- Espero que isso quebre! – Falei para ele.
- Eu também!
- Vamos papai!

Felipe me empurrou no primeiro carrinho e se sentou do meu lado, logo as travas de segurança, mas a trava fechou com tanta força que machucou minhas “jóias”. Tom e Elizabeth sentaram no carrinho de trás, seguidos de Georg e Gustav!

- Ah não, pode me tirar daqui que eu num ando nesse treco não! – Tom choramingou.
- Porque cunhadinho? Ta com medo? – Elizabeth o provocou.
- Agora que eu não saiu daqui!
- Gente não to bem! – Falei de cabeça baixa.
- Papai!
- Sim?
- Olha como é alto aqui!

Quando olhei pra cima, vi que já estávamos no alto daquele brinquedo. Foi quando bateu um desespero danado!

- Pelo amor de Deus não me deixe morrer nesse troço ainda tenho muito que viver, tenho fãs, tenho meu irmão... Hãm? – De repente, o brinquedo deu um tranco – O que, que... – E foi! – HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!
- Pai!
- HAAA...Sim?
- Já acabou!

Quando me dei conta, já estávamos sem as travas de seguranças, desci daquela coisa o mais rápido o possível. Tom já tinha descido, fui atrás dele que estava na lixeira. Lixeira?

- Tom, está bem? – Perguntei.
- To bem sim! – Ele me olhou, seu rosto estava mais branco do que o normal.
- Certeza?
- Não! – Tom se abaixou para o lixo e... É ele estava passando mal!
- Vamos Tom, acho melhor você se sentar um pouco! – Seguei meu irmão pelo braço – Vamos pra lanchonete! Felipe, Elizabeth vamos!
- Papai, vai aonde? – Felipe perguntou.
- Vamos à lanchonete, o Tio Tom não está bem!

Fomos em direção a lanchonete, quando olhei para o lado, e vi aquele cara do avião olhando para nos. Mas eu não podia ficar com raiva agora. Entramos na lanchonete e sentou eu, Tom e Georg, Gustav, Felipe e Elizabeth na nossa frente!

- Mãe eu quero um x buguer! – Felipe gritou.
- Ok querido, CADE A GARÇONETE? – Elizabeth falou extremamente auto. Abaixei minha cabeça de tanta vergonha!
- Desculpa a demora o que vocês desejam? – Uma voz, calma e doce disse, levantei minha cabeça e... Não pude acreditar!

Era ela... A Sara!


_________________________________________________________________________________________



Comentários???
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Seg Nov 07, 2011 8:37 pm

É uma miragem ou a Gabi realmente postou o capitulo cyclops
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA BILL VAI VOLTAR COM A BANDA ! BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA ! /Parei
Essa Elizabeth ja ta enchendo as paciências /Aff
Tom passando mau depois da montanha russa mostruosa,sorry tive que rir ...
Os gritos do Bill também foram hilários
E o mais importante ..... Sara é a garçonete ! affraid affraid
OMG,agora ta ficando boa a coisa,continua Gabii
Não demora hein!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sara Kaulitz2
Mega Fã
Mega Fã


Número de Mensagens : 1172
Idade : 19
Localização : Humanoid City
Data de inscrição : 22/05/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Ter Nov 08, 2011 10:06 pm

bia.babi escreveu:
É uma miragem ou a Gabi realmente postou o capitulo cyclops
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA BILL VAI VOLTAR COM A BANDA ! BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA !BILL VAI VOLTAR COM A BANDA ! /Parei
Essa Elizabeth ja ta enchendo as paciências /Aff
Tom passando mau depois da montanha russa mostruosa,sorry tive que rir ...
Os gritos do Bill também foram hilários
E o mais importante ..... Sara é a garçonete ! affraid affraid
OMG,agora ta ficando boa a coisa,continua Gabii
Não demora hein!
\o/ AAAAAAAAAAAAAAAAH ela postoou! *--*
Nãao Creio....a Sara é a garçonete Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Jan 04, 2012 8:44 pm

Oi gente (medo)
Gente foi mal, eu tive um MONTÃO de coisas para fazer, e ainda por cima minha irmã tinha que fazer TCC pra terminar a facu, então só tenho tempo agora! E ainda por cima, eu tava com uma preguiça danada de terminar o capitulo... hehe
Me desculpem ta!!?? Boa leitura!



Capitulo 6 – Ainda há esperança?



“Não, não pode ser!” eu repetia isso varias e varias vezes na minha cabeça. Mas ela estava lá!

- Puxa vida em minha querida, que demora! – Elizabeth pegou o cardápio com muita raiva. Estranho!
- Me desculpa! Não ira acontecer isso de novo! – Sara disse olhando secamente para Elizabeth, parecia... A não, não pode ser!
- Eu espero... – As duas se encararam, eu, Tom, Georg e Gustav nos entre olhamos, aquilo tava muito esquisito – Bom eu e meu filho vamos querer...
- Um X buguer moça linda! – Felipe disse depois se escondeu de baixo da mesa. Sara riu baixo.
- Então... – Elizabeth revirou os olhos – Dois X buguer e Coca – Cola, e você amor?

Elizabeth pegou na minha mãe e sorriu. Mas eu sabia que aquele era o sorriso mais falso do Mundo. Sara olhou para Felipe... E sorriu?

- Eu sou vegetariano... – Falei tirando minha mão da dela – Mas uma Coca – Cola está ótimo e vocês?
- O mesmo que você Bill! – Os três falaram.
- Mais alguma coisa senhores?
- Nada! – Elizabeth falou.
- Com sua licença! – Sara disse, se inclinando um pouquinho pra frente. Parecia que ela e Elizabeth estavam se provocando...

Sara se virou, e seguiu para a cozinha. Ficamos conversando até a hora que nossos pedidos chegaram. Mas não era a Sara que os levou até a mesa.

- Aqui está, bom apetite! – Disse uma garçonete gorda e baixinha.

Enquanto Elizabeth e Felipe comiam, e os outros conversavam entre si, eu não conseguia tirar o olho daquela porta por onde Sara havia entrado. Depois que ela entrou ali, não tinha mais saído... Apenas a garçonete baixinha.

- Mãe, vamos comprar um sorvete? – Felipe disse.
- Vamos filho! Vocês também querem um? – Elizabeth perguntou, se levantando.
- Não obrigada, vou ficar aqui! – Respondi.
- Nos também! – Os três responderam.
- Ok, se por acaso eu demorar, é porque eu e Felipe fomos a algum brinquedo...

Elizabeth e Felipe saíram da lanchonete, e quando voltei meu olhar para a porta Sara estava saindo, não estava mais com a roupa de garçonete. Estava tão bela. Seus cabelos pareciam mais negros do que da ultima vez. Ela levantou um pouco a cabeça e nossos olhares se encontraram... Ela virou as costas e voltou para a cozinha.

Eu não pude evitar. Aquilo estava me matando, comecei a chorar na frente do meu irmão e dos meus melhores amigos.

- Bill? Meu deus Bill o que foi? – Tom disse, tentando me ajudar.
- Não acha melhor voltarmos para casa? – Gustav perguntou.
- É melhor... – Completou Georg.
- Não! – Disse, eu queria dizer tudo ali, mas não estava conseguindo falar quase nada – Eu queria que tudo parasse!
- Bill do que você esta falando? – Gustav perguntou.
- Você esta falando da Sara? – Georg perguntou.
- Provavelmente... – Disse Tom.

Depois, todos ficaram em silencio!


---- Tom ----


- Provavelmente – Disse, com certeza era Sara.

Ficamos todos em silencio, mas Bill não conseguia se acalmar. Sua maquiagem estava borrada, as suas lágrimas pareciam não pararem... Ele estava tremendo, soluçando por causa do choro. Não estava agüentando vê-lo assim!
Minha vontade era levantar e ir atrás da Sara, eu sei que seria errado mais, ela não podia fazer isso com ele... E também, eu queria saber da Bia. Faz tanto tempo que eu não encontro uma garota que nem ela!

Se elas soubessem como nos estávamos sofrendo... Se ao menos nós...

Um barulho que com que todos olhassem para a porta da cozinha daquela lanchonete. Sara sairá de novo, estava seguram sua bolsa e um guarda-chuva. Ela não estava prestando muita atenção em nós, mas Bill não se conteve. Abaixou a cabeça e voltou a chorar.
Então, Sara olhou para ele e dava pra ver suas lágrimas. Estavam normais, não apreciam sangue. Mas ela não fez nada, apenas abaixou a cabeça e andou em direção a saída.

E passou do lado do Bill... Bill se moveu muito rápido e pegou no pulso da Sara. Sem ao menos olhar pra ela!

- Aonde você pensa que vai? – Bill disse.
- Nossa! Bill foi rápido nessa em?! – Georg falou no meu ouvido.
- O-o senhor poderia me soltar? – Sara disse, sua foz estava tremula, ela olhava para baixo, pelo menos parecia. Seu cabelo estava tampando um pouco seu rosto, mas estava certo de que ela o observava.

Bill levantou a cabeça e olhou para ela.

- Precisamos ter uma conversa inadiável, Sara Prince!

_________________________________________________________________________________________

Gostaram???
Me desculpem!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
bia.babi
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1235
Idade : 19
Localização : Santo André/SP
Data de inscrição : 20/06/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Qua Jan 04, 2012 8:58 pm

A FIC VOLTOUUUUUUUUU
OBRIGADA SENHOR AMADO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Dona Elizabeth mais falsa do que nota de 3 reais
Fiquei com dó do Bill,quando começou a chorar tanto que estava até soluçando DDD :
Georg tem razão,Bill foi rápido mesmo.Que medo /like a ninja
Humm,quero ver essa conversa ai hein ...

Adorei o capitulo,continua logo Gabii
lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
GabizinhaaH_TH_4rever
Iniciante


Número de Mensagens : 41
Idade : 18
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 04/11/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Amigos

MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Sab Set 29, 2012 7:08 pm

Não sei nem como me desculpar '-'
Bom, nem sei o que dizer. Então, ai vai o capitulo né...


Capitulo 7: Eu nunca te abandonei!


- Bill se acalma! – Tom disse – Não precisa ser tão...
- Vem! – Ordenei!

Levantei-me, e ainda segurando seu pulso, a puxei para fora da lanchonete. Levando-a para trás da lanchonete, estava um pouco escuro, mas eu conseguia ver seus olhos claramente!

- Que diabos você está fazendo? – Sara perguntou.

Não lhe respondi. Fiquei encarando-a, não tinha nenhuma palavra para descrever aquele momento. Ah, como ela é linda!

- Eu não posso ficar perto de você! – Ela disse, me empurrando.
- Não! – Puxei-a para perto de mim – Por que você foi embora?
- Por que você está casado com Elizabeth Joes?!
- Como você sabe o sobrenome dela? Você...

Sara me olhou com raiva. Do mesmo modo, quando olhou para os ladrões da noite em que nós nos separamos.
Afastei-me um pouco, Sara continuava a me encarar... Mas ela tinha alguma razão, por que eu estou casado com Elizabeth?

- Não posso ficar aqui! – Ela disse, se afastando ainda mais.
- Eu não sei... – Murmurei, entre lágrimas.
- O que? – Sara me olhou com ternura, mas estava tremendo.
- Eu não sei por que eu me casei com Elizabeth, mas todos os dias, eu nunca deixei de pensar em você...
- Bill, eu não...
- Me escuta! – Interrompi-a – A única certeza que eu tenho nesse mundo, é que eu te amo, e nunca vou te deixar ir embora novamente!

Sara me encarou, do mesmo modo que eu a encarei. Estava hipnotizado pelo seu olhar.
Fui me aproximando aos poucos, mas cada vez que me aproximava, Sara ficava mais nervosa. Quando estava prestes a beijá-la, ela me empurrou.

- Sara? – Perguntei desnorteado
- Vai embora!
- Sara por quê?

Sara começou a olharem volta desesperadamente, aquilo começou a me incomodar.

- Sara o que há de errado?
- Vai para casa, fique longe de Elizabeth...
- Por quê?
- Por que...

Um trovam nos interrompeu, Sara começou a entrar em pânico.

- Vai embora! – Ela gritou.
- Não sem você! – Gritei.
- Não... – Sara, olhou para o céu, depois me encarou – Por favor, por mim, fique longe de mim! Eu nunca te abandonei, e nunca irei te abandonar!

Ela me olhou, estava com medo, tremendo. Antes que eu falasse algo, ela saiu correndo.
- SARA!

Tentei correr atrás dela, mas uma rajada de vento e poeira fez com que eu fechasse os olhos. Quando os reabri, ela já tinha sumido.

- Bill! – Escutei meu irmão, me chamando num sussurro.

Senti uma forte tontura, um cheiro de enxofre tomou conta do meu nariz, e então, a escuridão me engoliu!



Acordei no meu quarto, estava nevando, sentei-me na cama. Estava com uma dor de cabeça insuportável. Minha lágrimas, tomaram conta dos meus olhos.
Estava frio, tudo estava congelando...
Junto com meu coração!

___________________________________________________________________________________


Então, er, continuo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.   Hoje à(s) 1:18 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Mortal ou Imortal - 2ª Temporada.
» Mortal ou Imortal ? (ULTIMO CAPITULO POSTADO !!!!)
» THIS MORTAL COIL (Vinil)
» a casa dos kaulitz dos horrores - Segunda Temporada - Episodio 4 parte 2
» Temporada Gulbenkian 2012/2013

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: