Fórum Oficial do Tokio Hotel no Brasil - TH BRASIL OFICIAL FÓRUM
 
InícioPortalRegistrar-seLoginIr para o site@THBRASILOFICIALFacebook

Compartilhe | 
 

 My name is ... Mary [18th century] NEW

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Nicki.Luxious
Iniciante


Número de Mensagens : 43
Idade : 26
Localização : Portugal
Data de inscrição : 23/01/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: My name is ... Mary [18th century] NEW   Qua Abr 27, 2011 8:59 pm

Decidi escrever uma fanfiction muito diferente, e que tal, uma fic no séc XVIII? Agrada-vos? Deixai vos prender por esta então Wink




Nome: My name is … Mary
Autora: Nicki Luxious.
Personagens: Marie Sophie Louise Romane Beaufort de Versalhes, Rei Louis XVI, Nicole, Georg Louis de Versalhes Delfim de França, Isabel de Bragança, Bill Kaulitz Duque Da Alemanha, Tom K. Gustav de Bragança. Reis de França, Alemanha e Portugal.
Genero: Romance, Drama.
Capítulos: Não terminada.
Classificação: +18
Avisos: Contém cenas de sexo, linguagem imprópria e exemplos a não seguir, nudez, alcóol e factos não verídicos.







Olá, o meu nome é Marie Sophie Louise Romane Beaufort de Versalhes, nascida à 15 anos atrás, filha mais nova do Rei Luis XVI de França e futura noiva de um desconhecido.
O meu noivo será me apresentado durante uma festa de noivado, vem de longe, da Alemanha. Pelo que o meu conselheiro me conseguiu contar, é Duque, mais não posso contar, por enquanto, nem eu sei. Destino? Veremos.
Vou tentar contar a minha vida, em breves momentos, até ao meu casamento.
Se estou feliz? Não sei responder ainda. Sinto-me ainda muito criança para dar tal passo, não me quero entregar já, muito menos a um desconhecido. Não estão de acordo comigo?
Sinto como se estivesse a perder parte de mim, para um homem, que … não sei …
O meu Papá ama-me muito, e este casamento, sinto que lhe custa, como se lhe roubassem a menina. Rio como doida ao pensar que agora sou mulher! Estão a ler bem? EU SOU UMA MULHER! Oh céus, como ontem ainda corria atrás do Puppy, e agora já me vou casar.
Ouço minha aia bater a porta, é hora de jantar, se chegar atrasada, meu Pai, Rei de França, ficará muito chateado comigo.
Logo antes de dormir, irei escrever mais uma carta, e logo de manhã irei manda-la pelo rio, numa garrafa azul de vidro.
Até breve minha nova “amiga”.

PS: Obrigada por teres apanhado a garrafa do rio, e claro, por a teres lido.

18 de Junho de 1775, Marie Sophie Louise.










O jantar terminou, falei muito com o Papá, ele disse-me ao ouvido que não me deseja ver entregue a um estranho, não tão cedo. Quase chorei. Consegues imaginar como estou? O Georg, meu querido irmão, contou que recebeu uma carta da Alemanha, estamos a contar com a chegada do “Duque” daqui a dois dias.
Meu Deus, como me sinto, confusa. Apetece-me gritar pelos inúmeros jardins de Versalhes, mergulhar nua no rio … não contes a ninguém, é segredo.
Não me imagino presa a um homem.
Papá disse que ainda não é necessário um herdeiro, ao menos vou me livrar de dormir com ele. Ainda não sei como se fazem herdeiros, tenho tanto, mas tanto medo!
Uma vez, foi à mais ou menos dois anos, na primeira noite que Isabel de Bragança, minha cunhada, mulher do meu irmão, dormiu com ele, ouvi-a gritar tanto, não sei o que ele lhe fez, nem me interessei, mas não consegui dormir muito bem nessa noite. Será que também me vai fazer gritar? Vou sofrer?
Por hoje acho que já chega, tenho a minha querida aia, Nicole, ao meu lado, vai-me preparar para o banho e para dormir. Amanhã iniciarei a escrever passo a passo o que se passa comigo.

Muito obrigada por me dares atenção, por apanhares e guardares as garrafas. É isso que fazes certo? Iria ficar muito triste se não o fizesses. Até amanha.



18 de Junho de 1775, Marie Sophie Louise.







Acordei ligeiramente mais tarde, o que não me agradou de todo. Espreguicei-me chamando ainda no sono pela minha aia.
– Nicole? Nicole?? – chamava persistente, esqueci-me de referir que sou extremamente chata no sono. – Acordou menina? – Perguntou com a voz tímida. A Nicole era a minha melhor amiga, ela era princesa de Portugal, mas o seu Pai endividou-se com o meu, e ela, coitada, fora a forma de pagamento. – Acordei sim minha linda. Meu Pai? – Sempre gostara dela, nunca conheci rapariga com tanta doçura e sinceridade como ela. Sofre tanto por estar longe dos Pais. – O teu Pai saiu de manhã cedo com o teu irmão para a caça. – Sorriu vestindo-me com todo o carinho. – Nunca mais me lembrei que a caça começava hoje. Se o meu irmão me irrita com uma lebre morta ou raposa, juro por Deus que lhe atiro o bicho a cara! – Ria com ela. O meu irmão sabia ser extremamente irritante quando queria.
– Não o irá fazer, penso que não quererá o que aconteceu o ano passado! – Riu enquanto me apertava o corpete. – Estas te a rir? O ano passado pus-lhe o a lebre na cama, mesmo no meio dele e da Isabel, este ano, hmm… que tal por em cima dele? – Dei uma gargalhada desapertando metade do corpete. – Marie Sophie Lousie! – Disse séria. – Vou ter de apertar tudo de novo, tu e a tua mania das gargalhadas, sinceramente! – Sorriu e tentou não rir. – Pardon Madame! – Tentei fazer um ar sério. Possível? Não mesmo. – Já esta…finalmente! Anda, como contigo para não comeres sozinha. – Quando ninguém estava no palácio costumávamos comer juntas, de outra maneira era impossível.

Tomamos o pequeno-almoço juntas, e durante a manhã dediquei-me aos estudos e a leitura do meu livro preferido, já o tinha lido 7 vezes, mas isso não me interessava, aquela história romântica fazia-me chorar e sonhar. Como será que o meu casamento será? Ele será bonito? Meigo? Será que irá correr comigo pelos campos? Olhava misteriosamente o céu. – Menina posso-lhe servir um chã? – Assustei-me por momento. – Ahh Nicole es tu, sim por favor. - Sorria querida pousando o livro em cima da mesa. – A ler o mesmo livro novamente? Em que página já vai? - Sorria servindo-me o chã. Em sítios com pessoas, Nicole tratava-me de forma formal, sozinhas, ai sozinhas somos como irmãs. – 621 acho eu. – Tapei a boca, já sabia que Nicole ia gozar comigo, mesmo ela sendo igual a mim, uma devoradora de livros. – Pois pois! Devoradora literária! - Riu indo buscar algumas bolachas. – Olha só quem se atreve a abrir a boca! – Gritava com um enorme sorriso estampado. Estava mesmo feliz com o modo que vivia. Não preciso de homem nenhum. Nem quero, sozinha estou tão bem. Sorria olhando o céu.

A hora de almoço meu Pai ainda não tinha chegado, mas minha mãe, Marie Antoinette, sentava-se educadamente a meu lado.
– Minha filha, como se sente hoje? – Olhou preocupada para mim. Eu tinha sofrido de gripe nos últimos tempos, mas, não se preocupem, estou em perfeitas condições. – Muito melhor, minha mãe. E a senhora? Como se sente. – Sorri educadamente.
– Bem, mas continuo preocupada contigo. Esse teu casamento…esse teu casamento minha filha. – Baixou a cara tentando não mostrar as lágrimas que escorriam pelas suas faces. – Oh mãe! Não chore…- Levantei-me, deitando a minha cara no seu colo, tal como o fazia em pequenina. – Oh meu amor, é tão duro, ter de te deixar ir. Ainda és tão pequenina, tão frágil. Quase te perdi na tua infância, e vou te perder agora? – Fazia-me festas na face enquanto tentava limpar as suas lágrimas com a outra mão.
– Mas mãe, eu não vou fugir, serei sempre a sua menina pequenina, o seu amor, irei visita-la sempre que posso. Eu prometo. – Agarrei a sua mão beijando-a com todo o carinho e respeito. – Promete-me, promete que não vais deixar que ele te uso como um trapo velho…promete seres responsável de ti mesma, promete não deixar…- Olhava séria e cheia de dor e medo nos meus olhos. – Prometo minha mãe, sou seu sangue, sou forte como vós e como o Pai é! – Levantava-me indo buscar uma espada.
– Vê mãe, Papá já me ensinou a usar isto? – Deixava a cair sem querer fazendo a Rainha se rir. – Ensinou muito bem, promete meu anjo! – Sorriu olhando enquanto eu arrumava envergonhada a espada no sítio. – Prometo minha mãe. – Sentei-me deixando vir servir o almoço. Almoçamos as duas, e conversamos durante toda a tarde. Ela contou-me os seus segredos, coisas que eu nunca imaginava que lhe tivessem acontecido. Sabiam que minha avó não gostava dela? E a achava ridícula? Minha mamã é da Áustria, e pelos vistos fora criada de maneira diferente de mim. Eu tenho liberdade, mas ela pelos vistos tinha muito mais. Ridículo meu Deus. Ah, não me posso esquecer, contou-me também, como perdeu a virgindade, já sei como se fazem herdeiros, é estranho. Já imaginaram, deixar o membro sexual masculino penetrar em vocês, movimentar-se louco e acabarem suados um ao lado do outro? Ai que nojo! É estranho pensar nisso, mas, depois veremos.
Continuando, a virgindade da mamã, o meu Pai, pelos vistos, no inicio não estava muito interessada na mamã, é ridículo, ela é linda, mas vá, eles agora amam-se imenso…estou tão orgulhosa deles.

Depois de longas conversas com a mamã, subi para o quarto e escrevi mais uma carta, acho que as cartas se vão tornar no meu vício. Vou deixar aqui a terceira:






Recebeste as minhas antigas cartas? Quer dizer, escrevi-as ontem, mas recebeste? Espero que sim! Sei que nunca vou receber nada de volta, mas estar a escrever alivia-me a alma, espero que não te importes.
Queres saber o que fiz hoje? Olha, voltei a ler o meu rico livro, pela 7ª vez, por favor não me gozes, ainda vou fazer recorde e ler umas 100, que achas? É bom não é?
Falei com a mamã sobre o casamento, senti no almoço, que ela ainda tem mais medo que o papá, algo que acharia impossível. Sabes, a minha mãe perdeu duas filhas, sou a única do sexo feminino, depois tem o Georg, mas esse já esta casado com a Isabel de Bragança, que trouxe para o palácio o seu irmão mais velho como guarda-costas, o Gustav, são todos queridos, mas a mamã tem um carinho especial por mim. Percebes-me? Não muito bem pois não? Nem eu me compreendo, mas deixa lá.
Logo chega o Papá, vou tentar conversar com ele.
Espero que pelos menos tu, querida amiga, sejas feliz no amor.

Mais uma vez, muito obrigada por toda a tenção, se guardasses as garrafas, ficaria muito feliz.
Até breve.

19 de Junho de 1775, Marie Sophie Louise.




___________________________________________________-

Então que tal? Gostam? (:
Posso continuar a postar? Tenho leitoras tenho?? *-*

Espero que sim (:

See you <3


Última edição por Nicki.Luxious em Sab Abr 30, 2011 11:35 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
renatinha
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1614
Idade : 19
Localização : Guarulhos,Onde Judas perdeu All Star
Data de inscrição : 17/07/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Outro

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Qua Abr 27, 2011 9:23 pm

Primeira comentários *-*'
Nossa, quando você disse-me que a fic era diferente, eu não acreditei!
Mas, que fic absolutamente PERFEITA!
Continua please.
Estou gostando muito, muito *-*'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Amannda Kaulitz
Ao extremo
Ao extremo


Número de Mensagens : 3618
Idade : 20
Localização : Under the rain.
Data de inscrição : 09/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Sab Abr 30, 2011 11:00 am

Gostei! :p
Posta mais,please? D:
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.fantasybooks.com.br/
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Sab Abr 30, 2011 2:16 pm

LOVED *---* leitora nova
amei a fic, é diferente e linda... a Marie Sophie Louise é tão doce e meiga,
please, posta o mais rápido que puder...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Catarina Kretli
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1673
Idade : 20
Localização : Casimiro De Abreu - RJ
Data de inscrição : 07/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Sab Abr 30, 2011 2:59 pm

AMEI. (:
Ela é tão doce *o*
Posta mais, estou louca para a chegada do 'marido' dela xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicki.Luxious
Iniciante


Número de Mensagens : 43
Idade : 26
Localização : Portugal
Data de inscrição : 23/01/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Dom Maio 01, 2011 12:27 pm

Fiquei tão feliz por terem gostado Smile Muito obrigada pela atenção <3
Meus amores, vou deixar aqui mais um capítulo Wink

Let's go ... king king


Nicole entrava lentamente no meu quarto surpreendendo-me por trás. – Bu! Então que andas a fazer? - Sorriu sentando-se numa cadeira ao meu lado. – Não vês? Estou a escovar o meu cabelo. – Olhei-a dando lhe uma pequena pancada com a escova na perna. – Sim isso já dei conta, mas estas com um ar preocupado. O que te aperta esse coração?” – Agarrou-me querida a mão apertando-a. – Nada, é só o assunto com o casamento. – Virava-me para ela, pousando a escova na mesa. – Como achas que ele será? Alto, magro, gordo, feio, bonito… - Continuava a contar as várias hipóteses de descrição possíveis. – Princesa, já chega. Temos de esperar para o ver, mas de uma coisa podes estar certa, mesmo que o meu Pai acabe de pagar a dívida, e eu volte para Portugal, eu nunca deixarei de ser tua amiga, e prometo-te com todo o sangue que me percorre as veias…eu vou estar sempre, mas mesmo sempre contigo. – As suas palavras meigas e doces fizeram o meu coração explodir de felicidade, e as lágrimas escorrerem emocionadas pela minha face. – Promete que iremos ser melhores amigas para sempre, mesmo que a morte nos separe, promete! – Agarrei-me a ela com lágrimas, apertando-a bem contra o meu corpo. – Sabeis bem que sim! – Deu-me um pequeno beijo na face, limpando as lágrimas com as suas mãos suaves. – Vamos parar de chorar sim? Eu vou-te buscar o vestido, e irei preparar-te para o jantar, teu pai, Rei de França, acabou de chegar. - Sorriu voltando as costas indo ao grande armário buscar o vestido rosa claro com bordados dourados, o meu preferido, e o que eu uso para jantares especiais. Imaginam o assunto deste jantar não imaginam? – Não sei que penteado irei levar para o jantar…- Gritava-lhe do quarto, realmente estava sem ideias para o penteado. O meu cabelo é loiro e longo, liso com caracóis finos e definidos nas pontas. Já a Nicole tem o cabelo ondulado, castanho, pele branca e uns olhos enormes esverdeados, ela é mesmo linda, nem devia ser aia, mas aquelas burocracias e protocolos todas obrigaram-na a tal. Vá, vamos ser sinceros, até que não ficou mal. – Eu faço-te um penteado bonito, apanho-te o cabelo, deixo duas madeixas caírem-te pela face, e atrás os caracóis irão deslizar pelas tuas costas. Para prender usarei os ganchos com diamantes que irão combinar com as jóias de hoje. - Sorriu me enquanto colocava o vestido em cima da cama. – Sim madame, irei ao jantar como tu me desejares ver. - Olhava-a pelo espelho enquanto me penteava. O vestido vesti-o num instante, já estava habituada a complicação de os vestir. Camisa, meia calça, bermudas, armadura que irá dar o volume, uma túnica decotada, o vestido e por fim o corpete bem apertado. E é assim que no fim tenho um belo vestido colado ao meu corpo, amava aqueles vestidos, são compridos e com cauda, lindos de morrer. As jóias eram a última coisa a colocar, depois do penteado e da maquilhagem, as jóias davam o toque final. – És mesmo Linda Marie Sophie. - Sorriu olhando mais uma vez para a minha cara. – Importas-te de parar? - Sorri indo.
– Vemo-nos depois de jantar. – Sorriu-me abrindo a porta. Desci as enormes escadas e dirigi-me num passo apressado para a sala de jantar, queria chegar antes do Papá.

Entrei lentamente no enorme salão de jantar, estava decorada de forma especial, coisa que normalmente só acontece quando chega alguém especial. Arrepios deslizavam pelas minhas costas, será…será que o meu noivo já tinha chegado? Questões como estas percorriam o meu cérebro de um lado. Ai…e agora Marie Sophie? Tinha de manter a calma. Sentei-me no meu lugar, ao lado direito do Rei, ao meu lado ficava a Rainha, minha mãe, e do lado esquerdo do Rei o Herdeiro.

Pouco depois de me ter sentado entram alguns nobres, a Rainha vinha pouco depois, levantei-me para fazer uma vénia, e de pé fiquei mais um pouco para receber o meu Pai. Coisa que não demorará muito. Aproximei-me fazendo de imediato a vénia. – Sua bênção meu Rei. – Sorri delicada e com etiqueta, tal como se quer na corte francesa. – Minha filha! – Agarrou-me a mão levantando-me. – Tenho de ter uma conversa contigo, muito séria. – Olhou-me com olhos tristes e preocupados. – Irei ouvi-lo com toda a atenção meu Pai. – Segui-o até uma sala ao lado do salão. – Que me quereis falar meu Pai. – Perguntava nervosa, sentando-me num cadeirão ao lado do Rei. – Como é da tua sabedoria, e inteligente como és, sabes que estas noiva do Príncipe da Alemanha, ele irá chegar amanhã, o se nome é Bill Kaulitz, é jovem com os seus 21 anos. Como tal, queria-te pedir que fosses simpática para com ele, até ao vosso casamento irás dormir no teu quarto e ele no seu, não tenhas medo. Eu próprio me encarregarei de falar com ele, não quero que sofras, caso isso aconteça, o casamento será desfeito de imediato por minha ordem. – Agarrou-me a mão com força. Eu sabia que o meu Pai só queria o meu bem, mas eu ainda não percebo nada de amores e desamores, nem me interesso por rapazes nem homens, as únicas coisas que realmente me interessam são as flores, a natureza e os livros. Ninguém consegue imaginar a confusão de ideias que sinto na minha cabeça, até o meu pobre coração se sente confuso com tudo. – Eu sei que o meu Pai só deseja o meu bem, mas, meu Pai, não acha que ainda é muito cedo? Demasiado cedo? Eu apenas tenho quinze anos. – Tentava convence-lo do contrário mas era impossível. – Marie Sophie Louise, se aceitei tal pacto, foi apenas, e só apenas, por motivos governamentais, e o teu casamento com o Príncipe será favorável para a França. Pensa no teu povo e fá-lo por ele. – Levantou-se dando uma volta a sala. – Eu percebo meu Rei, só ainda não me sinto à vontade, sinto-me ainda demasiado infantil, criança, tenho receio que minha s…so…sogra me ache imatura para o seu filho. – Olhei para a janela, que me deixava ver o magnífico jardim de Versalhes. – Não te preocupes, até disso eu irei tratar. A nossa conversa ficara por aqui, e não te quero ver mais assim, vais ser uma óptima Rainha, tiveste a melhor educação, e até lá eu tratarei de tudo. – Sorriu agarrando o meu braço levando-me de volta ao salão.

Durante todo o jantar não consegui abrir a boca, nem a minha comida preferida me sabia bem. É tão estranho ter que me entregar a um homem estranho, um povo que não conheço, será que a corte Alemã é como a francesa? Vou sentir tanta falta de Versalhes, do meu rico jardim, do meu rio fresco, onde mergulhava, dos meus animais, tenho medo que me aconteça como a mamã, ela teve de deixar o Moppie na fronteira da Áustria e da França. Ai o meu Puppy. Não se quero este casamento, será que poderei fugir? É ridículo, não vou envergonhar o meu tão estimado povo francês. Não vou, mas … tenho medo. Depois do jantar, nem quis comer a sobremesa, despedi-me com uma vénia do Rei, despedi-me da mamã, do mano e da sua esposa e corri para o quarto, onde já Nicole esperava por mim.

- O jantar foi mais demorado que o costume. Aconteceu algo? – Perguntou enquanto me despia o vestido. – O Príncipe da Alemanha chega amanhã. – Disse fria e em breves palavras ela percebera o meu estado. – A vida de princesa é assim, por esta altura também eu já devia estar casada, tenho 20 e estou contigo há 5 anos. – Sorriu virando-me para ela. – Morro de saudades do meu País, dos meus Pais, de tudo, mas também estou feliz aqui contigo. Com sorte, até te vais dar bem com o teu noivo, e certamente o povo alemão irá amar-te. – Beijou-me a face, abraçando-me logo. – Obrigada por existires e teres entrado na minha vida. Por momentos até agradeço que o teu Pai se tenha endividado com o meu. – Dei uma leve gargalhada limpando as lágrimas que teimavam em cair pela face. – Tontinha, isso são coisas que uma princesa diga? Hmm? - Olhou desconfiada para mim vestindo a túnica para dormir.
– Oh tu sabes que não é por mal, eu gosto muito de ti, és minha mana não és? – Agarrei-lhe as mãos que me vestiam. – Sim sou, e serei sempre, estas pronta para a cama. – Abriu-me a cama, ajudando-me a subir. – Obrigada. – Agradeci ajudando-a a tapar-me. – Vá, desejo-te uma boa noite, descansa sim? Amanhã de manhã acordo-te como de costume. – Deu-me um beijo leve, indo logo embora. Eu ainda ficava acordada a olhar o tecto do meu quarto. Não queria nada adormecer sem escrever a carta, aliviava me mesmo a alma escrever aquelas coisas, sabia que o mais provável era ninguém as apanhar, mas também, não perco nada com isso. Levantei-me num instante, sentei-me e comecei a escrever com todo o carinho e sinceridade:



Boa noite, novamente te estou a enviar uma carta, e novamente espero que a tenhas mesmo apanhado. Isso iria deixar-me mesmo feliz.
Como deve ser do teu conhecimento, hoje queria falar com o Papá na hora de jantar, mas não foi preciso, ele próprio quis falar comigo. Pelos visto chegara amanhã o meu noivo, sinto-me nervosa, não quer mesmo nada este casamento. Não discuti com o Papá, mas ele percebeu bem que não estou de acordo com tudo isto. As preparações começaram atrás das minhas costas, estou fula com a organização, acho que tenho o direito de saber.
Vou perder tudo, o meu Povo, a minha liberdade, o meu Reino, os meus Pais, amigos, a criança dentro de mim vai morrer no dia do casamento. Achas que consigo fugir? Vontade para tal tenho eu, e muita. Não consegues imaginar como em sinto pois não? É mesmo horrível. Não desejo isto nem aos bárbaros. Bem, já é tarde, amanhã irei te contar mais, mas só a noite, assim saberás como é o meu noivo.

Novamente te agradeça pela atenção cara amiga, e até breve.
19 de Junho de 1775, Marie Sophie Louise.







______________________________________________

Aguardo os comentários das minhas queridas leitoras :'))
Gostava imenso de saber se estão a gostar, o que acham que podia melhorar, o que gostariam que acontecesse, essas coisas Smile
Deixo isso ao vosso critério, até logo meus anjos.

xoxo, Nicki.















king king king king
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Dom Maio 01, 2011 3:45 pm

Ahhh você postou ela Very Happy
Adorei a fic Nicki, você sabe, hehe
Sempre que puder acompanharei aqui.
Küsses, e continue ela ok?! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pâmela.O.d.S
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 545
Idade : 20
Localização : RS/POA
Data de inscrição : 18/10/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Dom Maio 01, 2011 6:56 pm

Oooe Leitora Nova, estou a gostar muito da fic, realmente essa ideia é muito original
e eu amo essa época mais antiga -queria ter nascido nela-
Enfim estou com algumas dúvidas ainda : Essas carta que ela escreve é pra quem?
e ela esta contando a historia dela até chegar seu casamento?
Boom eu ameei a fic demais sério mesmo eu amoo essa época de Rei, princesas, duques
eu acho muito bonito ^^

Enfim não demores pra postar ok? E não abandona a fic não u_u AMEEI ,louca pelo próximo *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicki.Luxious
Iniciante


Número de Mensagens : 43
Idade : 26
Localização : Portugal
Data de inscrição : 23/01/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Dom Maio 01, 2011 7:58 pm

Pâmela.O.d.S escreveu:
Oooe Leitora Nova, estou a gostar muito da fic, realmente essa ideia é muito original
e eu amo essa época mais antiga -queria ter nascido nela-
Enfim estou com algumas dúvidas ainda : Essas carta que ela escreve é pra quem?
e ela esta contando a historia dela até chegar seu casamento?
Boom eu ameei a fic demais sério mesmo eu amoo essa época de Rei, princesas, duques
eu acho muito bonito ^^

Enfim não demores pra postar ok? E não abandona a fic não u_u AMEEI ,louca pelo próximo *-*

Oláá Smile Fiquei muito feliz por teres gostado. É assim, ela escreve as cartas só para aliviar a alma, ela acredita que ninguém as vai apanhar, mas o que esta certo é que existe uma pessoa que as apanha, lê, e segue o coração ^^
Sim vai contar a história até ao casamento. Mais não irei revelar, mas ainda vão haver muitas surpresas, e posso dizer já, esta fic terá 2 temporadas e possivelmente 3 (:

Obrigada pela atenção, ficaria feliz se a indicassem a mais pessoas, quantas mais aqui estiverem melhor, não quero ter a sensação de que ninguém le e ninguém gosta T.T isso faz me desistir, e a história é tão linda.

Beijinhos, até amanha. aplausos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Catarina Kretli
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1673
Idade : 20
Localização : Casimiro De Abreu - RJ
Data de inscrição : 07/04/2010

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Dom Maio 01, 2011 9:54 pm

Ela vai casar com o Bill ? Hm..
Acho que ela vai ficar feliz quando vê-lo (66'
Estou amando xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pâmela.O.d.S
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 545
Idade : 20
Localização : RS/POA
Data de inscrição : 18/10/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Seg Maio 02, 2011 8:43 pm

Sim claro a história é linda e como quero muito que postes
até divulguei no twitter '-' -qqq verdade !
Agora que tu explicou consegui entender e o desenrolar parece ser muito bom ^^
Poste loguinho =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Sex Maio 06, 2011 9:18 pm

Nicki,
Sua fic é perfeita, por favor não nos abandone heim!
estarei sempre à espreita vendo se há atualizações...
Eu amo histórias de época, ainda mais se na referida história estiver o maravilhoso, perfeito...
Bill Kaulitz!

Muito obrigada por seu amor!
amei o modo como escreves.

de sua amiga

Naná
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nicki.Luxious
Iniciante


Número de Mensagens : 43
Idade : 26
Localização : Portugal
Data de inscrição : 23/01/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Seg Jul 16, 2012 11:20 pm

Meninas? Eu gostava de saber, mas sejam sinceras princesas, se vocês querem que eu continue com a FIC, eu tenho mais capitulso escritos, é só públicar, isto, se vocês o entenderem que querem! Posso contar com vocês de novo? Ninguém me abandonou? Não? :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joyce Kaulitz th
Fanática
Fanática


Número de Mensagens : 1624
Idade : 21
Localização : no quarto com o th
Data de inscrição : 11/11/2011

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Ter Jul 17, 2012 1:04 pm

a minha irmã jack está acompanhando essa fic em outro forum é me mostrou e eu adorei que bom que você está postando aqui danke também CONTINUA
Voltar ao Topo Ir em baixo
FranKaulitz'

Fã


Número de Mensagens : 50
Idade : 18
Localização : Hogwarts
Data de inscrição : 03/07/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Ter Jul 17, 2012 8:18 pm

Leitora nova õ/

Own, nem tenho palavras,
Continua, estou amando !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pâmela.O.d.S
Big Fã
Big Fã


Número de Mensagens : 545
Idade : 20
Localização : RS/POA
Data de inscrição : 18/10/2009

Minha ficha
Como conheceu o fórum?: Site TH BRASIL

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Qua Jul 18, 2012 3:39 pm

MENINA DO CÉU. QUE BOM QUE TU VOLTOOOOOO !
Tu não sabe o quanto eu queria que tu continuasse essas fic.
Eu sou que tu parou por causa da faculdade e tal
MAS QUE BOM QUE TU VOLTOOOO.
LOGICO QUE VOU SEGUIR ACOMPANHANDO :]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paloma S.

Fã


Número de Mensagens : 91
Idade : 20
Localização : Porto Alegre/RS
Data de inscrição : 02/04/2012

Minha ficha
Como conheceu o fórum?:

MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Qua Jul 18, 2012 4:28 pm

Pâmela.O.d.S escreveu:
MENINA DO CÉU. QUE BOM QUE TU VOLTOOOOOO !
Tu não sabe o quanto eu queria que tu continuasse essas fic.
Eu sou que tu parou por causa da faculdade e tal
MAS QUE BOM QUE TU VOLTOOOO.
LOGICO QUE VOU SEGUIR ACOMPANHANDO :]


Leitora Nova \o/
Amei a fic de verdade, dá aquela sensação de sonho sabe, muito bom!
E como a Pâmela já disse eu tbm queria ter nascido nessa época kkkkkkkk !

Enfim... POSTA,POSTA,POSTA que eu acompanharei essa fic até o final cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: My name is ... Mary [18th century] NEW   Hoje à(s) 4:12 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
My name is ... Mary [18th century] NEW
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» My name is ... Mary [18th century] NEW
» Stairway To Heaven (Making Of) by Mary J. Blige, com Steve Vai
» TV CENTURY BR2014 sem som sem video
» TV CENTURY PR2010 tela preta 18v ausente
» RECEPTOR CENTURY BR 2014 som sai de sintonia e volta com chiado(RESOLVIDO)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH BRASIL OFICIAL - Fórum :: Fan Stuff :: FanFics-
Ir para: